CAPES lança edital para leitores em universidades estrangeiras

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:30 de julho de 2021
  • Reading time:2 mins read

A CAPES e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) vão enviar leitores para universidades estrangeiras com o intuito de difundir a língua portuguesa falada no Brasil e dar visibilidade à literatura, à cultura e aos estudos do País. Interessados devem preencher o formulário de inscrição até as 17h de 12 de agosto para participar do Edital nº 9/2021 do Programa Leitorado.

São 20 universidades, de 19 países: Alemanha, Bélgica, China, Colômbia, Dinamarca, Espanha (duas), Estados Unidos, Finlândia, Guiana Francesa, Guiné Equatorial, Índia, Israel, Itália, Japão, Líbano, Peru, Rússia, Senegal e Vietnã. Cada uma tem seus próprios requisitos, descritos em lista que consta em anexo do edital.

Na maior parte dos casos, é necessário ser graduado em Letras ou licenciado em Língua Portuguesa e ter, no mínimo, título de mestre. Há instituição que exige doutorado. Aqueles que forem selecionados receberão bolsa, paga pelo MRE. O ministério tem um valor total de US$47 mil para custear todas.

Haverá publicação das inscrições recebidas em até cinco dias úteis depois do fim do prazo para preenchimento do formulário. A CAPES analisará as candidaturas até 8 de outubro, e o MRE as validará até o dia 18 do mesmo mês.

O resultado preliminar sairá até 22 de outubro e o final, em 21 de dezembro. O início das atividades está previsto para janeiro de 2022.

Fonte: CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES lança edital para leitores em universidades estrangeiras

FAPEPI e CNPq lançam edital PDCTR no Piauí

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, lançou nesta sexta-feira (23)  o Edital 006-2021, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional no Estado do Piauí (Programa PDCTR-PI), conforme previsto no Acordo de Cooperação CNPq/FAPEPI – PDCTR 2021-2031. 

O edital também está vinculado ao Programa de Apoio à Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação (PAPCTI) da FAPEPI, que visa apoiar e fomentar a Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação desenvolvida por grupos de pesquisas, por meio da concessão de auxílios a pesquisadores integrantes de Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) do Piauí.

As inscrições seguem até o dia 23 de agosto de 2021, segundo cronograma disponível no certame, que pode ser acessado na íntegra clicando aqui

Objetivos

O Programa PDCTR-PI no estado do Piauí, em conformidade com as normas do CNPq  e da FAPEPI é implementado por meio do edital 006-2021, tendo por objetivo estimular a fixação de recursos humanos com experiência em ciência, tecnologia e inovação e/ou reconhecida competência profissional em instituições ou empresas públicas ou privadas, de ensino superior e/ou de pesquisa científica, tecnológica e de  inovação, em uma das seguintes vertentes:

Regionalização: caracterizada pela atração de doutores de outras regiões do país para áreas metropolitanas. Nesse caso, não é permitida a concessão da bolsa a doutores formados e/ou radicados no próprio estado;

Interiorização: caracterizada pela atração de doutores para microrregiões reconhecidas pelo CNPq como de baixo desenvolvimento científico e tecnológico  (fora das áreas metropolitanas), permitindo a concessão da bolsa a doutor formado ou radicado no próprio estado.

Continuar lendoFAPEPI e CNPq lançam edital PDCTR no Piauí

FAPEPI recebe visita de representantes do IFPI

Nesta quarta-feira (21) a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí FAPEPI recebeu a visita de cortesia de representantes do Instituto Federal do Piauí (IFPI).

A reunião contou com a participação do atual reitor do IFPI, prof. Dr. Paulo Henrique Gomes, reitor eleito, prof. Dr. Paulo Borges, professor Odimógenes Soares, Diretor Geral do Campus Floriano e professor Magno da Silva, do mesmo campus.

Participaram também da reunião o presidente da FAPEPI, professor Antonio Amaral, a diretora Técnico-Científico da Fundação, Valtéria Alvarenga, o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Ciro Sá e o diretor Administrativo Financeiro, Ernaldo Vale.

A visita tratou de apoios do governo do Estado, através da Fundação de Amparo, à projetos futuros que serão desenvolvidos no Instituto.

Continuar lendoFAPEPI recebe visita de representantes do IFPI

FAPEPI prorroga prazo de inscrição no Programa de Apoio a Pós-Graduação (PAPG)

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:19 de julho de 2021
  • Reading time:2 mins read

Nessa segunda-feira (19), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), divulgou a prorrogação do edital 005/2021 – PROGRAMA DE APOIO A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU (PAPG), e o novo cronograma de execução das atividades.

O novo cronograma foi anunciado, pois o site da Fapepi estava em manutenção, o que impossibilitou a inscrição de participantes através do sistema sigfapepi. Visando sanar os transtornos ocasionados, o novo prazo de submissão de propostas no sistema Sigfapepi vai até às 23h59 do dia 26 de julho.

O objetivo do edital é conceder por meio de cotas institucionais, bolsas de pós-graduação stricto sensu (doutorado e mestrado), para garantir e ampliar a qualidade dos Programas de Pós-Graduação (PPGs) sediados no Piauí, além de desenvolver um ambiente de interiorização e consolidação  dos programas aprovados pela CAPES, e que contribuem para promover o aprimoramento de recursos humanos em nível de mestre ou de doutor, atendendo aos objetivos e metas da Política de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Piauí e aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Para mais informações acesse o link.

Continuar lendoFAPEPI prorroga prazo de inscrição no Programa de Apoio a Pós-Graduação (PAPG)

FAPEPI realiza cerimônia de posse da nova Diretora Técnico-Científica

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:16 de julho de 2021
  • Reading time:4 mins read

Hoje pela manhã, ocorreu a cerimônia virtual de posse da nova diretora técnico-científica da FAPEPI, profa. dra. Antônia Valtéria Melo Alvarenga. Sua formação inclui: Pós-doutorado em Direito pela Università degli Studi de Messina – Itália; Pós-doutorado em História pelo PNPD-CAPES; Doutorado em História Social pela Universidade Federal Fluminense e doutoranda em Direito pela Universidad Lomas de Zamora-AR. Possui Mestrado em Educação, área de concentração Docência Superior e Graduação em História e Direito. Atualmente é professora adjunta da Universidade Estadual do Piauí e da Universidade Estadual do Maranhão. É líder dos grupos de pesquisa Estado, Poder e Política (UESPI) e História e Políticas Públicas (UEMA).

Como consta no regimento interno da FAPEPI, compete ao Diretor Técnico-Científico, dentre outras, as seguintes atribuições: 

Acompanhar e avaliar a execução das atividades técnico-científicas, identificando os acertos e erros e o alcance dos objetivos e metas programadas; Administrar a concessão de bolsas, auxílios e subvenções; Encaminhar aos consultores “ad hoc” as propostas de apoio às atividades de pesquisa, capacitação de recursos humanos e a realização de eventos; Orientar o Conselho Técnico-Administrativo na elaboração do plano de trabalho da FAPEPI; Manter intercâmbio com entidades governamentais e não-governamentais, nacionais ou estrangeiras, objetivando viabilizar o fomento da pesquisa em ciência e tecnologia do Estado; Propor estratégias de apoio às atividades de ciência e tecnologia; Participar como membro nato das reuniões do Conselho Técnico-Administrativo; Pronunciar-se, fundamentalmente, nos processos a serem submetidos à decisão do Presidente, quando for o caso; Propor normas e procedimentos operacionais que disciplinem e orientem a gestão e execução de natureza técnicas e científicas; Executar outras atividades inerentes a sua área de competência.

Cerimônia virtual de posse através da plataforma de Webconferência – RNP.

Estiveram presentes na solenidade:

O presidente da FAPEPI, Antônio Cardoso do Amaral; o reitor da UESPI, Evandro Alberto de Sousa; o reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes de Lima; a pró-reitora de Pós-Graduação da UFPI, Profa. Dra. Regilda Saraiva; o coordenador de pesquisa da UESPI, Professor Dr. Pedro Pio Fonteneles; Professor Dr. Baldomero Antonio Kato da Silva, representando o Pró-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação da UFDPAR; Professora Ailma, pró-reitora de Pesquisa e pós-graduação da UESPI, que também representa o Conselho Superior da FAPEPI; o secretário de educação de Teresina, Nouga Cardoso; Professor Marcelo Neto, representante da EDUESPI; o presidente da Academia de Ciências, professor Arimatéria Dantas, ex-reitor da UFPI; e membros da atual diretoria; pesquisadores da UESPI, da UEMA e funcionários da FAPEPI.

A professora Antônia Valtéria conta que se sente muito contente e ao mesmo tempo desafiada, e que espera a oportunidade de contribuir para a construção de um mundo melhor, de um estado que enxergue no conhecimento científico a possibilidade de superação de muitos dos seus problemas. “Estou contente com o significado para minha vida profissional que o convite para a função de Diretora Técnico-Científica da FAPEPI representa, e desafiada, pois sei que hoje, mais do que em qualquer outro momento, a ciência e a tecnologia precisam mostrar sua importância para desenvolvimento social e inclusivo de todos os povos. Então temos que entender nosso papel nessa missão e trabalhar com finalidade”, conta a professora.

Confira o vídeo da Cerimônia completa.
Continuar lendoFAPEPI realiza cerimônia de posse da nova Diretora Técnico-Científica

CNPq lança chamada de bolsas de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:23 de junho de 2021
  • Reading time:2 mins read

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lança chamada para concessão de bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT). O investimento total para essa seleção é de R$ 13,8 milhões. 

O objetivo das bolsas DT é valorizar pesquisadores que possuam clara participação em atividades de desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora, associadas a uma prática regular e adequada de publicação cientifica dos resultados de seus trabalhos. Para essa seleção, é necessária a atuação nas seguintes áreas tecnológicas: Tecnologias Médicas e da Saúde, Tecnologias Agrárias; Biotecnologia, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Tecnologias Sociais e Educacionais, Tecnologias Digitais, Tecnologias de Materiais, Tecnologias de Produção Industrial e de Serviços e Energia.

A bolsa Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora é concedida em duas categorias. Para bolsas da categoria 1, é necessário ter, no mínimo, oito anos de doutorado completos até dezembro de 2021 ou experiência de pelo menos dez anos em atividades de desenvolvimento tecnológico, extensão inovadora ou transferência de tecnologia. Para a Categoria 2, o candidato deverá possuir, no mínimo, três anos de doutorado completos até dezembro de 2021 ou experiência de pelo menos cinco anos em atividades de desenvolvimento tecnológico, extensão inovadora ou transferência de tecnologia.

O prazo para submissão das propostas vai até o dia 31 de julho. O resultado preliminar está previsto para 07 de dezembro de 2021.Veja aqui a chamada na íntegra.

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq lança chamada de bolsas de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora

FAPEPI divulga resultado final do TECNOVA II

O edital FAPEPI/FINEP/FNDCT 001/2021 para obtenção de subvenção econômica à inovação – Tecnova II, divulgou hoje (15) o resultado final do certame. Foram contemplados 14 projetos.

O objetivo da chamada é apoiar, através de concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores – novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado nacional) – de empresas piauienses para o desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública estadual de inovação.

A Chamada quer promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do Estado do Piauí e assim, objetiva apoiar projetos de inovação, que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.

Para saber mais acesse o link.

Clique aqui para acessar o Resultado.

Para saber mais entre em contato através do e-mail: fapepi.ddct@gmail.com.

Continuar lendoFAPEPI divulga resultado final do TECNOVA II

Piauí desenvolve técnica de diagnóstico de covid-19

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:24 de junho de 2021
  • Reading time:3 mins read

Uma nova técnica de diagnóstico de covid-19, a partir de imagens de tomografia computadorizada, está sendo desenvolvida por uma equipe de pesquisadores piauienses, ligados aos campi da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), em Teresina, Picos e Simões. A metodologia foi apresentada em artigo, assinado pelos pesquisadores, “Diagnóstico COVID-19 em imagens de tomografia computadorizada usando CNN para extrair recursos e vários classificadores”.

O artigo, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), foi elaborado pelos professores Antônio Oseas de Carvalho Filho e Alcilene Dalília de Sousa – ambos da Ufpi Picos – e Ricardo de Andrade Lira Rabúlo, da Ufpi Teresina. Dois alunos também assinaram o artigo: Edelson Damasceno Carvalho, aluno do curso de Sistemas de Informação, na Ufpi Simões; e Edson Damasceno Carvalho, mestrando em Engenharia Elétrica, na Ufpi Picos. O estudo se refere a uma metodologia baseada num extrator de recursos treinável, usando a CNN e vários classificadores, extraídos em uma base de imagens pública.

Ainda segundo Antônio Oseas, a nova técnica de diagnóstico de covid-19, a partir de tomografia computadorizada, se baseia no uso das técnicas de Redes Neurais Convolucionais (CNN), que permitiu extrair, computar atributos, que são números que fornecem características das imagens. “Com esses números, as técnicas de classificação, que são esses múltiplos classificadores que nós aplicamos aí, eles conseguem adquirir e conseguem padronizar categorias”, explicou o professor.

Resultados promissores

“É o que nos permite fazer a classificação automática, utilizando essas técnicas”, prosseguiu Antônio Oseas. “Nossos resultados foram bem promissores, para essa base de imagens públicas.” O artigo descreve que os resultados mostram uma precisão de 97,88%, recall de 97,77%, a precisão de 97,94%, f-score de 0,978, AUC de 0,977 e índice kappa de 0,957. Os resultados mostram que a metodologia pode ser utilizada como sistema CAD – Projeto/Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design) – para auxiliar no diagnóstico da covid-19.

De acordo com o professor, “o intuito de nossos métodos nunca vai ser substituir o médico, mas sim atuar como uma espécie de segunda opinião ou como uma forma de triagem de pacientes”. “A nossa metodologia é utilizando técnicas de visão computacional, especificamente, técnicas de processamento de imagem, em conjunto com técnicas de Machine Learning, especificamente, técnicas de aprendizado profundo”, detalha. “Esse método computacional atua dessa forma, como uma segunda opinião.”

Antônio Oseas discorreu sobre a importância científica do trabalho: “claro que não é um resultado que vá revolucionar o mundo, mas é um indicativo que nós, aqui no Piauí, estamos produzindo tecnologia de ponta, de qualidade e que temos tudo pra ir mais além”. É um trabalho que pode contribuir para resolver o principal problema com esse método, que depende do especialista para analisar as imagens da tomografia computadorizada, já que o processo é repetitivo, demorado e cansativo para o especialista.

Continuar lendoPiauí desenvolve técnica de diagnóstico de covid-19

FAPEPI e Seplan divulgam resultado parcial de edital de Apoio Técnico

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) torna público o resultado parcial do Edital Nº 003/2021 – FAPEPI/SEPLAN-CEPRO, que faz parte do Programa Bolsa de Apoio Técnico (PBAT). 

O resultado pode ser visualizado clicando aqui.  A interposição de recursos acontece entre os dias 26 e 27 de maio. 

A chamada tem por objetivo promover a produção de conhecimentos, transferência tecnológica e a inovação em prol do desenvolvimento do estado do Piauí e busca conceder apoio financeiro na modalidade de Bolsa de Apoio Técnico de Nível Superior, vinculada ao Programa de Produção de Informações, Pesquisas e Estudos Para o Desenvolvimento Sustentável com Inclusão Social no Piauí.

Esclarecimentos e informações sobre o conteúdo desta Chamada devem ser obtidos pelos endereços eletrônicos: dtc.fapepi@gmail.com, regina@fapepi.pi.gov.br; lara@fapepi.pi.gov.br.

Continuar lendoFAPEPI e Seplan divulgam resultado parcial de edital de Apoio Técnico

FAPEPI e UESPI definem acordo de cooperação em ensino e pesquisa

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:3 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí (FAPEPI) participou hoje de reunião com representantes da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) para a celebração de acordo de cooperação para implementar melhorias e fortalecer o ensino e a pesquisa na universidade, bem como aumentar a qualificação profissional de seus integrantes, com foco em seus programas de pós-graduação, com apoio da FAPEPI.

Foi deliberado na reunião o acordo de cooperação, em caráter técnico e científico, com parceria de concessão de recursos para apoio emergencial de estudos com o tema covid-19, além de apoio anual para bolsas de produtividade científica. Foram pontuadas também, as principais questões no que diz respeito ao incentivo científico na universidade e por onde a cooperação pode iniciar. A reunião ocorreu através de plataforma on-line e contou com a participação do presidente da FAPEPI, o prof. Antônio do Amaral, da diretora Técnico-científica, profa. Eliana Abreu, do diretor de Inovação Tecnológica, prof. Ciro Sá, da assessora jurídica Dra Mariana Matos, do reitor da UESPI, prof. Evandro Alberto, da vice-reitora, Profa. Rosineide Candeia, da Profa. Ailma do Nascimento, Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UESPI, e a Assessora Jurídica, Profa. Fábia Viana.

“Para nós, é interessante que se crie uma política de metas que faça avançar os programas de pós-graduação da UESPI, que ainda são poucos, que melhore também a qualidade e o número de pesquisadores, tornando a universidade mais produtiva e competitiva”, conta o presidente da FAPEPI.

Atualmente, a UESPI é contemplada através de programas as pesquisas e projetos de seus alunos e professores através de instituições como Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível (CAPES), como por exemplo o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), e o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT). 

Este acordo de cooperação é fruto de uma reunião anterior entre as duas instituições, realizada em 26 de fevereiro. Provocada pelo reitor e pelo presidente, a reunião teve o intuito de estreitar laços e retomar algumas parcerias de anos anteriores voltadas para apoio aos programas de qualificação a nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado e para a melhoria do conceito dos programas de Pós que já existem, como para ensejar o surgimento de novos programas.

“Objetivamos apoiar a pesquisa no Piauí e, em particular, apoiar nossos pesquisadores, apoiar projetos de pesquisas que podem trazer grandes transformações para a sociedade e para o Estado e por isso é fundamental esse contato com a FAPEPI. Temos a certeza de que essa parceria irá promover um incentivo a mais para nossos pesquisadores e, consequentemente, nossa UESPI irá apresentar um número cada vez maior de pesquisas, porque além do ensino e extensão, nossa comunidade faz pesquisa de qualidade e de reconhecimento”, finaliza o reitor.

Continuar lendoFAPEPI e UESPI definem acordo de cooperação em ensino e pesquisa