FAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:14 de junho de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) foi uma das 24 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) selecionadas para aderir ao Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil e oferecer bolsas a todas as áreas do conhecimento. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou nessa terça-feira (31) a lista das FAPs aptas a participar dessa importante medida para ajudar a manter jovens doutores no país. O prazo para financiamento é de 24 meses.

O Programa visa criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes no país e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para as regiões e para o país. Além disso, a iniciativa também busca estimular a realização de ações comuns e complementares entre o CNPq e o Confap, por meio das Fundações de Amparo à Pesquisa – FAP. Dessa forma, impulsionando a utilização de recursos de forma descentralizada e flexível para fortalecer e expandir os grupos de pesquisa das diversas unidades federativas do País.

O objetivo do Chamamento foi dar transparência aos aportes realizados pelas FAPs na execução descentralizada do Programa e permitir a ampliação e fortalecimento do escopo da ação seja pelos recursos adicionais para o fomento das pesquisas. Após o período recursal, de cinco dias, será divulgado o resultado final da seleção.

Fonte: CNPq

Continuar lendoFAPEPI é selecionada em Chamada do CNPq para participar do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil

Edital de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos segue em fase de contratação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de junho de 2022
  • Reading time:1 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo À Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulgou na última sexta-feira (03) o resultado final do Edital Nº 009/2021 – APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS. Sete propostas foram aprovadas e foram informadas por e-mail da atual fase do Edital.

As contratações das propostas começam a partir do dia 08 de junho.

Para conferir a lista do resultado final acesse o link disponível.

Para consultar a Retificação do Cronograma do edital acesse o link disponível.

Para mais informações sobre o edital acesse o link.

Continuar lendoEdital de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos segue em fase de contratação

CONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:25 de maio de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançaram nesta quarta-feira, 25 de maio, a chamada CONFAP-CNPq-THE UK Academies, realizada em parceria com as instituições britânicas, The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy.
A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) é uma da Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiu à chamada.

A FAPEPI aderiu a chamada na seguinte modalidade para oferecer fomento à pesquisadores do Reino Unido, em até quatro propostas:
Research Mobility.

O objetivo da chamada é fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

Submissão de Propostas

As propostas devem ser apresentadas em inglês. As inscrições se encerram no dia 18 de julho de 2022, às 12h00 (horário de Brasília).
O resultado da chamada será anunciado em setembro de 2022 no site do CONFAP. O início das atividades está previsto para: dezembro de 2022 a início de 2023 (para a modalidade Research Mobility).

Contatos para Informações

Para mais informações sobre a chamada, envie um e-mail para: fundonewton.confap@gmail.com.
Pesquisadores que pretendam submeter suas propostas via CNPq, mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: dileine.cunha@cnpq.br.

Fonte: CONFAP

Continuar lendoCONFAP, CNPq e UK Academies lançam chamada para mobilidade de pesquisadores britânicos ao Brasil

CNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:19 de maio de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT). Juntas, as chamadas viabilizam cerca de R$ 300 milhões em investimento total para pagamento das bolsas, ao longo de suas vigências.

 O prazo para submissão de propostas vai até o dia 7 de julho de 2022. O resultado final deve ser divulgado em fevereiro de 2023.

Bolsas PQ

Bolsas de mais alto nível do CNPq, destinada a pesquisadores de destaque em suas áreas. Atualmente, são cerca de 15 mil bolsistas.

Essa modalidade é composta de duas categorias: 1 e 2.

Para estar apto a receber Bolsa na Categoria 1, é preciso ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2014. Para a Categoria 2, ter obtido título de doutor ou livre docente até o ano de 2019.

Os critérios de avaliação são definidos por cada Comitê de Assessoramento (CA), que julgará as propostas.

Acesse a chamada na íntegra.

Bolsas DT

As Bolsas são destinadas a pesquisadores que se destaquem entre seus pares, valorizando sua produção em desenvolvimento tecnológico e inovação. São cerca de 800 bolsas anuais nessa modalidade.

As Áreas Tecnológicas abordadas nessa Chamada são:

Tecnologias Médicas e da Saúde;

Tecnologias Agrárias, Biotecnologia;

Meio Ambiente e Sustentabilidade;

Tecnologias Sociais e Educacionais;

Tecnologias Digitais;

Tecnologias de Materiais;

Tecnologias de Produção Industrial e de Serviços;

Energia.

Também concedidas em duas categorias, as Bolsas DT de Categoria 1 são destinadas a pesquisadores(as) que possuem oito anos, no mínimo, de doutorado, por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos 10 anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Para as de Categoria 2, os (as) pesquisadores (as) devem possuir três anos, no mínimo, de doutorado por ocasião da implementação da bolsa ou pelo menos cinco anos de experiência em atividades de desenvolvimento tecnológico e em atividades de extensão inovadora e de transferência de tecnologia.

Acesse a chamada na íntegra e os critérios para submissão de proposta

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam chamadas para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT)

CAPES lança Edital sobre mudanças climáticas

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:24 de maio de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) lançou o Edital nº 25/2022 do Programa CAPES/CLIMAT-AMSUD. O documento é  fruto da cooperação entre Brasil, França, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai.

O Programa  CAPES/CLIMAT-AMSUD tem por objetivo promover a colaboração na área de estudos sobre o clima e encorajar cooperações educacionais e científicas na América do Sul, além de incentivar a participação de jovens cientistas, assim, formando e dando continuidade a redes internacionais.

O período para apresentação de projetos conjuntos prevê dois prazos: até 17 de maio pelo site internacional do programa e até 1º de junho pelo Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes).

O edital estabelece o financiamento, pela CAPES, de até cinco propostas, no valor máximo de R$2.301.902,18 para cada projeto. Esse montante compreende R$120 mil para missões de trabalho e um limite de duas bolsas no exterior — de pós-doutorado ou doutorado-sanduíche, com duração de quatro a dez meses, em ambos os casos.

Cada projeto terá vigência de até dois anos e deverá ter a participação de pelo menos dois países sul-americanos e de uma equipe de cientistas franceses. A CAPES é responsável pelo investimento nas equipes brasileiras.

A divulgação do resultado está prevista para dezembro deste ano e o início das atividades deve ocorrer em janeiro de 2023, dois meses antes da vigência das bolsas (março de 2023).

Para mais informações acesse o link do programa.

Fonte: CCS / CAPES

Continuar lendoCAPES lança Edital sobre mudanças climáticas

CNPq prorroga edital para bolsas de Mestrado e Doutorado até 20 de maio

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:19 de maio de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) prorroga prazo para inscrições na Chamada CNPq Nº 07/2022 até o dia 20 de maio. A chamada tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do país.

As propostas devem observar as condições específicas estabelecidas no regulamento, anexado à Chamada Pública, que determina os requisitos relativos ao proponente, cronograma, recursos financeiros a serem aplicados nas propostas aprovadas, origem dos recursos, itens financiáveis, prazo para execução dos projetos, critérios de elegibilidade, critérios e parâmetros objetivos de julgamento e demais informações necessárias.

Podem participar todos os Programas que possuem bolsas vincendas entre 1ª de janeiro e 21 de dezembro de 2022, provenientes do antigo modelo de quotas.

No Piauí, três Programas de Pós-Graduação (PPG) poderão participar desta chamada, conforme lista divulgada pelo CNPq:

Zootecnia Tropical – Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Química – Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Matemática – Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Para mais informações acesse o link.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq prorroga edital para bolsas de Mestrado e Doutorado até 20 de maio

Fapepi pretende aumentar em 30% a produtividade no campo com a qualificação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de maio de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) está investindo R$ 3 milhões para qualificar produtores agrícolas do Piauí com o objetivo de aumentar em até 30% a produtividade no campo. A capacitação foi solicitada pela Câmara Setorial de Fruticultura do Estado do Piauí, que busca fortalecer a economia na área rural do estado, gerando desenvolvimento.

A qualificação, iniciada em setembro do ano passado, está sendo feita em quatro polos agrícolas do Piauí: Tabuleiros Litorâneos do Piauí (Parnaíba); no Perímetro Irrigado dos Platôs de Guadalupe (Guadalupe); Polo Marrecas – Jenipapo (São João do Piauí); e Polo Alto Canindé – Barragem Joaquim Mendes (Conceição do Canindé). Cerca de 20 propriedades serão beneficiadas, com um alcance direto de pelo menos 200 agricultores.

A capacitação, que vai durar três anos, está sendo feita por meio de transferência de tecnologia da Embrapa Meio Norte, que conta com 26 pesquisadores envolvidos, coordenados pelo engenheiro agrônomo Valdemício Ferreira de Sousa.  Serão beneficiadas as culturas de acerola, goiaba, banana, maracujá e uva.

Além de treinamento, o projeto também estabelece estratégias para a comercialização da produção, de forma a aumentar o valor dos produtos. “Temos a meta de aumentar a produtividade, mas é fundamental que esse aumento da produção se transforme em renda por meio de um mercado consumidor. De nada adiantar ter mais produção se ela não for comercializada”, afirma Valdemício.

O presidente da FAPEPI, Antônio Cardoso do Amaral, explica que o projeto é importante para o desenvolvimento do Estado, devido ao grande número de piauienses que moram na zona rural e que contam com a agricultura com sua única ou principal fonte de renda. De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 670 mil pessoas trabalham na zona rural do Piauí. “Fortalecendo a produção e gerando riqueza no campo, ajudamos a reduzir a pobreza, trazendo qualidade de vida aos nossos agricultores. Investir em pesquisa e ciência é isso: transformar conhecimento em dinheiro para o povo”, frisa Amaral.

Fonte: Parlamento Piauí

Continuar lendoFapepi pretende aumentar em 30% a produtividade no campo com a qualificação

MCTI/CNPq anuncia chamamento de R$ 150 milhões para apoio à fixação de jovens doutores no Brasil

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de maio de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

Uma importante medida para ajudar a manter jovens doutores no país foi anunciada, na quinta-feira (5), pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Paulo Alvim, e pelo presidente do CNPq/MCTI, professor Evaldo Vilela. Trata-se do Chamamento Público para Participação do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil. Ao todo serão investidos R$ 150 milhões, sendo R$ 100 milhões provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e R$ 50 milhões das Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados. Serão oferecidas mil bolsas para todas as áreas do conhecimento para financiamento no prazo de 24 meses.

Foto: Reprodução / MCTI

O objetivo do Programa é criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes no país; contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para as regiões e para o país. O Chamamento visa implementar o programa por meio do estímulo à realização de ações comuns e complementares entre o CNPq/MCTI e o Confap, por meio as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), impulsionando a utilização de recursos de forma descentralizada e flexível para o fortalecimento e a expansão dos grupos de pesquisa das várias unidades federativas do Brasil. A submissão de propostas será iniciada no dia 10 de maio, quando a íntegra do Chamamento estará disponível na página do CNPq/MCTI na internet.

“Com a normalidade que passamos a viver em 2022, considero que os compromissos assumidos com a comunidade científica em 2019 estão cumpridos. Esse resgate da atividade de fomento do CNPq é fundamental para a fixação de cérebros num país que precisa de mais ciência, de mais tecnologia. Só assim teremos um desenvolvimento mais inclusivo e sustentável”, declarou Paulo Alvim.

Para o presidente do CNPq, Evaldo Vilela, a medida é extremamente importante para enfrentar a questão da diáspora. “Temos no Brasil muitos doutores com talento e muita capacidade. E que precisam de uma posição para dar continuidade às suas carreiras. Considero que esse chamamento contribui para ampliar a empregabilidade desses jovens doutores”, afirmou.

O secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI, Marcelo Morales, destacou que o chamamento só foi possível por conta da liberação do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). “Os recursos do FNDCT trouxeram um alento para a comunidade científica. Só em 2022 vamos liberar cerca de 80 chamadas públicas. Essas chamadas colocam recursos para projetos de pesquisa e outros fins não só para o CNPq, mas também para a FINEP”, adiantou.

O chamamento visa convidar as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) estaduais a aderirem ao Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil. A iniciativa irá selecionar propostas de FAPs para a implementação do Programa nos estados, via Chamadas Públicas, visando à seleção de projetos de pesquisa científica e tecnológica, por meio da concessão de bolsas e auxílios para jovens doutores em todas as áreas do conhecimento.

Serão aportados, por parte do CNPq/MCTI, o montante de R$ 100 milhões no referido programa. Esse aporte corresponde a aproximadamente mil bolsas de pós-doutorado, pelo período de 24 meses.

Cada FAP deverá aportar uma contrapartida mínima de R$ 50 mil por bolsa apoiada, destinada ao desenvolvimento do projeto. Dessa forma, o montante de contrapartida poderá chegar a R$ 50 milhões no total. As FAPs que pretendem participar dessa ação deverão submeter sua proposta até o dia 25 de maio de 2022.

Fonte: MCTI

Continuar lendoMCTI/CNPq anuncia chamamento de R$ 150 milhões para apoio à fixação de jovens doutores no Brasil

CAPES lança edital para para intercâmbio na Alemanha

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:18 de outubro de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

A CAPES divulgou o Edital nº 21/2022, com as orientações para a apresentação de propostas ao Programa CAPES/DAAD – Probral. A parceria com o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) vai selecionar até 30 projetos de pesquisa conjuntos entre o Brasil e a Alemanha, em todas as áreas do conhecimento. O documento foi publicado no Diário oficial da União (DOU) no dia 18 de abril.

As propostas devem ser apresentadas simultaneamente à CAPES e ao DAAD, até o dia 31 de maio. A solicitação de cadastramento de IES do Brasil e do exterior no Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes) só poderá ser feita até o dia 24 do mesmo mês. O resultado será divulgado até o início de dezembro de 2022 e as atividades começam em janeiro de 2023. As bolsas serão implementadas em março e setembro de cada ano.

Com a iniciativa, a parceria pretende intensificar a cooperação entre programas de pós-graduação de instituições de ensino superior (IES) brasileiras e alemãs para desenvolver e publicar pesquisas de alto impacto acadêmico, criando redes de pesquisa e de colaboração internacional. Além disso, incentiva o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa dos dois países e apoia a mobilidade de professores e pesquisadores em nível de pós-doutorado e alunos em nível de doutorado.

O valor investido será de até R$ 42.406.106,40 ao longo de quatro anos – tempo máximo de duração dos projetos. Durante esse período, estes receberão até 12 bolsas no exterior, além de recursos para auxílio de custeio e missões de trabalho.

Fontes: Redação – CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES lança edital para para intercâmbio na Alemanha

LNCC abre inscrições para cursos de Mestrado e Doutorado Stricto sensu

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:11 de abril de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC (unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI) abriu as inscrições para o 1°Processo Seletivo 2022 para os cursos de Mestrado e Doutorado (stricto sensu) do Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional do LNCC. As inscrições podem ser realizadas até 18 de abril, para matrículas em junho e setembro de 2022.

O Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional do LNCC visa prover uma formação multidisciplinar em Ciências Exatas, Ciências da Computação e Ciências da Vida a graduados em Matemática, Física, Química, Engenharias, Computação, Biologia, Economia ou outras áreas afins. Para ingresso no Programa de Mestrado, o candidato deve ter concluído um curso de graduação em uma das referidas áreas. E para ingresso no Programa de Doutorado, o candidato deve ter concluído um curso de mestrado stricto sensu em uma das áreas citadas.

Criado em 2000, tem conceito 6 desde a avaliação 2007-2009 e foi o primeiro programa da área interdisciplinar a obter esse alto conceito junto à Área Interdisciplinar da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (órgão do Governo Federal, vinculado ao Ministério da Educação – MEC).

Informações e inscrições, acesse o endereço.

Continuar lendoLNCC abre inscrições para cursos de Mestrado e Doutorado Stricto sensu