Resultado parcial da Chamada CONFAP-CNPq-UK Academies 2022

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:30 de setembro de 2022
  • Reading time:1 mins read

Está disponível o resultado parcial da Chamada CONFAP-CNPq-UK Academies 2022, lançada em 25 de maio, pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com as instituições britânicas The Royal Society, The Academy of Medical Sciences e The British Academy.

O objetivo da chamada é fomentar a vinda de pesquisadores britânicos para trabalharem em conjunto com pesquisadores brasileiros, em institutos de pesquisa e universidades sediadas no Brasil.

Confira o resultado parcial.

Continuar lendoResultado parcial da Chamada CONFAP-CNPq-UK Academies 2022

Vagas para doutorado na Alemanha e nos EUA estão abertas

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:3 mins read

Permanecem abertas as inscrições de dois editais (nº 40/2022 e n° 41/2022) para interessados em estudar fora do Brasil. Quem quiser concorrer a uma das 45 bolsas do Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha deve apresentar a candidatura até 30 de setembro. Já o prazo do Programa CAPES/Purdue de Doutorado em Agricultura – Agriculture PhD Fellows Program, pelo qual serão oferecidas até cinco, vai até 14 de outubro.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelas páginas dos Programas no site da CAPES (a da Alemanha, você acessa aqui e a dos EUA, aqui). A divulgação dos resultados dos dois editais se dará até março de 2023. O início das atividades na Alemanha está previsto para outubro daquele ano e, nos Estados Unidos, agosto.

Para participar do processo seletivo do Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha, o candidato precisa ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com autorização de residência no País. Não pode ter o título de doutor nem receber ou ter recebido, de agência pública federal, bolsa de mesmo nível, ou acumular benefícios. Também é necessário possuir confirmação formal de orientação de instituição alemã. O valor mensal da bolsa é de €1.300,00, além de outros benefícios como auxílio-deslocamento e seguro-saúde. Das 45 bolsas, 10 serão concedidas pela CAPES e 35 pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD).

As mesmas regras para participar valem para o Programa CAPES/Purdue de Doutorado em Agricultura – Agriculture PhD Fellows Program. Nele, as bolsas terão duração de até cinco anos e o recurso anual destinado a cada candidato aprovado é de US$ 46.214, entre bolsa e outros auxílios, como deslocamento e saúde. Ao se inscreverem no edital, os pesquisadores devem escolher entre três temas — Agricultura Digital, Ciências Vegetais: Fenotipagem e Genética, e Energia Verde.

Sobre os programas
O Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha é fruto de parceria entre a CAPES e o DAAD. Nele as Agências apoiam a formação de professores e pesquisadores de alto nível estimulando a cooperação acadêmica e o intercâmbio científico entre o Brasil e a Alemanha, contribuindo para a mobilidade entre universidades alemãs e brasileiras.

O Programa CAPES/Purdue de Doutorado em Agricultura – Agriculture PhD Fellows Program fomenta o intercâmbio científico, a formação de líderes e a qualificação acadêmica, amplia o acesso de pesquisadores a centros internacionais de excelência e dá maior visibilidade à produção brasileira. Os benefícios serão custeados tanto pela CAPES quanto pela Universidade Purdue. A iniciativa é fruto de acordo de cooperação firmado em março de 2019, com duração prevista de 10 anos.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC)
(Brasília – Redação CCS/CAPES)

Continuar lendoVagas para doutorado na Alemanha e nos EUA estão abertas

FAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:5 mins read

Biodiversa+, Parceria Europeia de Biodiversidade implementada no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizon Europelançou nesta quinta-feira, 08/09, a Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon.

A chamada tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa e inovação sobre o monitoramento transnacional da biodiversidade e mudança do ecossistema para a ciência e a sociedade, promovendo a integração das ciências naturais, ciências técnicas e ciências humanas.

Participam desta chamada transnacional conjunta 48 instituições de 34 países e a Comissão Europeia, com orçamento total de 40 milhões de euros, considerando todos os países envolvidos. No Brasil, o apoio será concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada (vide listagem abaixo). O orçamento disponível no Brasil é de aproximadamente 1 milhão de euros. (confira os orçamentos confirmados até o momento).

Relação de FAPs que aderiram à chamada:

  1. Fundação Araucária (Paraná);
  2. FAPDF (Distrito Federal);
  3. FAPEAL (Alagoas);
  4. FAPEAM (Amazonas);
  5. FAPEAP (Amapá); 
  6. FAPEG (Goiás);
  7. FAPEMA (Maranhão);
  8. FAPEMAT (Mato Grosso);
  9. FAPEPI (Piauí);
  10. FAPERGS (Rio Grande do Sul);
  11. FAPERJ (Rio de Janeiro);
  12. FAPES (Espírito Santo);
  13. FAPESB (Bahia);
  14. FAPESC (Santa Catarina);
  15. FAPESPA (Pará);
  16. FAPESQ (Paraíba);
  17. FAPT (Tocantins);
  18. FUNCAP (Ceará);
  19. FUNDECT (Mato Grosso do Sul);
  20. FAPERO (Rondônia).

*Outras FAPs ainda podem aderir à Chamada.

Submissão de Proposta

– Acesse a íntegra da Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon, as Perguntas Frequentes e a plataforma de submissão de proposta no link: www.biodiversa.org/2017 (consulte no link as Diretrizes Nacionais dos Países envolvidos)

– Acesse a plataforma da Biodiversa+ para busca de parceiros no link: proposals.etag.ee/biodiversa/2022/partner-search

– No dia 20 de setembro, às 10h (BRT), a Biodiversa+ realizará o webinar para esclarecimento de dúvidas sobre a chamada. Para participar, inscreva-se no link

Mais informações

Questões específicas de elegibilidade e modalidades de participação via CNPq ou via FAPs podem ser esclarecidas com os Pontos de Contato das instituições.Consulte aqui os contatos e orçamentos que serão disponibilizados pelas instituições brasileiras

Questões gerais e técnicas sobre a chamada podem ser esclarecidas com o Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com) ou do CNPq: Dileine Cunha (dileine.cunha@cnpq.br).

Cronograma

  • Lançamento da Chamada: 8 de setembro de 2022;
  • Prazo para submissão de pré-propostas: 9 de novembro 2022;
  • Prazo para submissão de propostas completas: 5 de abril 2023;
  • Prazo para início dos projetos: a partir de 1º de dezembro de 2023 até 1º de abril de 2024.

Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoFAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

Espaço Agro é destaque da Feira do Empreendedor em Teresina

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:8 de setembro de 2022
  • Reading time:2 mins read



O Espaço Agro, reunindo dezenas de tecnologias da Embrapa Meio-Norte, será um dos destaques da Feira do Empreendedor 2022. O evento começa nesta quinta-feira 08, às 16 horas, e termina no próximo domingo 11, às 22 horas, no Centro de Convenções de Teresina, na Avenida Marechal Castelo Branco, bairro Cabral.

Apresentando tecnologias como feijão-caupi ( feijão-de-corda) e feijão-mungo; arroz vermelho e negro; aquicultura, Sisteminha Embrapa-UFU-Fapemig, apicultura e meliponicultura; avicultura, ovinocaprinocultura, bovinocultura e sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), a Embrapa Meio-Norte dividirá o Espaço Agro com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sebrae.


Acesso livre

“As tecnologias estarão à disposição em totens e tablets, numa proposta bem avançada, para quem precisar de informações e quiser empreender”, destaca Patrícia Rocha, supervisora de comunicação da Unidade. A estatal apresentará também duas palestras no evento. A primeira será hoje, das 18 às 19 horas, no mini auditório, com o tema Sisteminha-UFU-Fapemig. O analista Valdemir Queiroz dividirá a ação com Herbert Karpegianne, consultor do Sebrae.

A segunda, com a pesquisadora Patrícia Drumond, vai ser no dia 1O, das 17 às 18 horas, também no mini auditório, abordando as abelhas sem ferrão e as oportunidades de negócios para meios urbanos. Nesta, participam o professor Darcet Souza, da Universidade Federal do Piauí, e o produtor de mel Amorim da Silveira.

A Feira do Empreendedor 2022 terá espaços direcionados a oportunidades de negócios (franquias, máquinas e equipamentos, representação comercial, venda porta a porta e soluções digitais), atendimento, educação empreendedora, conhecimento, inovação, crédito e finanças, políticas públicas (Cidade Empreendedora), comércio, serviços, indústria, agronegócios, gastronomia e empreendedorismo kids.
As inscrições, de acordo com a coordenação, são gratuitas para visitantes, permitindo acesso a todos os espaços da feira e capacitações ofertadas.

Com informações da Embrapa Meio-Norte

Continuar lendoEspaço Agro é destaque da Feira do Empreendedor em Teresina

Tecnologias vão garantir alternativa alimentar para caprinos e ovinos

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:8 de setembro de 2022
  • Reading time:3 mins read




Até dezembro de 2022 a Embrapa Meio-Norte inicia um projeto de transferência de tecnologia, no semiárido do Piauí, para melhorar a produtividade sustentável de caprinos e ovinos. O foco das ações será no avanço de alternativas de alimentos, com o uso de bioinsumos e irrigação, na produção de forrageiras e volumosos, de forma estratégica, garantindo, assim, alimentação aos animais no período mais seco do ano, que vai de setembro a dezembro.

O eixo do projeto será uma unidade de referência tecnológica, no campo experimental da Embrapa no município de São João do Piauí, a 458 quilômetros ao sul de Teresina. Produtores dos municípios de Dom Inocêncio, Nova Santa Rita, Bela Vista, Conceição do Canindé, São Francisco de Assis, Queimada Nova, Betânia, Jacobina, Paulistana, Pio IX, Picos, Geminiano e Itainópolis também receberão treinamentos.

Francisco Monteiro, o coordenador do projeto, disse que uma unidade de referência tecnológica “servirá de base de apoio para intercâmbio de produtores, dias de campo, visitas técnicas e parte prática dos cursos/treinamentos, quando serão disponibilizados materiais propagativos e insumos”.



Piauí é destaque

As capacitações, segundo ele, vão direcionar os criadores na produção e conservação de forragem, e no uso de boas práticas de manejo alimentar de caprinos e ovinos. O projeto foi lançado em junho deste ano, no município de Picos. A equipe de trabalho já visitou mais oito municípios, selecionando produtores.

Segundo dados da Pesquisa da Pecuária Municipal, do IBGE, em 2020, o Piauí é o terceiro no ranking na produção de caprinos, com 1,9 milhão de animais. A Bahia permanece à frente, em primeiro lugar, com 3,6 milhões de cabeças. O Estado de Pernambuco é o segundo colocado, com um plantel de 3,1 milhões.

No Piauí, o município de Dom Inocêncio, no sudoeste, a 615 milhas de Teresina, concentra o maior número de caprinos: cerca de 50 mil animais. Quanto à criação de ovinos, o Estado está na quinta posição, com 1,7 milhões de cabeças. A Bahia continua na primeira posição, com cerca de 4,5 milhões de animais.

Com informações da Embrapa Meio-Norte

Continuar lendoTecnologias vão garantir alternativa alimentar para caprinos e ovinos

Pesquisa da UFPI avalia potencial nutricional de alimentos orgânicos

Read more about the article Pesquisa da UFPI avalia potencial nutricional de alimentos orgânicos
Professora Regilda Moreira-Araújo também é Pró-Reitora de Ensino de Pós-Graduação da UFPI
  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de setembro de 2022
  • Reading time:3 mins read



Um projeto de pesquisa da Universidade Federal do Piauí (UFPI) está avaliando os benefícios nutricionais de frutas e hortaliças orgânicas na alimentação humana. Tendo à frente a pesquisadora Regilda Moreira Araújo, do Departamento de Nutrição/CCS, o estudo busca avaliar em que percentual os compostos antioxidantes aparecem em alimentos orgânicos em comparação com aqueles cultivados tradicionalmente. A pesquisa também irá investigar o quanto desses nutrientes são de fato absorvidos pelo organismo.

A primeira fase da pesquisa foi a validação dos compostos no laboratório, seguida pela simulação da digestão in vitro, por meio das enzimas, desde a fase inicial na boca até a fase intestinal.

“Através de uma simulação in vitro simulamos as etapas da digestão no laboratório para podermos observar como ocorre a absorção desses compostos no organismo. “Vamos verificar a bioacessibilidade dos compostos antes e após cada etapa da digestão, e assim podermos obter o que está acessível para absorção pelo organismo”, explicou a professora Regilda.

O estudo, iniciado em 2020, resultou em artigos científicos que trazem resultados para a pesquisa realizados com café, folha de hortelã-pimenta e alface-crespa. Segundo os artigos, os alimentos produzidos orgânicos apresentam vantagens de nutrientes como fenólicos totais, flavonoides e potencial antioxidante.

Até o momento, os artigos mostraram que o café torrado e moído orgânico apresentou valores relevantes de fenólicos totais, flavonoides e antocianinas, indicativo de maior potencial antioxidante, quando equiparado ao sistema convencional, que se apresentou superior apenas no teor de taninos.

Resultados parecidos foram encontrados na análise feita nas folhas da hortelã-pimenta, um alto teor de fenólicos totais, flavonoides totais e vitamina C. O resultado mostrou que a capacidade antioxidante desses compostos, o uso de folhas de hortelã-pimenta como temperos e especiarias, além de contribuir com aspectos sensoriais, pode ajudar na prevenção de doenças crônicas.

Nas alfaces crespas, o cultivo orgânico demonstrou um maior teor de proteínas, de fenólicos totais e maior atividade antioxidante em comparação com o cultivo convencional, que apresentou um maior teor de lipídios.

Bons resultados do estudo também são encontrados nas análises com cajuí, murici, oiti, carnaúba, banana, maçã, mamão, repolho roxo, alface, alecrim, manjericão, inclusive em plantas de outras regiões.

Resultados recentes comprovam que mesmo após as quatro etapas da digestão realizadas no laboratório, os compostos se mantiveram em um percentual elevado no organismo.

A pesquisadora explica que, por causa da alta exposição ao sol, os alimentos orgânicos produzidos no nordeste podem ter vantagem por dispor de solo rico em nutrientes, por exemplo, os compostos carotenóides, que dão cor alaranjada aos frutos.

A pesquisa pretende contribuir ainda para expandir o consumo desses nutrientes além da região em que são encontrados, para ajudar na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis como câncer, diabetes, doenças cardiovasculares entre outras. Uma das opções é a produção de biscoitos com esses nutrientes. “Além do benefício econômico, a incorporação dessas fibras na produção de alimentos pode oferecer opções para o consumo de forma variável atrativa e benéfica à saúde”, destaca a pesquisadora Regilda.

Continuar lendoPesquisa da UFPI avalia potencial nutricional de alimentos orgânicos

Edital da Finep/MCTI destina R$ 10 milhões para inovações no setor de alimentos

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:24 de agosto de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Finep Inovação e Pesquisa, empresa pública do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), torna público edital para apoio à pesquisa, desenvolvimento e inovação focada nos sistemas alimentares contemporâneos, novos ingredientes, proteínas alternativas, substitutos vegetais ou de carne cultivada, e novas tecnologias e alimentos.


Para essa chamada serão destinados recursos não reembolsáveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), para ICT´s públicas e privadas, até o limite de R$ 10 milhões. Também está prevista participação de empresa brasileira no arranjo institucional.


O que se espera é a entrega de produtos, serviços ou resultados específicos, desenvolvidos em etapas, e realizados com recursos humanos e materiais limitados e definidos. O novo edital apoiará projetos que contemplem soluções inovadoras em três linhas temáticas: Redes de Pesquisa, Empreendedorismo de base tecnológica e Desafios tecnológicos.
A Finep receberá propostas para esta chamada até o dia 14 de outubro de 2022. O Formulário eletrônico de Apresentação de Propostas – FAP, estará disponível no site da Financiadora no dia 21 de setembro. O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 15 de janeiro de 2023.

Fonte/Finep

Continuar lendoEdital da Finep/MCTI destina R$ 10 milhões para inovações no setor de alimentos

Finep realiza visita técnica a empresas amparadas no Piauí

A Financiadora de Estudos e Projetos – Finep, através de seu analista, o professor Luiz Antonio Coelho Lopes realiza essa semana visitas técnicas a empresas piauienses amparadas pelos programas Centelha I e TecNova II. As empresas contempladas pelo Centelha são Biotecnologia e Fábrica de Gênios. As do TecNova II, por sua vez, são a Vale do Leite e Biotec.

Tendo em vista que está em reta final a inserção de propostas para o Edital Centelha II, a equipe da Finep veio ao estado também com o objetivo de ampliar e qualificar a prospecção do projeto.

Com a visita foi possível constatar a importância das subvenções para apoiar e impulsionar o empreendedorismo inovador local. “O empreendedor ou quem pretende se tornar um não pode perder essa oportunidade. O Centelha é um programa que capacita as pessoas a transformar seus empreendimentos, isso traz mais desenvolvimento regional”, afirma Coelho.

O Tecnova é o programa de subvenção econômica da Finep que visa promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia estadual por meio de apoio a projetos de inovação, que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado para o desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública estadual de inovação.

Já o Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. O programa irá oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação CERTI.

As inscrições para o Centelha II seguem abertas até o dia 31 de agosto, através do site https://programacentelha.com.br/pi/.

Continuar lendoFinep realiza visita técnica a empresas amparadas no Piauí

UFPI sedia palestra de divulgação do Programa Centelha Piauí, que irá apoiar criação de até 61 startups

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:19 de agosto de 2022
  • Reading time:4 mins read

Com bolsas de até R$ 53 mil, o Programa Centelha Piauí irá apoiar a criação de até 61 projetos inovadores no estado. Em alinhamento a essa iniciativa, o Campus da UFPI de Teresina recebeu representantes da fundação catarinense responsável pela execução do Programa no Piauí e em mais 24 estados e no DF. Para divulgar as oportunidade no estado, ocorreu nesta quinta-feira (18) a palestra “Por que empreender: Oportunidades de Geração de Negócios”, no Auditório Maria Salomé Cabral, no Centro de Ciências da Educação (CCE/UFPI). No Piauí, as inscrições ao edital do Centelha encerram no dia 31 de agosto. 

Palestra sobre o edital do Programa Centelha acontece no auditório do CCE/UFPIA iniciativa incentiva o empreendedorismo inovador no Brasil, e no Piauí, e já está em sua segunda edição.

Durante o evento, o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Luiz de Sousa Santos Júnior, destacou que a parceria “leva alunos, professores e servidores da UFPI a pensarem e fazerem inovação no Piauí”.

Prof. Luiz de Sousa Júnior, pró-reitor de Pesquisa e Inovação

Para se inscrever ao Centelha Piauí, basta acessar o site programacentelha.com.br e clicar em ‘’Inscrições Abertas’’. Qualquer pessoa maior de idade, que reside no Piauí, pode se inscrever. Empresas também podem concorrer, desde que atendam aos critérios estabelecidos no edital.

Maria Teresa Diniz, coordenadora de projetos da Fundação CERTI, foi a palestrante do evento e apresentou todo o panorama do edital. “Nosso objetivo é ajudar as pessoas que têm uma ideia, mas ainda não sabem o que fazer com ela. Nós tiramos essa ideia do papel e a transformamos num empreendimento de sucesso”, destaca.

Na palestra, Maria Teresa detalhou os resultados esperados do Centelha no Piauí.

Além de conquistar R$ 53 mil, há a oportunidade de receber até R$ 26 mil adicionais por projeto em bolsa de apoio do CNPq, construção de networking e acesso a parceiros e ainda capacitação e suporte aos negócios.  Maria Teresa Diniz, coordenadora de projetos da CERTIPodem ser inscritas ideias de diferentes áreas, como: fabricação de alimentos e bebidas, cerâmica, saúde e bem-estar, tecnologia da informação, borracha e plástico, telecomunicações, marketing e mídia, dentre outros.

Ciro Sá, diretor de inovação da FAPEPI, em palestra na Universidade Federal do Piauí.

Ciro Sá, diretor de inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), participou do evento e destacou os benefícios das parcerias do Programa Centelha. “Muitas vezes é realizada uma pesquisa que possa impactar a comunidade, mas faltam estratégias e os recursos necessários”, conclui.

Fonte: UFPI

Continuar lendoUFPI sedia palestra de divulgação do Programa Centelha Piauí, que irá apoiar criação de até 61 startups

CAPES abre Chamada Pública para seleção de leitores brasileiros no exterior

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:11 de agosto de 2022
  • Reading time:2 mins read

Está aberto até as 17h de 30 de setembro o período de inscrições do Edital nº 36/2022, do Programa Leitorado. Por ele, leitores são enviados para universidades estrangeiras com o intuito de difundir a língua portuguesa falada no Brasil e dar visibilidade à literatura, à cultura e aos estudos nacionais.

As candidaturas devem ser apresentadas no Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes). É preciso preencher formulário on-line e enviar a documentação descrita no edital. Caso a instituição não seja cadastrada no Sicapes, é necessário solicitar até as 17h de 23 de setembro, uma semana antes do fim das inscrições.

Para participar, é necessário ser licenciado e mestre nas áreas de Linguística ou Letras. As bolsas serão pagas pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), parceiro da CAPES no Programa, e têm duração inicial de dois anos, prorrogáveis por mais dois. O resultado preliminar sairá até 30 de novembro e o final, em janeiro de 2023. O início das atividades está previsto para março do próximo ano.

São 20 universidades, de 17 países: Alemanha, Argentina, Bélgica, Canadá, Cabo Verde, China, França, Guiné Bissau, Irlanda, Itália, Líbano, Moçambique, Paraguai, Rússia, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Uruguai. Cada uma tem seus próprios requisitos, descritos no anexo do edital.

Fonte: CCS – CAPES

Continuar lendoCAPES abre Chamada Pública para seleção de leitores brasileiros no exterior