PoP-PI realiza Workshop de Tecnologias de Redes do estado nos dias 20 e 21/10

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:1 de novembro de 2022
  • Reading time:1 minuto(s) de leitura

O Ponto de Presença da RNP no Piauí (PoP-PI), sediado na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) realiza, em formato online, o Workshop de Tecnologias de Redes do estado (WTR-PI), nos dias 20 e 21/10. O evento gratuito é voltado para líderes, gestores, estudantes, pesquisadores, agentes de transformação e técnicos da área de TIC piauienses, que atuam em empresas, academia ou governo e desejam ampliar seus conhecimentos e competências.

 “Serão dois dias de muito aprendizado, intercâmbio de experiências e disseminação de novas tecnologias. Na programação, teremos várias palestras incluindo uma do diretor-geral da RNP, Nelson Simões, que falará sobre os mais de 30 anos da organização. O público contará, ainda, com um minicurso sobre RPKI, oferecido pelo Nic.Br”, conta a coordenadora administrativa do PoP-PI. Rizalva Santos.

Confira a programação completa e faça sua inscrição por AQUI!

Continuar lendoPoP-PI realiza Workshop de Tecnologias de Redes do estado nos dias 20 e 21/10

Pesquisa destaca resistência bacteriana à amoxicilina na cavidade bucal em crianças

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de outubro de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

Está em andamento o trabalho de pesquisa coordenado pelo professor, Dr. Prof. Patrick Veras Quelemes, Mestre em Farmacologia e Doutor em Biotecnologia na Universidade Federal do Piauí, intitulado “Prevalência e Caracterização de Bactérias Resistentes à Amoxicilina na Cavidade Bucal de Crianças com Risco de Endocardite Infecciosa e Fatores Associados”. O projeto é contemplado pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí – FAPEPI através do Edital Programa De Infra-Estrutura Para Jovens Pesquisadores / Programa Primeiros Projetos (PPP) – / MCT/ CNPq Nº 007/2018.

A endocardite infecciosa (EI) é uma condição grave que pode afetar adultos e crianças portadores de determinadas cardiopatias que é um termo genérico utilizado pelos médicos para designar doenças e condições médicas capazes de afetar o coração e o sistema vascular de pacientes em qualquer idade, entre os principais tipos de cardiopatia podemos incluir hipertensão (pressão alta), doença arterial coronariana, arritmia cardíaca e também condições mais graves como parada cardíaca ou mesmo derrame cerebral.

O risco de  infecção do endocárdio representa um desafio na prática odontológica, já que essa condição pode ser causada pela bacteremia transitória, principalmente por estreptococos, proveniente da realização de procedimentos críticos como exodontias, raspagens e tratamentos endodônticos em pacientes susceptíveis, geralmente, portadores de cardiopatias. Para evitar esse quadro, é indicada a realização de profilaxia antibiótica previamente aos procedimentos citados, cujo medicamento padrão é a amoxicilina. No entanto, devido ao uso excessivo e/ou indiscriminado dessa droga, bactérias resistentes têm sido detectadas na cavidade bucal fazendo com que, mesmo sendo administrada a profilaxia antibiótica, pacientes continuem com risco de desenvolver a EI, especialmente crianças. O objetivo deste projeto é, portanto, estabelecer a prevalência de bactérias resistentes à amoxicilina na cavidade bucal de crianças com risco de EI, além de verificar fatores relacionados.

“Esse problema ele pode atingir tanto adultos como crianças, sendo que atualmente é considerado que além da manutenção de uma boa saúde bucal, o único método de prevenção da endocardite infecciosa é a profilaxia antibiótica, que é a tomada de antibiótico previamente, 01h00 antes, ao procedimento odontológico que essa criança ou esse adulto passa a submeter. Essa antibioticoterapia é realizada com antibiótico chamado Amoxicilina.” conta o coordenador do projeto.

Dr. Prof. Patrick Veras. Foto: Reprodução

Apesar de a resistência antibiótica ser um tema de relevância global, até o momento, não existem dados publicados sobre a prevalência de estreptococos resistentes ao antibiótico citado em crianças brasileiras. Neste contexto, no estado do Piauí, segundo dados colhidos junto ao Hospital Infantil Lucídio Portella, o número de crianças portadoras de cardiopatias que são susceptíveis à EI é relevante. Assim, sensibilizados por esta problemática e tendo constatado a escassez de dados sobre o tema, propomos este projeto, cujo objetivo principal é determinar a prevalência de bactérias resistentes à amoxicilina na cavidade bucal de crianças portadoras de cardiopatias, que formam um grupo com risco de acometimento da endocardite infecciosa.

Além disso, o desenvolvimento deste projeto possui concreta possibilidade de fomentar a recente criação do primeiro grupo de pesquisa voltado à vigilância de micro-organismos resistentes na cavidade bucal de crianças, adultos e idosos no estado do Piauí, o que colabora, de sobremodo, para a criação de estratégias a serem traçadas no âmbito da saúde pública, com intuito de manejar-se tal situação, com vistas à diminuição de agravos, bem como para desenvolvimento científico relacionado a essa casuística no estado do Piauí.

“Os nossos resultados encontrados até o momento são bastante preocupantes, visto que, por exemplo, se nós avaliarmos 15 crianças em 14, nós iremos encontrar estreptococos resistentes à amoxicilina em sua boca. Nós temos a previsão de concluir nosso projeto até dezembro. Queremos fazer, claro, uma publicação científica, mas independente disso, o impacto dos nossos resultados ele deve vir a conscientizar a classe odontológica de que se deve ter uma preocupação com essa questão da resistência bacteriana nesses pacientes, inclusive com a geração de políticas públicas, que posso assisti-los de uma forma melhor”, finaliza. 

Continuar lendoPesquisa destaca resistência bacteriana à amoxicilina na cavidade bucal em crianças

FAPEPI divulga resultado final da 1ª FASE do CENTELHA II PIAUÍ

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:18 de outubro de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulga nesta terça-feira (11) o Resultado Final da 1ª Fase do Edital nº002/2022 – Centelha II Piauí.

O Programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada no Piauí pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (FAPEPI).

O Diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (DDCT) da FAPEPI, Ciro Gonçalves Sá, ressalta que nessa primeira etapa foram selecionados 200 projetos para desenvolvimento de empreendimentos inovadores. Ele também destaca que ao todo 416 projetos foram submetidos na primeira fase.

“Chegamos ao final da primeira fase do Centelha II Piauí. Essa primeira fase, teve como intuito selecionar ideias inovadoras que buscam empreendimentos de sucesso no Piauí. Nesse primeiro momento, foram avaliadas as 200 ideias entre 416, onde se destaca projetos que englobam a educação, saúde, tecnologia da informação, entre outros projetos”, destaca Ciro Sá.

Como funciona

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

No endereço eletrônico, é possível obter mais informações sobre o programa e seu edital detalhado em todos os estados. 

“É importante destacar que, a partir de agora, os 200 projetos aprovados na primeira fase terão uma nova concorrência, e deverão novamente submeter seus projetos, identificando quais são as características importantes para um empreendimento de sucesso; como eles pretendem ganhar dinheiro a partir da sua ideia; e como o projeto será desenvolvido ao longo do Programa Centelha”, finaliza Ciro.

Continuar lendoFAPEPI divulga resultado final da 1ª FASE do CENTELHA II PIAUÍ

FAPEPI participa de Seminário de Acompanhamento do Programa de Desenvolvimento da Pós-graduação no semiárido

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:11 de outubro de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES realizou nesta sexta-feira (07) em João Pessoa o 1° Seminário de Acompanhamento dos projetos aprovados no âmbito do Edital nº 04/2021 – Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) – Apoio ao Desenvolvimento da Região Semiárida Brasileira, no formato presencial, entre os dias 6 e 7 de outubro de 2022, das 9h às 18h, no auditório do Sesc, Cabo Branco. O evento indicou as vocações e potencialidades identificadas na região semiárida em que se realiza o projeto e como se dará a formação de mestres e doutores e realização de pesquisas.

O representante do Piauí no evento foi o Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), Antônio Cardoso do Amaral, que compareceu , em conjunto com os Coordenadores dos Programas de Pós-graduação (PPG) amparados pela instituição. Eles apresentaram seus projetos:

Bioprospecção de meios para produção in vitro de embriões caprinos e ovinos: uma necessidade biotecnológica para o semiárido piauiense;

Tecnologia sustentável para o semiárido piauiense: uso de bactérias promotoras de crescimento para otimizar o desenvolvimento, fisiologia e produtividade da palma forrageira para alimentação animal;

Do semiárido para o semiárido: desenvolvimento biotecnológico de hidrogéis superabsorvente provenientes de fontes vegetais para uso eficiente de água e de nutrientes.

Eixos Estratégicos

Os projetos aprovados tiveram Programas de Pós-Graduações (PPG’s) associados aos Eixos Estratégicos:  Agroindústria no Semiárido e Biotecnologia no semiárido.

As Bolsas que foram disponibilizadas a partir dos investimentos do edital correspondem, respectivamente:

  • 7 bolsas de mestrado;
  • 8 bolsas de doutorado;
  • 9 bolsas de pós-doutorado;

Ampliar o conhecimento, a produção científica e a adoção de inovações tecnológicas que contribuem para o desenvolvimento sustentável da região Semiárida é o foco do evento. O potencial de oferecer subsídios à criação de políticas públicas orientadas à transformação regional, a partir de suas potencialidades e oportunidades, e as ações e os resultados que contribuem para o desenvolvimento econômico e social do Semiárido a partir da geração e apropriação do conhecimento científico e tecnológico pela sociedade.

O intuito é o diálogo entre os participantes sobre a necessidade que as instituições têm de garantir à redução das assimetrias no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG), por meio da formação de recursos humanos de alto nível, valorização das vocações e potencialidades identificadas na região Semiárida do país e realização de pesquisas nos eixos estratégicos, que viabilizadas através de editais.

A programação teve início às 9 horas, e contou com as presenças da presidente da CAPES, Cláudia Mansani Queda de Toledo, Roberto Germano Costa. Confirmaram presença a diretora de Programas e Bolsas no País – Profa. Zena Martins, o coordenador-geral de Programas Estratégicos – Júlio Piffero, o coordenador de Programas Especiais da CAPES – Márcio de Castro; a coordenadora de Programas e Projetos da FAPESQ, Patrícia Costa; representantes das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa de vários estados, representantes de institutos de pesquisa do país e pesquisadores. Fazem parte da programação também as pesquisas desenvolvidas nos estados de Pernambuco, Bahia, Alagoas, Paraíba, Sergipe, com ações Inovadoras para valorização e sustentabilidade do Semiárido em seus estados.

Continuar lendoFAPEPI participa de Seminário de Acompanhamento do Programa de Desenvolvimento da Pós-graduação no semiárido

FAPEPI lança nota de repúdio sobre Fake News acerca do Edital n°007/2022

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:11 de outubro de 2022
  • Reading time:1 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), vem nesta quinta-feira (06), por meio desta nota, repudiar as notícias falsas que estão circulando nas redes sociais sobre o Edital FAPEPI n°007/2022 – Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil.

Notícias falsas sobre editais da FAPEPI circulam nas redes sociais.

Informações sobre editais, requisição de documentos e notas técnicas são divulgadas estritamente no site e redes sociais da instituição.

As autoridades já tomaram conhecimento quanto as notícias falsas e estão sendo acionadas para medidas cabíveis.

Assessoria de Comunicação da FAPEPI

Continuar lendoFAPEPI lança nota de repúdio sobre Fake News acerca do Edital n°007/2022

FAPEPI requisita documentos para implantação dos selecionados nos editais de iniciação científica e pós-graduação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de outubro de 2022
  • Reading time:1 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulgou nesta terça-feira (04) Nota Técnica e demais documentos referentes aos seguintes Editais:
N°004/2022 — Programas de Bolsas de Iniciação Científica da FAPEPI
N°005/2022 — Programa de Apoio a Pós-graduação Stricto sensu – Mestrado e Doutorado

Os documentos requisitados são obrigatórios para realização das implantações dos selecionados.

A Nota Técnica e os demais documentos podem ser acessados nos links a seguir.

Documentos requisitados Edital N°004/2022
Documentos requisitados Edital N°005/2022

Continuar lendoFAPEPI requisita documentos para implantação dos selecionados nos editais de iniciação científica e pós-graduação

Inscrições abertas para Chamada pública ERC/CONFAP/CNPQ 2022

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:30 de setembro de 2022
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) convidam pesquisadores do Brasil a buscar colaborações de pesquisa com pesquisadores doutores já apoiados por subsídios do Conselho Europeu de Pesquisa (ERC) financiados pela UE. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), receberá as propostas das candidaturas elegíveis no estado do Piauí, e apoiará com suporte financeiro para a viagem de intercâmbio do pesquisador. O prazo máximo para submissão de propostas será até dia 15 de dezembro de 2022.

A chamada é lançada a partir dos acordos de implementação estabelecidos entre a Comissão Europeia e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) para fornecer oportunidades de pesquisa na Europa para pesquisadores brasileiros, assinado em 13 de outubro de 2016. A chamada também é resguardada pelo Acordo Administrativo entre a Comissão Europeia, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), referentes aos mecanismos de apoio à cooperação UE-Brasil em atividades de pesquisa e inovação, assinados em 19 de novembro de 2021. 

Os pesquisadores elegíveis do Brasil

Podem submeter propostas os pesquisadores ativos no Brasil, detentores de título de doutorado, que estejam implementando atividades de pesquisa dentro de universidades, institutos ou centros de pesquisa brasileiros.

Os projetos financiados pelo ERC, buscando acolher os pesquisadores brasileiros, cobrem uma vasta gama de áreas científicas e foram selecionados pela Comissão Europeia e pelo ERC, nos seguintes painéis de avaliação:

  • Biologia Molecular e Estrutural e Bioquímica
  • Genética, Genômica, Bioinformática e Biologia de
  • Sistemas
  • Biologia Celular e do Desenvolvimento
  • Fisiologia, Fisiopatologia e Endocrinologia
  • Neurociências e Distúrbios neurais
  • Imunidade e Infecção
  • Ferramentas Diagnósticas, Terapias e Saúde Pública
  • Biologia Evolutiva, Populacional e Ambiental
  • Ciências da vida aplicadas e biotecnologia não médica
  • Matemática
  • Constituintes Fundamentais da Matéria
  • Física de matéria condensada
  • Ciências Químicas Físicas e Analíticas
  • Química Sintética e Materiais
  • Ciência da Computação e Informática
  • Engenharia de Sistemas e Comunicação
  • Engenharia de Produtos e Processos
  • Ciências do Universo
  • Ciência do Sistema Terrestre
  • Mercados, Indivíduos e Instituições
  • Instituições, Valores, Crenças e Comportamento
  • Meio Ambiente, Espaço e População
  • A mente humana e sua complexidade
  • Culturas e Produção Cultural
  • O estudo do passado humano
  • Sinergia

Os pesquisadores elegíveis deverão acessar o portal on-line, disponível no link, para realizar as inscrições e envio dos documentos exigidos no edital. 

Acesse aqui as Diretrizes da FAPEPI para submissão de propostas.

Para mais informações, assistência e suporte entre em contato através do e-mail disponível.

Mais informações sobre “equipes do ERC abertas ao mundo” acesse o link disponível.

Continuar lendoInscrições abertas para Chamada pública ERC/CONFAP/CNPQ 2022

Centelha II Piauí divulga resultado preliminar de ideias aprovadas na Fase 1

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:23 de setembro de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

O Programa Centelha Piauí, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada no Piauí pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (FAPEPI), divulgou nesta sexta-feira (23) as 200 propostas de negócio aprovadas para a fase 2.

Confira o resultado final clicando aqui.

Como funciona

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

No endereço eletrônico, no qual é possível obter mais informações sobre o programa e seu edital detalhado em todos os estados.

Próximos Passos

Na segunda fase os 200 proponentes que foram selecionadas deverão, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 100 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.

O Programa Centelha contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no Piauí, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o Programa Centelha abre espaço para participação de todos os cidadãos do estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores e consolida uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

Acesse o Edital clicando aqui.

Continuar lendoCentelha II Piauí divulga resultado preliminar de ideias aprovadas na Fase 1

FAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:5 minuto(s) de leitura

Biodiversa+, Parceria Europeia de Biodiversidade implementada no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizon Europelançou nesta quinta-feira, 08/09, a Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon.

A chamada tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa e inovação sobre o monitoramento transnacional da biodiversidade e mudança do ecossistema para a ciência e a sociedade, promovendo a integração das ciências naturais, ciências técnicas e ciências humanas.

Participam desta chamada transnacional conjunta 48 instituições de 34 países e a Comissão Europeia, com orçamento total de 40 milhões de euros, considerando todos os países envolvidos. No Brasil, o apoio será concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada (vide listagem abaixo). O orçamento disponível no Brasil é de aproximadamente 1 milhão de euros. (confira os orçamentos confirmados até o momento).

Relação de FAPs que aderiram à chamada:

  1. Fundação Araucária (Paraná);
  2. FAPDF (Distrito Federal);
  3. FAPEAL (Alagoas);
  4. FAPEAM (Amazonas);
  5. FAPEAP (Amapá); 
  6. FAPEG (Goiás);
  7. FAPEMA (Maranhão);
  8. FAPEMAT (Mato Grosso);
  9. FAPEPI (Piauí);
  10. FAPERGS (Rio Grande do Sul);
  11. FAPERJ (Rio de Janeiro);
  12. FAPES (Espírito Santo);
  13. FAPESB (Bahia);
  14. FAPESC (Santa Catarina);
  15. FAPESPA (Pará);
  16. FAPESQ (Paraíba);
  17. FAPT (Tocantins);
  18. FUNCAP (Ceará);
  19. FUNDECT (Mato Grosso do Sul);
  20. FAPERO (Rondônia).

*Outras FAPs ainda podem aderir à Chamada.

Submissão de Proposta

– Acesse a íntegra da Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon, as Perguntas Frequentes e a plataforma de submissão de proposta no link: www.biodiversa.org/2017 (consulte no link as Diretrizes Nacionais dos Países envolvidos)

– Acesse a plataforma da Biodiversa+ para busca de parceiros no link: proposals.etag.ee/biodiversa/2022/partner-search

– No dia 20 de setembro, às 10h (BRT), a Biodiversa+ realizará o webinar para esclarecimento de dúvidas sobre a chamada. Para participar, inscreva-se no link

Mais informações

Questões específicas de elegibilidade e modalidades de participação via CNPq ou via FAPs podem ser esclarecidas com os Pontos de Contato das instituições.Consulte aqui os contatos e orçamentos que serão disponibilizados pelas instituições brasileiras

Questões gerais e técnicas sobre a chamada podem ser esclarecidas com o Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com) ou do CNPq: Dileine Cunha (dileine.cunha@cnpq.br).

Cronograma

  • Lançamento da Chamada: 8 de setembro de 2022;
  • Prazo para submissão de pré-propostas: 9 de novembro 2022;
  • Prazo para submissão de propostas completas: 5 de abril 2023;
  • Prazo para início dos projetos: a partir de 1º de dezembro de 2023 até 1º de abril de 2024.

Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoFAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

FAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:8 de setembro de 2022
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

Foi lançado hoje (08) o edital 007-2022, de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil. A seleção é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Serão concedidas 22 bolsas de Pós-Doutorado Júnior (PDJ) e Pós-Doutorado Empresarial (PDI) com duração de até 24 (vinte e quatro) meses, sob responsabilidade do CNPq, e auxílio à pesquisa (custeio e/ou capital) no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais), sob responsabilidade da FAPEPI.

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, por meio da concessão de bolsas e auxílio à pesquisa  para jovens doutores em todas as áreas do conhecimento.

Além de criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes de reconhecida excelência no Estado do Piauí e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para o desenvolvimento sócio econômico do Estado do Piauí.

Interessados deverão apresentar propostas de  projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e de inovação para obtenção de apoio  financeiro no âmbito do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil, seguindo o cronograma do Edital.

Comunicações sobre o edital devem ser feitas através do e-mail dtc.fapepi2@gmail.com. Confira a chamada na íntegra visitando a página clicando aqui.

Continuar lendoFAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores