CAPES e MEC enviarão professores para curso em Portugal

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:28 de março de 2022
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a Secretaria de Alfabetização (Sealf) do Ministério da Educação (MEC) divulgaram o Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores Alfabetizadores em Portugal – Alfabetização Baseada na Ciência (ABC). Serão oferecidas 100 vagas para que professores em exercício nas redes públicas de educação básica participem do curso de aperfeiçoamento na cidade do Porto, em Portugal. As diretrizes do processo seletivo, apresentadas no Edital nº 17/2022, foram publicadas no Diário Oficial da União.

As aulas presenciais em Portugal serão oferecidas em parceria com a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Rui Alves, professor da instituição, expressou a satisfação de sua equipe em colaborar para que as crianças portuguesas e brasileiras aprendam com métodos científicos eficazes. Já as atividades práticas e visitas às escolas portuguesas, serão acompanhadas pelo Instituto Politécnico do Porto (IPP). Ana Sucena, do Centro de Investigação e Intervenção na Leitura (CiiL) do IPP, concluiu: “pretendemos capacitar os professores brasileiros na promoção de competências-alicerces para aprender a ler em português”.

Cronograma
O candidato precisa estar cadastrado e com currículo atualizado na Plataforma CAPES de Educação Básica, até o dia 29 de abril. As inscrições podem ser feitas pelo Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes), até as 18h do dia 06 de maio. Ele terá até 26 de junho para concluir o Curso ABC, na modalidade on-line. O resultado final será divulgado em 01 de agosto. O embarque para Portugal está previsto para acontecer de 28 a 30 de outubro. A capacitação, com 240 horas, terá seis semanas de duração e ocorrerá entre novembro e dezembro desse ano.

Programa
A ação faz parte da parceria entre a CAPES e a Sealf, no âmbito do Programa Tempo de Aprender, Eixo I – Formação continuada de profissionais da alfabetização. Além disso, conta com a cooperação de duas instituições portuguesas: Universidade do Porto e Instituto Politécnico do Porto. O edital complementa outras iniciativas incentivadas pela CAPES, com o Projeto ABC: o curso on-line – que conta com 245 mil inscritos – e a publicação dos Manuais ABC e ABC na Prática, que estão disponíveis, gratuitamente, no site do MEC.

Fonte: Reprodução – CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES e MEC enviarão professores para curso em Portugal