Abertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Inovação

  • Post author:
  • Post category:EditaisNotícia
  • Post last modified:24 de agosto de 2021
  • Reading time:7 minuto(s) de leitura

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançaram a sétima edição do Prêmio Nacional de Inovação, com patrocínio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). O Prêmio destina-se às empresas industriais, aos pequenos negócios de todos os setores e aos ecossistemas de inovação de todo o território nacional. As inscrições poderão ser realizadas por meio do site do Prêmio até o dia 02 de outubro. O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) é parceiro institucional do Prêmio.

Os vencedores serão anunciados no dia 08 de março de 2022. A premiação inclui participação em duas imersões em ecossistemas de inovação, sendo uma nacional e outra internacional, além de vagas no curso de Master in Business Innovation (MBI) do SENAI. Devido à pandemia da covid-19, o processo de avaliação será feito online e a etapa de validação, que antes era realizada por meio de visitas in loco nas instalações dos semifinalistas, será feita de forma virtual.

Para a diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gianna Sagazio, é importante reconhecer a importância do trabalho de pesquisa, desenvolvimento e inovação que tem sido feito pelas empresas, principalmente nesse período da pandemia.

“Temos a oportunidade de mostrar que a inovação é a chave para a retomada do crescimento do país. E premiar essas práticas é uma forma de incentivar as empresas a continuarem buscando novas tecnologias, além de compartilhar essas experiências que têm dado certo. A inovação é o caminho para o crescimento do país”, afirma.

Gianna Sagazio, diretora de Inovação da CNI

As empresas irão concorrer nas categorias de Inovação em Produto, Processo, Sustentabilidade e Gestão da Inovação. No momento da inscrição, as empresas deverão preencher um cadastro que é obrigatório e aquelas que desejarem concorrer, também, na categoria Gestão da Inovação devem concordar em participar e responder um questionário adicional. Além das categorias apresentadas acima, as empresas concorrem a um reconhecimento para as práticas inovadoras em Saúde e Segurança no Trabalho (SST), que poderá ser concedido para uma empresa finalista em cada modalidade.

De acordo com o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, o Prêmio é uma excelente oportunidade para os pequenos negócios mostrarem o quanto conseguiram inovar em um momento tão crítico da economia e para os Ecossistemas demostrarem como estão conseguindo atuar em rede e unidos para apoiar cada vez mais o Brasil.

“Temos discutido bastante sobre o que são Ecossistemas de Inovação e como eles são importantes para o estabelecimento de empresas mais inovadoras. Nesse sentido, a existência de um prêmio que revele os esforços existentes em todo o Brasil, é muito importante para a retomada da economia do país”, destacou.

Bruno Quick, diretor técnico do Sebrae

Nesta sétima edição, uma das novidades é a categoria destinada aos Ecossistemas de Inovação, que irá premiar redes de cooperação locais, que integram organizações da hélice tripla e que têm a inovação como elo. Também há novidades relacionadas à atualização do Manual de Oslo que impactam o regulamento. No ato da inscrição, todas as empresas devem preencher um questionário obrigatório sendo possível concorrer simultaneamente às categorias de inovação em produto, processo e sustentabilidade. Caso haja interesse na candidatura à de Gestão da Inovação, é preciso preencher um questionário adicional.

Sobre o Prêmio Nacional de Inovação:

O Prêmio Nacional de Inovação é voltado para a indústria, com exceção dos pequenos negócios, que podem ser do setor industrial, de comércio, de serviço ou agronegócio. Não é necessário inscrever um projeto específico de inovação para cada categoria. A empresa se inscreve uma única vez e é avaliada como um todo, podendo ser selecionada em mais de uma categoria ou subcategoria. No entanto, é preciso que as inovações desenvolvidas tenham acontecido, no máximo, nos últimos dois anos e estejam implantadas no momento da inscrição.

Desde 2011, foram realizadas seis edições que, somadas, tiveram 11.300 inscritos, reunindo empresas de todos os portes e do país inteiro. A última edição, realizada em 2019, contou com a participação de 1.746 empresas. Destas, 26 foram finalistas e 15 vencedoras. Para a edição 2021/2022, espera-se um crescimento de 20% no número de inscrições, levando em consideração a nova categoria voltada aos Ecossistemas de Inovação.

O Prêmio Nacional de Inovação é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e é realizado pela CNI e o Sebrae, com o patrocínio exclusivo da FINEP e em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL). A premiação visa contribuir no processo de aprendizado, auxiliando empresas e ecossistemas de inovação a identificarem seus pontos fortes e oportunidades de melhorias em inovação.

Conheça mais sobre as categorias do Prêmio Nacional de Inovação:

  • Gestão da Inovação: contempla organizações que, por meio da implementação de processos, métodos, técnicas e ferramentas produziram um ambiente profícuo à geração de inovações. A avaliação identifica, simultaneamente: (1) o nível da capacidade de inovação, em função da aderência a um conjunto de fundamentos; e (2) o grau de resultados efetivos obtidos pela organização.
  • Inovação em Produto: avalia a introdução de novos bens e serviços ou significativamente melhorados, em termos de suas características ou usos previstos, que proporcionaram positivos impactos ao negócio.
  • Inovação em Processos: avalia implementação de métodos de produção e/ou métodos de distribuição novos ou significativamente melhorados, que proporcionaram impactos positivos ao negócio.
  • Inovação em Sustentabilidade: avalia introdução de inovações que preservaram o meio ambiente e/ou que proporcionaram benefícios sociais.
  • Ecossistemas de Inovação: avaliação contempla o fortalecimento do ecossistema de inovação por meio da demonstração do esforço realizado, dos resultados obtidos, dos impactos gerados e da evolução da rede, nos últimos dois anos.

Para mais informações sobre o Prêmio, acesse: www.premiodeinovacao.com.br

Continuar lendoAbertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Inovação

Inscrições abertas para Vestibular em Administração na Universidade Aberta do Piauí (UAPI)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:24 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por intermédio do Núcleo de Educação à Distância (NEAD) e Pró Reitoria de Ensino e Graduação (PREG) da Universidade Aberta do Piauí (UAPI) lançou edital ofertando vagas para o curso de bacharelado em Administração. 

O prazo para realizar as inscrições começou neste domingo (22) e encerrará às 23h59 do dia 12 de setembro de 2021. As inscrições devem ser realizadas no site do NEAD ou através do site do NUCEPE. Serão ofertadas 3.150 vagas para 63 polos.

Atualmente a UAPI está presente em 120 municípios e tem mais de 7.000 alunos espalhados pelo estado. Este é um programa de ensino voltado para o desenvolvimento da modalidade de educação a distância com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no Piauí, por meio de estratégias de inovação tecnológica. 

A solenidade de lançamento desta etapa de ampliação foi realizada na última terça-feira (17). Na ocasião, estiveram presentes o governador do Piauí, Welington Dias, o ex-presidente do Brasil Luís Inácio Lula da Silva, o reitor da UESPI Evandro Alberto, a Coordenadora Geral da UAPI, Professora Ana Angélica Costa, além de outros representantes do Estado e Administração Superior.

A instituição tem como base o uso do Canal Educação e está integrada ao Sistema de Universidade Aberta do Brasil (UAB) e credenciadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES). O Núcleo de Educação a Distância (NEAD) é a instituição responsável pelo projeto e funcionamento da UAPI- atuando em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (FAPEPI)- se comprometendo junto ao governo do Estado do Piauí, ampliar o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade a todos os municípios.

Fonte: Assessoria de Comunicação – UESPI

Continuar lendoInscrições abertas para Vestibular em Administração na Universidade Aberta do Piauí (UAPI)

CAPES disponibiliza mais 50 mil vagas para Curso ABC

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:19 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) abriu mais 50 mil vagas para o Curso on-line Alfabetização Baseada na Ciência (ABC). Essa é uma nova oportunidade para profissionais que atuam na alfabetização e estudantes de licenciatura participem do projeto. As novas vagas já estão abertas e as inscrições começaram nesta segunda-feira, 16, no Ambiente Virtual do MEC (Avamec).

Cláudia Queda de Toledo, presidente da CAPES, frisa que essa capacitação é um “compromisso do governo brasileiro com os nossos atuais e futuros professores”. A gestora explica que o curso vem para garantir o sucesso dos alunos na leitura e na escrita desde o início da aprendizagem infantil: “com certeza teremos brasileiros mais bem formados para o exercício da cidadania”.

Para Carlos Nadalim, secretário de Alfabetização do MEC e coordenador-geral do Curso ABC, a quantidade de inscritos “nessa sólida formação” demonstra “como nossos profissionais de alfabetização estão ávidos para aprimorar seus conhecimentos e oferecer o melhor ensino às crianças brasileiras”.

Aos mais de 200 mil inscritos, o Curso ABC já entregou 14 capítulos teóricos do Manual ABC e quatro módulos do Manual ABC na Prática: Construindo Alicerces para a Leitura. Os interessados que aderirem agora à formação terão acesso a todo o conteúdo já disponível.

Curso ABC
Com mais de 5,18 milhões de visitas, o Curso ABC é a segunda formação mais acessada no Avamec. Parte do Programa Tempo de Aprender, o curso é resultado da parceria entre a CAPES, a Secretaria da Alfabetização do MEC (Sealf) e as instituições portuguesas: Universidade do Porto, Instituto Politécnico do Porto e a Universidade Aberta de Portugal (UAb).

Fonte: Redação – CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES disponibiliza mais 50 mil vagas para Curso ABC

TCU abre inscrições para Webinário sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:31 de agosto de 2021
  • Reading time:6 minuto(s) de leitura

A partir da próxima quarta-feira (25) acontecerá o Ciclo de Debates sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, através da modalidade online. O webinário é organizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e contará com a participação no primeiro dia do ciclo de debates, a Ministra Ana Arraes (Presidente TCU); o Ministro Marcos Pontes (MCTI) e Leonardo Albernaz (Secretário-Geral de Controle Externo TCU) para abertura do evento, às 9h.

O prazo para inscrição no webinário será até o dia 25 de agosto, com o número de participantes limitado à 5 mil vagas. O evento ocorrerá nos dias 25 a 27 de agosto, a partir das 9h até 12:30, através do Youtube. Acesse o link para realizar a inscrição.

O primeiro painel do ciclo trata sobre os motivos que justificaram as alterações no arcabouço normativo relacionado a CT&I, tais como baixo desempenho do país nos indicadores de inovação e a dificuldade de implementação das disposições da Lei 10.973/2004, e discutir sobre a mudança de paradigma a partir do Marco Legal de Inovação (princípios, papel do Estado, relação entre ICTs e entes privados, propriedade intelectual, transferência e difusão tecnológica). E contará como palestrante: Cândida Oliveira (Gerente Executiva CNI); Rafael Navarro (Presidente ANPEI); Helena Nader (UNIFESP/SBPC/ABC); Igor Nazareth (Diretor de Planejamento e Relações Institucionais Embrapii).

O segundo painel do ciclo de debates abordará a insegurança jurídica e os efeitos sobre a aplicabilidade do Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, e que busca tratar da fragmentação normativa e de outras falhas na organização e consolidação das normas infradecreto que geram dificuldades para aplicação do Marco Legal de Ciência, Tecnologia e inovação; diferentes entendimentos sobre a aplicação do arcabouço normativo pelos diversos agentes/órgãos e iniciativas em curso visando mitigar esses problemas, como as melhorias ocorridas com a publicação do Decreto 9.283/2018. Os palestrantes serão: Bruno Portela (Secretário Especial Adjunto Sepec/ME); Leopoldo Muraro (Procurador-Chefe CNPq); Paulo Alvin (Secretário Sempi/MCTI); Vitor Monteiro (Advogado Finep).

No segundo dia (26), o webinário trará como tema a “Relação entre Governo, Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICTS) e setor privado, com a participação dos palestrantes: Sílvio Meira (Fundador Porto Digital); Cristina Assimaloupoulos (Advogada Vale); Helena Nader (UNIFESP/SBPC/ABC) e Cristiane Rauen (Coordenadora Embrapii). o Segundo painel do dia deve abordar os “Instrumentos de estímulo à inovação nas empresas – fragilidades e potencialidades”, e deve levantar informações sobre dificuldades para utilização dos instrumentos previstos no MCLTI para financiar a inovação (subvenção econômica, bônus tecnológico, incentivos fiscais, fundos de investimento, encomenda tecnológica etc); desafios para ampliar o financiamento privado e a importância desses mecanismos para induzir a inovação no país. Os palestrantes deste painel serão: Hudson Mendonça (Chefe do Departamento de Apoio a Projetos Inovadores – Finep); Fernanda De Negri (Pesquisadora Ipea); Isabela Brod (Gerente de Inovação – BNDES); Jorge Almeida (Diretor-Presidente Embrapii); e Rafael Lucchesi (Diretor-Geral Senai).

No terceiro dia (27), o ciclo contará na abertura do último dia de evento com a participação do Ministro Marcos Pontes (MCTI) e do Ministro Augusto Nardes (Relator-TCU Universidades), e deve trazer como tema central “os entraves para o uso do poder de compra do Estado como um instrumento de estímulo à inovação no país. Como construir um controle para tratar do risco tecnológico?”. Os palestrantes são: André Rauen (Pesquisador Ipea); Ludmila Meira Maia Dias (Procuradora-Chefe Adjunta da Procuradoria Federal junto à UFMG); Lara Brainer (Diretora Central de compras ME) e Rafael Fassio (Procurador do Estado de São Paulo). E o último painel do evento abordará o tema referente à “Prestação de contas – Desafios enfrentados e o papel dos órgãos de controle. Este último painel objetiva a flexibilização introduzida pelo Marco Legal de CT&I e pela assimilação das novas regras pelas principais agências de fomento à inovação (Finep, Capes e CNPq); desafios enfrentados por essas instituições no monitoramento, avaliação e análise da prestação de contas; dificuldades enfrentadas pelos pesquisadores e entidades para prestar contas às agências de fomento; atuação dos órgãos de controle quanto às peculiaridades da prestação de contas na área de CT&I. Os palestrantes são: Rafael Dubeux (Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação/Prefeitura da Cidade do Recife); Marcelo Gomes Meireles (Secretário Sefip/MCTI), a confirmar; Fernando Peregrino (Presidente Confies); Evaldo Vilela (Presidente CNPq) e Anderson Lozi (Diretor de Gestão Capes).

Para mais informações acesse o link. Confira abaixo os links de cada dia do ciclo de palestras:

Primeiro dia (25)

Segundo dia (26)

Terceiro dia (27)

Fonte: Ascom

Continuar lendoTCU abre inscrições para Webinário sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação

Empresas piauienses participam de Rodada de Negócios online

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:23 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

As empresas piauienses qualificadas pelo Programa de Qualificação para Exportação – PEIEX estão participando da 1ª Ação de Exportação – Modelo Online Edição Norte, Nordeste e Centro Oeste, um evento online promovido pela Apex-Brasil e o Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais Importadoras e Exportadoras (CECIEx), que teve início hoje, 16 de agosto e tem programação até o dia 19 de agosto. Os encontros estão acontecendo de forma remota através de uma plataforma virtual de rodadas de negócio contratada pela Apex-Brasil, chamada My Business Matches.

A Ação de Exportação é uma atividade implementada pela Coordenação de Qualificação do PEIEX, no formato de Rodada de Negócios entre empresas associadas e comerciais exportadoras. Trata-se da última etapa a ser desenvolvida com as empresas participantes do PEIEX e oferecer uma oportunidade para as empresas qualificadas colocarem em prática as orientações recebidas ao longo da qualificação, além de ser um meio importante para se receber feedbacks e sugestões de compradores no comércio internacional.

Entre as empresas participantes da 1ª Ação de Exportação foram escolhidas as que já tenham finalizado o atendimento PEIEX ou estejam em processo de finalização.

Empresas piauienses participantes da 1ª Ação de Exportação em 2021

Nessa etapa do programa, as empresas participantes através das qualificações oferecidas pelos Técnicos Extensionistas e pelas qualificações da Apex-Brasil já possuem conhecimentos imprescindíveis para a exportação tais como: noções iniciais de comércio exterior; conhecimento sobre exportação indireta e o papel da trading/comercial exportadora nessa operação; noções sobre como negociar com uma trading/comercial exportadora; conhecer o Radar Comercial e saber como dar entrada em um código SH (NCM) que identifique os produtos da empresa; ter noções sobre como preparar materiais de apresentação e de comunicação de seus produtos para o mercado internacional entre outros.

Podemos observar no gráfico abaixo o percentual de distribuição por setor produtivo das empresas que estão participando da 1ª Ação de Exportação:

Proporção das empresas participantes por setor produtivo.

Espera-se que a 1ª Ação de Exportação ofereça às empresas a oportunidades reais para fechamento de negócios  internacionais além de ser uma excelente chance de receber sugestões de melhorias na apresentação dos produtos, nas embalagens e nos materiais de comunicação voltados ao mercado internacional.

Agenda da 1ª Ação de Exportação:

Dia 16/08 (10h às 11h):

  • Evento de abertura;

Dias 17, 18 e 19/08 (Das 09h às 13h)

  • Reuniões individuais entre empresas e comerciais exportadoras.
Continuar lendoEmpresas piauienses participam de Rodada de Negócios online

FAPEPI realiza solenidade de outorga do Programa Tecnova II

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:18 de agosto de 2021
  • Reading time:2 minuto(s) de leitura

Nesta terça-feira (17), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) realizou a solenidade de outorga dos contemplados pelo programa Tecnova II. O evento ocorreu através da plataforma online do RNP, às 11h, e as empresas piauienses contempladas pelo edital receberão apoio financeiro na forma de subvenção econômica, de até R$ 200.000,00.

O edital Tecnova II é uma parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O objetivo é apoiar financeiramente o desenvolvimento de produtos – sejam eles bens ou serviços e/ou processos inovadores – novos ou aprimorados de maneira significativa, que sirvam pelo menos para o mercado nacional, de empresas piauienses, de modo a auxiliar no desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública estadual de inovação. 

O Tecnova II busca promover, em conjunto, um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do estado do Piauí. Assim, a presente chamada objetiva apoiar projetos de inovação, que envolvam considerável risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.

O evento de solenidade contou com a participação de Ciro de Sá, Diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI (DDTC), além das empresas selecionadas pelo edital: Hospital de Otorrinolaringologia do Piauí LTDA; Instituto Brasileiro de Otorrinolaringologia S/S LTDA; Mb Cosmeticos LTDA; Expresso Ribeiro Paulistana LTDA; Biotec Indústria de Produtos Químicos Inorgânicos LTDA; Tartigrado Tecnologia LTDA; Castelo, Branco, Sousa & Soares LTDA; Laticinios Vale do Leite LTDA; Bipp Tecnologia LTDA; e a empresa L de O Saraiva LTDA.

Para mais informações acompanhe as redes sociais da FAPEPI ou através de nosso site. www.fapepi.pi.gov.br

Continuar lendoFAPEPI realiza solenidade de outorga do Programa Tecnova II

CAPES lança Prêmio CAPES/MINFRA para seleção de artigos científicos

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A CAPES e o Ministério da Infraestrutura (MInfra) lançaram a primeira edição do Prêmio CAPES/MINFRA de Excelência em Pesquisa em Infraestrutura. Os prêmios no valor total de R$100 mil, serão dados aos melhores artigos científicos sobre infraestrutura. Os interessados devem se inscrever até as 23h59 de 28 de setembro pelo link.

Cinco categorias são englobadas: governança, aviação civil, planejamento, ferrovias e sustentabilidade. As premiações serão de R$20 mil por trabalho, com recursos provenientes do MInfra. Os resultados estão previstos para serem publicados no Diário Oficial da União em novembro. A entrega do prêmio ocorrerá em dezembro.

“Esta parceria é importante para incentivar áreas de interesse vital para o crescimento do País. Com este prêmio a CAPES reconhece o esforço dos pesquisadores que trabalham pelo desenvolvimento do Brasil. A pesquisa precisa devolver benefícios e resultados à toda a sociedade”, afirma Cláudia Queda de Toledo, presidente da Fundação. 

A CAPES selecionará artigos aceitos ou publicados em periódicos de alto impacto. Para concorrer, é necessário possuir, no mínimo, título de mestre ou ser aluno matriculado em programa de pós-graduação stricto sensu em instituições de ensino e pesquisa reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Os trabalhos podem ser individuais ou em coautoria.

Esse é o primeiro de dois editais previstos em acordo de cooperação técnica firmado em agosto pela CAPES e pelo Ministério da Infraestrutura. O segundo será em 2023, também com R$100 mil em premiações. A parceria entre os órgãos foi estabelecida em março, com a assinatura de um protocolo de intenções para fomentar pesquisas cujo tema seja infraestrutura.

Informações adicionais podem ser obtidas  aqui.

Confira o edital.

Fonte: Redação – CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES lança Prêmio CAPES/MINFRA para seleção de artigos científicos

CNPq divulga novos prazos para submissão de proposta na Plataforma Integrada

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) informa o restabelecimento da Plataforma Integrada Carlos Chagas (PICC) nesta segunda-feira (16). Com o retorno da plataforma, as submissões de propostas às chamadas que estavam em andamento antes da indisponibilidade dos sistemas serão retomadas, com os prazos prorrogados, como já anunciado.

As propostas submetidas até o dia 23 de julho, quando iniciou a indisponibilidade, estão resguardadas. 

Seguem, abaixo, as novas datas para submissão de propostas. O novo cronograma completo será divulgado ao longo da semana.

CHAMADAS PÚBLICAS EM ANDAMENTOPrazo originalNovo prazo de submissão
Chamada Pública CNPq Nº 3/2021 – Bolsas de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora – DT31/07/202123/08/2021
Chamada Pública CNPq Nº 04/2021 – Bolsas de Produtividade em Pesquisa – PQ16/08/202108/09/2021
 Chamada Pública CNPq Nº 05/2021 – Bolsas de Produtividade em Pesquisa Sênior – PQ Sênior16/08/202108/09/2021
Chamada CNPq/MCTI Nº 06/2021 – Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 202120/08/202123/08/2021
Chamada Nº 08/2021 – CNPq/Fundação Oswaldo Cruz – Casa Oswaldo Cruz30/07/202123/08/2021
Chamada Nº 11/2021 CNPq/DECIV/SEPEF/MCTI – Terapias Avançadas19/08/202123/08/2021
Chamada Nº 12/2021 – ARC Eventos Científicos28/07/202123/08/2021
Chamada Nº 13/2021 CNPq/Petrogal Brasil S.A.25/07/202120/08/2021

A íntegra de todas as chamadas está disponível aqui.

Importante ressaltar que o prazo para indicação de novos bolsistas no mês de agosto também será prorrogado e uma nova data será comunicada em breve.

Lembramos que a Plataforma Lattes foi restabelecida na semana passada, conforme comunicado no dia 07 de agosto.

Qualquer dúvida, entrar em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 61 3211 4000 ou pelo e-mail atendimento@cnpq.br

Fonte: CNPq

Continuar lendoCNPq divulga novos prazos para submissão de proposta na Plataforma Integrada

Ministério da Saúde abre chamada para pesquisas em tuberculose

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de agosto de 2021
  • Reading time:4 minuto(s) de leitura

O Ministério da Saúde (MS) abre chamada pública para projetos de pesquisa em saúde pública com ênfase em tuberculose. A chamada apoia o Regional Prospective Observational Research in Tuberculosis (RePORT)-Brasil, rede observacional de estudos em tuberculose, fruto de parceria entre do Ministério da Saúde e o National Institutes of Health (NIH), dos Estados Unidos.

A parceria tem como objetivo avançar a compreensão atual da comunidade, fatores hospedeiros e microbianos que afetam os resultados de infecção por tuberculose e doença tuberculosa. Os participantes dos estudos incluirão adultos e crianças com ênfase particular em pessoas com HIV (PWH). Esta iniciativa facilitará o desenvolvimento de conhecimentos e ferramentas para melhorar a prevenção e os resultados do tratamento no nível individual e para informar as estratégias para reduzir a tuberculose no nível da saúde pública.

Dentro do MS, o Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit/SCTIE) e a Coordenação Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas (DCCI/SVS) são as áreas responsáveis por lançar, acompanhar e validar os resultados dessas pesquisas. A Diretora do Decit, Alessandra Siqueira, ressalta a importância da temática: “Para transformar a saúde pública do nosso país, não podemos esquecer de doenças tão importantes como as respiratórias, independente da pandemia. O nosso departamento tem muito orgulho de financiar pesquisas possam mudar esse desfecho”.

A proposta selecionada poderá receber US$ 1,0 milhão no ano fiscal de 2022, com previsão de execução de no máximo cinco anos. As seguintes áreas de pesquisa serão apoiadas:

Caracterização dos fatores de risco e epidemiologia molecular da TB-DR no Brasil;
Elucidação de estratégias para impactar a transmissão, incidência e prevalência de TB no Brasil, incluindo pesquisas de implementação, ou fatores que podem informar tais estratégias;
Desenvolvimento e/ou validação de novos diagnósticos e biomarcadores que predizem a progressão para TB ativa e os resultados do tratamento da TB ativa;
Mecanismos e marcadores de proteção da progressão da infecção para a doença;
Impacto e patogênese interativa das comorbidades de TB, como HIV ou diabetes.

Os projetos podem ser submetidos no site do NIH: PAR-21-304: Brazil Regional Prospective Observational Research in Tuberculosis (RePORT) (U01 Clinical Trial Not Allowed).

Parceria MS e NIH

Em 2014, foi assinada a Carta de Intenções entre o National Institutes of Health (NIH), o Ministério da Saúde (MS) e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), resultando na criação do Grupo de Trabalho em Saúde Pública. A Carta tem como objetivos: (1) apoio integrado a projetos de pesquisa envolvendo pesquisadores brasileiros e estadunidenses; (2) desenvolver parcerias e redes visando à colaboração em pesquisa básica, aplicada e clínica; (3) desenvolver pesquisa colaborativa translacional em parcerias e redes; (4) intercambiar material científico e informação; (5) facilitar e simplificar os requerimentos regulatórios e de inspeção; (6) coordenar, planejar e convocar encontros científicos, conferências, visitas a centros de pesquisa, consultas e capacitações.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Continuar lendoMinistério da Saúde abre chamada para pesquisas em tuberculose

CAPES lança edital para doutorado na Alemanha

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:12 de agosto de 2021
  • Reading time:3 minuto(s) de leitura

A CAPES e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) lançaram nesta quarta-feira, 11 de agosto, o Edital nº 11/2021, do Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha, também conhecido como Doutorado CAPES/DAAD. Serão concedidas até 45 bolsas, sendo até 10 pela Fundação e até 35 pelo DAAD, com  vigência entre quatro e 48 meses.

O prazo para concorrer a uma das vagas vai até as 17h de 30 de setembro. A candidatura deve ser feita pelo preenchimento de formulário de inscrição on-line na página do programa. A divulgação do resultado está prevista para fevereiro de 2022 e o início das atividades dos bolsistas em outubro do mesmo ano.

A mensalidade das bolsas da CAPES é de €1.300,00. Os benefícios para incluem passagens ou auxílio-deslocamento, auxílio-instalação, seguro-saúde, adicional de localidade (quando cabível) e auxílio-dependente. Ainda serão financiadas taxas acadêmicas e administrativas para os estudantes de doutorado pleno. Para orientadores brasileiros e alemães, serão pagas diárias e passagens ou auxílio-deslocamento. Os valores dos benefícios concedidos pela agência alemã seguem as normas daquele país, que podem ser conferidas nos links a seguir: Research Grants – Doctoral Programmes in Germany, Research Grants – Bi-nationally Supervised Doctoral Degrees / Cotutelle, e Research Grants – One-Year Grants for Doctoral Candidates.

Sobre o CAPES/DAAD
Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha é fruto de parceria entre a CAPES e o DAAD. Nele as Agências apoiam a formação de professores e pesquisadores de alto nível estimulando a cooperação acadêmica e o intercâmbio científico entre o Brasil e a Alemanha, contribuindo para a mobilidade entre universidades alemãs e brasileiras.

Confira o edital, o anexo III e o Termo de Outorga.

Fonte: Redação – CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES lança edital para doutorado na Alemanha