FAPEPI divulga resultado preliminar da Chamada Pública Tecnova II

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

O edital FAPEPI/FINEP/FNDCT 001/2021 para obtenção de subvenção econômica à inovação – Tecnova II, divulgou o resultado preliminar da chamada. Nessa primeira etapa da chamada foram contemplados 17 projetos.

O objetivo da chamada é apoiar, através de concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores – novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado nacional) – de empresas piauienses para o desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública estadual de inovação.

A Chamada quer promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do Estado do Piauí e assim, objetiva apoiar projetos de inovação, que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.

Para saber mais acesse o link.

Clique aqui para acessar o Resultado Preliminar.

Para saber mais entre em contato através do e-mail: fapepi.ddct@gmail.com.

Continue lendoFAPEPI divulga resultado preliminar da Chamada Pública Tecnova II

FAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

Em comemoração aos 15 anos do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), foi realizado um web evento comemorativo com representantes de 26 instituições de amparo à pesquisa.

A fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) esteve presente, representada pelo Diretor de Desenvolvimento Técnico Científico (DTC), Prof. Ciro Sá. O evento ocorreu virtualmente com transmissão ao vivo através dos canais do Confap no YouTube e Facebook.

A programação especial contou com a participação do prof. Jorge Bounassar Filho (ex-presidente do Confap, 2006-2007); prof. Odenildo Sena (ex-presidente do Confap, 2007-2009); prof. Mario Neto Borges (ex-presidente do Confap, 2009-2013); prof. Sérgio Luiz Gargioni (ex-presidente do Confap, 2013-2017); profª. Maria Zaira Turchi (ex-presidente do Confap, 2017-2019); prof. Evaldo Ferreira Vilela (ex-presidente do Confap, 2019-2020); prof. Fábio Guedes Gomes (ex-presidente do Confap, 2020) e do prof. Odir Antônio Dellagostin (atual presidente do Conselho Nacional das FAPs, 2021-2023).

O Confap tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. A instituição foi criada em 28 de abril de 2006, e trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, congregando 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs).

fonte: Confap

Continue lendoFAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

FAPEPI realiza oficina para submissão de propostas para PDPG no Semiárido

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

A FAPEPI realiza hoje (27) oficina para submissão de propostas para o Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) no Semiárido. Esse é o mais novo programa estratégico induzido da CAPES em parceria com o Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). A oficina ocorrerá através da plataforma virtual da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) às 15h.

A iniciativa direciona investimentos para áreas específicas e programas de pós-graduação (PPGs) emergentes ou em consolidação. Por esse modelo, as instituições tem estimulado pesquisas como o combate à pandemia e apoio à pós-graduação na Amazônia Legal.

A divulgação do resultado preliminar no Diário Oficial da União deve ocorrer a partir de 30 de junho. E os cinco dias seguintes à publicação são o período para uma nova fase de recursos.

O resultado final sairá a partir de 20 de julho. Também em julho estão previstas as assinaturas dos acordos de cooperação, com vigência de 48 meses, que autorizam o início da implementação dos projetos.

Esta é a segunda cooperação entre CAPES/CONFAP/FAPEPI. Assim como ocorre no PDPG – Parcerias Estratégicas nos Estados. O objetivo é formar pessoal altamente qualificado e fomentar pesquisas que apoiem o desenvolvimento social, econômico e tecnológico na região.

Até 30 projetos serão financiados pela CAPES, cada FAP que compõem a região Semiárida (a parte norte de Minas Gerais e nove estados nordestinos: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) poderá enviar até 4 projetos. Cada um terá até R$457.200,00 para implementar bolsas — três de pós-doutorado, com duração de 12 meses, três de doutorado, de 36 meses, e duas de mestrado, de 24 meses. Caso o programa de pós-graduação não possua curso de doutorado, são até cinco bolsas de mestrado e três de pós-doutorado, com financiamento de até R$ 327.600,00.

Para saber mais acesse nosso site através do link.

Fonte:  CCS/CAPES

Continue lendoFAPEPI realiza oficina para submissão de propostas para PDPG no Semiárido

FAPEPI e UESPI definem acordo de cooperação em ensino e pesquisa

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Sem categoria
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

A Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí (FAPEPI) participou hoje de reunião com representantes da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) para a celebração de acordo de cooperação para implementar melhorias e fortalecer o ensino e a pesquisa na universidade, bem como aumentar a qualificação profissional de seus integrantes, com foco em seus programas de pós-graduação, com apoio da FAPEPI.

Foi deliberado na reunião o acordo de cooperação, em caráter técnico e científico, com parceria de concessão de recursos para apoio emergencial de estudos com o tema covid-19, além de apoio anual para bolsas de produtividade científica. Foram pontuadas também, as principais questões no que diz respeito ao incentivo científico na universidade e por onde a cooperação pode iniciar. A reunião ocorreu através de plataforma on-line e contou com a participação do presidente da FAPEPI, o prof. Antônio do Amaral, da diretora Técnico-científica, profa. Eliana Abreu, do diretor de Inovação Tecnológica, prof. Ciro Sá, da assessora jurídica Dra Mariana Matos, do reitor da UESPI, prof. Evandro Alberto, da vice-reitora, Profa. Rosineide Candeia, da Profa. Ailma do Nascimento, Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UESPI, e a Assessora Jurídica, Profa. Fábia Viana.

“Para nós, é interessante que se crie uma política de metas que faça avançar os programas de pós-graduação da UESPI, que ainda são poucos, que melhore também a qualidade e o número de pesquisadores, tornando a universidade mais produtiva e competitiva”, conta o presidente da FAPEPI.

Atualmente, a UESPI é contemplada através de programas as pesquisas e projetos de seus alunos e professores através de instituições como Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível (CAPES), como por exemplo o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), e o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT). 

Este acordo de cooperação é fruto de uma reunião anterior entre as duas instituições, realizada em 26 de fevereiro. Provocada pelo reitor e pelo presidente, a reunião teve o intuito de estreitar laços e retomar algumas parcerias de anos anteriores voltadas para apoio aos programas de qualificação a nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado e para a melhoria do conceito dos programas de Pós que já existem, como para ensejar o surgimento de novos programas.

“Objetivamos apoiar a pesquisa no Piauí e, em particular, apoiar nossos pesquisadores, apoiar projetos de pesquisas que podem trazer grandes transformações para a sociedade e para o Estado e por isso é fundamental esse contato com a FAPEPI. Temos a certeza de que essa parceria irá promover um incentivo a mais para nossos pesquisadores e, consequentemente, nossa UESPI irá apresentar um número cada vez maior de pesquisas, porque além do ensino e extensão, nossa comunidade faz pesquisa de qualidade e de reconhecimento”, finaliza o reitor.

Continue lendoFAPEPI e UESPI definem acordo de cooperação em ensino e pesquisa

Abertas submissões para edital de apoio técnico

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Sem categoria
  • Última modificação do post:26 de abril de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

Estão abertas a partir de hoje (21) as submissões de propostas para o Edital Nº 003/2021 – FAPEPI/SEPLAN-CEPRO. O certame, que tem por objetivo promover a produção de conhecimentos, transferência tecnológica e a inovação em prol do desenvolvimento do estado do Piauí,faz parte do Programa Bolsa de Apoio Técnico (PBAT).

A presente chamada busca conceder apoio financeiro na modalidade de Bolsa de Apoio Técnico de Nível Superior, vinculada ao Programa de Produção de Informações, Pesquisas e Estudos Para o Desenvolvimento Sustentável com Inclusão Social no Piauí DA FAPEPI /SEPLAN.

O edital convoca todos os interessados a apresentarem propostas para avaliação, visando o fortalecimento de atividades de apoio técnico na execução dos estudos e pesquisas. O candidato deverá submeter uma única inscrição para este Edital, via internet, pelo SIGFAPEPI (sistema.fapepi.pi.gov.br), anexando toda a documentação requerida e respeitando as condições e os prazos previstos no edital. 

A recepção de propostas funcionará de 21/04 até as 17h do dia 07/05/2021. O resultado final ocorrerá a partir de 31/05/2021.

Esclarecimentos e informações sobre o conteúdo desta Chamada devem ser obdos pelos endereços eletrônicos: dtc.fapepi@gmail.com, regina@fapepi.pi.gov.br; lara@fapepi.pi.gov.br. Em virtude da pandemia do COVID-19, esclarecimentos e informações adicionais devem ser solicitadas EXCLUSIVAMENTE por meio dos endereços eletrônicos aqui determinados.Para mais detalhes, confira o Edital completo aqui.

Continue lendoAbertas submissões para edital de apoio técnico

FAPEPI realiza primeira oficina de prioridades para PDPG – Semiárido

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

Aconteceu nesta terça-feira (20), através da plataforma virtual da Rede Nacional de Pesquisa (RNP), a primeira oficina de prioridades organizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) para definição das áreas estratégicas para o Programa de Desenvolvimento da Pós-graduação, específico ao apoio e Desenvolvimento da Região Semiárida Brasileira (PDPG – Semiárido).

A oficina contou com a participação de representantes, como Antonio do Amaral, Diretor Presidente da FAPEPI, colaboradores, como Ciro Sá, Diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI, Rizalva Cardoso, Gerente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI e de representantes de diversas instituições. 

A oficina teve como foco a discussão sobre Biotecnologia e a Agroindústria. As duas áreas são eixos estratégicos de desenvolvimento sustentável que devem ser levados em conta na elaboração de projetos que serão submetidos no edital do PDPG – Semiárido.

O encontro virtual debateu as atividades agroindustriais  e biotecnológicas no estado do Piauí e a necessidade de alinhá-las aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Discutiu-se ainda a necessidade de pesquisas voltadas para o incentivo das práticas sustentáveis. 

A meta da oficina foi estimular a discussão sobre o desenvolvimento socioeconômico piauiense sem abrir mão do desenvolvimento sustentável a fim de que novas ideias surgissem para as propostas. Para falar sobre os temas foram convidados Sérgio Viana, que tratou da temática da Agroindústria e Rômulo Vieira, que discutiu sobre Biotecnologia.

Lista de instituições participantes:

Câmara Setorial de Biotecnologia

Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi)

Cooperativa Mista de Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (COMAPI)

Embrapa Meio-Norte

Instituto Federal do Piauí (IFPI – Campus Picos)

Instituto Federal do Piauí (IFPI – Campus Valença)

Instituto Federal do Piauí (IFPI- Campus Teresina)

Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) 

Secretaria Estadual da Agricultura Familiar (SAF)

Superintendência de estudos econômicos e sociais (CEPRO/SEPLAN)

Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar)

Universidade Federal do Piauí (UFPI – Bom Jesus)

Universidade Federal do Piauí (UFPI – Teresina)

Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)

Continue lendoFAPEPI realiza primeira oficina de prioridades para PDPG – Semiárido

Abertas até maio inscrições para chamada BiodivRestore

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:21 de abril de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

Prazo para submissão de propostas completas para a  Chamada Transnacional Conjunta – BiodivRestore 2020-2021 se encerra no dia 3 de maio de 2021.

A Chamada, realizada pela Water JPI e a BiodivERsA, em parceria com a  União Europeia e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) que foi lançada em 5 de outubro de 2020 está nos últimos dias do prazo para a submissão de propostas, que tem o objetivo de selecionar projetos de Pesquisa & Inovação em “Conservação e Restauração de Ecossistemas Degradados e sua Biodiversidade, incluindo o foco em Sistemas Aquáticos”.

A chamada irá abranger os seguintes temas: 

Estudar os processos biológicos e biofísicos em jogo para conservação e restauração e suas interações, avaliar trocas e sinergias entre alvos, benefícios e políticas para conservação e restauração, melhorar a eficácia e aumentar as ações de conservação e restauração. A chamada conjunta inclui um foco em sistemas aquáticos de água doce, mas todos os ambientes são elegíveis.

O prazo para o início dos trabalhos será final de 2021 ou início de 2022 (dependendo do número de pré-propostas recebidas).

A Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí já conta com 3 projetos cadastrados na chamada conjunta, mas ainda cabem outras duas dentro do orçamento total da FAPEPI para este projeto.

Para mais informações, confira a ficha informativa da Chamada para o Brasil.

Continue lendoAbertas até maio inscrições para chamada BiodivRestore

Confap celebra 15 anos de história da instituição

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Criado em 28 de abril de 2006, o Confap trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, e congrega 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs).

Em 2021, o Confap completa 15 anos de atuação, e para celebrar este marco em sua história, lançou um selo comemorativo, e realizará no dia 28 deste mês, um evento virtual que reunirá todos os presidentes que estiveram à frente do Conselho nos últimos 15 anos, além de representantes das FAPs e parceiros.

Selo Comemorativo – 15 Anos

Na sexta-feira (16), o Conselho lançou oficialmente o selo comemorativo de 15 Anos. O selo possui as cores cinza, azul e preta, também presentes no logo oficial do Confap, e sua concepção remete a história construída ao longos desses 15 anos, destacando passado, presente e o que está para ser construído no futuro, como uma forma de reconhecimento à importante atuação de diversas pessoas que contribuíram e contribuem com a construção e consolidação do Conselho no cenário da Ciência, Tecnologia e inovação (CT&I) nacional e internacional. O selo será utilizado durante o ano de 2021 acompanhado do logo oficial do Confap, em peças de divulgação, eventos online, redes sociais, publicações e site, com o objetivo de demarcar as ações que integram o calendário dos 15 anos do Confap.

Para realizar o download do selo comemorativo, em diferentes aplicações, acesse: confap.org.br/pt/comunicacao.

Evento Virtual – Confap 15 Anos

O evento comemorativo dos 15 anos do Confap será realizado virtualmente no dia 28/04 (quarta-feira), às 10 horas (horário de Brasília-DF), e será transmitido ao vivo nos canais do Confap no YouTube (youtube.com/confapbrasil) e Facebook (facebook.com/confapbr).

A programação especial terá as participações do prof. Jorge Bounassar Filho (ex-presidente do Confap, 2006-2007); prof. Odenildo Sena (ex-presidente do Confap, 2007-2009); prof. Mario Neto Borges (ex-presidente do Confap, 2009-2013); prof. Sérgio Luiz Gargioni (ex-presidente do Confap, 2013-2017); profª. Maria Zaira Turchi (ex-presidente do Confap, 2017-2019); prof. Evaldo Ferreira Vilela (ex-presidente do Confap, 2019-2020); prof. Fábio Guedes Gomes (ex-presidente do Confap, 2020) e do prof. Odir Antônio Dellagostin (atual presidente do Conselho Nacional das FAPs, 2021-2023).

Conheça mais sobre as 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs):

FAPAC (Acre); FAPEAL (Alagoas); FAPEAP (Amapá); FAPEAM (Amazonas); FAPESB (Bahia); FUNCAP (Ceará); FAPDF (Distrito Federal); FAPES (Espírito Santo); FAPEG (Góias); FAPEMA (Maranhão); FAPEMAT (Mato Grosso); FUNDECT (Mato Grosso do Sul); FAPEMIG (Minas Gerais); FAPESPA (Pará); FAPESQ (Paraíba); Fundação Araucária (Paraná); FACEPE (Pernambuco); FAPEPI (Piauí); FAPERJ (Rio de Janeiro); FAPERN (Rio Grande do Norte); FAPERGS (Rio Grande do Sul); FAPERO (Rondônia); FAPESC (Santa Catarina); FAPESP (São Paulo); FAPITEC/SE (Sergipe); e FAPT (Tocantins).

Serviço

Evento on-line: Fórum Confap – 15 Anos de História.
Dia/Horário: 28/04 (quarta-feira), às 10 horas (horário de Brasília-DF).
Transmissão ao vivo: Facebook e YouTube do Confap.

Fonte: Confap

Continue lendoConfap celebra 15 anos de história da instituição

Aberta chamada para programa internacional de empreendedorismo científico

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:20 de abril de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura


O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (/MCTI) e Academia-Industry Training (AIT) lançam nova chamada de apoio a empreendedorismo científico. Em sua 8ª edição, o AIT é uma iniciativa apoiada no âmbito do Acordo de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação entre o Brasil e a Suíça e tem como objetivo apoiar jovens cientistas a estabelecer parcerias com a indústria ou fundar companhias startup – construindo assim possíveis parcerias internacionais.

Cientistas de universidades suíças e brasileiras serão selecionados para participar do programa internacional AIT, com treinamento nos dois países. Os participantes poderão concorrer a subsídios de inovação.

Vinte cientistas das principais universidades da Suíça e do Brasil serão selecionados para a 8a edição do programa internacional Academia-Industry Training (AIT) e terão seus projetos de pesquisa e startups aceleradas para o mercado. O programa consiste em duas fases: uma primeira etapa de treinamentos no Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo, em novembro de 2021), conectando pesquisadores-empreendedores brasileiros com seus pares suíços. E uma segunda etapa na Suíça, em abril de 2022, também com todos os participantes selecionados.

Os cientistas selecionados poderão participar de workshops, palestras, visitas, reuniões com investidores e sessões de coaching com especialistas dos ecossistemas empresariais brasileiros e suíços. A interação entre os participantes e a convivência durante o programa AIT proporcionará trocas de conhecimento e oportunidades em nível internacional. Os candidatos e respectivas startups podem atuar em diversos segmentos, como agritech, big data, construção civil, educação, fintech, foodtech, medtech, SaaS e outros. Durante o programa, os participantes poderão concorrer também a subsídios de inovação.

Será realizada pela AIT com a participação do CNPq/MCTI, uma sessão informativa on-line para apresentar o programa  e esclarecer dúvidas. O evento contará com participantes de edições anteriores, que irão relatar sobre suas experiências com o programa AIT. O evento acontecerá no dia 20 de abril às 9h, e as inscrições podem ser realizadas no link.

Para mais informações acesse o Edital.

Fonte: CNPq

Continue lendoAberta chamada para programa internacional de empreendedorismo científico

Reunião avalia sucesso do PEIEX Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de maio de 2021
  • Tempo de leitura:5 minutos de leitura

O Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX), desenvolvido desde 2020, conseguiu atingir suas metas e é considerado um sucesso. Essa é a conclusão dos participantes da terceira reunião do Comitê Consultivo do PEIEX – Núcleo Teresina/PI, realizada no dia 06 deste mês. Durante o encontro, segundo a gestora de qualificação e competitividade da Apex-Brasil, Amanda Mesquita, as metas e o fluxo de atendimento do programa, de agosto de 2019 até março de 2021, obtiveram destaque para a divisão das metas em quatro etapas.

Ana Mesquita destacou a prospecção e apresentação do PEIEX a 49 empresas até março, sendo atingidos 110% da meta; assinatura de termos de adesão, tendo sido alcançado 104,17% da meta; e entrega do plano de trabalho e plano de exportação para empresas, tendo o núcleo atingido 92,5% da meta. Ela também enumerou aspectos, como a avaliação da empresa ao final da qualificação, tendo o núcleo alcançado 142,30% de sua meta.

Em seguida, a gestora expôs ainda a representação das empresas atendidas por complexos produtivos, sendo, 52% das empresas atendidas do setor de alimento e bebidas, 6% de moda e vestuário, 6% de casa, construção e máquinas, 4% de equipamentos e 32% outros, que abrange serviços, cosméticos e PEIEX Agro. Trata-se de um novo desmembramento que permite atender muitos produtores de mel que ainda não possuem CNPJ. Ela explicou que esses produtores podem ser de outras unidades da federação.

Participantes da reunião

A terceira reunião do Comitê Consultivo do PEIEX – Núcleo Teresina/PI, realizado por videoconferência, contou com a participação, além da gestora de qualificação e competitividade da Apex-Brasil, Amanda Mesquita; do Diretor de Inovação da FAPEPI, Ciro Gonçalves. Também participaram as convidadas da FAPEPI, Sâmia Maranhão e Lidiane Muniz, e a Coordenadora do Núcleo Teresina, Rizalva Cardoso; além da monitora do Núcleo Teresina, Marta Dias; e os Técnicos do Núcleo Teresina, Cássio Eduardo e Gustavo Dias.

Os Apoios Técnicos do Núcleo Teresina, Gabriela Soares e Raylane Cristian, e as empresas FIEL Alimentos e Dois Rios Cervejaria Artesanal, representadas por Adriano Mesquita e André Toledo, respectivamente, também contribuíram com o encontro. Integraram a reunião com a presença de parceiros da PEIEX Teresina o representante do SEBRAE, Gilberto Noleto; o representante da FIEPI, Islano Marques; o Diretor Comercial do Porto PI, Sr. Tiago Ribeiro Patrício; e o superintendente do Banco do Brasil no Piauí, Cristiano Teixeira.

Representando os Correios, a supervisora de vendas da instituição, Adriane Azevedo Monteiro; e o representante da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Landerson Carvalho. Posteriormente o técnico Gustavo Henrique, do Núcleo Teresina, destacou algumas inserções internacionais ocorridas antes e algumas durante o atendimento pelo PEIEX, sendo, uma empresa participante da BIOFACH, do setor de confecção, que participou da rodada de negócios – Missão Portugal.

Exportações diretas e indiretas

Cinco empresas realizaram exportação indireta e quatro realizaram exportação direta. Adriano Mesquita, da empresa FIEL Alimentos, relata que sua empresa se beneficiou bastante do programa de qualificação. Entre os pontos apontados como benefícios, Adriano Mesquita destacou para as práticas fiscais, formação de preços para exportação, pesquisa de mercado internacional, incluindo o fortalecimento de suas estratégias no mercado interno.

André Toledo, da empresa Dois Rios Cervejaria Artesanal, destacou sua satisfação em relação à qualificação, tendo em vista que o ajudou na reformulação do planejamento estratégico e tático da sua empresa e ampliou seus horizontes para a exportação. A reunião teve início com a apresentação da gestora de competitividade da APEX que destacou o papel da Apex-Brasil e o objetivo do PEIEX no Piauí. Depois passou a palavra para o representante da FAPEPI, Ciro, que lembrou o início das atividades do núcleo.

Ciro Gonçalves ressaltou a importância do programa para o Piauí com seus impactos nas empresas participantes. A coordenadora do Núcleo Teresina pontuou que a reunião teve os seguintes objetivos: a) apresentar os resultados obtidos no período de agosto de 2019 a março de 2021; b) Apresentar a atual gestora de competitividade; c) Reafirmar a importância dos parceiros para o sucesso das empresas que estão se qualificando para exportar; d) Expor quais dificuldades as instituições parceiras podem ajudar nos atendimentos das empresas.

Cases de sucesso

A coordenadora explicou que um dos objetivos foi relatar os cases de sucesso. Posteriormente, o técnico Cássio Eduardo reafirmu a importância das instituições parceiras na qualificação das empresas e sucesso das exportações no Piauí, dizendo que é necessária a cooperação das entidades parceiras na própria ação educacional, promover ações e apoiar eventos relacionados à exportação. Auxiliar na seleção de empresas com potencial de exportação; relatar impactos positivos e os desafios das empresas; foram outros pontos apontados.

Continue lendoReunião avalia sucesso do PEIEX Piauí