FINEP Day Teresina: impulsionando Inovação e Investimentos na capital piauiense

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:27 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

A capital piauiense será o epicentro de discussões e oportunidades no campo da inovação e empreendedorismo com a realização do FINEP Day Teresina, sexta-feira, 1º de março. O evento que vai acontecer a partir das 8h30 no Auditório Ipê do Blue Tree Hotel, promete reunir líderes, especialistas e entusiastas do cenário tecnológico e empresarial para debater oportunidades de investimento destinadas a projetos inovadores e startups.

Fruto de uma parceria estratégica entre a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Governo do Estado, a Investe Piauí e a FAPEPI (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí), o FINEP Day Teresina surge como um marco na busca por impulsionar a economia baseada no conhecimento e na tecnologia na região.

Com o objetivo de promover o diálogo entre diferentes atores do ecossistema de inovação, o evento contará com a presença destacada do presidente da Finep, Celso Pansera, cuja expertise no campo do financiamento de projetos inovadores promete enriquecer os debates e fornecer insights valiosos para os participantes.

Além disso, representantes do poder público, empresários, investidores e a comunidade acadêmica estarão presentes, compartilhando experiências, conhecimento e discutindo estratégias para fomentar o empreendedorismo e a inovação no estado.

As vagas para o FINEP Day Teresina são limitadas, os interessados em participar podem garantir sua presença gratuitamente através do link de inscrição: https://forms.office.com/r/vxCdEggUUA.

Com uma programação abrangente, a expectativa é que o FINEP Day Teresina não apenas gere oportunidades de negócios, mas também fortaleça a rede de contatos e parcerias entre os participantes.

Diante do cenário desafiador imposto pela atual conjuntura econômica, iniciativas como essa se tornam fundamentais para impulsionar o desenvolvimento regional, alavancar a competitividade e criar um ambiente propício para o surgimento e crescimento de empresas inovadoras.

Não perca a oportunidade de fazer parte desse encontro que promete ser um divisor de águas no caminho da inovação e do empreendedorismo no Piauí. Garanta sua participação e contribua para construir um futuro mais próspero e tecnologicamente avançado para todos.

Continue lendoFINEP Day Teresina: impulsionando Inovação e Investimentos na capital piauiense

FAPEPI marca presença em reunião de alinhamento para I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Uma importante reunião de alinhamento marcou os preparativos para a realização da I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, na última quarta-feira (21). O encontro, que contou com a presença da comissão organizadora, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), teve como objetivo discutir estratégias essenciais para o sucesso do evento, agendado para ocorrer dia 26 de março.

A I Conferência Estadual integra a programação da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (CNCTI), que acontecerá de 4 a 6 de junho de 2024, em Brasília. Este evento representa uma oportunidade ímpar para a comunidade científica e acadêmica do estado do Piauí se conectar e debater questões relevantes para o avanço da ciência, tecnologia e inovação.

Durante a reunião, foram delineadas as próximas etapas que guiarão os esforços até a concretização da Conferência Estadual. Com a participação de instituições como o Instituto Federal do Piauí (IFPI), a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) e a Universidade Federal do Piauí (UFPI), além da colaboração da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-Piauí) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC – Regional Piauí), a iniciativa promete uma abordagem abrangente e enriquecedora.

Um dos pontos de destaque é a realização de Conferências Territoriais em diversas cidades estratégicas do Piauí, como Floriano, Picos, Bom Jesus, Parnaíba e Teresina. Esses eventos, que antecedem a conferência estadual, visam envolver atores locais e garantir uma representação diversificada, abrangendo diferentes áreas geográficas e segmentos da sociedade.

Cada instituição de ensino envolvida assumirá a responsabilidade de coordenar ações em territórios específicos, consolidando uma dinâmica participativa e inclusiva. Essa descentralização contribuirá para a ampliação do diálogo e o fortalecimento das redes de colaboração entre as diversas regiões do estado.

A I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí representa um marco significativo para o desenvolvimento científico e tecnológico da região. Um evento de alto nível, que vai estimular a troca de conhecimento, fomentar a inovação e contribuir para a construção de soluções que atendam às demandas locais e nacionais.

Com a colaboração ativa da FAPEPI e demais instituições parceiras, a expectativa é de que a Conferência Estadual proporcione um ambiente propício para o surgimento de novas ideias, parcerias e projetos que impulsionem o desenvolvimento socioeconômico e sustentável do Piauí e do Brasil como um todo.

Clique aqui para mais informações.

Continue lendoFAPEPI marca presença em reunião de alinhamento para I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí

Palestra na FAPEPI discute Desafios e Perspectivas da Formação Continuada em Serviço

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), sediou na quarta-feira (21), uma palestra sobre os desafios e perspectivas da formação continuada em serviço. O evento, que teve como público-alvo os servidores da Fundação, foi conduzido pelos professores doutores Eliene Pierote e Damião Rocha.

O tema abordado é de extrema importância em um contexto em que a atualização constante se torna essencial para atender as demandas do serviço público. A palestra proporcionou aos participantes uma oportunidade singular de aprofundamento nas questões relacionadas à formação profissional em um ambiente de trabalho em constante evolução.

A atividade foi o resultado de uma colaboração entre a FAPEPI, a Escola de Governo do Piauí e o Programa Estadual Pró-equidade de Raça, Gênero e Diversidade, demonstrando o compromisso com a promoção da igualdade e a capacitação profissional.

Na oportunidade, além da riqueza de conteúdo trazida pelos palestrantes, o evento também contou com a presença da diretora do Núcleo da Escola de Governo Antonino Freire (NUFAF), Naiara Moraes que divulgou a agenda de cursos do NUFAF e ressaltou a importância da formação constante para o desenvolvimento profissional e pessoal dos servidores públicos.

Da esquerda para a direita: Naiara Moraes, diretora do Núcleo da Escola de Governo Antonino Freire (NUFAF), Ernaldo Vale, diretor administrativo da FAPEPI, professores Eliene Pierote e Damião Rocha.

O evento reafirmou a importância de investimentos em capacitação e desenvolvimento pessoal como estratégias fundamentais para aprimorar os serviços prestados à comunidade e promover o avanço institucional.

“A gente está numa perspectiva da cultura da formação continuada em serviço. Então nesse sentido, ganha o servidor, ganha a comunidade, ganha a sociedade quando o servidor compreende qual é a sua função e como é que ele pode desempenhar melhor. Então, a necessidade da formação ela parte muito do que o servidor compreende como necessidade formativa dele para prestar um melhor serviço para a sociedade e consequentemente ele também se sentir bem”, destacou a professora Eliene Pierote.

Para o professor Damião Rocha, o servidor precisa entender que está fazendo um trabalho e que não é somente um emprego. Pois um trabalho ao ser completado pelo servidor, ele também se realiza nos outros e para os outros.

No encerramento do evento, ficou evidente a importância de investimentos contínuos em formação profissional para o desenvolvimento individual e institucional. A educação continuada não apenas capacita os profissionais para enfrentar os desafios do presente, mas também os prepara para os desafios futuros, contribuindo assim para o progresso da sociedade como um todo.

Continue lendoPalestra na FAPEPI discute Desafios e Perspectivas da Formação Continuada em Serviço

FAPEPI e UESPI lançam edital para Bolsistas Produtividade em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

A Reitoria da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) foi palco de um momento significativo para a comunidade acadêmica e científica do estado. O Vice-Reitor, Professor Jesus Antônio de Carvalho, liderou o lançamento dos Editais para Bolsistas de Produtividade em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI).


O evento, aconteceu no Palácio Pirajá, sede da Reitoria da UESPI, na manhã da terça-feira (21), e contou com a presença de pró-reitores, bolsistas, técnico-administrativos e representantes da FAPEPI, incluindo Ciro Gonçalves, que representou o presidente da fundação, João Xavier.


O destaque do lançamento foram os 12 editais disponíveis para Bolsistas de Produtividade, visando impulsionar a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico no estado. Essas bolsas representam um compromisso sério e tangível com o avanço da ciência e inovação, promovendo o crescimento acadêmico e tecnológico no Piauí.


A presença marcante da professora Bárbara, além de outros nomes importantes da comunidade acadêmica, evidenciou o apoio e entusiasmo da UESPI em relação a iniciativas que fortalecem a pesquisa e a inovação. A parceria estabelecida com a FAPEPI demonstra a união de esforços para impulsionar o desenvolvimento científico e tecnológico no estado.

FAPEPI e UESPI em colaboração para o desenvolvimento do estado.


Esses editais representam mais do que oportunidades individuais; são investimentos concretos no avanço do conhecimento e na construção de um futuro mais promissor para o Piauí. O evento reforçou a importância da colaboração entre instituições acadêmicas e órgãos de fomento, destacando o comprometimento com o desenvolvimento do estado.

Continue lendoFAPEPI e UESPI lançam edital para Bolsistas Produtividade em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico

I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí (I CECTI): rumo a um Piauí Justo, Sustentável e Desenvolvido

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:22 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

No próximo dia 26 de março, a Universidade Federal do Piauí, em Teresina, será palco da I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí (I CECTI), um evento que promete impulsionar o desenvolvimento científico e tecnológico no estado nordestino. Sob a temática “Para um Piauí justo, sustentável e desenvolvido,” a conferência visa reunir diferentes setores da sociedade para refletir e construir políticas que impulsionem o progresso da região.


A iniciativa é mediada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e organizada por instituições de renome, como o Instituto Federal do Piauí (IFPI), a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), e a Universidade Federal do Piauí (UFPI). Contando ainda com a participação da Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ-Piauí) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC – Regional Piauí), o evento se destaca pela abrangência de representantes de órgãos públicos e privados, bem como de organizações da sociedade civil.

Para João Batista Lopes, coordenador geral da conferência no Piauí, este evento representa uma oportunidade ímpar para o estado. “A I CECTI é um espaço de convergência de ideias e ações que moldarão o futuro do Piauí. Queremos a participação ativa de todos os piauienses, para que juntos possamos indicar as políticas e estratégias que impulsionarão nosso desenvolvimento, construindo um Piauí mais justo, sustentável e inovador.


Antecedendo a conferência estadual, serão realizadas Conferências Territoriais em cidades estratégicas do Piauí, como Floriano, Picos, Bom Jesus, Parnaíba e Teresina. Estas conferências preparatórias têm como objetivo envolver as comunidades locais, autoridades, especialistas, acadêmicos e representantes da sociedade civil, proporcionando a construção de propostas significativas a serem discutidas e deliberadas durante o evento principal.


O resultado dessas discussões culminará na produção de um documento contendo as propostas do Estado do Piauí. Esse material será levado para a 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (CNCTI), que ocorrerá de 4 a 6 de junho de 2024, em Brasília. Com o tema “Para um Brasil justo, sustentável e desenvolvido”, a CNCTI visa elaborar a Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) para o período de 2024 a 2030.


É com grande satisfação que convidamos todos os interessados a participarem desse processo crucial para o futuro do Piauí. Ao unir forças e ideias, a conferência visa indicar as políticas e estratégias necessárias para impulsionar o desenvolvimento do estado, promovendo um ambiente mais justo, sustentável e inovador.


A I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí representa uma oportunidade única para todos os setores da sociedade piauiense contribuírem ativamente na construção do futuro do estado. A participação de cada cidadão é essencial para assegurar que as propostas e estratégias refletirão verdadeiramente as necessidades e potencialidades do Piauí, levando-o a um patamar mais elevado de desenvolvimento.

Clique aqui para mais informações.

Continue lendoI Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí (I CECTI): rumo a um Piauí Justo, Sustentável e Desenvolvido

FAPEPI marca presença no lançamento da plataforma “SE CUIDA”

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:8 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

O lançamento da plataforma “Se Cuida” ocorreu na quarta-feira (07), contando com a presença da diretora de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI, professora Eliciana Vieira, que representou a Fundação durante o evento. Também estiveram presentes o presidente do TJ-PI, desembargador Hilo de Almeida, e o vice-reitor da UESPI, professor Jesus Abreu, demonstrando o apoio institucional e a relevância atribuída ao projeto.

Resultado de uma parceria estratégica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) e a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) , a iniciativa visa promover o bem-estar e a saúde mental de servidores e magistrados do Judiciário piauiense.

As atividades do projeto “Se Cuida”, iniciaram nesta quinta-feira (08). Serão desenvolvidas ações permanentes de educação, promoção da saúde e atenção à saúde mental no ambiente laboral do TJ-PI. As atividades estão agendadas para ocorrer às terças e quintas, a partir das 9h, na sala multiuso do prédio administrativo do Palácio da Justiça, proporcionando um espaço dedicado ao autocuidado e à busca pelo equilíbrio emocional.

Além das intervenções presenciais semanais, o programa incorporará atividades complementares, tanto presenciais quanto virtuais, valendo-se do auxílio da inteligência artificial e do uso de chatbots para mensurar a variação de humor e comportamento dos participantes. Essa abordagem inovadora permitirá um acompanhamento mais próximo e personalizado, contribuindo para a identificação precoce de possíveis sinais de estresse ou sobrecarga emocional.

O “Se Cuida” representa um passo significativo na valorização da saúde mental no ambiente de trabalho, reconhecendo a importância do bem-estar dos colaboradores para a eficiência e qualidade dos serviços prestados pelo Tribunal de Justiça do Piauí. Ao promover um ambiente mais saudável e acolhedor, o projeto reafirma o compromisso das instituições envolvidas com o cuidado integral daqueles que dedicam suas habilidades e esforços ao serviço público.

FONTE: TJ-PI com adaptações.

Continue lendoFAPEPI marca presença no lançamento da plataforma “SE CUIDA”

Parceria entre FAPEPI e LACEN pode potencializar análises de saúde pública no Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:8 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Em uma iniciativa que promete otimizar o diagnóstico e monitoramento de saúde pública no estado do Piauí, o Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) está buscando uma parceria estratégica com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). O objetivo principal é viabilizar o funcionamento de um laboratório específico dentro do LACEN, equipado com tecnologia de ponta, que requer expertise técnica especializada para sua operação.

O laboratório em questão abriga um equipamento de última geração, comumente encontrado em institutos de pesquisa e universidades, altamente especializado e voltado para estudos avançados. No entanto, sua implementação operacional no âmbito do LACEN representa um desafio, dada a necessidade de profissionais qualificados para garantir seu pleno funcionamento.

Em reconhecimento dessa demanda, o diretor geral do LACEN, Fabrício Amaral, esteve reunido com o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí, professor João Xavier, o Assessor da FAPEPI, Ciro Sá, a Diretora de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Eliciana Vieira, o Diretor Técnico-Científico, Pedro Soares e o professor do curso de Farmácia da UFPI, Maurício Amaral na terça-feira (06), para solicitar uma parceria com a Fundação, visando obter apoio na forma de bolsas de pesquisa, contratação de pesquisadores ou suporte técnico especializado. Essa colaboração tem o potencial de alavancar não apenas o desempenho do LACEN, mas também o desenvolvimento científico e tecnológico no estado.

Para isso, será elaborado um projeto que envolve também a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e a Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Estas instituições de ensino superior possuem um corpo docente e técnico altamente capacitado, que poderá contribuir significativamente para suprir a demanda técnica identificada no LACEN.

A implementação eficaz desse projeto é de extrema importância para a saúde pública do estado do Piauí. Como o principal laboratório de análises voltado para a saúde pública, o LACEN desempenha um papel vital na detecção e prevenção de doenças, bem como na promoção de políticas de saúde baseadas em evidências.

Segundo o diretor geral do LACEN, Fabrício Amaral, ao colocar em funcionamento o equipamento específico mencionado, o Laboratório estará em condições de fornecer um suporte ainda mais robusto à Vigilância Sanitária do estado. Isso, por sua vez, contribuirá diretamente para a proteção e promoção da saúde da população, garantindo a eficácia das políticas de saúde pública implementadas no estado do Piauí.

Diante desse cenário, a colaboração entre a FAPEPI, o LACEN e as universidades locais emerge como um passo crucial para fortalecer a infraestrutura de saúde e pesquisa no estado, bem como para garantir um serviço de saúde pública de qualidade e eficaz para todos os cidadãos piauienses.

Continue lendoParceria entre FAPEPI e LACEN pode potencializar análises de saúde pública no Piauí

Pesquisa inédita apoiada pela FAPEPI promete revolucionar a reprodução de ovinos e caprinos no Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:7 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Professores da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Rômulo Vieira e Ney Rômulo, estiveram em visita à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) nesta quarta-feira (07), para alinhar e informar sobre os avanços do projeto de bioprospecção voltado para a produção in vitro de embriões de ovinos e caprinos. A iniciativa, que visa impulsionar a eficiência reprodutiva desses animais no estado, tem despertado grande interesse pela sua relevância tanto para a ciência quanto para o desenvolvimento sustentável da pecuária local.

O projeto, que conta com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e da FAPEPI, está sendo desenvolvido na UFPI e tem como objetivo principal utilizar técnicas inovadoras para multiplicar os rebanhos de forma eficiente e sustentável. Uma das principais estratégias adotadas é a utilização de sêmen congelado para a produção de embriões in vitro de ovinos e caprinos.

A pesquisa destaca-se por sua ineditismo e potencial transformador na atividade pecuária do Piauí. Até então, a reprodução desses animais enfrentava desafios significativos, limitando a expansão dos rebanhos e a produtividade. No entanto, com a aplicação dessa nova tecnologia, espera-se uma mudança drástica nesse cenário.

Com a nova tecnologia cabras que anteriormente produziam três crias a cada dois anos, passam a produzir 240 crias no mesmo período de tempo. Esse aumento exponencial na taxa de reprodução promete revolucionar a pecuária caprina e ovina, contribuindo não apenas para o crescimento dos rebanhos, mas também para a economia local e a segurança alimentar.

Durante a visita à FAPEPI, os professores Rômulo Vieira e Ney Rômulo compartilharam as perspectivas para os próximos meses e para próximo ano, enfatizando o compromisso em alcançar resultados significativos e promover o avanço científico no estado. Além disso, destacaram a expectativa de gerar 12 patentes diretas provenientes desse projeto, além de inúmeros artigos científicos que contribuirão para o compartilhamento do conhecimento e a disseminação das técnicas desenvolvidas.

“Nós temos uma meta final de produzirmos pelo menos uns dez mil embriões. Desses embriões uma parte será avaliada in vitro no laboratório e nossa outra perspectiva é que a outra parte seja avaliada in vivo junto com parcerias com agricultores, criadores de ovinos e caprinos do estado do Piauí”, destacou o professor Ney Rômulo.

O estudo que segue para seu terceiro ano de execução, representa um marco para a pecuária piauiense ao contribuir não somente para o desenvolvimento sustentável, mas também para a preservação de raças raras e a geração de renda para os produtores locais.

A parceria entre a UFPI, a FAPEPI e a CAPES demonstra o compromisso conjunto com a pesquisa científica e a inovação, colocando o Piauí no mapa das iniciativas pioneiras no campo da reprodução animal. Com o sucesso desse projeto, espera-se não apenas melhorar a produtividade dos rebanhos locais, mas também consolidar o estado como um polo de excelência em biotecnologia aplicada à pecuária, gerando impactos positivos para toda a comunidade.

Continue lendoPesquisa inédita apoiada pela FAPEPI promete revolucionar a reprodução de ovinos e caprinos no Piauí

Presidente da FAPEPI participa de aula inaugural das turmas ITA-IME da Seduc

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:7 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

Aconteceu nesta terça-feira (06), a aula inaugural da turma ITA/IME, no Ceti Governador Dirceu Mendes Arcoverde, em Teresina.

Na oportunidade, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), professor João Xavier, marcou presença ao lado do governador Rafael Fonteles e do secretário de educação, Washington Bandeira.

O projeto inédito, tem o intuito de capacitar alunos da rede estadual de ensino que desejam concorrer a uma vaga no vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), do Instituto Militar de Engenharia (IME) e de cursos de carreiras de Inovação Tecnológica (Impa Tech, FGV e exterior).

Durante os 3 anos de ensino médio, os alunos participantes das turmas preparatórias públicas para o ITA/IME serão capacitados com o foco no ensino de matemática, química e física, contando com a instrução de professores especialistas nesses vestibulares.

Os estudantes receberão todo o suporte necessário como material didático, alimentação, fardamento, esporte, monitoria e acompanhamento pedagógico e financeiro. A Seduc também vai oferecer bolsas mensais no valor de R$ 500, R$ 1.000 e R$ 1.500 para os alunos com melhores desempenhos, tanto no teste seletivo de ingresso quanto ao longo do curso.

Aos alunos oriundos do interior, será ofertado um auxílio no valor de R$ 700 reais para custear despesas com moradia na capital.

Durante o evento, autoridades, estudantes e familiares puderam prestigiar este momento de avanço no ensino público piauiense e de incentivo aos estudantes do Piauí para que recebam diferentes oportunidades na escolha de suas futuras carreiras profissionais.

Fonte: Governo do Piauí com adaptações.

Continue lendoPresidente da FAPEPI participa de aula inaugural das turmas ITA-IME da Seduc

FAPEPI e IFPI alinham estratégias para primeira Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:2 de fevereiro de 2024
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

Aconteceu na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), uma reunião estratégica para tratar de um marco significativo para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no estado.

O encontro reuniu representantes da comissão organizadora, do IFPI e da Fapepi, visando a organização da primeira Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, prevista para ocorrer em março deste ano.

Na oportunidade estiveram presentes: o presidente da FAPEPI, professor João Xavier, o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal do Piauí (IFPI), José Luís de Oliveira, o professor João Batista da Universidade Federal do Piauí (UFPI), a diretora do IFPI campus Floriano, professora Edenise Alves e o diretor do IFPI campus São João, Jopson Carlos Borges.

A iniciativa, que busca fomentar o diálogo e a integração entre os diversos atores envolvidos no ecossistema de CT&I, tem como objetivo principal promover a reflexão e a construção de políticas que impulsionem o desenvolvimento científico e tecnológico no estado. O presidente da FAPEPI, professor João Xavier, ressaltou a singularidade da conferência como um evento catalisador de transformações no cenário científico e tecnológico do Piauí.

“Esta conferência não representa apenas um ponto de encontro, mas sim um marco no nosso comprometimento com a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação em nosso estado. Queremos que este evento não seja apenas um capítulo isolado, mas sim o início de uma jornada contínua e colaborativa para fortalecermos as bases da CT&I no Piauí. Estamos construindo não apenas um evento, mas um legado para as futuras gerações”, enfatizou Xavier.

Cada instituição de ensino será responsável por coordenar ações em territórios específicos, garantindo uma representação abrangente e participativa. A diversidade de perspectivas e experiências dos participantes promete enriquecer as discussões e contribuir para a elaboração de propostas concretas durante a conferência. A distribuição de responsabilidades por territórios visa garantir uma abordagem mais regionalizada e inclusiva, incorporando as peculiaridades de cada localidade.

”A expectativa é congregrar pesquisadores e pesquisadoras que se interessam sobre o tema para que ajude a pensar uma política nacional , mas que também fique como embrião para futuras ações a nível estadual”, destacou o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do IFPI, José Luís de Oliveira,

Durante a reunião, foram delineados os primeiros passos para a elaboração de um documento que servirá como base para as discussões durante a conferência. Esse documento, por sua vez, subsidiará a construção de um plano de ação e estratégias para a CT&I no estado. A expectativa é que o material resultante desse encontro seja posteriormente encaminhado para análise nas esferas estadual e regional nordeste, onde serão debatidos os rumos da ciência, tecnologia e inovação.

A conferência, que reunirá pesquisadores e pesquisadoras interessados no tema, não apenas se propõe a pensar uma política nacional para CT&I, mas também consolidar-se como inspiração e referência para iniciativas similares em todo o país. A expectativa é que o evento promova a troca de experiências e conhecimentos, fortalecendo a rede de colaboração e impulsionando o desenvolvimento científico e tecnológico no estado do Piauí.

Continue lendoFAPEPI e IFPI alinham estratégias para primeira Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí