Fundação investe mais ampliando número de vagas; inscrições podem ser feitas direto no site 

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) ampliou o valor do investimento destinado a bolsas de estudo para o Piauí em 2022, na comparação com 2021. Nesta sexta-feira (01), a FAPEPI lançou editais de bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado, que somados totalizam um investimento de mais de R$ 8,3 milhões oriundos do Tesouro Estadual. Em 2021, a Fundação pagou 1,1 milhão com recursos estaduais. 

Nos dois editais, que podem ser conferidos clicando aqui, serão oferrtadas 40 bolsas para doutorado, 60 para mestrado e 200 para a graduação. O valor das bolsas é de R$ 2.200,00 para doutorado, R$ 1.500,00 para mestrado e R$ 400,00 para iniciação científica.

O aumento no orçamento para bolsas reflete a valorização que o Governo do Estado está dando ao setor de pesquisa e inovação do Piauí, de forma a promover o conhecimento e também incentivar o empreendedorismo. “É por meio da pesquisa que a humanidade cria inovações no ramo da tecnologia e isso vira empreendedorismo, que é o meio que gera dinheiro para a economia”, explica o presidente da Fapepi, Antônio Cardoso do Amaral.

O investimento da FAPEPI nas bolsas vem num momento em que o Governo Federal tem reduzido drasticamente o orçamento destinado a bolsas, tanto na Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) quanto no CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Dados da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), por exemplo, mostram que Capes e CNPq perderam aproximadamente 51% da verba para financiar pesquisas nos últimos dez anos.

Historicamente, as FAPs (Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais) sempre pagaram bolsas com parte dos recursos do Governo Federal, porém em 2022, com o corte do CNPq e Capes, desta vez a FAPEPI vai pagar as bolsas com recursos 100% do Governo do Piauí.

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:11 de julho de 2022