CNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:24 de junho de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou a Chamada Pública para apresentação de propostas de instituições interessadas em participar do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-Af).

O Programa irá conceder bolsas de Iniciação Científica (IC). A concessão das bolsas ocorrerá em dois ciclos de 12 meses: 01 de setembro de 2022 a 31 de agosto de 2023 e 01 de setembro de 2023 a 31 de agosto de 2024. O objetivo é selecionar Instituições de Ensino Superior (IESs) públicas que tenham política de pesquisa científica institucionalizada e que tenham implementadas políticas de ação afirmativa para o ingresso de estudantes de grupos historicamente excluídos no Ensino Superior, além de promover a formação de estudantes de graduação beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas no método científico e em outros conceitos fundamentais para a produção do conhecimento científico. O programa também visa contribuir para a formação de recursos humanos para a ciência dentre beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas. Dessa forma, o programa visa possibilitar o acesso e a integração dos estudantes beneficiários de políticas de ações afirmativas para ingresso no ensino superior de grupos historicamente excluídos do ambiente acadêmico à cultura científica.

Os critérios de elegibilidade são obrigatórios e a ausência de qualquer um deles resultará no indeferimento da proposta.

  • O responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
    • a) estar cadastrado como Representante Institucional de Iniciação Científica no Diretório de Instituições (DI) do CNPq;
    • b) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta, e
    • c) ter vínculo formal com a instituição de execução da proposta.
  • Vínculo formal é entendido como toda e qualquer forma de vinculação existente entre o proponente, pessoa física, e a instituição de execução da proposta.
  • Na inexistência de vínculo empregatício ou funcional, o vínculo deverá estar caracterizado por meio de documento oficial que comprove haver concordância entre o proponente e a instituição de execução da proposta para o desenvolvimento da atividade de pesquisa e/ou ensino, documento que deverá ficar em poder do proponente, não sendo necessária a remessa ao CNPq.
  • No formulário de submissão da proposta, o proponente deverá declarar, para os devidos fins de direito, que não possui qualquer inadimplência com o CNPq e com a Administração Pública Federal, direta ou indireta, sob pena de indeferimento.
  • Caso constatada, a qualquer tempo, a falsidade da declaração, o CNPq adotará as providências cabíveis diante dos indícios de crime de falsidade ideológica.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global da ordem de R$ 8.000.000,00, sendo este total oriundo do orçamento do CNPq, a ser liberado de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. O horário limite para submissão das propostas ao CNPq será até às 23h59, horário de Brasília, do dia 01 de agosto de 2022.

A divulgação do resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet.

Para mais informações acesse o link.

Para acessar a Chamada Pública clique aqui.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

FINEP e MCTI lançam edital para fomento de projetos de inovação – Cidades Inteligentes e Sustentáveis

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) em parceira com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançam chamada pública para Seleção Pública visando o fomento de projetos de inovação na temática de Cidades Inteligentes e Sustentáveis.

O objetivo da chamada é conceder recursos de subvenção econômica para o desenvolvimento de produtos, processos e/ou serviços inovadores dentro do escopo das linhas temáticas apresentadas no edital. Serão destinados recursos para apoiar projetos de interesse de municípios brasileiros que executem programa ou iniciativa de absorção de soluções inovadoras visando uma abrangente reorganização e transformação territoriais de modo a otimizar a eficiência das operações urbanas, o uso de recursos, o meio ambiente e a qualidade de vida da população nas áreas de mobilidade urbana, iluminação pública e gestão de resíduos.

Espera-se que os projetos resultantes desta ação contribuam para atingir os objetivos estratégicos estabelecidos na “Carta Brasileira de Cidades Inteligentes”, na “Política Nacional de Desenvolvimento Urbano-PNDU”, no “Plano Nacional de Mobilidade Urbana” e na “Política Nacional de Resíduos Sólidos”.

As propostas devem ser submetidas por empresas concessionárias de serviço público municipais, estaduais ou federais até o limite de R$ 7.500.000,00 (sete milhões e quinhentos mil reais), preferencialmente em parceria com ICTs e/ou demais instituições de pesquisa públicas ou privadas, mediante apresentação de contrapartida financeira e prazo de duração do projeto de até 36 (trinta e seis meses).

O valor solicitado à FINEP/FNDCT na proposta deverá ser de, no mínimo, R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) até, no máximo, R$ 7.500.000,00 (sete milhões e quinhentos mil reais) exclusivamente para o desenvolvimento do projeto.

Para saber mais acesse o site da Finep.

Continuar lendoFINEP e MCTI lançam edital para fomento de projetos de inovação – Cidades Inteligentes e Sustentáveis

CAPES seleciona dez consultores para apoiar internacionalização

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A CAPES e a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) vão selecionar 10 consultores para apoiar a internacionalização da pós-graduação brasileira. O processo foi oficialmente lançado nesta segunda-feira, 13 de junho, nos Editais nº 8485 e 86 de 2022 da OEI.

O Edital nº 84/2022 selecionará quatro consultores para apoiar a CAPES na organização de material voltado a programas de pós-graduação com pouca ou nenhuma inserção internacional. Serão preparados conteúdos destinados ao aprimoramento do corpo técnico da CAPES e de instituições de ensino superior, além  da produção seminários e encontros sobre internacionalização.

Outros quatro consultores serão selecionados pelo Edital nº 85/2022. Esses profissionais farão um diagnóstico das ações de cooperação internacional e de concessão de bolsas no exterior. O trabalho também avaliará o fomento das ações de internacionalização da CAPES para organizar e compor material impresso, digital e audiovisual sobre o tema.

Por fim, o Edital nº 86/2022 selecionará dois consultores. Um deles estudará a metodologia da CAPES para os instrumentos de monitoramento dos programas de internacionalização. O outro validará procedimentos para analisar a eficácia dos modelos usados para internacionalizar a pós-graduação.

Os interessados devem encaminhar currículo, acompanhado dos documentos comprobatórios da experiência profissional e formação acadêmica, para o e-mail cgbp@capes.gov.br até a próxima segunda-feira, 20. Os editais completos e respectivos termos de referência estão publicados no site da OEI.

Fonte: CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES seleciona dez consultores para apoiar internacionalização

FAPEPI participa de Fórum do Confap e de lançamento do Edital Amazônia +10

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí, FAPEPI, participa nesta semana do Fórum Nacional CONSECTI/CONFAP. A cidade de Manaus (AM) sedia desde o dia 08 até o dia 10 de junho de 2022 o evento, que discute Ciência, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação no Brasil e alguns países como: Austrália, Espanha, França, incluindo os diversos atores das diferentes áreas, realizando a Internacionalização na Ciência.

Nesta ordem: presidente do CNPq, Evaldo Vilela; Diretora Técnico-Científica da FAPEPI, professora Nayana Pinheiro Machado de Freitas Coelho; Presidente da FAPEPI, Antonio Cardoso do Amaral; Presidente do CONFAP, Odir Dellagostin; Presidente do CONSECTI, Rafael Pontes Lima.

A FAPEPI está representada nesse evento pelo seu Presidente, Professor Antonio Cardoso do Amaral, e pela sua Diretora Técnico-Científica, Professora Nayana Pinheiro Machado de Freitas Coelho.

O evento é realizado pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia & Inovação (CONSECTI) e pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O Fórum reúne presidentes e representantes das 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), das agências federais, CNPq, FINEP, EMBRAPII e CAPES, Secretários Estaduais de CT&I, além de representantes de entidades acadêmicas e científicas, e agências internacionais.

Em sua cerimônia de abertura oficial, na manhã desta quinta-feira (09), diversas autoridades nacionais e do Estado do Amazonas estiveram presentes e fizeram uso da fala, destacando os investimentos e os resultados nos campos de CT&I. Durante a abertura oficial do Fórum também foi realizado o lançamento do Edital Amazônia+10, uma iniciativa construída no âmbito do CONSECTI e do CONFAP, que tem por objetivo apoiar pesquisas científicas e desenvolvimento tecnológico na região da Amazônia Legal, por meio de parcerias entre as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), o setor privado, governos e organizações internacionais.

Em adesão ao edital a FAPEPI disponibilizou um orçamento de R$ 300 mil que deverá ser aportado para amparar pesquisa a ser realizada no âmbito da chamada pública.

As ações da iniciativa serão focadas em quatro temáticas prioritárias: conservação da biodiversidade e respostas à crise climática; proteção de populações e comunidades tradicionais; enfrentamento dos desafios urbanos; e adoção da bioeconomia como política de desenvolvimento econômico para a região.

Com a participação de agências internacionais, empresas e governos, o valor do investimento no projeto Amazônia +10 poderá chegar a R$ 500 milhões.

Fonte: CONFAP

Continuar lendoFAPEPI participa de Fórum do Confap e de lançamento do Edital Amazônia +10

FAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) foi uma das 24 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) selecionadas para aderir ao Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil e oferecer bolsas a todas as áreas do conhecimento. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou nessa terça-feira (31) a lista das FAPs aptas a participar dessa importante medida para ajudar a manter jovens doutores no país. O prazo para financiamento é de 24 meses.

O Programa visa criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes no país e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para as regiões e para o país. Além disso, a iniciativa também busca estimular a realização de ações comuns e complementares entre o CNPq e o Confap, por meio das Fundações de Amparo à Pesquisa – FAP. Dessa forma, impulsionando a utilização de recursos de forma descentralizada e flexível para fortalecer e expandir os grupos de pesquisa das diversas unidades federativas do País.

O objetivo do Chamamento foi dar transparência aos aportes realizados pelas FAPs na execução descentralizada do Programa e permitir a ampliação e fortalecimento do escopo da ação seja pelos recursos adicionais para o fomento das pesquisas. Após o período recursal, de cinco dias, será divulgado o resultado final da seleção.

Fonte: CNPq

Continuar lendoFAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

Edital de Apoio à Olimpíadas segue em fase de contratação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo À Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulgou na última sexta-feira (03) o resultado final do Edital Nº 009/2021 – PROGRAMA DE APOIO À PARTICIPAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS, DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. Quatro propostas foram aprovadas e foram informadas por e-mail da atual fase do Edital.

O programa busca apoiar as Olimpíadas Científicas estaduais, fomentando a ampliação da participação e o aprimoramento do conhecimento de jovens estudantes piauienses, visando capacitá-los para competições nacionais e internacionais, que permitam a popularização da ciência e a melhoria da qualidade do Ensino Fundamental e Médio no estado do Piauí.

As contratações das propostas começam a partir do dia 08 de junho.

Para conferir a lista do Resultado acesse o link disponível.

Para consultar a Retificação do Cronograma do edital acesse o link disponível.

Para mais informações sobre o edital acesse o link.

Continuar lendoEdital de Apoio à Olimpíadas segue em fase de contratação

Edital de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos segue em fase de contratação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de junho de 2022
  • Reading time:1 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo À Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulgou na última sexta-feira (03) o resultado final do Edital Nº 009/2021 – APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS. Sete propostas foram aprovadas e foram informadas por e-mail da atual fase do Edital.

As contratações das propostas começam a partir do dia 08 de junho.

Para conferir a lista do resultado final acesse o link disponível.

Para consultar a Retificação do Cronograma do edital acesse o link disponível.

Para mais informações sobre o edital acesse o link.

Continuar lendoEdital de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos segue em fase de contratação

CONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:25 de maio de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançaram nesta quarta-feira, 25 de maio, a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies, realizada em parceria com as instituições britânicas, The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy.
A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) é uma da Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiu à chamada.

A FAPEPI aderiu a chamada na seguinte modalidade para oferecer fomento à pesquisadores do Reino Unido, em até quatro propostas:
Research Mobility.

O objetivo da chamada é fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

Submissão de Propostas

As propostas devem ser apresentadas em inglês. As inscrições se encerram no dia 18 de julho de 2022, às 12h00 (horário de Brasília).
O resultado da chamada será anunciado em setembro de 2022 no site do CONFAP. O início das atividades está previsto para: dezembro de 2022 a início de 2023 (para a modalidade Research Mobility).

Contatos para Informações

Para mais informações sobre a chamada, envie um e-mail para: fundonewton.confap@gmail.com.
Pesquisadores que pretendam submeter suas propostas via CNPq, mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: dileine.cunha@cnpq.br.

Fonte: CONFAP

Continuar lendoCONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

FAPEPI participa da Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:24 de maio de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), através de seu presidente, Antonio Cardoso do Amaral, participou da Solenidade de Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste (OncogeNE), realizada virtualmente nesta última quinta-feira (19), às 19h, através da Plataforma Mitte. As inscrições podem ser realizadas através do link.

Logo após a Solenidade de Abertura, foi realizada a Conferência Oncogenética e Medicina de Precisão no Nordeste: Cenário Atual e Desafios, proferida pelo Dr. Rodrigo Guindalini, Médico Oncologista e Oncogeneticista, Membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

O OncogeNE, é uma iniciativa conjunta do Centro de Inteligência em Agravos Tropicais Emergentes e Negligenciados (CIATEN), amparado pela FAPEPI, e das Universidades Federais de Pernambuco (UFPE) e do Piauí (UFPI). O evento ocorrerá a partir desta quinta-feira (19), realizado virtualmente, até o dia 21 de maio.

A realização do OncogeNE, visa contribuir para o processo de atualização profissional dos médicos oncologistas/ oncogeneticistas atuantes na Região Nordeste, bem como difundir o conhecimento, incorporação e acesso da comunidade aos avanços tecnológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Serão atendidos pelo OncogeNE, estudantes (níveis graduação e pós-graduação) e profissionais da área de saúde com interesse direto ou indireto nas temáticas que serão abordadas durante o evento.

Para conferir a programação acesse o link.

Continuar lendoFAPEPI participa da Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste

CNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:19 de maio de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT). Juntas, as chamadas viabilizam cerca de R$ 300 milhões em investimento total para pagamento das bolsas, ao longo de suas vigências.

 O prazo para submissão de propostas vai até o dia 7 de julho de 2022. O resultado final deve ser divulgado em fevereiro de 2023.

Bolsas PQ

Bolsas de mais alto nível do CNPq, destinada a pesquisadores de destaque em suas áreas. Atualmente, são cerca de 15 mil bolsistas.

Essa modalidade é composta de duas categorias: 1 e 2.

Para estar apto a receber Bolsa na Categoria 1, é preciso ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2014. Para a Categoria 2, ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2019.

Os critérios de avaliação são definidos por cada Comitê de Assessoramento (CA), que julgará as propostas.

Acesse a chamada na íntegra.

Bolsas DT

As Bolsas são destinadas a pesquisadores que se destaquem entre seus pares, valorizando sua produção em desenvolvimento tecnológico e inovação. São cerca de 800 bolsas anuais nessa modalidade.

As Áreas Tecnológicas abordadas nessa Chamada são:

Tecnologias Médicas e da Saúde;

Tecnologias Agrárias, Biotecnologia;

Meio Ambiente e Sustentabilidade;

Tecnologias Sociais e Educacionais;

Tecnologias Digitais;

Tecnologias de Materiais;

Tecnologias de Produção Industrial e de Serviços;

Energia.

Também concedidas em duas categorias, as Bolsas DT de Categoria 1 são destinadas a pesquisadores(as) que possuem oito anos, no mínimo, de doutorado, por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos 10 anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Para as de Categoria 2, os (as) pesquisadores (as) devem possuir três anos, no mínimo, de doutorado por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos cinco anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Acesse a chamada na íntegra e os critérios para submissão de proposta

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)