FAPEPI lança editais de bolsas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:2 de julho de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) mais uma vez garante oportunidade de bolsas para graduandos, mestrandos e doutorandos, e torna público nesta sexta-feira (01) o lançamento de editais para concessão de bolsas de apoio às atividades de pesquisa científica, tecnológica e inovação.

A FAPEPI convida pesquisadores vinculados a Instituições de Ensino e Pesquisa sediadas no Estado do Piauí a apresentarem propostas para obtenção de bolsas na modalidade Iniciação Científica (IC) para estudantes de Graduação no âmbito do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da FAPEPI – PBIC, e para mestrandos e doutorandos, no âmbito do Programa de Apoio à Pós-graduação Stricto Sensu (PAPG). Os editais podem ser conferidos clicando aqui.

Os programas visam contribuir para a formação de pesquisadores em todas as áreas do conhecimento, através da concessão de bolsas de iniciação científica a alunos de graduação (PBIC), mestrado e doutorado (PAPG). 

Para mais informações acesse nossas redes ou entre em contato pelo e-mail fapepi@fapepi.pi.gov.br.

Continuar lendoFAPEPI lança editais de bolsas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado

FAPEPI participa de Chamada de projetos de inovação tecnológica entre o Brasil e a Espanha

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:30 de junho de 2022
  • Reading time:4 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), no conjunto de suas Fundações, e o Centro de Desenvolvimento Tecnológico Industrial (CDTI) da Espanha, lançaram nesta segunda-feira (27/06), a Chamada CONFAP & CDTI 2022-2023, para apoiar projetos de colaboração em pesquisa e inovação tecnológica entre o Brasil e a Espanha.

Os participantes dos projetos selecionados poderão ser apoiados pelo CDTI, na Espanha, e pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) participantes da chamada no Brasil (vide listagem abaixo). Esta chamada abrange propostas de qualquer setor de atividades. Os projetos terão a duração de 12 a 36 meses.

Elegibilidade 

Os consórcios que desenvolverão as propostas deverão ser constituídos no Brasil de acordo com os seguintes requisitos: 

– É necessária a participação de uma entidade brasileira (empresa, universidade ou centro de pesquisa, dependendo dos requisitos de elegibilidade da FAP envolvida) junto com uma empresa espanhola, associados por meio de um Acordo de Colaboração (Carta de Intenções). Podem participar parceiros de outros Estados no mesmo projeto. 

– As Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) podem solicitar critérios de elegibilidade adicionais, que, em tais casos, as diretrizes específicas de cada FAP serão publicadas em seus respectivos sites. 

– Os participantes do Brasil devem verificar as regras de elegibilidade e modalidades de participação das suas respectivas FAPs.

Veja a relação das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – FAPs participantes da chamada:

  1. Fundação Araucária – Paraná;
  2. FAPAC – Acre;
  3. FAPDF – Distrito Federal;
  4. FAPEAM – Amazonas;
  5. FAPEAP – Amapá;
  6. FAPEG – Goiás;
  7. FAPEMA – Maranhão;
  8. FAPEMAT – Mato Grosso;
  9. FAPEPI – Piauí;
  10. FAPERGS – Rio Grande do Sul;
  11. FAPERJ – Rio de Janeiro;
  12. FAPES – Espírito Santo;
  13. FAPESB – Bahia;
  14. FAPESC – Santa Catarina;
  15. FAPESPA – Pará;
  16. FAPESQ – Paraíba;
  17. FAPT – Tocantins;
  18. FUNCAP – Ceará;
  19. FUNDECT – Mato Grosso do Sul;
  20. FAPERO – Rondônia.

Submissão de propostas

As entidades participantes no Brasil devem enviar suas propostas ao CONFAP e verificar se a proposta deve ser também submetida na plataforma da respectiva FAP.

A plataforma para submissão das propostas do CONFAP será disponibilizada a partir do dia 22 de agosto de 2022, no link.

Cronograma

– Lançamento da chamada: 27 de junho de 2022.

– A chamada terá três prazos distintos para submissão das propostas: 16 de setembro de 2022; 20 de abril de 2023; e 15 de setembro de 2023.

Mais informações:

– Para o esclarecimento de dúvidas gerais relacionadas à chamada e participação das FAPs brasileiras, envie um e-mail para: elisa.confap@gmail.com;

– Para o esclarecimento de dúvidas relacionadas ao apoio do CDTI aos projetos brasileiros, envie um e-mail para: mariapilar.demiguel@cdti.es.

Acesse a íntegra da Chamada CONFAP & CDTI 2022-2023.

Assessoria de Comunicação do CONFAP

Continuar lendoFAPEPI participa de Chamada de projetos de inovação tecnológica entre o Brasil e a Espanha

CONFAP e FAPEPI lançam chamada da Iniciativa Amazônia+10

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) tornam pública a Chamada de Propostas nº 003/2022 – Iniciativa Amazônia+10, que visa o desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) na região da Amazônia Legal.

Além da FAPEPI, outras 19 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) aderiram à Chamada de Propostas (vide listagem abaixo). Os investimentos totalizam mais de R$ 50 milhões. Pesquisadores do Piauí deverão atender também as diretrizes da FAPEPI (Diretrizes).

O objetivo desta Chamada de Propostas é apoiar a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico em instituições de ensino e pesquisa e em empresas sobre os problemas atuais da Amazônia, que tenham como foco o estreitamento das interações natureza-sociedade para um desenvolvimento sustentável e inclusivo da região. 

Os estudos apoiados no âmbito desta iniciativa deverão avançar o conhecimento científico e tecnológico sobre a região propondo soluções de adaptação baseadas na comunidade, ou seja, desenvolvida conjuntamente com a população local, de forma a prioritariamente beneficiar e promover o bem-estar das populações da região de forma consistente e a longo prazo. A participação de formuladores de políticas públicas e investidores públicos e privados será incentivada em todos os projetos.

Eixos Prioritários

Serão recebidas propostas que apresentem pesquisa científica que contribua para a resolução de problemas considerados prioritários para o avanço do desenvolvimento sustentável na região, em três eixos:

I) Territórios como infraestrutura e logística que facilitam o desenvolvimento sustentável em dimensão multiescalar;

II) Povo da Amazônia como protagonistas do conhecimento e da valorização da biodiversidade e adaptação às mudanças climáticas; e

III) Fortalecimento de cadeias produtivas sustentáveis pelos amazônidas.

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) torna pública a Chamada de Propostas nº 003/2022 – Iniciativa Amazônia+10, que visa o desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) na região da Amazônia Legal.

Ao todo, 20 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) aderiram à Chamada de Propostas (vide listagem abaixo). Os investimentos totalizam mais de R$ 50 milhões.

O objetivo desta Chamada de Propostas é apoiar a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico em instituições de ensino e pesquisa e em empresas sobre os problemas atuais da Amazônia, que tenham como foco o estreitamento das interações natureza-sociedade para um desenvolvimento sustentável e inclusivo da região. 

Os estudos apoiados no âmbito desta iniciativa deverão avançar o conhecimento científico e tecnológico sobre a região propondo soluções de adaptação baseadas na comunidade, ou seja, desenvolvida conjuntamente com a população local, de forma a prioritariamente beneficiar e promover o bem-estar das populações da região de forma consistente e a longo prazo. A participação de formuladores de políticas públicas e investidores públicos e privados será incentivada em todos os projetos.

Eixos Prioritários

Serão recebidas propostas que apresentem pesquisa científica que contribua para a resolução de problemas considerados prioritários para o avanço do desenvolvimento sustentável na região, em três eixos:

I) Territórios como infraestrutura e logística que facilitam o desenvolvimento sustentável em dimensão multiescalar;

II) Povo da Amazônia como protagonistas do conhecimento e da valorização da biodiversidade e adaptação às mudanças climáticas; e

III) Fortalecimento de cadeias produtivas sustentáveis pelos amazônidas.

Veja a relação de *FAPs que aderiram à Chamada de Propostas e as respectivas diretrizes de cada Fundação:

  1. FACEPE – Pernambuco (Diretrizes);
  2. FAPAC – Acre (Diretrizes);
  3. FAPDF – Distrito Federal (Diretrizes);
  4. FAPEAL – Alagoas (Diretrizes);
  5. FAPEAM – Amazonas (Diretrizes);
  6. FAPEAP – Amapá (Diretrizes);
  7. FAPEG – Goiás (Diretrizes);
  8. FAPEMA – Maranhão (Diretrizes);
  9. FAPEMAT – Mato Grosso (Diretrizes);
  10. FAPEPI – Piauí (Diretrizes); 
  11. FAPERGS – Rio Grande do Sul (Diretrizes);
  12. FAPERJ – Rio de Janeiro (Diretrizes);  
  13. FAPERO – Rondônia (Diretrizes);
  14. FAPES – Espírito Santo (Diretrizes);
  15. FAPESC – Santa Catarina (Diretrizes);
  16. FAPESP – São Paulo (Diretrizes);
  17. FAPESPA – Pará (Diretrizes);
  18. FAPESQ – Paraíba (Diretrizes);
  19. FAPT – Tocantins (Diretrizes);
  20. Fundação Araucária – Paraná (Diretrizes).

*Outras FAPs e demais instituições interessadas poderão participar desta chamada manifestando seu interesse, junto ao CONFAP, até a data limite de 15 de julho de 2022.

Elegibilidade e Submissão de Propostas

As propostas devem ter a participação de pesquisadores responsáveis de pelo menos três Estados das FAPs que aderiram à chamada, sendo que um deles deve ser obrigatoriamente vinculado a instituições de ensino superior e/ou pesquisa, ou ainda de empresas, com sede nos Estados da região Amazônica (Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Pará, Maranhão, Amapá, Tocantins e Mato Grosso).

Os candidatos brasileiros devem consultar as regras específicas de elegibilidade e modalidades de participação das respectivas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram ou venham a aderir à chamada. Os projetos apoiados deverão ter duração de, no máximo, três anos.

Cronograma

– Publicação da Chamada de Propostas: 24 de junho de 2022;

– Data limite para submissão das propostas: 10 de agosto de 2022;

– Divulgação do resultado: 11 de novembro de 2022.

A divulgação do resultado será feita pelo CONFAP (via site) e por todas as FAPs envolvidas via contato direto com os pesquisadores.

Informações

– Dúvidas gerais sobre a Chamada de Propostas nº 003/2022 e a Iniciativa Amazônia +10 podem ser esclarecidas pelo e-mail: chamadaamazonia10@gmail.com.

– Dúvidas específicas sobre os procedimentos e regras de elegibilidade de cada FAP podem ser esclarecidas com os contatos disponíveis no link

Continuar lendoCONFAP e FAPEPI lançam chamada da Iniciativa Amazônia+10

CNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:24 de junho de 2022
  • Reading time:5 mins read

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou a Chamada Pública para apresentação de propostas de instituições interessadas em participar do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-Af).

O Programa irá conceder bolsas de Iniciação Científica (IC). A concessão das bolsas ocorrerá em dois ciclos de 12 meses: 01 de setembro de 2022 a 31 de agosto de 2023 e 01 de setembro de 2023 a 31 de agosto de 2024. O objetivo é selecionar Instituições de Ensino Superior (IESs) públicas que tenham política de pesquisa científica institucionalizada e que tenham implementadas políticas de ação afirmativa para o ingresso de estudantes de grupos historicamente excluídos no Ensino Superior, além de promover a formação de estudantes de graduação beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas no método científico e em outros conceitos fundamentais para a produção do conhecimento científico. O programa também visa contribuir para a formação de recursos humanos para a ciência dentre beneficiários de políticas de ações afirmativas das IESs públicas. Dessa forma, o programa visa possibilitar o acesso e a integração dos estudantes beneficiários de políticas de ações afirmativas para ingresso no ensino superior de grupos historicamente excluídos do ambiente acadêmico à cultura científica.

Os critérios de elegibilidade são obrigatórios e a ausência de qualquer um deles resultará no indeferimento da proposta.

  • O responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
    • a) estar cadastrado como Representante Institucional de Iniciação Científica no Diretório de Instituições (DI) do CNPq;
    • b) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta, e
    • c) ter vínculo formal com a instituição de execução da proposta.
  • Vínculo formal é entendido como toda e qualquer forma de vinculação existente entre o proponente, pessoa física, e a instituição de execução da proposta.
  • Na inexistência de vínculo empregatício ou funcional, o vínculo deverá estar caracterizado por meio de documento oficial que comprove haver concordância entre o proponente e a instituição de execução da proposta para o desenvolvimento da atividade de pesquisa e/ou ensino, documento que deverá ficar em poder do proponente, não sendo necessária a remessa ao CNPq.
  • No formulário de submissão da proposta, o proponente deverá declarar, para os devidos fins de direito, que não possui qualquer inadimplência com o CNPq e com a Administração Pública Federal, direta ou indireta, sob pena de indeferimento.
  • Caso constatada, a qualquer tempo, a falsidade da declaração, o CNPq adotará as providências cabíveis diante dos indícios de crime de falsidade ideológica.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global da ordem de R$ 8.000.000,00, sendo este total oriundo do orçamento do CNPq, a ser liberado de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. O horário limite para submissão das propostas ao CNPq será até às 23h59, horário de Brasília, do dia 01 de agosto de 2022.

A divulgação do resultado preliminar do julgamento no Diário Oficial da União, por extrato, e na página do CNPq na internet.

Para mais informações acesse o link.

Para acessar a Chamada Pública clique aqui.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq lança Chamada Pública para concessão de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas

CONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:25 de maio de 2022
  • Reading time:2 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançaram nesta quarta-feira, 25 de maio, a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies, realizada em parceria com as instituições britânicas, The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy.
A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) é uma da Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiu à chamada.

A FAPEPI aderiu a chamada na seguinte modalidade para oferecer fomento à pesquisadores do Reino Unido, em até quatro propostas:
Research Mobility.

O objetivo da chamada é fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

Submissão de Propostas

As propostas devem ser apresentadas em inglês. As inscrições se encerram no dia 18 de julho de 2022, às 12h00 (horário de Brasília).
O resultado da chamada será anunciado em setembro de 2022 no site do CONFAP. O início das atividades está previsto para: dezembro de 2022 a início de 2023 (para a modalidade Research Mobility).

Contatos para Informações

Para mais informações sobre a chamada, envie um e-mail para: fundonewton.confap@gmail.com.
Pesquisadores que pretendam submeter suas propostas via CNPq, mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: dileine.cunha@cnpq.br.

Fonte: CONFAP

Continuar lendoCONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

FAPEPI participa da Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:24 de maio de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), através de seu presidente, Antonio Cardoso do Amaral, participou da Solenidade de Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste (OncogeNE), realizada virtualmente nesta última quinta-feira (19), às 19h, através da Plataforma Mitte. As inscrições podem ser realizadas através do link.

Logo após a Solenidade de Abertura, foi realizada a Conferência Oncogenética e Medicina de Precisão no Nordeste: Cenário Atual e Desafios, proferida pelo Dr. Rodrigo Guindalini, Médico Oncologista e Oncogeneticista, Membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

O OncogeNE, é uma iniciativa conjunta do Centro de Inteligência em Agravos Tropicais Emergentes e Negligenciados (CIATEN), amparado pela FAPEPI, e das Universidades Federais de Pernambuco (UFPE) e do Piauí (UFPI). O evento ocorrerá a partir desta quinta-feira (19), realizado virtualmente, até o dia 21 de maio.

A realização do OncogeNE, visa contribuir para o processo de atualização profissional dos médicos oncologistas/ oncogeneticistas atuantes na Região Nordeste, bem como difundir o conhecimento, incorporação e acesso da comunidade aos avanços tecnológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Serão atendidos pelo OncogeNE, estudantes (níveis graduação e pós-graduação) e profissionais da área de saúde com interesse direto ou indireto nas temáticas que serão abordadas durante o evento.

Para conferir a programação acesse o link.

Continuar lendoFAPEPI participa da Abertura do Seminário de Oncogenética do Nordeste

Iniciativa piauiense está entre os finalistas do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora 2021

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:12 de maio de 2022
  • Reading time:4 mins read
Professor Rodrigo Baluz

Projeto de fomento à cultura empreendedora no Ensino Superior, Carnaúba Valley,  idealizado pelo professor dr. Rodrigo Baluz do curso de Ciência da Computação da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus de Parnaíba, está entre os finalistas nacionais do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora 2021.

O projeto, desenvolvido junto a estudantes da área de tecnologia, tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento de negócios, conectar pessoas que buscam promover o desenvolvimento regional por meio de negócios inovadores, transformando a sociedade e promovendo o avanço econômico, social e cultural da região norte do Piauí por meio de tecnologia, inovação e criatividade. 

Através do projeto os jovens são estimulados a transformar ideias inovadoras e projetos de pesquisas em negócios. Com o uso de metodologias e programas de pré-aceleração são criadas novas startups. Dentro da comunidade, estes negócios alcançam oportunidades para serem acelerados em vários locais do Brasil ou a editais de fomentos com investimentos iniciais para construção e operação das soluções.

Concorrendo ao lado de educadores de todo o país, o projeto foi vencedor da etapa estadual do prêmio realizada em dezembro de 2021. A etapa nacional, que reúne os 10 principais projetos de todo o Brasil, terá a cerimônia de premiação hoje, dia 12 de maio de 2022, na cidade de São Paulo, durante a programação da Bett Educar Brasil, maior evento de educação e tecnologia da América Latina, que congrega, anualmente,  mais de 270 empresas nacionais e internacionais, mais de 20 startups do setor e cerca de 30.000 participantes da comunidade educacional de todos os estados brasileiros, que se encontram com o propósito de buscar inspiração, discutir o futuro da educação e o papel que a tecnologia e a inovação desempenham na formação de todos os educadores e estudantes.

“Cada vez mais falamos em inovação e que o jovem precisa empreender, criando soluções com uso de tecnologia. Acontece que além de promover está transformação na cultura empreendedora, precisamos criar ambientes e políticas para a promoção e suporte as inovações. Neste sentido que chego ao Prêmio Nacional de Educação Empreendedora promovido pelo Sebrae,” conta o professor.

O Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora tem o objetivo de reconhecer o trabalho de professores brasileiros que tenham implementado práticas, cursos e projetos de Educação Empreendedora. Podem se inscrever educadores vinculados a instituições de ensino da educação básica regular ou profissionalizante e de educação superior, reconhecidas pelo MEC. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora, promovido pelo Sebrae desde 2013 e que já impactou 7 milhões de estudantes, por meio da capacitação de 270 mil professores.

“Representar o Piauí entre os finalistas mostra que nosso estado converge para um avanço, para a construção de uma nova economia, agora baseada em inovação e tecnologia. Uma ação que nasce na UESPI Parnaíba e que transborda para toda região norte ao passo que se constitui uma comunidade de tecnologia, inovação e empreendedorismo, a Carnaúba Valley”, finaliza o professor.

Continuar lendoIniciativa piauiense está entre os finalistas do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora 2021

Empreendedorismo: inscrições para o Centelha II já estão abertas

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:30 de abril de 2022
  • Reading time:5 mins read

Segunda edição do programa vai investir recursos não reembolsáveis em ideias empreendedoras do Piauí

Foram abertas nesta sexta-feira as inscrições da segunda edição do Centelha, programa que estimula ideias empreendedoras e inovadoras por meio de injeção de recursos, capacitação e suporte para os futuros empresários do Piauí. O lançamento do Centelha 2 aconteceu no auditório da Sasc e teve a presença do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), Antônio Cardoso de Amaral, do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, entre outras autoridades.

Centelha II é lançado no Piauí (FOTO: Yury Pontes)

Ao todo, serão investidos R$ 5,2 milhões para 61 ideias inovadoras no Piauí, sendo que cada projeto receberá até R$ 53 mil para investir na empresa, e cada futuro empreendedor terá direito a uma bolsa de até R$ 26 mil durante 12 meses, que é o período de execução do programa. Ao todo, o Centelha arcará com 95% do investimento, cabendo ao candidato apenas 5% do valor).

As inscrições para o Centelha podem ser feitas até dia 09 de junho, às 13h, por meio do site do programa Centelha, onde o candidato também pode baixar o edital com todas as informações. O programa tem três etapas e para fazer a inscrição não é necessário o candidato ter CNPJ. “O futuro empreendedor só precisará abrir uma empresa caso seja selecionado”, explica Amaral.

Lançamento contou com a presença do Ministro do MCTI, Paulo Alvim. (FOTO: Yury Pontes)

A primeira edição do programa foi lançada em 2020. Das 276 ideias empreendedoras inscritas no Piauí, 23 foram selecionadas, sendo que 20 deram continuidade ao projeto e receberam, cada uma, até R$ 60 mil, além de mentorias e suporte. Várias dessas ideais já viraram empresas piauienses e entraram no mercado, gerando emprego e renda.

Uma dos cases de sucesso do Centelha 1 é a empresa piauiense Mandala do Sabor, que usou recursos do programa para desenvolver o produto o lança-lo no mercado. A empresa expôs os produtos no evento para o público presente.

Antônio Cardoso do Amaral ressaltou que o programa é uma grande oportunidade para quem quer abrir sua empresa, mas não tem recursos ou crédito. Ele citou que só foi possível a realização do Centelha graças a parcerias com diversos órgãos e entidades. “Todos os órgãos e instituições são fundamentais para o sucesso do programa. Além do Ministério, temos a Finep, a Sudene, a Fundação CERTI e CNPq”, afirmou o presidente.


Representando a governadora Regina Sousa, o presidente da Agência da Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), Antônio Torres, destacou a importância dos entes Estado, Município e União para o desenvolvimento do programa. “É esse o papel do poder público. Trabalhar em prol do cidadão”, frisou.

O ministro Paulo Alvim frisou que o Centelha 2 é um exemplo prático de que a iniciativa virou um programa de Estado. “ Com o lançamento da primeira edição do Centelha em 2019 e o sucesso do programa, decidimos então lançar novas edições, transformando-o em uma política de Estado. Então, vamos dar sequência e nos próximos anos teremos o Centelha 3, Centelha 4 e assim por diante”, anunciou o ministro.


O Centelha é uma realização do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), da Fundação CERTI e da Sudene.

Estiveram presentes ainda no evento, entre outras autoridades, Marcelo Camargo, superintendente da Área de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento Tecnológico da Finep, Marcos Pinto, diretor de Empreendedorismo Inovador do MCTI e Ciro Sá, diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI.

Continuar lendoEmpreendedorismo: inscrições para o Centelha II já estão abertas

LNCC abre inscrições para cursos de Mestrado e Doutorado Stricto sensu

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:11 de abril de 2022
  • Reading time:2 mins read

O Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC (unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI) abriu as inscrições para o 1°Processo Seletivo 2022 para os cursos de Mestrado e Doutorado (stricto sensu) do Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional do LNCC. As inscrições podem ser realizadas até 18 de abril, para matrículas em junho e setembro de 2022.

O Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional do LNCC visa prover uma formação multidisciplinar em Ciências Exatas, Ciências da Computação e Ciências da Vida a graduados em Matemática, Física, Química, Engenharias, Computação, Biologia, Economia ou outras áreas afins. Para ingresso no Programa de Mestrado, o candidato deve ter concluído um curso de graduação em uma das referidas áreas. E para ingresso no Programa de Doutorado, o candidato deve ter concluído um curso de mestrado stricto sensu em uma das áreas citadas.

Criado em 2000, tem conceito 6 desde a avaliação 2007-2009 e foi o primeiro programa da área interdisciplinar a obter esse alto conceito junto à Área Interdisciplinar da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (órgão do Governo Federal, vinculado ao Ministério da Educação – MEC).

Informações e inscrições, acesse o endereço.

Continuar lendoLNCC abre inscrições para cursos de Mestrado e Doutorado Stricto sensu

FAPEPI apoia evento nacional de inovação

No próximo dia 02 de abril (sábado) acontece em todo o Brasil um grande encontro de colegas no ecossistema de inovação. Esse encontro de todas as redes terá hubs presenciais em todas as 27 capitais e em outras cidades em todo o país.

Em Teresina o encontro tem o apoio da FAPEPI e acontecerá no Sebraelab, das 10h00 às 12h00. Também será comemorado os 5 anos do Open Innovation BR.

O objetivo maior será revermos colegas e conhecermos mais gente que atua no ambiente de inovação. O encontro inclui conversas sobre como trabalhar em rede, inclusive reunindo redes e inciativas já existentes. 

Temas das conversas:

1 – Organização Social CajuinaTech e as perspectivas para 2022 – Ricardo Dantas;

2 – Fadex: Inovação e transferencia de tecnologia – Thiago Ravel;

3 – Polo de inovação do Piauí – Anderson Lobo;

4 – O papel do Sebrae no ecossistema de inovação do Piauí – Samuel Moraes

Inscrições em: https://bit.ly/37zo35i

Continuar lendoFAPEPI apoia evento nacional de inovação