FAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

Biodiversa+, Parceria Europeia de Biodiversidade implementada no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizon Europelançou nesta quinta-feira, 08/09, a Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon.

A chamada tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa e inovação sobre o monitoramento transnacional da biodiversidade e mudança do ecossistema para a ciência e a sociedade, promovendo a integração das ciências naturais, ciências técnicas e ciências humanas.

Participam desta chamada transnacional conjunta 48 instituições de 34 países e a Comissão Europeia, com orçamento total de 40 milhões de euros, considerando todos os países envolvidos. No Brasil, o apoio será concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada (vide listagem abaixo). O orçamento disponível no Brasil é de aproximadamente 1 milhão de euros. (confira os orçamentos confirmados até o momento).

Relação de FAPs que aderiram à chamada:

  1. Fundação Araucária (Paraná);
  2. FAPDF (Distrito Federal);
  3. FAPEAL (Alagoas);
  4. FAPEAM (Amazonas);
  5. FAPEAP (Amapá); 
  6. FAPEG (Goiás);
  7. FAPEMA (Maranhão);
  8. FAPEMAT (Mato Grosso);
  9. FAPEPI (Piauí);
  10. FAPERGS (Rio Grande do Sul);
  11. FAPERJ (Rio de Janeiro);
  12. FAPES (Espírito Santo);
  13. FAPESB (Bahia);
  14. FAPESC (Santa Catarina);
  15. FAPESPA (Pará);
  16. FAPESQ (Paraíba);
  17. FAPT (Tocantins);
  18. FUNCAP (Ceará);
  19. FUNDECT (Mato Grosso do Sul);
  20. FAPERO (Rondônia).

*Outras FAPs ainda podem aderir à Chamada.

Submissão de Proposta

– Acesse a íntegra da Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon, as Perguntas Frequentes e a plataforma de submissão de proposta no link: www.biodiversa.org/2017 (consulte no link as Diretrizes Nacionais dos Países envolvidos)

– Acesse a plataforma da Biodiversa+ para busca de parceiros no link: proposals.etag.ee/biodiversa/2022/partner-search

– No dia 20 de setembro, às 10h (BRT), a Biodiversa+ realizará o webinar para esclarecimento de dúvidas sobre a chamada. Para participar, inscreva-se no link

Mais informações

Questões específicas de elegibilidade e modalidades de participação via CNPq ou via FAPs podem ser esclarecidas com os Pontos de Contato das instituições.Consulte aqui os contatos e orçamentos que serão disponibilizados pelas instituições brasileiras

Questões gerais e técnicas sobre a chamada podem ser esclarecidas com o Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com) ou do CNPq: Dileine Cunha (dileine.cunha@cnpq.br).

Cronograma

  • Lançamento da Chamada: 8 de setembro de 2022;
  • Prazo para submissão de pré-propostas: 9 de novembro 2022;
  • Prazo para submissão de propostas completas: 5 de abril 2023;
  • Prazo para início dos projetos: a partir de 1º de dezembro de 2023 até 1º de abril de 2024.

Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoFAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

FAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:8 de setembro de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

Foi lançado hoje (08) o edital 007-2022, de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil. A seleção é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Serão concedidas 22 bolsas de Pós-Doutorado Júnior (PDJ) e Pós-Doutorado Empresarial (PDI) com duração de até 24 (vinte e quatro) meses, sob responsabilidade do CNPq, e auxílio à pesquisa (custeio e/ou capital) no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais), sob responsabilidade da FAPEPI.

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, por meio da concessão de bolsas e auxílio à pesquisa  para jovens doutores em todas as áreas do conhecimento.

Além de criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes de reconhecida excelência no Estado do Piauí e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para o desenvolvimento sócio econômico do Estado do Piauí.

Interessados deverão apresentar propostas de  projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e de inovação para obtenção de apoio  financeiro no âmbito do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil, seguindo o cronograma do Edital.

Comunicações sobre o edital devem ser feitas através do e-mail dtc.fapepi2@gmail.com. Confira a chamada na íntegra visitando a página clicando aqui.

Continuar lendoFAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores

CNPq e MCTI lançam Chamada Pública para o setor de transporte

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:30 de agosto de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), lançam Chamada Pública para o setor de transporte e convida os interessados a apresentarem propostas.

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, na área de transporte.

São objetivos e diretrizes desta chamada: o fomento a projetos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT & I) na área de Transporte em conformidade com o disposto nesta Chamada, e nas linhas de pesquisa.

O escopo dos projetos submetidos deve ser aderente a uma das seguintes Linhas de pesquisa:

  • Inovações no transporte, incluindo os sistemas inteligentes e integrados de passageiros e carga, a automação e a robótica integrada ao transporte, e o processo produtivo (indústria 4.0, manufatura aditiva, novos materiais e reciclagem).
  • Transporte inteligente no contexto brasileiro, incluindo os veículos autônomos, as cidades inteligentes e sustentáveis e as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para o trânsito (IoT, redes de sensores, 5/6G, aplicações de IA, MaaS, estruturação de bases de dados).
  • Inovações em tecnologias de infraestrutura e superestrutura rodoviária e ferroviária, com foco em novos materiais e suas tecnologias de produção, novos processos construtivos e melhoria de desempenho de materiais e processos construtivos convencionais, observado os aspectos referentes à sustentabilidade e à redução de custos.
  • Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação nos setores de transporte com foco no planejamento, intermodalidade e regulação, objetivando maior eficiência da rede.

Submissão de proposta

O prazo para submissão de proposta encerrará no dia 31/08/2022, conforme edital. O período de Julgamento será de 19 a 30/09/2022. A divulgação do resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet em 14/10/2022. O prazo final para interposição de recurso administrativo será 24/10/2022. A divulgação da decisão no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet será 28/11/2022.

Critérios de Elegibilidade

O responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta; possuir o título de Doutor; ser o coordenador do projeto; ter vínculo formal com a instituição de execução do projeto.

Vínculo formal é entendido como toda e qualquer forma de vinculação existente entre o proponente, pessoa física, e a instituição de execução do projeto.

A instituição de execução do projeto deverá estar cadastrada no Diretório de Instituições do CNPq, devendo ser uma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT). A instituição de execução do projeto é aquela com a qual o proponente deve apresentar vínculo.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 16.100.000,00 (dezesseis milhões e cem mil reais) oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais, a serem liberados de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq e na forma pactuada entre as partes.

As propostas deverão ser submetidas em uma das seguintes Faixas:

  • Faixa A – Grupos de Pesquisa prioritariamente em colaboração com empresas e agentes do setor com limite máximo de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) por projeto;
  • Faixa B – Grupos de pesquisa obrigatoriamente em colaboração com empresas e entes do setor produtivo com limite máximo de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) por projeto; e
  • Faixa C – Grupos de pesquisa obrigatoriamente em colaboração com empresas e entes do setor produtivo com limite máximo de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) por projeto.

Para mais informações acesse a página do CNPq.

Edital da Chamada disponível aqui.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam Chamada Pública para o setor de transporte

CNPq e MCTI lançam Chamada Pública para pesquisas destinadas ao Combate à poluição no mar

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:30 de agosto de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançam a Chamada Pública CNPq/MCTI-FNDCT CT-Petro Nº 43/2022, para concessão de bolsas e auxílio financeiro para pesquisas destinadas ao Combate à poluição no mar e ambientes marinhos causada pelo plástico e seus subprodutos. 

A ideia é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País em consonância com o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar (PNCLM). Os objetivos e diretrizes desta chamada são: 

  • Desenvolver diagnóstico e estratégias tecnológicas para combater a poluição no mar e ambientes marinhos causada pelo plástico e seus subprodutos em consonância com o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar – PNCLM.
  • Promover ações de educação, popularização e/ou divulgação científica para diferentes tipos de público, alcançando amplos setores da sociedade em articulação com especialistas, grupos e instituições que atuam nas áreas de educação formal e não formal. 

O prazo para submissão de propostas será até, às 23h59, do dia 05 de setembro. Os interessados devem realizar a inscrição, exclusivamente via Internet, através do Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas.

Serão selecionados projetos integrados ou redes de pesquisa em três distintas Linhas de Pesquisa:

Linha 1: Quantificação e tipificação do plástico. O objetivo desta linha é o de estabelecer o desenvolvimento de banco de dados com informações sobre os tipos de resíduos, fontes de origem, quantidades e distribuição do lixo no mar brasileiro com a finalidade de monitorar a efetividade das intervenções práticas e políticas para o combate ao lixo no mar. 

Linha 2: Tecnologias para decomposição, tratamento e substituição do plástico. O objetivo desta linha é o de fomentar projetos de inovação tecnológica para o aproveitamento do plástico recolhido do ambiente marinho, propiciar o desenvolvimento de materiais avançados para redesenho de produtos e substituição do plástico, com a finalidade de reduzir gradativamente o lixo presente nas praias brasileiras e nas águas do mar, atuando para que os impactos gerados por esses resíduos sejam minimizados. 

Linha 3: Redes de monitoramento da cadeia produtiva do plástico incluindo descarte e reciclagem. O objetivo desta linha é subsidiar o monitoramento da poluição causada pelo plástico na costa brasileira conforme previsto no PNCLM. Para tanto é necessário a realização de estudos da cadeia produtiva do plástico e seus subprodutos que forneçam dados e informações com metodologia científica padronizada, promovendo maior conhecimento e capacidade de pesquisa para subsidiar a tomada de decisão.  

Para saber mais acesse o link disponível.

Para consultar o edital acesse o link disponível.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam Chamada Pública para pesquisas destinadas ao Combate à poluição no mar

CNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:24 de junho de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou a Chamada Pública para apresentação de propostas de instituições interessadas em participar do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-Af).

O Programa irá conceder bolsas de Iniciação Científica (IC). A concessão das bolsas ocorrerá em dois ciclos de 12 meses: 01 de setembro de 2022 a 31 de agosto de 2023 e 01 de setembro de 2023 a 31 de agosto de 2024. O objetivo é selecionar Instituições de Ensino Superior (IESs) públicas que tenham política de pesquisa científica institucionalizada e que tenham implementadas políticas de ação afirmativa para o ingresso de estudantes de grupos historicamente excluídos no Ensino Superior, além de promover a formação de estudantes de graduação beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas no método científico e em outros conceitos fundamentais para a produção do conhecimento científico. O programa também visa contribuir para a formação de recursos humanos para a ciência dentre beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas. Dessa forma, o programa visa possibilitar o acesso e a integração dos estudantes beneficiários de políticas de ações afirmativas para ingresso no ensino superior de grupos historicamente excluídos do ambiente acadêmico à cultura científica.

Os critérios de elegibilidade são obrigatórios e a ausência de qualquer um deles resultará no indeferimento da proposta.

  • O responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
    • a) estar cadastrado como Representante Institucional de Iniciação Científica no Diretório de Instituições (DI) do CNPq;
    • b) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta, e
    • c) ter vínculo formal com a instituição de execução da proposta.
  • Vínculo formal é entendido como toda e qualquer forma de vinculação existente entre o proponente, pessoa física, e a instituição de execução da proposta.
  • Na inexistência de vínculo empregatício ou funcional, o vínculo deverá estar caracterizado por meio de documento oficial que comprove haver concordância entre o proponente e a instituição de execução da proposta para o desenvolvimento da atividade de pesquisa e/ou ensino, documento que deverá ficar em poder do proponente, não sendo necessária a remessa ao CNPq.
  • No formulário de submissão da proposta, o proponente deverá declarar, para os devidos fins de direito, que não possui qualquer inadimplência com o CNPq e com a Administração Pública Federal, direta ou indireta, sob pena de indeferimento.
  • Caso constatada, a qualquer tempo, a falsidade da declaração, o CNPq adotará as providências cabíveis diante dos indícios de crime de falsidade ideológica.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global da ordem de R$ 8.000.000,00, sendo este total oriundo do orçamento do CNPq, a ser liberado de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. O horário limite para submissão das propostas ao CNPq será até às 23h59, horário de Brasília, do dia 01 de agosto de 2022.

A divulgação do resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet.

Para mais informações acesse o link.

Para acessar a Chamada Pública clique aqui.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

Inscrições para a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies se encerram no dia 18 de julho

  • Post author:
  • Post category:Editais
  • Post last modified:28 de julho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies, realizada em parceria com as instituições britânicas The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy foi lançada oficialmente no dia 25 de maio de 2022, com o objetivo de fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros, em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

O fomento será oferecido pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada, na qual a Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí (FAPEPI) faz parte. Propostas para outros estados poderão receber fomento diretamente do CNPq.

Para pesquisadores que irão submeter propostas via FAPs que aderiram à chamada (com exceção da FAPESP – São Paulo) e via CNPq, as inscrições estão disponíveis no link: sistema.confap.org.br. As propostas devem ser apresentadas em inglês. As inscrições se encerram no dia 18 de julho de 2022, às 12h00 (horário de Brasília).

Para mais informações sobre a chamada, envie um e-mail para: fundonewton.confap@gmail.com.

Pesquisadores que pretendam desenvolver suas atividades no Estado de São Paulo devem entrar em contato pelo formulário da FAPESP: www.fapesp.br/en/contact.

Para pesquisadores que pretendam submeter suas propostas via CNPq, mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: dileine.cunha@cnpq.br.

A íntegra do edital pode ser conferida aqui.

Continuar lendoInscrições para a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies se encerram no dia 18 de julho

Inscrições abertas para a chamada da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

  • Post author:
  • Post category:EditaisNotícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) abriram a chamada para seleção de projetos para a 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). O evento tem se firmado como um relevante instrumento de popularização da ciência o País e uma das ferramentas mais importantes para incentivar e fomentar a prática científica e acontecerá entre os dias 17 a 23 de outubro de 2022. O tema deste ano é “Bicentenário da Independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no Brasil”. O prazo final de submissão das propostas vai até o dia 4 de julho de 2022. 

Os recursos previstos para a Chamada são da ordem de R$ 10,5 mil, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

Como nas edições anteriores, serão realizados eventos e atividades gratuitas e abertas à comunidade, online e presenciais. Os projetos deverão ser submetidos a uma das seguintes linhas:

Linha A – Eventos de Abrangência Estadual ou Distrital

Linha B – Eventos de Abrangência Intermunicipal

Linha C – Atividades relacionadas ao Mês Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Para mais informações acesse aqui a Chamada.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é realizada pelo MCTI desde 2004. O formato atualmente utilizado de seleção por meio de Chamada Pública operacionalizada pelo CNPq foi executado pela primeira vez em 2017, com o lançamento da Chamada MCTIC/CNPq nº. 02/2017.

Desde então, têm sido lançadas edições anuais em parceria entre o CNPq e MCTI, com submissão de propostas via Plataforma Carlos Chagas, ampliando consideravelmente o alcance dos projetos em todo o território nacional, num movimento de consolidação de iniciativas já realizadas em anos anteriores.

Informações: CNPQ

Continuar lendoInscrições abertas para a chamada da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

FAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) foi uma das 24 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) selecionadas para aderir ao Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil e oferecer bolsas a todas as áreas do conhecimento. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou nessa terça-feira (31) a lista das FAPs aptas a participar dessa importante medida para ajudar a manter jovens doutores no país. O prazo para financiamento é de 24 meses.

O Programa visa criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes no país e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para as regiões e para o país. Além disso, a iniciativa também busca estimular a realização de ações comuns e complementares entre o CNPq e o Confap, por meio das Fundações de Amparo à Pesquisa – FAP. Dessa forma, impulsionando a utilização de recursos de forma descentralizada e flexível para fortalecer e expandir os grupos de pesquisa das diversas unidades federativas do País.

O objetivo do Chamamento foi dar transparência aos aportes realizados pelas FAPs na execução descentralizada do Programa e permitir a ampliação e fortalecimento do escopo da ação seja pelos recursos adicionais para o fomento das pesquisas. Após o período recursal, de cinco dias, será divulgado o resultado final da seleção.

Fonte: CNPq

Continuar lendoFAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

CONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:25 de maio de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançaram nesta quarta-feira, 25 de maio, a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies, realizada em parceria com as instituições britânicas, The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy.
A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) é uma da Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiu à chamada.

A FAPEPI aderiu a chamada na seguinte modalidade para oferecer fomento à pesquisadores do Reino Unido, em até quatro propostas:
Research Mobility.

O objetivo da chamada é fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

Submissão de Propostas

As propostas devem ser apresentadas em inglês. As inscrições se encerram no dia 18 de julho de 2022, às 12h00 (horário de Brasília).
O resultado da chamada será anunciado em setembro de 2022 no site do CONFAP. O início das atividades está previsto para: dezembro de 2022 a início de 2023 (para a modalidade Research Mobility).

Contatos para Informações

Para mais informações sobre a chamada, envie um e-mail para: fundonewton.confap@gmail.com.
Pesquisadores que pretendam submeter suas propostas via CNPq, mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: dileine.cunha@cnpq.br.

Fonte: CONFAP

Continuar lendoCONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

CNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:19 de maio de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT). Juntas, as chamadas viabilizam cerca de R$ 300 milhões em investimento total para pagamento das bolsas, ao longo de suas vigências.

 O prazo para submissão de propostas vai até o dia 7 de julho de 2022. O resultado final deve ser divulgado em fevereiro de 2023.

Bolsas PQ

Bolsas de mais alto nível do CNPq, destinada a pesquisadores de destaque em suas áreas. Atualmente, são cerca de 15 mil bolsistas.

Essa modalidade é composta de duas categorias: 1 e 2.

Para estar apto a receber Bolsa na Categoria 1, é preciso ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2014. Para a Categoria 2, ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2019.

Os critérios de avaliação são definidos por cada Comitê de Assessoramento (CA), que julgará as propostas.

Acesse a chamada na íntegra.

Bolsas DT

As Bolsas são destinadas a pesquisadores que se destaquem entre seus pares, valorizando sua produção em desenvolvimento tecnológico e inovação. São cerca de 800 bolsas anuais nessa modalidade.

As Áreas Tecnológicas abordadas nessa Chamada são:

Tecnologias Médicas e da Saúde;

Tecnologias Agrárias, Biotecnologia;

Meio Ambiente e Sustentabilidade;

Tecnologias Sociais e Educacionais;

Tecnologias Digitais;

Tecnologias de Materiais;

Tecnologias de Produção Industrial e de Serviços;

Energia.

Também concedidas em duas categorias, as Bolsas DT de Categoria 1 são destinadas a pesquisadores(as) que possuem oito anos, no mínimo, de doutorado, por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos 10 anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Para as de Categoria 2, os (as) pesquisadores (as) devem possuir três anos, no mínimo, de doutorado por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos cinco anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Acesse a chamada na íntegra e os critérios para submissão de proposta

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)