CNPQ abre inscrições para 42º Edição do Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:6 de abril de 2022
  • Reading time:4 mins read

Estão abertas as inscrições para o Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Em sua 42ª edição, o Prêmio contempla profissionais e instituições que contribuem de forma significativa para a formação de uma cultura científica no país e para aproximar a ciência, a tecnologia e a inovação da sociedade. Nesta edição, a categoria é a de Pesquisador e Escritor.

Os interessados têm até o dia 6 de maio de 2022 para enviar sua inscrição, que deve ser feita por correspondência, com envio da documentação, portifólio e ficha de inscrição, disponível no site do Premio.

A premiação consiste em valor, em dinheiro, no total de R$ 20 mil e diploma, além de hospedagem e passagem aérea para o agraciado participar da 74ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que deve ocorrer em julho de 2022, em Brasília. Durante a programação da SBPC, o premiado com o Prêmio José Reis ministrará conferência sobre o conjunto dos seus trabalhos.

A divulgação do vencedor está prevista para 8 de junho deste ano.

Informações adicionais sobre o Prêmio e os documentos necessários à inscrição podem ser encontradas no Regulamento, no site do Prêmio.

 O Prêmio

O Prêmio José Reis tem três categorias, que se alternam a cada edição. Além de Pesquisador e Escritor, o Prêmio contempla também as categorias Jornalista em Ciência e Tecnologia e Instituição ou Veículo de Comunicação. A última premiação para a categoria Pesquisador e Escritor ocorreu na 39ª edição do Prêmio, em 2019. O vencedor, Marcelo Knobel, é bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e  professor titular do Departamento de Física da Matéria Condensada, do Instituto de Física, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Antes dele, a premiada na categoria foi a pesquisadora Luisa Massarani, também bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e coordenadora do Instituto Nacional de Comunicação Pública em Ciência e Tecnologia, sediado na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Ela foi a vencedora da 36ª edição do Prêmio, em 2016.

Fonte: CNPQ

Continuar lendoCNPQ abre inscrições para 42º Edição do Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica

CNPq e MCTI lançam Prêmio MERCOSUL de Ciência e Tecnologia – Edição 2021

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:6 de dezembro de 2021
  • Reading time:5 mins read

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), lançou chamada pública para o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia – Edição 2021. As inscrições estão aberta desde 19 de novembro de 2021, os interessados no Prêmio devem submeter propostas até as 18 horas, horário de Brasília, do dia 18 de fevereiro de 2022. O Prêmio é uma iniciativa da Reunião Especializada em Ciência e Tecnologia do MERCOSUL (RECyT) e dos organismos de Ciência e Tecnologia dos países membros e associados ao MERCOSUL, com promoção do CNPq e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações do Brasil (MCTI). O tema desta edição é Tecnologia Assistiva, ou ajuda técnica em produtos, equipamentos, dispositivos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que tenham por objetivo promover a funcionalidade, relacionada à atividade e à participação da pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida, visando  sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social, de acordo com o disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência,  Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. As linhas de pesquisa para o tema escolhido nesta edição do Prêmio, bem como os requisitos e detalhes sobre como fazer a submissão de propostas encontram-se relacionados em Edital, publicado na página eletrônica do Prêmio.

A inscrição, individual ou em equipe, a depender da categoria, poderá ser efetuada de forma exclusiva por meio da página do Prêmio na internet. Como nas edições anteriores, a edição 2021 do Prêmio possui cinco categorias.

A primeira categoria, Iniciação Científica, modalidade individual ou equipe, é direcionada para estudantes do Ensino Médio e Técnico, incluindo estudantes da Educação de Jovens e Adultos, regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas, que tenham menos de 25 (vinte e cinco) anos de idade até a data do encerramento das inscrições, independentemente de haver prorrogação. Em caso de equipe, esta poderá ser composta por até 5 (cinco) integrantes de um ou mais países membros ou associados do MERCOSUL, incluindo o autor principal.

A segunda categoria, Estudante Universitário, é uma modalidade individual, para estudantes que estejam frequentando cursos de graduação em instituições de ensino superior e pesquisa e não tem limites de idade.

A terceira categoria, Jovem Pesquisador, também é modalidade individual, para graduados, estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores que tenham no máximo 35 (trinta e cinco) anos até a data do encerramento das inscrições, independentemente de haver prorrogação.

A quarta categoria, Pesquisador Sênior, é modalidade individual, para graduados, estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores que tenham 36 (trinta e seis) anos de idade ou mais até a data do encerramento das inscrições, independentemente de haver prorrogação.

A quinta e última categoria, Integração, é uma modalidade direcionada apenas a equipes formadas por graduados, estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores, sem limite de idade. Nesta categoria, a composição da equipe deverá ser representada, necessariamente, por, no mínimo, dois integrantes de diferentes países membros ou associados do MERCOSUL, até o limite de dez participantes, incluindo o autor principal.

Além de certificado e publicação do respectivo trabalho em livro, os ganhadores do Prêmio serão contemplados com premiação em espécie, de acordo com cada categoria. Dessa forma, para a categoria Iniciação Científica, o valor da premiação será de R$ 15 mil; o contemplado na categoria Estudante Universitário receberá R$ 25 mil; o ganhador na categoria Jovem Pesquisador será agraciado com premiação no valor de R$ 30 mil;  o ganhador na categoria Pesquisador Sênior receberá R$ 35 mil e, na categoria Integração, a equipe agraciada será contemplada com R$ 45 mil. Valores correspondentes a impostos e taxas poderão ser descontados do valor da premiação. Os contemplados com Menção Honrosa em todas as categorias receberão certificados e terão seus trabalhos publicados em livro. Segundo o cronograma previsto em Edital, a divulgação    do    resultado    ocorrerá    até 19/08/2022, na página do Prêmio na internet.

Para mais informações sobre o Prêmio MERCOSUL de Ciência e Tecnologia – Edição 2021 acesse os sites http://premios.cnpq.br/pt/web/pmct/inicial e www.recyt.mercosur.int ou entra em contato através do e-mail premios@cnpq.br .

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq e MCTI lançam Prêmio MERCOSUL de Ciência e Tecnologia – Edição 2021

TCU abre inscrições para Webinário sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:31 de agosto de 2021
  • Reading time:6 mins read

A partir da próxima quarta-feira (25) acontecerá o Ciclo de Debates sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, através da modalidade online. O webinário é organizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e contará com a participação no primeiro dia do ciclo de debates, a Ministra Ana Arraes (Presidente TCU); o Ministro Marcos Pontes (MCTI) e Leonardo Albernaz (Secretário-Geral de Controle Externo TCU) para abertura do evento, às 9h.

O prazo para inscrição no webinário será até o dia 25 de agosto, com o número de participantes limitado à 5 mil vagas. O evento ocorrerá nos dias 25 a 27 de agosto, a partir das 9h até 12:30, através do Youtube. Acesse o link para realizar a inscrição.

O primeiro painel do ciclo trata sobre os motivos que justificaram as alterações no arcabouço normativo relacionado a CT&I, tais como baixo desempenho do país nos indicadores de inovação e a dificuldade de implementação das disposições da Lei 10.973/2004, e discutir sobre a mudança de paradigma a partir do Marco Legal de Inovação (princípios, papel do Estado, relação entre ICTs e entes privados, propriedade intelectual, transferência e difusão tecnológica). E contará como palestrante: Cândida Oliveira (Gerente Executiva CNI); Rafael Navarro (Presidente ANPEI); Helena Nader (UNIFESP/SBPC/ABC); Igor Nazareth (Diretor de Planejamento e Relações Institucionais Embrapii).

O segundo painel do ciclo de debates abordará a insegurança jurídica e os efeitos sobre a aplicabilidade do Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, e que busca tratar da fragmentação normativa e de outras falhas na organização e consolidação das normas infradecreto que geram dificuldades para aplicação do Marco Legal de Ciência, Tecnologia e inovação; diferentes entendimentos sobre a aplicação do arcabouço normativo pelos diversos agentes/órgãos e iniciativas em curso visando mitigar esses problemas, como as melhorias ocorridas com a publicação do Decreto 9.283/2018. Os palestrantes serão: Bruno Portela (Secretário Especial Adjunto Sepec/ME); Leopoldo Muraro (Procurador-Chefe CNPq); Paulo Alvin (Secretário Sempi/MCTI); Vitor Monteiro (Advogado Finep).

No segundo dia (26), o webinário trará como tema a “Relação entre Governo, Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICTS) e setor privado, com a participação dos palestrantes: Sílvio Meira (Fundador Porto Digital); Cristina Assimaloupoulos (Advogada Vale); Helena Nader (UNIFESP/SBPC/ABC) e Cristiane Rauen (Coordenadora Embrapii). o Segundo painel do dia deve abordar os “Instrumentos de estímulo à inovação nas empresas – fragilidades e potencialidades”, e deve levantar informações sobre dificuldades para utilização dos instrumentos previstos no MCLTI para financiar a inovação (subvenção econômica, bônus tecnológico, incentivos fiscais, fundos de investimento, encomenda tecnológica etc); desafios para ampliar o financiamento privado e a importância desses mecanismos para induzir a inovação no país. Os palestrantes deste painel serão: Hudson Mendonça (Chefe do Departamento de Apoio a Projetos Inovadores – Finep); Fernanda De Negri (Pesquisadora Ipea); Isabela Brod (Gerente de Inovação – BNDES); Jorge Almeida (Diretor-Presidente Embrapii); e Rafael Lucchesi (Diretor-Geral Senai).

No terceiro dia (27), o ciclo contará na abertura do último dia de evento com a participação do Ministro Marcos Pontes (MCTI) e do Ministro Augusto Nardes (Relator-TCU Universidades), e deve trazer como tema central “os entraves para o uso do poder de compra do Estado como um instrumento de estímulo à inovação no país. Como construir um controle para tratar do risco tecnológico?”. Os palestrantes são: André Rauen (Pesquisador Ipea); Ludmila Meira Maia Dias (Procuradora-Chefe Adjunta da Procuradoria Federal junto à UFMG); Lara Brainer (Diretora Central de compras ME) e Rafael Fassio (Procurador do Estado de São Paulo). E o último painel do evento abordará o tema referente à “Prestação de contas – Desafios enfrentados e o papel dos órgãos de controle. Este último painel objetiva a flexibilização introduzida pelo Marco Legal de CT&I e pela assimilação das novas regras pelas principais agências de fomento à inovação (Finep, Capes e CNPq); desafios enfrentados por essas instituições no monitoramento, avaliação e análise da prestação de contas; dificuldades enfrentadas pelos pesquisadores e entidades para prestar contas às agências de fomento; atuação dos órgãos de controle quanto às peculiaridades da prestação de contas na área de CT&I. Os palestrantes são: Rafael Dubeux (Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação/Prefeitura da Cidade do Recife); Marcelo Gomes Meireles (Secretário Sefip/MCTI), a confirmar; Fernando Peregrino (Presidente Confies); Evaldo Vilela (Presidente CNPq) e Anderson Lozi (Diretor de Gestão Capes).

Para mais informações acesse o link. Confira abaixo os links de cada dia do ciclo de palestras:

Primeiro dia (25)

Segundo dia (26)

Terceiro dia (27)

Fonte: Ascom

Continuar lendoTCU abre inscrições para Webinário sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação

CONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de agosto de 2021
  • Reading time:3 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) recebe inscrições para o Prêmio CONFAP de Ciência, Tecnologia e Inovação, concedido a pessoas físicas, residentes no Brasil, que tenham se destacado em pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação cujos resultados produziram conhecimento e beneficiaram, direta ou indiretamente, o desenvolvimento e o bem-estar das populações brasileiras. E, ainda, profissionais que, por meio de jornalismo científico contribuíram para a aproximação entre a ciência, a tecnologia, a inovação e a sociedade.


Categorias: PESQUISADOR(A) DESTAQUE, com as subcategorias: Ciências da Vida (Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências da Saúde); Ciências Exatas (Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Tecnologia); Ciências Humanas (Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Artes, Letras e Linguística); PESQUISADOR(A) INOVADOR(A), com as subcategorias: Inovação para o Setor Empresarial; Inovação para o Setor Público; e PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO.

As Etapas Estaduais do Prêmio Confap de CT&I serão realizadas pelas 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – FAPs, no caso do Piauí, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). As submissões de propostas para a Etapa Nacional (Confap) devem ser feitas, única e exclusivamente, pelas equipes das FAPs, após a realização das Etapas Estaduais e seleção dos indicados e concorrentes para a Etapa Nacional. 

O link para submissão da Etapa Nacional será disponibilizado a partir do dia 19 de outubro de 2021, no site da CONFAP.

CRONOGRAMA

– Lançamento da Chamada Pública pelo CONFAP: 17 de junho de 2021
– Período para realização das Etapas Estaduais: 17 de junho de 2021 a 18 de outubro de 2021
– Período de inscrição pelas FAPs, dos candidatos indicados, no formulário de submissão:
19 a 29 de outubro de 2021
– Análise de mérito: até 17 de novembro de 2021
– Resultado preliminar dos selecionados: até 18 de novembro de 2021
– Período para apresentação de recursos administrativos: 18 a 22 de novembro de 2021
– Resultado final dos selecionados (finalistas): Até 25 de novembro de 2021
– Cerimônia de premiação: 1 de dezembro de 2021

Esclarecimentos ou questionamentos acerca do conteúdo desta Chamada Pública podem ser obtidos pelo e-mail premio.confap@gmail.com

Para mais informações acesse o edital através do link.

Fonte: Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoCONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)