Ministério da Saúde abre chamada para pesquisas em tuberculose

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:17 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

O Ministério da Saúde (MS) abre chamada pública para projetos de pesquisa em saúde pública com ênfase em tuberculose. A chamada apoia o Regional Prospective Observational Research in Tuberculosis (RePORT)-Brasil, rede observacional de estudos em tuberculose, fruto de parceria entre do Ministério da Saúde e o National Institutes of Health (NIH), dos Estados Unidos.

A parceria tem como objetivo avançar a compreensão atual da comunidade, fatores hospedeiros e microbianos que afetam os resultados de infecção por tuberculose e doença tuberculosa. Os participantes dos estudos incluirão adultos e crianças com ênfase particular em pessoas com HIV (PWH). Esta iniciativa facilitará o desenvolvimento de conhecimentos e ferramentas para melhorar a prevenção e os resultados do tratamento no nível individual e para informar as estratégias para reduzir a tuberculose no nível da saúde pública.

Dentro do MS, o Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit/SCTIE) e a Coordenação Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas (DCCI/SVS) são as áreas responsáveis por lançar, acompanhar e validar os resultados dessas pesquisas. A Diretora do Decit, Alessandra Siqueira, ressalta a importância da temática: “Para transformar a saúde pública do nosso país, não podemos esquecer de doenças tão importantes como as respiratórias, independente da pandemia. O nosso departamento tem muito orgulho de financiar pesquisas possam mudar esse desfecho”.

A proposta selecionada poderá receber US$ 1,0 milhão no ano fiscal de 2022, com previsão de execução de no máximo cinco anos. As seguintes áreas de pesquisa serão apoiadas:

Caracterização dos fatores de risco e epidemiologia molecular da TB-DR no Brasil;
Elucidação de estratégias para impactar a transmissão, incidência e prevalência de TB no Brasil, incluindo pesquisas de implementação, ou fatores que podem informar tais estratégias;
Desenvolvimento e/ou validação de novos diagnósticos e biomarcadores que predizem a progressão para TB ativa e os resultados do tratamento da TB ativa;
Mecanismos e marcadores de proteção da progressão da infecção para a doença;
Impacto e patogênese interativa das comorbidades de TB, como HIV ou diabetes.

Os projetos podem ser submetidos no site do NIH: PAR-21-304: Brazil Regional Prospective Observational Research in Tuberculosis (RePORT) (U01 Clinical Trial Not Allowed).

Parceria MS e NIH

Em 2014, foi assinada a Carta de Intenções entre o National Institutes of Health (NIH), o Ministério da Saúde (MS) e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), resultando na criação do Grupo de Trabalho em Saúde Pública. A Carta tem como objetivos: (1) apoio integrado a projetos de pesquisa envolvendo pesquisadores brasileiros e estadunidenses; (2) desenvolver parcerias e redes visando à colaboração em pesquisa básica, aplicada e clínica; (3) desenvolver pesquisa colaborativa translacional em parcerias e redes; (4) intercambiar material científico e informação; (5) facilitar e simplificar os requerimentos regulatórios e de inspeção; (6) coordenar, planejar e convocar encontros científicos, conferências, visitas a centros de pesquisa, consultas e capacitações.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Continue lendoMinistério da Saúde abre chamada para pesquisas em tuberculose

CAPES lança edital para doutorado na Alemanha

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:12 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

A CAPES e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) lançaram nesta quarta-feira, 11 de agosto, o Edital nº 11/2021, do Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha, também conhecido como Doutorado CAPES/DAAD. Serão concedidas até 45 bolsas, sendo até 10 pela Fundação e até 35 pelo DAAD, com  vigência entre quatro e 48 meses.

O prazo para concorrer a uma das vagas vai até as 17h de 30 de setembro. A candidatura deve ser feita pelo preenchimento de formulário de inscrição on-line na página do programa. A divulgação do resultado está prevista para fevereiro de 2022 e o início das atividades dos bolsistas em outubro do mesmo ano.

A mensalidade das bolsas da CAPES é de €1.300,00. Os benefícios para incluem passagens ou auxílio-deslocamento, auxílio-instalação, seguro-saúde, adicional de localidade (quando cabível) e auxílio-dependente. Ainda serão financiadas taxas acadêmicas e administrativas para os estudantes de doutorado pleno. Para orientadores brasileiros e alemães, serão pagas diárias e passagens ou auxílio-deslocamento. Os valores dos benefícios concedidos pela agência alemã seguem as normas daquele país, que podem ser conferidas nos links a seguir: Research Grants – Doctoral Programmes in Germany, Research Grants – Bi-nationally Supervised Doctoral Degrees / Cotutelle, e Research Grants – One-Year Grants for Doctoral Candidates.

Sobre o CAPES/DAAD
Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha é fruto de parceria entre a CAPES e o DAAD. Nele as Agências apoiam a formação de professores e pesquisadores de alto nível estimulando a cooperação acadêmica e o intercâmbio científico entre o Brasil e a Alemanha, contribuindo para a mobilidade entre universidades alemãs e brasileiras.

Confira o edital, o anexo III e o Termo de Outorga.

Fonte: Redação – CCS/CAPES

Continue lendoCAPES lança edital para doutorado na Alemanha

CAPES tem adição de R$99 milhões ao orçamento para bolsas de pós-graduação

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:17 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

O orçamento previsto para bolsas da CAPES recebeu um complemento de R$56 milhões. Também foi encaminhado um crédito de R$43 milhões para a Fundação. Outros R$286,5 milhões, antes contingenciados, estão liberados. Desse modo, as mais de 90 mil bolsas de pós-graduação stricto sensu no País estão não apenas mantidas, mas também pagas em dia. A suplementação orçamentária é resultado dos esforços do Ministério da Educação (MEC) junto ao Ministério da Economia para a liberação dos recursos.

Apesar do ambiente de múltiplas restrições geradas pela pandemia da COVID-19, a CAPES não interrompeu a vigência de nenhum desses auxílios neste ano, tem cumprido com os pagamentos sem atraso e permitido a substituição de bolsistas normalmente. A Fundação continuará a fomentar os estudos dos pós-graduandos tanto nas cotas institucionais, quanto nos programas estratégicos induzidos.  

Com as medidas, ações como o Programa de Combate a Epidemias continuam a funcionar normalmente. A CAPES já concedeu 1.959 das 2.600 bolsas e investiu R$53,7 milhões dos R$200 milhões previstos para os quatro anos da iniciativa. Com ela a Agência estimula pesquisas sobre a COVID-19 e outras doenças. Além de manter os benefícios, a Fundação já prorrogou 36.536 bolsas de mestrado e de doutorado ativas no Brasil por até seis meses, de forma excepcional, por causa da pandemia. Os dados constam em relatório do Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (SCBA).

Em 2020 foram publicadas duas portarias com as regras para a extensão dos prazos dos benefícios. A primeira, em abril, deu a possibilidade de prorrogação das bolsas por até três meses. A segunda, em agosto, aumentou este período para seis meses. O direito se estende a qualquer pesquisador com bolsa de mestrado ou doutorado ativa no Brasil enquanto durar a pandemia. Cabe às instituições de ensino e de pesquisa indicarem no SCBA os beneficiários. A CAPES recomenda que sejam escolhidos aqueles que tiveram seus trabalhos  afetados pelos impactos da COVID-19.

Fonte: Redação – CCS/CAPES

Continue lendoCAPES tem adição de R$99 milhões ao orçamento para bolsas de pós-graduação

UESPI divulga edital para seleção de professores substitutos

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:10 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:4 minutos de leitura

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) divulga edital para a seleção de professores substitutos. As inscrições acontecem entre os dias 24 de agosto até 2 de setembro através do site do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE).

No certame, serão ofertadas 190 vagas a serem distribuídas pelos 12 campi da  universidade. As vagas serão divididas em 59 para 20 horas e 131 para 40 horas.

Áreas contempladas

As vagas serão distribuídas de acordo com a necessidade de cada campi. As áreas abrangidas serão Direito, Letras-Português, Inglês e Espanhol, Pedagogia, Ciências Biológicas, Geografia, História, Libras, Agronomia, Zootecnia, Administração, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Educação Física, Enfermagem, Matemática, Ciências Sociais, Filosofia, Comunicação Social, Odontologia, Física, Química, Medicina, Psicologia, Biblioteconomia, Turismo, Engenharia Civil, Elétrica e Mecânica.

Inscrições

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, no site da NUCEPE do dia 24/08/21 a 02/09/21. Os candidatos deverão preencher o formulário eletrônico acompanhado dos documentos listados nos subitens abaixo, em um ÚNICO ARQUIVO, no formato PDF, respeitando a ordem dos mesmos:

a) Cópia do diploma do Curso de Graduação (frente e verso) ou Certidão de Conclusão de Curso, acompanhado do Histórico Acadêmico, de acordo com a classe e os requisitos mínimos exigidos a vaga pretendida;

b) Cópia do diploma ou certificado do Curso de Pós-Graduação (frente e verso) ou Declaração de Conclusão de Curso (com data de expedição inferior a seis meses da inscrição no certame), acompanhado do Histórico Acadêmico, de acordo com a classe e os requisitos mínimos exigidos;

c) Cópia do documento oficial de Identidade e CPF (frente e verso);

d) Certidão de quitação eleitoral emitida no site: Certidões — Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (tre-pi.jus.br)

e) Cópia de quitação com o serviço militar (se candidato do sexo masculino);

f) Foto digital no formato 3×4;

g) Curriculum Lattes ou Vitae, anexado juntamente com os documentos comprobatórios.

Além disso, o candidato deve pagar o valor de R$ 80,00 reais equivalente à taxa de inscrição.

Etapas da seleção

De acordo com o cronograma disponível no edital, a seleção consistirá de três etapas:

17/09: Avaliação Escrita;

5/10 até 11/10: Avaliação de Desempenho Didático;

5/10 até 11/10: Avaliação de Títulos.

A homologação final após todas as fases está prevista para o dia 10 de novembro.

Remuneração

As remunerações para professor Auxiliar, Assistente e Adjunto de acordo com as horas serão as seguintes:

Auxiliar (Especialista) R$ 1.140,61 (20 horas) | R$ 2.281,23 (40 horas)

Assistente (Mestre) R$ 1.711,02  (20 horas) | R$ 3.421,84 (40 horas)

Adjunto (Doutor) R$ 2.566,38  (20 horas) |  R$ 5.132,7 (40 horas)

Confira mais informações no edital.

Fonte: Assessoria de Comunicação – UESPI

Continue lendoUESPI divulga edital para seleção de professores substitutos

FAPEPI realiza reunião com parceiros para nova edição do Programa Centelha Piauí

  • Autor do post:
  • Categoria do post:CentelhaNotícia
  • Última modificação do post:7 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

Nesta sexta-feira (6), pela manhã, ocorreu uma reunião virtual entre a Diretoria Técnico-Científica (DDTC) da Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí (FAPEPI) e diversas parcerias do programa Centelha Piauí para a realização da 2ª edição, que terá edital lançado em setembro.

O encontro foi promovido para avaliar a execução de uma nova edição do programa. Até o presente momento, 20 empresas do Piauí receberam recursos de subvenção e capacitações promovidas pela FAPEPI e com isso, estão executando diversos projetos de inovação empreendedora visando o aprimoramento da produção de produtos desenvolvidos com novas tecnologias. Fazem parte das instituições parceiras o SEBRAE, o Instituto Federal do Piauí (IFPI), a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), a Uninassau, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Estiveram também presentes representantes do Senac com vistas a participar da parceria na segunda edição do programa que terá seu edital lançado no mês de setembro de 2021.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

Na primeira edição do programa, 28 ideias de projetos foram contempladas com até R$ 60 mil em subvenção do Governo do Estado, por meio da FAPEPI. Espera-se que na sua segunda edição, novas ideias possam ter a chance de serem executadas.

Continue lendoFAPEPI realiza reunião com parceiros para nova edição do Programa Centelha Piauí

Webinário PPSUS abre inscrições até dia 18 de agosto

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:6 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

Estão abertas as inscrições para o Webinário promovido pelo Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit), pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos Em Saúde (SCTIE) e pelo Ministério da Saúde (MS) intitulado “Importância, Caminhos e Desafios para Incorporação de Resultados de Pesquisa no SUS”. O evento ocorre no dia 19 de agosto a partir das 14h.  Estão convidados a participar todos os parceiros e colaboradores da FAPEPI, Secretaria de Estado da Saúde do Piauí e pesquisadores apoiados pelo Programa, com projetos vigentes ou não.

As inscrições para o evento ocorrem até o dia 16 de agosto, e podem ser feitas através do link. Após a inscrição, será enviada uma mensagem de confirmação para o e-mail cadastrado. Nesta mensagem, será encaminhado o link para o Webinário.

Programação

14h Mesa de Abertura: Decit/SCTIE/MS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS)

  • Dra. Alessandra de Sá Earp Siqueira – Diretora do Decit/SCTIE/MS 
  • Dra. Raquel de Andrade Lima Coelho – DABS/CGSAU/CNPQ 
  • Dr. Odir Antônio Dellagostin – Presidente CONFAP Þ CONASS (Representante a confirmar) 

14h10 Painel I: Adequação de projetos de pesquisa segundo as demandas do PPSUS: caminhos e possibilidades. 

  • Dr. Carlos Graeff – Universidade Federal do Espírito Santo 

15h10 Painel II: O uso de evidências científicas, experiências e caminhos da SES para implementação de resultados de pesquisa no sistema de saúde público. 

  • Dra. Sônia Venâncio – SES/SP. 

16h10 Painel III: Incorporação de tecnologias no SUS: o que o pesquisador precisa saber. 

  • Daniel da Silva Pereira Curado – CMATS/DGITIS/SCTIE/MS. 

17h10 Discussão final e encerramento

Fonte: Ascom

Continue lendoWebinário PPSUS abre inscrições até dia 18 de agosto

MCTI designa membros para o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:5 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:5 minutos de leitura

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), no dia 27 de julho de 2021, a Portaria nº 726, assinada pelo Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e InovaçõesAstronauta Marcos Pontes, que designa os membros que vão compor o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT).

O Confap – Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa, será representado no CCT pelo titular Odir Antônio Dellagostin, presidente do Confap e da FAPERGS (Rio Grande do Sul), e pela suplente Márcia Perales Mendes Silva, vice-presidente do Confap e presidente da FAPEAM (Amazonas).

O CCT é o órgão de assessoramento superior da Presidência da República responsável pela proposição das políticas nacionais de Ciência & Tecnologia.

Estão entre as atribuições dos membros do CCT: propor planos, metas e prioridades de governo referentes à ciência e tecnologia, com as especificações de instrumentos e de recursos; efetuar avaliações relativas à execução da política nacional de C&T; e opinar sobre propostas ou programas que possam causar impactos à política nacional de desenvolvimento científico e tecnológico, bem como sobre atos normativos de qualquer natureza que objetivem regulamentá-la.

Confira a composição do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT) para os próximos anos:

a) para mandato de um ano:

  • Gianna Cardoso Sagazio, como titular;
  • José Eduardo Azevedo Fiates, como suplente;
  • Marcelo Augusto Santos Turine, como titular;

b) para mandato de dois anos:

  • Alysson Paolinelli, como titular;
  • Sandra Regina Goulart Almeida, como suplente;
  • Carlos Melles, como titular;
  • Francisco Saboya, como suplente;
  • Reginaldo Arcuri, como titular;
  • Francilene Procópio Garcia, como suplente;

c) para mandato de três anos:

  • Roberto Monteiro Spada, como titular;
  • Leone Peter Correia da Silva Andrade, como suplente;
  • Carlos Nazareth Motta Marins, como titular;
  • Roberto Stephanes Soboll, como suplente;
  • Leandro Rosa dos Santos, como titular;
  • Rosilda Prates, como suplente.

Representantes das entidades dos setores de ensino, pesquisa, ciência e tecnologia:

 a) da Academia Brasileira de Ciências (ABC):

  • Luiz Davidovich, como titular;
  • Helena Bonciani Nader, como suplente.

b) da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES):

  • Emmanuel Zagury Tourinho, como titular;
  • Dácio Roberto Matheus, como suplente.

c) do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP):

  • Odir Antônio Dellagostin, como titular;
  • Márcia Perales Mendes Silva, como suplente.

d) do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CONSECTI):

  • Patrícia Ellen da Silva, como titular;
  • Rafael Pontes Lima, como suplente.

e) Instituto Brasileiro de Cidades Humanas, Inteligentes, Criativas e Sustentáveis (IBRACHICS):

  • André Gomyde Porto, como titular;
  • Marcos Alberto Martinelli, como suplente.

f) da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC):

  • Renato Janine Ribeiro, como titular;
  • Paulo Eduardo Artaxo Netto, como suplente.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Confap

Continue lendoMCTI designa membros para o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

CNPq informa que Plataforma Lattes está disponível

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:17 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou nesta terça-feira (3) novo informe sobre disponibilidade do sistema. Podem ser acessados os currículos da Plataforma Lattes nas seguintes condições:

  • Por meio do acesso direto ao currículo a partir do ID Lattes, escrevendo, no campo de endereço do seu navegador: lattes.cnpq.br/[número do ID]
  • Por meio de busca textual pelo endereço: buscatextual.cnpq.br/buscatextual
  • A base de dados conta com atualizações feitas até às 18h do dia 23 de julho, dia de início da indisponibilidade dos sistemas.
  • Não será possível, neste momento, fazer atualizações dos currículos, mas está disponível a opção de impressão e download.
  • O trabalho de restauração dos acessos ainda está em andamento, incluindo novas atualizações da base de dados, que serão feitas nos próximos dias, incluindo, nos currículos, as fotos e o número de citações.

O CNPq lembra que devido ao elevado número de acessos que a base provavelmente terá, o sistema pode apresentar alguma lentidão.

Em caso de dúvidas ou dificuldades de acesso, entrem em contato com o CNPq por meio da Central de Atendimento, pelo telefone 61 3211 4000 ou pelo e-mail cnpq@mctic.gov.br

Fonte: Assessoria de Comunicação – CNPq

Continue lendoCNPq informa que Plataforma Lattes está disponível

CONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) recebe inscrições para o Prêmio CONFAP de Ciência, Tecnologia e Inovação, concedido a pessoas físicas, residentes no Brasil, que tenham se destacado em pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação cujos resultados produziram conhecimento e beneficiaram, direta ou indiretamente, o desenvolvimento e o bem-estar das populações brasileiras. E, ainda, profissionais que, por meio de jornalismo científico contribuíram para a aproximação entre a ciência, a tecnologia, a inovação e a sociedade.


Categorias: PESQUISADOR(A) DESTAQUE, com as subcategorias: Ciências da Vida (Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências da Saúde); Ciências Exatas (Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Tecnologia); Ciências Humanas (Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Artes, Letras e Linguística); PESQUISADOR(A) INOVADOR(A), com as subcategorias: Inovação para o Setor Empresarial; Inovação para o Setor Público; e PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO.

As Etapas Estaduais do Prêmio Confap de CT&I serão realizadas pelas 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – FAPs, no caso do Piauí, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). As submissões de propostas para a Etapa Nacional (Confap) devem ser feitas, única e exclusivamente, pelas equipes das FAPs, após a realização das Etapas Estaduais e seleção dos indicados e concorrentes para a Etapa Nacional. 

O link para submissão da Etapa Nacional será disponibilizado a partir do dia 19 de outubro de 2021, no site da CONFAP.

CRONOGRAMA

– Lançamento da Chamada Pública pelo CONFAP: 17 de junho de 2021
– Período para realização das Etapas Estaduais: 17 de junho de 2021 a 18 de outubro de 2021
– Período de inscrição pelas FAPs, dos candidatos indicados, no formulário de submissão:
19 a 29 de outubro de 2021
– Análise de mérito: até 17 de novembro de 2021
– Resultado preliminar dos selecionados: até 18 de novembro de 2021
– Período para apresentação de recursos administrativos: 18 a 22 de novembro de 2021
– Resultado final dos selecionados (finalistas): Até 25 de novembro de 2021
– Cerimônia de premiação: 1 de dezembro de 2021

Esclarecimentos ou questionamentos acerca do conteúdo desta Chamada Pública podem ser obtidos pelo e-mail premio.confap@gmail.com

Para mais informações acesse o edital através do link.

Fonte: Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continue lendoCONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)

CNPq divulga novo informe sobre indisponibilidade de sistema

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Notícia
  • Última modificação do post:3 de agosto de 2021
  • Tempo de leitura:2 minutos de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou nesta segunda-feira (2) novos informes quanto à indisponibilidade dos sistemas do CNPq. De acordo com a instituição, ainda está em andamento a verificação completa, realizada pelo fabricante e a equipe do CNPq, no equipamento que apresentou problemas. Os dados estão resguardados tanto no equipamento em uso quanto no novo equipamento, como backup.

Essa verificação envolve uma série de testes, que foram realizados ao longo de todo final de semana, com pontuais instabilidades que estão sendo ajustadas para restabelecer a capacidade completa do storage. Também foi informado que não foi identificada nenhuma perda de dados.

Para garantir a segurança, a estabilidade e o bom funcionamento do equipamento, o CNPq optou por estender os testes até ser possível oferecer esse cenário seguro para disponibilização dos sistemas.

A instituição informa que o pagamento das bolsas não será prejudicado, pois não depende da restauração dos sistemas para realização do pagamento aos bolsistas.

Os prazos do CNPq serão prorrogados, e os novos calendários serão divulgados assim que for restabelecido os acessos.

Novas informações serão divulgadas, exclusivamente, através dos canais oficiais: site e redes sociais do CNPq.

Fonte: Assessoria de Comunicação – CNPq

Continue lendoCNPq divulga novo informe sobre indisponibilidade de sistema