Fapepi lança edital de bolsas de apoio técnico de nível superior para a Fundação CEPRO

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:14 de julho de 2017
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) lançou nessa sexta-feira (14) o Edital Fapepi/CEPRO para o provimento de bolsas de apoio técnico de nível superior vinculadas às atividades de estudo e pesquisa da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cepro).

O edital integra o Programa de Produção de Informações, Pesquisas e Estudos para o Desenvolvimento Sustentável com Inclusão Social no Piauí que é um acordo de cooperação técnica firmando entre essas instituições em 2016. Através dessa parceria já foram selecionados estudos de pesquisadores da Cepro em áreas estratégias para o estado e profissionais de apoio técnico.

“Esse termo de cooperação técnica entre as duas instituições fortalece a pesquisa no estado. Este é o segundo edital de apoio técnico e a expectativa é que outros virão nesse mesmo sentido e também para os pesquisadores”, colocou Albemerc Moura de Moraes, diretor técnico-científico da Fapepi.

O presidente da Fundação Cepro, Antonio José Medeiros, destacou a importância da Fapepi na elaboração de editais que renovam o quadro técnico da Cepro e contribuem para o fortalecimento das pesquisas nas universidades do Piauí.

“Nós firmamos um termo de cooperação entre Cepro e Fapepi que tem sido muito fecundo para o nosso trabalho. A Cepro está precisando de renovar o seu quadro de técnicos. O governador Wellington Dias já autorizou a realização de um concurso que estamos preparando, mas, enquanto não fazemos esse concurso e mesmo depois dele, nós vamos sempre manter uma parceira, uma colaboração com as universidades, oferecendo dois tipos de bolsas: para professores pesquisadores e para alunos de pós-graduação (mestrandos e doutorandos) e é nessa oferta das bolsas que o papel da Fapepi é fundamental porque ela tem a experiência, é a entidade credenciada para isso. Quero dizer que temos todo o interesse em continuar essa parceria e novos editais serão lançados para professores e alunos nas áreas de economia, ciências sociais, de geografia, de agronomia e serviço social que são as formações básicas que mantém o trabalho da Cepro”, disse Antonio José Medeiros.

O novo edital Fapepi/Cepro já está disponível. Acesse aqui.

Continuar lendoFapepi lança edital de bolsas de apoio técnico de nível superior para a Fundação CEPRO

Fapepi lança edital para revitalização da cultura do milho em Santa Rosa do Piauí

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:14 de julho de 2017
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

Na manhã desta quinta-feira (13) na sede do Banco do Nordeste, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e do próprio Banco do Nordeste, lançaram o edital para revitalização da cultura do milho no município de Santa Rosa do Piauí, o processo seletivo é parte do Programa de Bolsas da Fapepi.

Conhecido como importante produtor de milho, o município de Santa Rosa do Piauí irá contar com o auxílio de pesquisadores para minimizar os efeitos negativos causados na produção por conta das condições climáticas e do desgaste do solo. O programa da Fapepi tem como objetivo conceder bolsas de apoio à pesquisa e de iniciação científica para fomentar atividades de pesquisa, inovação e transferência de tecnologia para a revitalização da cultura do milho no município.

O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, falou sobre a importância de parcerias para o desenvolvimento em áreas do interior do estado.

“Temos diversas iniciativas dentro do programa. Além da revitalização da cultura do milho e a oportunidade de qualificação educacional com as bolsas que serão concedidas, nós estamos buscando implantar inovações tecnológicas neste processo, como a irrigação que, por exemplo, irá funcionar a base de energia solar”, destacou Francisco Guedes.

O edital possui quatro modalidades de bolsas: Nível Superior, para candidatos com diplomas de graduação na área de Engenharia Agronômica, e de curso de Mestrado em área das Ciências Agrárias – Produção Vegetal e/ou Produção Animal; Nível Médio, para portadores de diploma de curso técnico em Agricultura ou Agropecuária, e que sejam egressos de instituição pública de ensino do Estado do Piauí; Bolsas de Iniciação Científica, para estudantes de graduação do curso de Agronomia ( a partir do 4º período) e Bolsas de Iniciação Científica Jr, para estudantes matriculados em cursos de nível Técnico ou Profissionalizante da rede pública de ensino do estado do Piauí na área de Agricultura ou Agropecuária.

O Superintendente do Banco do Nordeste no Piauí, Francisco Lopes, ressaltou o envolvimento de uma parceria público-privada para o desenvolvimento do Piauí.

“É muito bom saber que podemos nos envolver com a pesquisa científica para financiarmos conjuntamente um projeto como esse, a nossa intenção é auxiliar no desenvolvimento das potencialidades do nosso estado. Este é o nosso primeiro passo, sabemos que a Fapepi tem uma equipe de alto nível e com toda certeza devemos firmar futuramente novas parcerias com a Fundação”.

O professor Luiz Gonzaga, Diretor do Centro de Ciências Agrárias da Uespi, comentou as novas possibilidades com o programa.

“Contamos com um aporte de R$ 140 mil do Banco do Nordeste e mais R$ 140 mil da Fapepi, através do Tesouro Estadual, para o financiamento de bolsas em vários níveis, então temos uma expectativa muito grande para melhorar os índices de produção na região de Santa Rosa, apostando na geração de modelos aplicáveis, na recuperação do solo e assim contribuir para o desenvolvimento social, científico e econômico da região”.

O projeto que tem duração de três anos, é o primeiro edital da Fapepi, direcionado para o desenvolvimento específico de uma cultura e visa beneficiar tanto a agricultura familiar como a produção para fins comerciais do milho.

Para visualizar o edital, acesse:  https://goo.gl/pp75Ej

Continuar lendoFapepi lança edital para revitalização da cultura do milho em Santa Rosa do Piauí

Fapepi lança edital para seleção de bolsistas

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:11 de julho de 2017
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, participou na manhã desta segunda-feira(10), da solenidade do Congresso dos Jovens Produtores do Futuro do vale do Canindé. Na oportunidade foi realizado o lançamento do edital de seleção de bolsistas da Fapepi para apoio ao projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação de recuperação de solos degradados com a cultura do milho no território do vale do Canindé.

O projeto de iniciativa da Fapepi, Uespi e BNB tem parceria com várias instituições e entidades, como as escolas familias agrícolas, as prefeituras de Santa Rosa e Cajazeiras, a cooperativa agrícola de Santa Rosa, o IFPI campus de Oeiras, a Embrapa, a CODEVASF e a SDR.

O investimento do BNB para este projeto é de R$140.000,00 e da FAPEPI é de igual valor, totalizando R$ 280.000,00.

O evento contou com a presença dos representes da prefeitura de Santa Rosa, Jairo Silva e Iolete Soares, técnicos da agricultura e da Saúde, da Federação das EFAS, Antônio Carvalho e João Emilio, da Embrapa, Marcos Jacob, da FUNDED, Padre João de Deus, da diocese de Oeiras, Dom Edilson Nobre, do ministério de trabalho e emprego, Paula Mazulo, e a participação de mais de quinhentos jovens produtores do futuro das escolas familias agrícolas do territorio vale do Canindé.

O edital com os critérios da seleção dos doze bolsistas estará no site da Fapepi (www.fapepi.pi.gov.br) a partir de quinta-feira (13). As inscrições podem ser feitas a partir de segunda-feira (17), no núcleo da Fapepi em Oeiras.

Continuar lendoFapepi lança edital para seleção de bolsistas

Na contramão da crise, Fapepi lança novo edital de apoio à pós-graduação

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:7 de julho de 2017
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Piauí (Fapepi), Francisco Guedes, recebeu nessa sexta-feira (07) representantes das universidades públicas do Piauí e apresentou um balanço das ações da Fundação em prol da formação de convênios que possibilitem ampliar o apoio à pesquisa cientifica, tecnológica e de inovação, e na qualificação profissional dos docentes e cursos de pós-graduação no estado. Além disso, o presidente fez o lançamento do edital Fapepi 008/2017 Programa de Bolsas de Pós-Graduação da Fapepi. É mais um exemplo de que problemas de natureza político-econômicas não devem paralisar o desenvolvimento dos estados, em boa parte atribuído ao alto índice de apoio à ciência, tecnologia e inovação.

O objetivo do edital é conceder bolsas de mestrado com recursos financeiros do Tesouro Estadual aos programas de pós-graduação Stricto Sensu para propiciar a formação de recurso humanos qualificados em pesquisa científica, tecnológica e de inovação, contribuindo, assim, para o desenvolvimento econômico e social do Piauí, além de consolidar os programas de pós-graduação no estado. Acesse o edital aqui.

“O edital é de grande importância para que os estudantes de pós-graduação do Piauí continuem a se desenvolver em suas áreas. E também para fortalecer os nossos programas de pós-graduação”, afirmou Francisco Guedes.

O reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Nouga Cardoso, elogiou a atuação da Fapepi em fortalecer a pesquisa no estado. “É um momento também de comemorar o que já foi feito. A atual gestão da Fapepi está de parabéns por estar conseguindo articular tão bem as instituições e também com o governo do estado. As academias sempre aguardam as demandas do governo para que os resultados das pesquisas tragam influências na vida do cidadão piauiense. É com muita alegria que a gente festeja e vislumbra um futuro muito positivo a partir das ações empreendidas pela Fapepi”, congratulou o reitor.

O professor João Batista Lopes, pró-reitor interino de pesquisa e representando também a pró-reitora de pós-graduação da Universidade Federal do Piauí (UFPI) acrescentou que os recursos vindos do Tesouro Estadual mostram que o Piauí entende a necessidade do investimento na pesquisa científica. “Fiquei muito contente ao perceber que os recursos são oriundos do tesouro do Estado, sem parceria com CNPq. Isso mostra que nós estamos encarando a pesquisa e pós-graduação no Piauí como algo importante para o desenvolvimento do estado. ”

Continuar lendoNa contramão da crise, Fapepi lança novo edital de apoio à pós-graduação

Fapepi e Sebrae organizam o Workshop Inaugural das Startups do Inova Piauí

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:5 de julho de 2017
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

Durante a tarde desta terça-feira (03), representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) estiveram reunidos na sede do Sebrae Piauí para a realização do Workshop Inaugural das Startups do Inova Piauí, o evento teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre as próximas etapas do programa e discutir ideias para o melhor desenvolvimento das futuras empresas já aprovadas no edital. 

Startups são empresas de alta escalabilidade, que devem crescer sem que os recursos aplicados aumentem na mesma proporção. Normalmente ligadas a área de tecnologia, algo que ajuda na preservação do pouco investimento, estas empresas partem de ideias para solucionar problemas cotidianos nas mais diferentes áreas. Instagram, whats app, entre outros aplicativos, são alguns exemplos de startups de sucesso.

Foi observando a necessidade de acompanhar uma tendência mundial que a Fapepi e o Sebrae se uniram para lançar o primeiro edital de apoio a startups piauienses. Após o resultado final, as instituições organizaram um Workshop Inaugural para discutir as próximas etapas do projeto com os coordenadores das startups aprovadas.

O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, que esteve presente no evento, falou sobre a satisfação com o desenvolvimento do projeto. 

“Lançamos o edital com o Sebrae e tivemos um trabalho importante dos parceiros e consultores para que chegássemos até esta fase de pré-aceleração. Então, aproveito esta oportunidade para dar as boas-vindas aos aprovados e digo que estou bastante feliz com o início do projeto, temos ideias realmente interessantes a serem desenvolvidas. Este é um momento importante para a área da inovação no Estado, principalmente para nós da Fapepi que estamos em busca da criação do Parque Tecnológico do Piauí”, afirmou Francisco Guedes.

Nesta primeira etapa, as 17 startups aprovadas no edital de inovação, irão passar por um processo de pré-aceleração onde irão se adequar as demandas dos mercados específicos a que se destinam. 

A gestora do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), do Sebrae, Érika Lopes, destacou as possibilidades com o desenvolvimento das empresas. 

“Agradeço ao presidente Francisco Guedes por essa parceria e quero dizer que o Sebrae está aqui para dar todo o apoio possível para as Startups. Estaremos envolvidos diretamente nos processos de aceleração e pré-aceleração mas também realizaremos consultorias para garantir o desenvolvimento destas empresas”.

Dentre algumas das Startups aprovadas no edital de inovação, estão iniciativas que visam o monitoramento de ambientes refrigerados, o planejamento cirúrgico através de impressão de órgãos em 3D e um aplicativo baseado em gameficação para educação financeira de crianças.

O diretor técnico-científico da Fapepi, Albemerc Moura, ressaltou a importância da continuidade do projeto.

“O nosso desejo é que este edital, este projeto de inovação se perpetue. A nossa intenção é que se torne algo fixo e principal fonte para o desenvolvimento de Startups no Estado”.

Ainda não conhece o Programa de Fomento a Inovação e Competitividade do Piauí? Acesse https://goo.gl/BT8C1y para mais informações. 

Continuar lendoFapepi e Sebrae organizam o Workshop Inaugural das Startups do Inova Piauí

Com apoio da Fapepi, evento nacional de Ciência Política discute a democracia no Brasil

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:7 de julho de 2017
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

Teve início nesta terça-feira (04) e segue até a próxima sexta-feira (07), na Universidade Federal do Piauí, o 5ª Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, evento organizado pela Federação Brasileira de Ciência Política e apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí (Fapepi).

O evento, que acontece a cada dois anos, reúne pesquisadores e docentes para o compartilhamento de experiências de pesquisa na área da Ciência Política. A atual edição tem por tema “Caminhos da Democracia no Brasil” e objetiva trazer para a cidade de Teresina as discussões acadêmicas a respeito do regime democrático brasileiro e sua trajetória político-institucional de consolidação. Esta é a primeira vez que o evento acontece fora do eixo sul-sudeste do país.

Presente na abertura do evento, o presidente da Fapepi, Francisco Guedes, destacou que a instituição na difusão do conhecimento no estado e ressaltou a importância das discussões levantadas no evento.

“A Fapepi desempenha um papel muito importante no apoio à difusão do conhecimento no Piauí, difusão essa que é fundamental para o aperfeiçoamento e qualificação das pessoas. É uma alegria participar desse evento e discutir mais democracia para nós todos”, afirmou.

width=460

Vice-reitora da Universidade Federal do Piauí, Nadir Nascimento, destacou a relevância do evento dado o atual momento que o Brasil atravessa.

“É um momento histórico porque estamos tendo a oportunidade, dentro de uma universidade, de discutir a democracia com alunos que estão em formação e em qualificação. É um momento difícil e que precisamos dar seguimento a todas as conquistas e jamais retroceder”, disse.

width=460

A conferência de abertura, intitulada “Democracia e Direitos Humanos: a experiência da Comissão da Verdade no Brasil”, foi proferida pela professora doutora Cristina Buarque de Hollanda, que é secretária executiva da Associação Brasileira de Ciência Política. Ela destacou a importância da escolha de Teresina como sede do evento.

“A decisão do fórum ser sediado em Teresina vai ao encontro de uma iniciativa da Associação Brasileira de Ciência Política de capilarizar e institucionalizar a associação de maneira a fortalecer os vínculos acadêmicos e as redes de colaboração nas diferentes regiões do país”, afirmou. 

Continuar lendoCom apoio da Fapepi, evento nacional de Ciência Política discute a democracia no Brasil