Núcleo de Estudos em Energias Renováveis da FAPEPI é destaque na mídia

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:28 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Diante da crescente demanda por energia limpa em todo o mundo, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), a Universidade Federal do Piauí (UFPI), o Instituto Federal do Piauí (IFPI), a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPAr), uniram-se por meio do “Núcleo de Estudos em Energias Renováveis” para promover pesquisas com foco especial na produção de hidrogênio verde.

O núcleo de estudos tem sido crucial para que cientistas e profissionais comprometidos em trabalhar na área de energias renováveis tenham conduzido pesquisas de ponta para identificar as melhores práticas e tecnologias para a produção de hidrogênio verde no Piauí. Isso inclui estudos sobre a eficiência da eletrólise da água, o armazenamento e transporte do hidrogênio, bem como a integração com a infraestrutura energética existente.

O hidrogênio verde é uma fonte de energia limpa e altamente versátil que pode ser usada em uma variedade de aplicações, incluindo transporte, armazenamento de energia e indústrias de base. O Piauí, com sua abundância de luz solar e ventos constantes, possui um enorme potencial para se tornar um importante produtor desta energia no Brasil.

O Piauí está se destacando na corrida pelo hidrogênio verde.

O programa Bom Dia Piauí da TV Clube, dedicou uma matéria especial para falar sobre o assunto. Durante entrevista concedida ao programa , o assessor técnico da FAPEPI, Ciro Sá, enfatizou que o hidrogênio verde já acontece no mundo todo e o avanço das pesquisas cientificas acontece também no Piauí. Assim, com a criação do núcleo de estudos em parceria com as universidades públicas do estado, os pesquisadores podem avançar em ideias e projetos que usem, especialmente, materiais do Piauí como alguns minerais que devem ser utilizados no desenvolvimento de novas tecnologias para produção de hidrogênio verde. Logo, a ideia é juntar a academia com as empresas que estão se estabelecendo no território piauiense para produção desta mais nova opção de energia limpa e sustentável.

O Piauí, conhecido por seus vastos recursos naturais, oferece um ambiente propício para o desenvolvimento de energias renováveis, e o hidrogênio verde emergiu como uma das alternativas mais promissoras e sustentáveis.

A localização do território piauiense é outro fator que contribui para que o estado seja destaque na produção de hidrogênio verde. “Nosso estado tem uma vantagem estratégica seja geográfica, seja geoelétrica, estamos no meio do entroncamento energético do país. Então, tanto o Norte quanto Nordeste é interligado por meio do estado do Piauí e ainda temos interligação com o Sudeste. Isso facilitou a implementação de grandes empreendimentos e energias renováveis no estado”, afirmou o coordenador de estudos e pesquisas em energias renováveis do Piauí, Juan Aguiar.

À medida que a transição para fontes de energia limpa se torna cada vez mais urgente em todo o mundo, iniciativas como o Núcleo de Estudos em Energias Renováveis desempenham um papel fundamental na construção de um futuro mais sustentável. O Piauí está se destacando como um líder na corrida pelo hidrogênio verde, aproveitando seu potencial natural e investindo em pesquisa e formação de especialistas para impulsionar essa transformação energética.

Com a colaboração das principais instituições de ensino superior piauienses, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí e Governo do Estado, o Piauí está no caminho certo para se tornar um centro de excelência em energias renováveis e uma referência nacional na produção de hidrogênio verde.

Assista a matéria completa aqui.

Continue lendoNúcleo de Estudos em Energias Renováveis da FAPEPI é destaque na mídia

Revista Sapiência lança sua 48ª edição: A Ciência e as Doenças

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:27 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Disponível a 48ª edição da Revista Sapiência, uma publicação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí que se tornou referência na disseminação do conhecimento científico e tecnológico produzido no estado.

Com o tema “A Ciência e as Doenças”, a nova edição apresenta reportagens especiais sobre doenças que afetam a saúde pública, como a doença de Chagas, leishmaniose, diabetes, hanseníase e tuberculose, além de destacar a atuação do Centro Integrado em Especialidades Médicas (CIEM) e do Centro de Inteligência em Agravos Tropicais, Emergentes e Negligenciados (CIATEM) na busca por soluções científicas.

Doença de Chagas: a revista traz uma reportagem que aborda os avanços na pesquisa e no tratamento da doença de Chagas, uma enfermidade negligenciada que afeta milhares de pessoas na América Latina.

Leishmaniose: outro tema de destaque é a leishmaniose, uma doença tropical transmitida por mosquitos. A edição explora as iniciativas de pesquisadores locais para estudar a disseminação da doença, observar fragilidades e construir produtos científicos a partir destes estudos.

Diabetes: a revista também dedica espaço ao diabetes, uma epidemia global que afeta a qualidade de vida de milhões de pessoas. Pesquisadores do Piauí estão investigando novos tratamentos e estratégias de prevenção para combater essa doença crônica.

Hanseníase e Tuberculose: A hanseníase e a tuberculose, duas doenças históricas que ainda persistem, são abordadas em reportagens que destacam os esforços de cientistas e profissionais de saúde para melhorar o diagnóstico, o tratamento e a erradicação dessas enfermidades.

CIEM e CIATEM: além das reportagens sobre as doenças, a revista Sapiência destaca a atuação do CIEM e do CIATEM, que desempenham um papel fundamental na busca por soluções científicas que impactam positivamente na saúde da sociedade piauiense.

Dores de Cabeça: a revista traz um especial sobre o trabalho do CIEM no desenvolvimento de pesquisas e atendimento de pacientes que sofrem com cefaleia.

A 48ª edição da Revista Sapiência da FAPEPI reflete o compromisso contínuo da Fundação em apoiar a pesquisa científica e promover a divulgação do conhecimento. A ciência é uma aliada essencial na luta contra as doenças, e os pesquisadores do Piauí estão na vanguarda desse esforço, trabalhando incansavelmente para melhorar a saúde e o bem-estar da população.

A revista está disponível para leitura online no site da FAPEPI contribuindo para a disseminação do conhecimento científico no estado do Piauí e além.

Continue lendoRevista Sapiência lança sua 48ª edição: A Ciência e as Doenças

Em 2023, FAPEPI investe mais de meio milhão de reais em eventos de popularização da ciência

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:26 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:6 minutos de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), tem desempenhado um papel fundamental no fomento à pesquisa e ao fortalecimento da ciência no estado. Por meio de editais de apoio a eventos científicos, a Fundação tem beneficiado uma série de atividades que têm promovido a integração entre pesquisadores, profissionais, estudantes e a sociedade em geral.

Em janeiro deste ano, com o objetivo de apoiar financeiramente propostas de realização de eventos de reconhecida relevância científica e tecnológica para o desenvolvimento do Estado do Piauí, a FAPEPI publicou o Edital nº 001/2023.

Em nove meses o edital cumpriu seu objeto. Nesse período foram submetidas 108 propostas, das quais 70 foram aprovadas, com o investimento de R$ 576.000,00 (quinhentos e setenta e seis mil reais), do Tesouro Estadual. Congressos, simpósios, encontros, jornadas, mostras, colóquios, feiras, entre outras atividades de difusão científica têm sido realizadas com o apoio da FAPEPI e gerado resultados positivos para a popularização da ciência.

O trabalho da Fundação tem contribuído para a divulgação do conhecimento científico e a promoção do desenvolvimento da pesquisa em todo o estado do Piauí. Municípios de diferentes regiões foram contemplados pelo Edital, como as cidades de Corrente, Bom Jesus, São Raimundo Nonato, São João do Piauí, Pio IX, Paulistana, Floriano, Picos, Campo Maior, José de Freitas, Piripiri, Cocal, Paranaíba, além da capital Teresina que abrange um número maior de atividades em virtude da concentração de campi de diferentes Instituições de Ensino Superior, como UESPI, UFPI e IFPI.

As atividades com financiamento da FAPEPI têm beneficiado instituições de pesquisa e de ensino superior e médio, distribuídas entre as das Ciências Humanas, Saúde, Educação, Engenharias, Natureza, com abrangência internacional, nacional, regional, estadual e local que evidenciam a efervescência da ciência e tecnologia no Piauí.

Desde o mês de março eventos estão sendo realizados e a agenda de atividades se estende até ano que vem. Com o encerramento do Edital nº 001/2023, a FAPEPI prepara um novo edital de apoio à eventos científicos, que visa beneficiar propostas a serem executadas em 2024.

O papel da FAPEPI é crucial para o desenvolvimento do estado, pelo compromisso em investir e fortalecer a pesquisa científica no Piauí. Seu apoio tem contribuído para que o território piauiense ganhe cada vez mais destaque no cenário científico nacional e internacional. A fundação é uma aliada indispensável para pesquisadores e instituições de ensino e pesquisa que buscam compartilhar suas descobertas, promover a inovação e o avanço do conhecimento em diversas áreas do saber.

Confira a seguir os eventos financiados pelo Edital n° 001/2023:

Continue lendoEm 2023, FAPEPI investe mais de meio milhão de reais em eventos de popularização da ciência

Pesquisadores solicitam apoio da FAPEPI para projeto de plataforma digital de monitoramento da política educacional piauiense

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:26 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Em um esforço conjunto para aprimorar a transparência e o acesso à informação sobre a política educacional no estado do Piauí, representantes do Instituto Federal do Piauí (IFPI), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Políticas de Gestão da Educação da Universidade Federal do Piauí (UFPI), solicitaram apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí para desenvolver uma plataforma digital interativa.

Em reunião realizada na sede da FAPEPI na última sexta-feira (22), os representantes das instituições acadêmicas apresentaram um projeto no âmbito do “Observatório da Política Educacional Piauiense”. O objetivo é criar uma plataforma que disponibilize à sociedade informações abrangentes sobre a política educacional no estado, indo além da produção científica e incluindo dados educacionais, financeiros e a legislação que orienta à política educacional na rede estadual de ensino e nos 224 municípios piauienses.

A plataforma digital interativa pode ser uma ferramenta valiosa para pesquisadores, gestores educacionais, estudantes e cidadãos interessados em se manter informados sobre as políticas educacionais no estado.

A iniciativa visa aprofundar o entendimento sobre a realidade educacional do Piauí, permitindo uma análise mais precisa das políticas em vigor, bem como o acompanhamento de seu impacto na qualidade da educação no estado. Além disso, a plataforma pretende ser uma ferramenta valiosa para pesquisadores, gestores educacionais, estudantes e cidadãos interessados em se manter informados sobre as políticas educacionais em curso.

A parceria entre as instituições acadêmicas e a FAPEPI é crucial para o sucesso do projeto. Durante reunião na Fundação, a professora da UFPI Rosana da Cruz, enfatizou a importância da iniciativa: “nosso objetivo é buscar a possibilidade de parceria e de recursos de bolsas para contribuir conosco no sentido de disponibilizar para a sociedade uma plataforma digital com a produção científica sobre a política educacional do Piauí. A FAPEPI assinalou a possibilidade de nos inserirmos enquanto observatório dentro dessa plataforma digital, mas em uma outra proposição que já está sendo desenvolvida, que é um observatório mais geral social do Piauí”.

Rosana ainda acrescentou: “a partir de agora vão acontecer algumas reuniões para a gente entender melhor o que é esse observatório, como que essa plataforma está organizada e assim poder avaliar realmente se seria compatível essa interface”.

A expectativa é que, com a plataforma, o acesso a dados educacionais e políticas seja simplificado e eficiente, promovendo um maior engajamento da comunidade na discussão e no aprimoramento da política educacional piauiense. A transparência e a disseminação de informações de qualidade são essenciais para o progresso educacional e o fortalecimento da cidadania.
O projeto de um Observatório da Política Educacional Piauiense é um exemplo de como a colaboração entre instituições acadêmicas e apoio financeiro de organizações como a FAPEPI pode resultar em um impacto positivo significativo na sociedade. À medida que o projeto avança, a comunidade piauiense pode esperar uma ferramenta que empodere os cidadãos com informações cruciais sobre o sistema educacional do estado.

Com essa iniciativa, o Piauí está pavimentando o caminho para um sistema educacional mais transparente, eficiente e eficaz, que coloca a educação no centro do desenvolvimento do estado e no futuro de suas crianças e jovens.

Continue lendoPesquisadores solicitam apoio da FAPEPI para projeto de plataforma digital de monitoramento da política educacional piauiense

FAPEPI marca presença em celebração dos 50 anos do Departamento de Matemática da UFPI

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:25 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura


O Departamento de Matemática (DM) da Universidade Federal do Piauí (UFPI), comemorou seus 50 anos de existência com um evento de prestígio no Cine Teatro da instituição. A ocasião ocorreu como parte da programação de abertura da XI Jornada de Matemática da UFPI. O presidente da Fundação de Amparo a Pesquisa do Piauí (FAPEPI), esteve presente, João Xavier fez parte do corpo docente do departamento. Segundo ele, as cinco décadas do DM representam um marco importante na história da educação e pesquisa em matemática no estado do Piauí.


Durante o evento, foram prestadas homenagens a professores e ex-alunos que desempenharam papéis cruciais no crescimento e sucesso do Departamento de Matemática da UFPI. Suas contribuições notáveis foram reconhecidas com prêmios e reconhecimentos especiais.


Em seu discurso, o Professor João Xavier enfatizou a relevância da matemática como um pilar fundamental para o desenvolvimento científico e tecnológico do Piauí e do Brasil como um todo. Ele reforçou o compromisso da FAPEPI em apoiar a pesquisa matemática e o papel vital do Departamento de Matemática da UFPI nesse esforço.

Continue lendoFAPEPI marca presença em celebração dos 50 anos do Departamento de Matemática da UFPI

Divulgado o resultado dos Recursos Impetrados contra o edital do Programa de Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação (PAPCTI)

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:1 minutos de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), por meio da Diretoria Técnico-Científica (DTC), torna público o resultado do Recurso impetrado contra o Edital nº 003/2023 de Apoio a Jovens Cientistas no Estado do Piauí, no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação (PAPCTI).

Clique aqui para acessar o resultado.

Continue lendoDivulgado o resultado dos Recursos Impetrados contra o edital do Programa de Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação (PAPCTI)

Aberto o período de submissão de propostas ao edital de Apoio a Jovens Cientistas do Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

Inicia nesta sexta-feira (22), o período de submissão de propostas ao Edital nº 003/2023 referente ao Programa de Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação (PAPCTI).

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), convida pesquisadores doutores a apresentarem propostas de projetos de excelência inovadores e criativos, para serem desenvolvidos junto às Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), localizadas em território piauiense.

O programa tem como objetivos:

-Apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir, significativamente, em áreas estratégicas para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do Estado do Piauí, por meio da concessão de bolsas e auxílio financeiro à pesquisa para jovens doutores com até 7 anos de conclusão do doutorado em dezembro de 2023.

-Criar condições favoráveis, para que jovens doutores prossigam com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes de reconhecida excelência.

-Favorecer a inclusão de jovens doutores autodeclarados negros e/ou indígenas em ICTs em áreas e/ou temas estratégicos para o Estado do Piauí.

Ao todo serão concedidas 05 bolsas/auxílio no valor de R$ 5.200 e duração de até 24 meses para duas categorias: ampla concorrência (03) e autodeclarados negros e/ou indígenas (02).

O proponente/coordenador da proposta precisa: possuir o título de Doutor, estar vinculado a um programa de pós-graduação, em instituição que esteja sediada no Estado do Piauí; apresentar projeto de pesquisa que esteja adequado a um dos eixos temáticos indicados a seguir e apresentar Plano de Trabalho do bolsista com cronograma detalhado de execução, com vigência de até 24 (vinte e quatro) meses.

Para concorrer, os projetos de pesquisa precisam contemplar pelo menos um dos respectivos eixos temáticos:

I – Agro: Agregação de Valor das Cadeias Produtivas Principais, Agroindústria, Agricultura de Precisão e Melhoramento Genético;

II – Meio Ambiente: Energias Limpas, Clima, Turismo;

III – Tecnologia da Informação: Inovação Tecnológica em Saúde, Educação e Finanças.

As submissões podem ser feitas até o dia 09 de outubro pelo SIGFAPEPI < http://sistema.fapepi.pi.gov.br/ >.

Clique aqui para acessar o edital.

Continue lendoAberto o período de submissão de propostas ao edital de Apoio a Jovens Cientistas do Piauí

Parceria estratégica entre FAPEPI e IES promete potencializar o desenvolvimento do Piauí por meio de soluções logísticas

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:5 minutos de leitura

Universidade Federal do Piauí (UFPI), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e Instituto Federal do Piauí (IFPI), uniram forças em uma reunião estratégica de alinhamento, visando impulsionar o desenvolvimento do estado através de soluções logísticas inovadoras. O encontro, que aconteceu na última quinta-feira (21), marcou o início de uma colaboração promissora entre as instituições e o Governo do Estado com o objetivo de criar um grupo de pesquisa dedicado a identificar propostas executáveis que contribuam para a melhoria geral do Piauí.


A logística não é uma área isolada, mas um elemento essencial que está intrinsecamente ligado a todos os setores da economia, desde a agricultura até a indústria e o comércio. Durante a reunião foi destacada a importância da logística como uma peça central no processo de desenvolvimento do território piauiense.


“A logística é fundamental e está inserida em tudo. Qualquer área que tiver turismo, esporte, energia, como montar aquisição de insumos ou distribuir energia como gasolina ou hidrogênio verde eu tenho logística de distribuição. O próprio porto pesqueiro ou outros pontos simples do dia a dia, como ônibus urbano que envolve engenharia de tráfego, por exemplo, não trabalha sozinho. Então, foi para isso que a gente foi chamado e acredita que o governo está comprometido com isso. Hoje foi apresentado o que pode ser feito e o que tem de demanda para melhorar e buscar desenvolver o estado dentro do plano de governo ”, destacou o professor da UFPI, Tarso Caselli.


A FAPEPI, por sua vez, com um histórico de apoio à pesquisa científica e tecnológica, enxerga na colaboração com a UFPI, IFPI, UESPI e Governo do Estado uma oportunidade para direcionar esforços para questões logísticas que impactam diretamente a vida dos piauienses. Para o presidente da Fundação, professor João Xavier, a instituição está comprometida em fomentar pesquisas que tenham aplicabilidade prática e contribuam para o desenvolvimento do Piauí. Uma vez que a logística é um desafio que afeta a todos, desde o produtor rural que precisa escoar sua produção até o cidadão que espera serviços públicos ágeis. Logo, a parceria com as instituições de ensino vai unir conhecimento acadêmico e prático para encontrar soluções concretas.


Para o professor do IFPI, Reginaldo Magalhães, a reunião foi muito importante porque além de promover a integração entre Governo do Estado, UFPI, IFPI e UESPI, foi possível perceber seu envolvimento na base da tríplice hélice: empresa, governo e instituições de ensino. A partir disso, será possível analisar a forma não só científica, mas também mercadológica das ações que podem ser desenvolvidas para trazer desenvolvimento para o estado.

A reunião realizada na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa, marcou o início de uma jornada promissora em direção a um Piauí mais desenvolvido, eficiente e promete trazer soluções concretas e inovadoras para os desafios logísticos enfrentados pelo estado, impulsionando assim o seu crescimento econômico e social.


É por meio de uma infraestrutura logística eficiente que será possível atrair investimentos, reduzir custos e aumentar a competitividade de produtos no mercado nacional e internacional. O grupo de pesquisa que será formado terá a missão de elaborar propostas inovadoras que possam ser implementadas de forma eficaz e que atendam às necessidades específicas do estado.

Continue lendoParceria estratégica entre FAPEPI e IES promete potencializar o desenvolvimento do Piauí por meio de soluções logísticas

FAPEPI abre nova chamada pública para credenciar empresas especializadas em programas de internacionalização

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Editais
  • Última modificação do post:22 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

O Governo do Estado do Piauí, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), torna público a Chamada Pública n• 04/2023.

Esta será a segunda rodada de credenciamento de empresas (agências/escritórios/instituições) que promovam programas de internacionalização de empresas para se habilitarem ao fornecimento de prestação de serviços para a internacionalização de startups piauienses contratadas no TECNOVA 3 PIAUÍ: Programa INOVAPIAUÍ de Apoio à Inovação Tecnológica.

As inscrições estão abertas de 22 de setembro até 23 de outubro de 2023 e devem ser submetidas à FAPEPI pelo endereço de e-mail: <tecnova3pi@fapepi.pi.gov.br> com a documentação exigida.

O objetivo deste chamamento público é o processo seletivo e o credenciamento de empresas especializadas em internacionalização de negócios inovadores, em qualquer segmento de atuação, para prestar serviços à startups piauienses selecionadas e contratadas no Programa Tecnova3PI.

O Programa Tecnova3PI tem por objetivo apoiar, por meio de recursos de subvenção econômica (recursos não-reembolsáveis), o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores de empresas piauienses para o incremento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública de inovação do estado do Piauí.

Serão selecionadas e credenciadas as propostas que atingirem a nota mínima prevista na chamada pública, observada a ordem de classificação.

Clique aqui para acessar o edital.

Continue lendoFAPEPI abre nova chamada pública para credenciar empresas especializadas em programas de internacionalização

Nova chamada pública para credenciamento de empresas especializadas em aceleração de startups

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Editais
  • Última modificação do post:22 de setembro de 2023
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

O Governo do Estado do Piauí, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), torna público a Chamada Pública n• 03/2023.

A nova chamada faz parte da segunda rodada de credenciamento de empresas especializadas interessadas a apresentarem propostas de prestação de serviços para aceleração de startups piauienses contratadas no Programa TECNOVA 3 PIAUÍ: Programa INOVAPIAUÍ De Apoio à Inovação Tecnológica

As inscrições podem ser feitas do dia 22 de setembro até 23 de outubro e devem ser submetidas à FAPEPI pelo endereço de e-mail: tecnova3piaui@fapepi.pi.gov.br com a documentação exigida.

A finalidade do presente chamamento público é o processo seletivo e o credenciamento de empresas especializadas em aceleração de negócios inovadores, em qualquer segmento de atuação, para prestar serviços à startups piauienses selecionadas e contratadas no Programa Tecnova3PI.

O Programa Tecnova3PI tem por objetivo apoiar, por meio de recursos de subvenção econômica (recursos não-reembolsáveis), o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores de empresas piauienses para o incremento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública de inovação do estado do Piauí.

Serão selecionadas e credenciadas as propostas que atingirem a nota mínima prevista na chamada pública, observada a ordem de classificação.

Clique aqui para acessar o edital.

Continue lendoNova chamada pública para credenciamento de empresas especializadas em aceleração de startups