MCTI designa membros para o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:5 de agosto de 2021
  • Reading time:5 mins read

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), no dia 27 de julho de 2021, a Portaria nº 726, assinada pelo Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e InovaçõesAstronauta Marcos Pontes, que designa os membros que vão compor o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT).

O Confap – Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa, será representado no CCT pelo titular Odir Antônio Dellagostin, presidente do Confap e da FAPERGS (Rio Grande do Sul), e pela suplente Márcia Perales Mendes Silva, vice-presidente do Confap e presidente da FAPEAM (Amazonas).

O CCT é o órgão de assessoramento superior da Presidência da República responsável pela proposição das políticas nacionais de Ciência & Tecnologia.

Estão entre as atribuições dos membros do CCT: propor planos, metas e prioridades de governo referentes à ciência e tecnologia, com as especificações de instrumentos e de recursos; efetuar avaliações relativas à execução da política nacional de C&T; e opinar sobre propostas ou programas que possam causar impactos à política nacional de desenvolvimento científico e tecnológico, bem como sobre atos normativos de qualquer natureza que objetivem regulamentá-la.

Confira a composição do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT) para os próximos anos:

a) para mandato de um ano:

  • Gianna Cardoso Sagazio, como titular;
  • José Eduardo Azevedo Fiates, como suplente;
  • Marcelo Augusto Santos Turine, como titular;

b) para mandato de dois anos:

  • Alysson Paolinelli, como titular;
  • Sandra Regina Goulart Almeida, como suplente;
  • Carlos Melles, como titular;
  • Francisco Saboya, como suplente;
  • Reginaldo Arcuri, como titular;
  • Francilene Procópio Garcia, como suplente;

c) para mandato de três anos:

  • Roberto Monteiro Spada, como titular;
  • Leone Peter Correia da Silva Andrade, como suplente;
  • Carlos Nazareth Motta Marins, como titular;
  • Roberto Stephanes Soboll, como suplente;
  • Leandro Rosa dos Santos, como titular;
  • Rosilda Prates, como suplente.

Representantes das entidades dos setores de ensino, pesquisa, ciência e tecnologia:

 a) da Academia Brasileira de Ciências (ABC):

  • Luiz Davidovich, como titular;
  • Helena Bonciani Nader, como suplente.

b) da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES):

  • Emmanuel Zagury Tourinho, como titular;
  • Dácio Roberto Matheus, como suplente.

c) do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP):

  • Odir Antônio Dellagostin, como titular;
  • Márcia Perales Mendes Silva, como suplente.

d) do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CONSECTI):

  • Patrícia Ellen da Silva, como titular;
  • Rafael Pontes Lima, como suplente.

e) Instituto Brasileiro de Cidades Humanas, Inteligentes, Criativas e Sustentáveis (IBRACHICS):

  • André Gomyde Porto, como titular;
  • Marcos Alberto Martinelli, como suplente.

f) da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC):

  • Renato Janine Ribeiro, como titular;
  • Paulo Eduardo Artaxo Netto, como suplente.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Confap

Continuar lendoMCTI designa membros para o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

CONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de agosto de 2021
  • Reading time:3 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) recebe inscrições para o Prêmio CONFAP de Ciência, Tecnologia e Inovação, concedido a pessoas físicas, residentes no Brasil, que tenham se destacado em pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação cujos resultados produziram conhecimento e beneficiaram, direta ou indiretamente, o desenvolvimento e o bem-estar das populações brasileiras. E, ainda, profissionais que, por meio de jornalismo científico contribuíram para a aproximação entre a ciência, a tecnologia, a inovação e a sociedade.


Categorias: PESQUISADOR(A) DESTAQUE, com as subcategorias: Ciências da Vida (Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências da Saúde); Ciências Exatas (Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Tecnologia); Ciências Humanas (Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Artes, Letras e Linguística); PESQUISADOR(A) INOVADOR(A), com as subcategorias: Inovação para o Setor Empresarial; Inovação para o Setor Público; e PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO.

As Etapas Estaduais do Prêmio Confap de CT&I serão realizadas pelas 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – FAPs, no caso do Piauí, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). As submissões de propostas para a Etapa Nacional (Confap) devem ser feitas, única e exclusivamente, pelas equipes das FAPs, após a realização das Etapas Estaduais e seleção dos indicados e concorrentes para a Etapa Nacional. 

O link para submissão da Etapa Nacional será disponibilizado a partir do dia 19 de outubro de 2021, no site da CONFAP.

CRONOGRAMA

– Lançamento da Chamada Pública pelo CONFAP: 17 de junho de 2021
– Período para realização das Etapas Estaduais: 17 de junho de 2021 a 18 de outubro de 2021
– Período de inscrição pelas FAPs, dos candidatos indicados, no formulário de submissão:
19 a 29 de outubro de 2021
– Análise de mérito: até 17 de novembro de 2021
– Resultado preliminar dos selecionados: até 18 de novembro de 2021
– Período para apresentação de recursos administrativos: 18 a 22 de novembro de 2021
– Resultado final dos selecionados (finalistas): Até 25 de novembro de 2021
– Cerimônia de premiação: 1 de dezembro de 2021

Esclarecimentos ou questionamentos acerca do conteúdo desta Chamada Pública podem ser obtidos pelo e-mail premio.confap@gmail.com

Para mais informações acesse o edital através do link.

Fonte: Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoCONFAP divulga Prêmio de CT&I – “PROF. FRANCISCO ROMEU LANDI” (EDIÇÃO 2021)

Academia Austríaca abre chamada para pesquisadores doutores

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

Academia Austríaca de Ciências (ÖAW), disponibilizou chamada no contexto do programa JESH (Joint Excellence in Science and Humanities) para pesquisadores de 55 países, dentre eles o Brasil, interessados em realizar estudos na Áustria.

Elegibilidade

São elegíveis candidatos que tenham concluído o doutorado há, no máximo, dez anos e que estejam afiliados a universidade ou instituição de pesquisa no país de origem.

Apoio financeiro

Os candidatos aprovados receberão apoio financeiro mensal no valor de dois mil e setecentos euros (€ 2.700,00), pelo período de realização da pesquisa na Áustria, que deve ser entre um (1) e seis (6) meses.

Os contemplados terão, também, os custos do transporte desde o país de origem cobertos pela Academia Austríaca de Ciências. Todas as instituições públicas de pesquisa da Áustria estão habilitadas a receber os pesquisadores internacionais do programa JESH.

Submissão de propostas

O prazo para submissão de propostas para o programa vai até o dia 20/05/2021. Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no site da Academia Austríaca de Ciências.

fonte: Confap

Continuar lendoAcademia Austríaca abre chamada para pesquisadores doutores

FAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

Em comemoração aos 15 anos do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), foi realizado um web evento comemorativo com representantes de 26 instituições de amparo à pesquisa.

A fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) esteve presente, representada pelo Diretor de Desenvolvimento Técnico Científico (DTC), Prof. Ciro Sá. O evento ocorreu virtualmente com transmissão ao vivo através dos canais do Confap no YouTube e Facebook.

A programação especial contou com a participação do prof. Jorge Bounassar Filho (ex-presidente do Confap, 2006-2007); prof. Odenildo Sena (ex-presidente do Confap, 2007-2009); prof. Mario Neto Borges (ex-presidente do Confap, 2009-2013); prof. Sérgio Luiz Gargioni (ex-presidente do Confap, 2013-2017); profª. Maria Zaira Turchi (ex-presidente do Confap, 2017-2019); prof. Evaldo Ferreira Vilela (ex-presidente do Confap, 2019-2020); prof. Fábio Guedes Gomes (ex-presidente do Confap, 2020) e do prof. Odir Antônio Dellagostin (atual presidente do Conselho Nacional das FAPs, 2021-2023).

O Confap tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. A instituição foi criada em 28 de abril de 2006, e trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, congregando 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs).

fonte: Confap

Continuar lendoFAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

Comissão Europeia lança conjunto de chamadas emergenciais com foco em variantes do SARS-CoV-2

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:15 de abril de 2021
  • Reading time:5 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) – parceiros institucionais da Comissão Europeia (CE) no Brasil – tornam públicas oportunidades para pesquisadores e instituições brasileiras se associarem às chamadas emergenciais lançadas nesta terça-feira (13), pela Comissão Europeia, com foco nas variantes do Coronavírus (SARS-CoV-2).

Foram disponibilizadas quatro chamadas emergenciais, com investimento total de 123 milhões de euros, no contexto do novo programa europeu de Pesquisa & Inovação (P&I), Horizon Europe (2021-2027).

Elegibilidade dos pesquisadores brasileiros

Em uma das quatro chamadas abertas pela Comissão Europeia (chamada 2, vide listagem abaixo), pesquisadores brasileiros estão aptos a receberem financiamento em suas pesquisas por meio do programa Horizon Europe.

Nas demais chamadas (1, 3 e 4, vide listagem abaixo), pesquisadores brasileiros não são elegíveis de forma automática para receberem o financiamento europeu, entretanto, podem submeter propostas, que serão avaliadas pela Comissão Europeia e, caso sejam consideradas essenciais para a realização da ação, poderão excepcionalmente ser financiadas pelo lado europeu.

Os pesquisadores brasileiros também podem consultar diretamente as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos seus respectivos Estados e/ou o CNPq para verificarem eventuais possibilidades de cofinanciamento.

A Comissão Europeia espera que os projetos financiados possam:

Estabelecer novos e/ou construir em grande escala existente, multicentros e consórcios regionais ou multinacionais, incluindo grupos além das fronteiras da Europa, que devem promover rapidamente o conhecimento sobre SARS-CoV-2 e suas variantes emergentes.
Desenvolver ainda possíveis terapêuticos ou vacinas promissoras contra o SARS-CoV-2, já tendo concluído o desenvolvimento pré-clínico, em estudos clínicos.
Apoiar infraestruturas de pesquisa para acelerar o compartilhamento de dados e fornecer suporte de pesquisa rápido e eficaz, para enfrentar as variantes do coronavírus e estar pronto para futuras epidemias.
Espera-se também que os consórcios de sucesso colaborem com outras iniciativas e projetos relevantes em nível regional, nacional e internacional para maximizar sinergias e complementaridade e evitar duplicidade dos esforços de pesquisa.

As quatro chamadas emergenciais irão enfrentar a ameaça do coronavírus a curto e médio prazo e, simultaneamente, preparar para o futuro. Também contribuirão para a construção do European Health Emergency Preparedness and Response Authority (HERA), que permitirá à União Europeia antecipar e enfrentar melhor futuras pandemias.

O prazo para submissão de propostas para as chamadas vai até o dia 6 de maio de 2021. As novas soluções devem estar disponíveis e acessíveis a todos, seguindo os princípios estabelecidos pelo Coronavirus Global Response, que é a resposta da Comissão Europeia ao apelo global lançado no ano passado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com governos e parceiros para o acesso universal à vacinação, tratamento e teste de coronavírus à preços acessíveis.

Confira abaixo os links para submissão de propostas para as chamadas europeias:

Chamada 1: FAIR and open data sharing in support to European preparedness for COVID-19 and other infectious diseases

Chamada 2: Research infrastructure services for rapid research responses to COVID-19 and other infectious disease epidemics (Pesquisadores brasileiros que submeterem propostas para esta chamada poderão ser financiados por meio do programa Horizon Europe).
Chamada 3: Vaccines & therapeutic clinical trials to boost COVID-19 prevention and treatment

Chamada 4: Cohorts united against COVID-19 variants of concern
*Nos links acima é possível também consultar as perguntas frequentes (FAQs) sobre as chamadas.

Webinar da Comissão Europeia sobre as chamadas: disponível no link.
Apresentações sobre as chamadas: disponíveis no link.
Projetos que a Comissão Europeia já apoiou: disponíveis no link.


Contato para esclarecimentos e/ou mais informações: Elisa Natola, assessora do Confap para Cooperação Internacional entre Brasil-União Europeia (e-mail: elisa.confap@gmail.com)

Fonte: Confap

Continuar lendoComissão Europeia lança conjunto de chamadas emergenciais com foco em variantes do SARS-CoV-2

Submissões de propostas para a ERC-Confap-CNPq 2020 foram prorrogadas até maio

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:25 de maio de 2021
  • Reading time:6 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), prorrogaram para o dia 14 de maio de 2021, o prazo para submissão de propostas da chamada ERC-Confap-CNPq 2020.

A chamada é destinada a pesquisadores doutores vinculados a instituições de pesquisa brasileiras para integrarem equipes de Pesquisadores Principais (ERC Grantees) com projetos financiados pelo Conselho Europeu de Pesquisa (European Research Council – ERC).

Apoio do CNPq e das FAPs

Os pesquisadores podem submeter propostas via CNPq ou uma das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada (vide relação abaixo).

As FAPs e o CNPq apoiarão os projetos aprovados viabilizando as despesas de viagem. Os pesquisadores brasileiros aprovados na chamada continuarão a receber seus salários ou bolsas de acordo com os termos e condições de suas instituições. Outros auxílios devem ser negociados com as equipes de pesquisadores ERC Grantees

As visitas poderão ser realizadas em um período contínuo ou divididas em visitas curtas, levando em consideração as restrições de cada país e instituições do grupo de pesquisa, em razão da pandemia de Covid-19.

Relação de FAPs que aderiram à chamada: 

FAPDF (Distrito Federal); FAPEAL (Alagoas); FAPEAM (Amazonas); FAPEG (Goiás); FAPEMA (Maranhão); FAPEMIG (Minas Gerais); FAPEPI (Piauí); FAPERGS (Rio Grande do Sul); FAPERJ (Rio de Janeiro); FAPES (Espírito Santo); FAPESC (Santa Catarina); FAPESPA (Pará); FAPESQ (Paraíba); FAPT (Tocantins); FUNCAP (Ceará); FUNDECT (Mato Grosso do Sul); e Fundação Araucária (Paraná). 

*Algumas FAPs podem ter critérios de elegibilidade específicos que devem ser consultados antes da submissão.

Submissão de Propostas

A submissão de propostas pode ser feita até o dia 14 de maio de 2021, por meio de cadastro na plataforma do Confap (www.confap.org.br/news/ercform/public/login), observando as exigências do edital, para ter acesso a Lista dos Projetos Fomentados pelo Conselho Europeu de Pesquisa (ERC)* que podem receber pesquisadores brasileiros, incluindo a descrição dos projetos fomentados pelo ERC e os contatos dos pesquisadores desses projetos. 

*A lista pode ser consultada até o dia 04 de maio de 2021 pela plataforma de submissão de propostas do Confap.

Mais Informações

fonte: CONFAP

Continuar lendoSubmissões de propostas para a ERC-Confap-CNPq 2020 foram prorrogadas até maio

Confap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos

Read more about the article Confap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos
ascom
  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:8 de março de 2021
  • Reading time:4 mins read

Na tarde desta quinta-feira, 4 de Março, na abertura da cerimônia virtual de apresentação técnica da chamada MEC/EMBRAPII, o presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), prof. Odir Dellagostin, e o diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), prof. Jorge Almeida Guimarães, assinaram Memorando de Entendimentos que possibilita às Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) realizarem ações conjuntas com as unidades EMBRAPII credenciadas em seus respectivos Estados.

O acordo assinado pelos presidentes do Confap e da EMBRAPII, tem por objetivo, incentivar ações que visem a execução de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) voltados aos setores industriais localizados nos Estados Brasileiros. 

Lançada no mesmo dia, a chamada MEC/EMBRAPII possibilita o credenciamento de até quatro grupos de pesquisadores de Universidades Federais para atuarem como Unidade EMBRAPII. Os grupos selecionados terão aporte financeiro de R$12 milhões do Ministério da Educação (MEC) para executar projetos de PD&I em parceria com a indústria.  

Podem se candidatar todos os grupos de pesquisadores das Universidades Federais nas seguintes áreas: 

  • Agricultura 
  • Processos agroindustriais
  • Tecnologias de alimentos;
  • Geração, Transmissão de energia elétrica, inclusive renováveis;
  • Química; 
  • Bioeconomia; 
  • Processos industriais;
  • Mineração sustentável;
  • Mobilidade, incluindo eletromobilidade

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa no estado do Piauí (FAPEPI), Antônio Cardoso do Amaral ressalta que a presente chamada tem como destino as universidades federais, para que possam desenvolver novos trabalhos em conjunto com a EMBRAPII e que a FAPEPI, como entidade membro do Confap buscará incentivar e apoiar as iniciativas do estado que forem viáveis para o presente edital.

Para mais informações sobre a chamada, acesse embrapii.org.br, ou envie um e-mail para: chamada01_2021@embrapii.org.br

O Confap, congrega 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), e atuará na articulação entre as FAPs, as Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) interessadas em realizar atividades de PD&I nos Estados em conjunto com as unidades EMBRAPII credenciadas. 

A EMBRAPII é uma Organização Social qualificada pelo Poder Público Federal que, desde 2013, apoia instituições de pesquisa tecnológica fomentando a inovação na indústria brasileira. Atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação. Ao compartilhar riscos de projetos com as empresas, tem objetivo de estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas tanto no mercado interno, como no mercado internacional.

Para mais informações e proposição de futuras parcerias, as FAPs poderão entrar em contato pelo e-mail parcerias@embrapii.org.br.

Continuar lendoConfap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos

All-Atlantic2021 procura agentes para pesquisa à Inovação Marinha

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:4 de março de 2021
  • Reading time:4 mins read

A Conferência All-Atlantic2021“Cooperação Atlântica em Pesquisa e Inovação para um Oceano Sustentável: conferência ministerial de alto-nível e de partes interessadas”, lançou na quarta-feira (24/02), um questionário para identificar e caracterizar os agentes internacionais interessados em promover e fortalecer a comunidade da Aliançade Todo o Atlântico para Pesquisa Oceânica e Inovação (All-Atlantic Ocean Research Alliance, em inglês). 

No Brasil, o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas 26 Fundações, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), apoiam a Aliança de todo o Atlântico. 

A enquete visa facilitar a identificação dos agentes e partes interessadas em Pesquisa e Inovação (P&I) marinha, contribuindo para reforçar a cooperação de P&I nos países que são banhados pelo Oceano Atlântico. O levantamento permitirá a identificação das partes interessadas que poderão contribuir e participar na Conferência All-Atlantic2021, bem como nas atividades de Pledging e, nos eventos paralelos e iniciativas associadas à conferência internacional. 

Os dados obtidos na enquete também poderão alimentar uma base de dados acessível através do portal doAll-Atlantic Ocean. A enquete compreenderá as partes interessadas de vários setores, de instituições governamentais, centros de ciência, indústria, sociedade civil, cujo trabalho, competências e experiência, poderão ser relevantes para fomentar a cooperação transatlântica nas áreas científicas e nos respectivos objetivos estratégicos da conferência.

Conferência All-Atlantic2021

A Conferência All-Atlantic2021 será realizada pela Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, em cooperação com a Comissão Europeia, de 3 a 4 de junho de 2021, em Ponta Delgada, Portugal, e visa apoiar a All-Atlantic Ocean Research Alliance e fortalecer a cooperação em P&I do Oceano Atlântico. Saiba mais sobre o evento em: www.allatlantic2021.eu/

O questionário para os interessados em promover e fortalecer a Cooperação em P&I do Oceano Atlântico, encontra-se disponível (em inglês) no link: https://survs.com/survey/h5li0jb2m2.

Continuar lendoAll-Atlantic2021 procura agentes para pesquisa à Inovação Marinha