Inscrições abertas para Chamada pública ERC/CONFAP/CNPQ 2022

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:30 de setembro de 2022
  • Reading time:4 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) convidam pesquisadores do Brasil a buscar colaborações de pesquisa com pesquisadores doutores já apoiados por subsídios do Conselho Europeu de Pesquisa (ERC) financiados pela UE. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), receberá as propostas das candidaturas elegíveis no estado do Piauí, e apoiará com suporte financeiro para a viagem de intercâmbio do pesquisador. O prazo máximo para submissão de propostas será até dia 15 de dezembro de 2022.

A chamada é lançada a partir dos acordos de implementação estabelecidos entre a Comissão Europeia e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) para fornecer oportunidades de pesquisa na Europa para pesquisadores brasileiros, assinado em 13 de outubro de 2016. A chamada também é resguardada pelo Acordo Administrativo entre a Comissão Europeia, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), referentes aos mecanismos de apoio à cooperação UE-Brasil em atividades de pesquisa e inovação, assinados em 19 de novembro de 2021. 

Os pesquisadores elegíveis do Brasil

Podem submeter propostas os pesquisadores ativos no Brasil, detentores de título de doutorado, que estejam implementando atividades de pesquisa dentro de universidades, institutos ou centros de pesquisa brasileiros.

Os projetos financiados pelo ERC, buscando acolher os pesquisadores brasileiros, cobrem uma vasta gama de áreas científicas e foram selecionados pela Comissão Europeia e pelo ERC, nos seguintes painéis de avaliação:

  • Biologia Molecular e Estrutural e Bioquímica
  • Genética, Genômica, Bioinformática e Biologia de
  • Sistemas
  • Biologia Celular e do Desenvolvimento
  • Fisiologia, Fisiopatologia e Endocrinologia
  • Neurociências e Distúrbios neurais
  • Imunidade e Infecção
  • Ferramentas Diagnósticas, Terapias e Saúde Pública
  • Biologia Evolutiva, Populacional e Ambiental
  • Ciências da vida aplicadas e biotecnologia não médica
  • Matemática
  • Constituintes Fundamentais da Matéria
  • Física de matéria condensada
  • Ciências Químicas Físicas e Analíticas
  • Química Sintética e Materiais
  • Ciência da Computação e Informática
  • Engenharia de Sistemas e Comunicação
  • Engenharia de Produtos e Processos
  • Ciências do Universo
  • Ciência do Sistema Terrestre
  • Mercados, Indivíduos e Instituições
  • Instituições, Valores, Crenças e Comportamento
  • Meio Ambiente, Espaço e População
  • A mente humana e sua complexidade
  • Culturas e Produção Cultural
  • O estudo do passado humano
  • Sinergia

Os pesquisadores elegíveis deverão acessar o portal on-line, disponível no link, para realizar as inscrições e envio dos documentos exigidos no edital. 

Acesse aqui as Diretrizes da FAPEPI para submissão de propostas.

Para mais informações, assistência e suporte entre em contato através do e-mail disponível.

Mais informações sobre “equipes do ERC abertas ao mundo” acesse o link disponível.

Continuar lendoInscrições abertas para Chamada pública ERC/CONFAP/CNPQ 2022

Centelha II Piauí divulga resultado preliminar de ideias aprovadas na Fase 1

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:23 de setembro de 2022
  • Reading time:3 mins read

O Programa Centelha Piauí, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada no Piauí pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (FAPEPI), divulgou nesta sexta-feira (23) as 200 propostas de negócio aprovadas para a fase 2.

Confira o resultado final clicando aqui.

Como funciona

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

No endereço eletrônico, no qual é possível obter mais informações sobre o programa e seu edital detalhado em todos os estados.

Próximos Passos

Na segunda fase os 200 proponentes que foram selecionadas deverão, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 100 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.

O Programa Centelha contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no Piauí, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o Programa Centelha abre espaço para participação de todos os cidadãos do estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores e consolida uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

Acesse o Edital clicando aqui.

Continuar lendoCentelha II Piauí divulga resultado preliminar de ideias aprovadas na Fase 1

FAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:5 mins read

Biodiversa+, Parceria Europeia de Biodiversidade implementada no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizon Europelançou nesta quinta-feira, 08/09, a Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon.

A chamada tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa e inovação sobre o monitoramento transnacional da biodiversidade e mudança do ecossistema para a ciência e a sociedade, promovendo a integração das ciências naturais, ciências técnicas e ciências humanas.

Participam desta chamada transnacional conjunta 48 instituições de 34 países e a Comissão Europeia, com orçamento total de 40 milhões de euros, considerando todos os países envolvidos. No Brasil, o apoio será concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pelas Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada (vide listagem abaixo). O orçamento disponível no Brasil é de aproximadamente 1 milhão de euros. (confira os orçamentos confirmados até o momento).

Relação de FAPs que aderiram à chamada:

  1. Fundação Araucária (Paraná);
  2. FAPDF (Distrito Federal);
  3. FAPEAL (Alagoas);
  4. FAPEAM (Amazonas);
  5. FAPEAP (Amapá); 
  6. FAPEG (Goiás);
  7. FAPEMA (Maranhão);
  8. FAPEMAT (Mato Grosso);
  9. FAPEPI (Piauí);
  10. FAPERGS (Rio Grande do Sul);
  11. FAPERJ (Rio de Janeiro);
  12. FAPES (Espírito Santo);
  13. FAPESB (Bahia);
  14. FAPESC (Santa Catarina);
  15. FAPESPA (Pará);
  16. FAPESQ (Paraíba);
  17. FAPT (Tocantins);
  18. FUNCAP (Ceará);
  19. FUNDECT (Mato Grosso do Sul);
  20. FAPERO (Rondônia).

*Outras FAPs ainda podem aderir à Chamada.

Submissão de Proposta

– Acesse a íntegra da Chamada Transnacional Conjunta Biodiversa+ 2022-2023/ BiodivMon, as Perguntas Frequentes e a plataforma de submissão de proposta no link: www.biodiversa.org/2017 (consulte no link as Diretrizes Nacionais dos Países envolvidos)

– Acesse a plataforma da Biodiversa+ para busca de parceiros no link: proposals.etag.ee/biodiversa/2022/partner-search

– No dia 20 de setembro, às 10h (BRT), a Biodiversa+ realizará o webinar para esclarecimento de dúvidas sobre a chamada. Para participar, inscreva-se no link

Mais informações

Questões específicas de elegibilidade e modalidades de participação via CNPq ou via FAPs podem ser esclarecidas com os Pontos de Contato das instituições.Consulte aqui os contatos e orçamentos que serão disponibilizados pelas instituições brasileiras

Questões gerais e técnicas sobre a chamada podem ser esclarecidas com o Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com) ou do CNPq: Dileine Cunha (dileine.cunha@cnpq.br).

Cronograma

  • Lançamento da Chamada: 8 de setembro de 2022;
  • Prazo para submissão de pré-propostas: 9 de novembro 2022;
  • Prazo para submissão de propostas completas: 5 de abril 2023;
  • Prazo para início dos projetos: a partir de 1º de dezembro de 2023 até 1º de abril de 2024.

Assessoria de Comunicação – CONFAP

Continuar lendoFAPEPI, CONFAP e CNPq participam da Chamada Biodiversa

FAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores

Foi lançado hoje (08) o edital 007-2022, de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil. A seleção é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Serão concedidas 22 bolsas de Pós-Doutorado Júnior (PDJ) e Pós-Doutorado Empresarial (PDI) com duração de até 24 (vinte e quatro) meses, sob responsabilidade do CNPq, e auxílio à pesquisa (custeio e/ou capital) no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais), sob responsabilidade da FAPEPI.

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação do País, por meio da concessão de bolsas e auxílio à pesquisa  para jovens doutores em todas as áreas do conhecimento.

Além de criar condições favoráveis para que jovens doutores possam prosseguir com suas atividades de pesquisa junto a grupos e redes de reconhecida excelência no Estado do Piauí e contribuir para a retenção de jovens doutores em Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) e empresas, em áreas consideradas de vanguarda científico-tecnológica e/ou em temas estratégicos para o desenvolvimento sócio econômico do Estado do Piauí.

Interessados deverão apresentar propostas de  projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e de inovação para obtenção de apoio  financeiro no âmbito do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil, seguindo o cronograma do Edital.

Comunicações sobre o edital devem ser feitas através do e-mail dtc.fapepi2@gmail.com. Confira a chamada na íntegra visitando a página clicando aqui.

Continuar lendoFAPEPI e CNPq lançam edital para apoio à Fixação de Jovens Doutores

Programa Centelha II Piauí tem aumento na submissão de propostas em mais de 60% em comparação a 1ªedição

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:8 de setembro de 2022
  • Reading time:5 mins read

O Programa Centelha II Piauí visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI. No Piauí, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), é a instituição responsável para a execução do programa que agora conta com sua segunda edição.

No Piauí, as inscrições encerraram nesta quarta-feira (31). Ao todo, 416 projetos foram submetidos e 1125 empreendedores participantes. Ciro Sá, diretor de Inovação da FAPEPI, destaca que um aumento de mais de 6O% na submissão de projetos em comparação à primeira edição. Os 416 projetos inscritos são de 37 municípios do Estado do Piauí e abrangem os temas: Tecnologia Social; Tecnologia da Informação e Telecomunicações; Robótica; dentre outros.

Os principais setores participantes foram Saúde, Bem Estar-Social, e Educação. Pelo menos 70% dos inscritos nesse programa têm idade entre 18 e 40 anos.

“Isso demonstra o interesse do jovem piauiense no empreendedorismo”, comenta o diretor Ciro Sá, destacando que mais de 6O% das pessoas participantes no programa se autodeclararam pardas ou pretas.

O diretor Ciro Sá considera que é muito importante o apoio das instituições parceiras para a execução do Programa Centelha II Piauí, como Sebrae, Institutos de Ciência e Tecnologia, Incubadoras e Secretarias Estaduais do Piauí.

“A Fapepi pretende manter a regularidade a cada dois anos lançar o edital do Programa Centelha para cada vez mais incentivar o empreendedorismo inovador no nosso estado”, destaca Ciro Sá.

Aos projetos selecionados, o Programa oferece capacitações, recursos financeiros e outros tipos de suporte, a fim de impulsionar a transformação de ideias em negócios de sucesso, além do aporte financeiro para custeio das propostas, além de auxílio mensal para custeio dos participantes.

Continuar lendoPrograma Centelha II Piauí tem aumento na submissão de propostas em mais de 60% em comparação a 1ªedição

Inscrições para o Centelha II Piauí encerram nesta quarta-feira (31)

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:1 de setembro de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) está selecionando propostas para o programa Centelha com a colaboração do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e da Fundação CERTI.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Piauí, por meio de capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso. Em maio de 2020, foi lançado o primeiro edital onde 276 ideias foram submetidas, 821 empreendedores participaram das capacitações e 21 startups foram apoiadas. Cada startup recebeu um investimento de até 60 mil reais. As inscrições encerram amanhã às 18h, do dia 31 de agosto.

As inscrições são realizadas pelo site oficial do programa.

Na primeira edição do Centelha PI um dos cases de sucesso foi a startup EcoBfit. A empresa produz alimentos a partir do coco babaçu, derivado de estudos desenvolvidos pela nutricionista e doutorando em Biotecnologia, Lindalva de Moura Rocha. Com a execução do programa Centelha Piauí, a pesquisadora fez uso de suas pesquisas, apresentando uma proposta inovadora para o edital da primeira edição do Centelha Piauí. E com o apoio aprimorou o resultado das suas pesquisas para serem produtos comercializados.

Se você tem uma ideia inovadora, essa é uma grande oportunidade para alavancar a sua ideia e receber aporte financeiro de até R$53 mil. O objetivo é transformar as ideias selecionadas em empreendimentos rentáveis! Além disso, o Programa Centelha oferece bolsas de até R$26 mil, networking e capacitações. Não fique de fora.

Para mais informações acesse o edital.

Continuar lendoInscrições para o Centelha II Piauí encerram nesta quarta-feira (31)

UFPI sedia palestra de divulgação do Programa Centelha Piauí, que irá apoiar criação de até 61 startups

  • Post author:
  • Post category:CentelhaNotícia
  • Post last modified:19 de agosto de 2022
  • Reading time:4 mins read

Com bolsas de até R$ 53 mil, o Programa Centelha Piauí irá apoiar a criação de até 61 projetos inovadores no estado. Em alinhamento a essa iniciativa, o Campus da UFPI de Teresina recebeu representantes da fundação catarinense responsável pela execução do Programa no Piauí e em mais 24 estados e no DF. Para divulgar as oportunidade no estado, ocorreu nesta quinta-feira (18) a palestra “Por que empreender: Oportunidades de Geração de Negócios”, no Auditório Maria Salomé Cabral, no Centro de Ciências da Educação (CCE/UFPI). No Piauí, as inscrições ao edital do Centelha encerram no dia 31 de agosto. 

Palestra sobre o edital do Programa Centelha acontece no auditório do CCE/UFPIA iniciativa incentiva o empreendedorismo inovador no Brasil, e no Piauí, e já está em sua segunda edição.

Durante o evento, o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Luiz de Sousa Santos Júnior, destacou que a parceria “leva alunos, professores e servidores da UFPI a pensarem e fazerem inovação no Piauí”.

Prof. Luiz de Sousa Júnior, pró-reitor de Pesquisa e Inovação

Para se inscrever ao Centelha Piauí, basta acessar o site programacentelha.com.br e clicar em ‘’Inscrições Abertas’’. Qualquer pessoa maior de idade, que reside no Piauí, pode se inscrever. Empresas também podem concorrer, desde que atendam aos critérios estabelecidos no edital.

Maria Teresa Diniz, coordenadora de projetos da Fundação CERTI, foi a palestrante do evento e apresentou todo o panorama do edital. “Nosso objetivo é ajudar as pessoas que têm uma ideia, mas ainda não sabem o que fazer com ela. Nós tiramos essa ideia do papel e a transformamos num empreendimento de sucesso”, destaca.

Na palestra, Maria Teresa detalhou os resultados esperados do Centelha no Piauí.

Além de conquistar R$ 53 mil, há a oportunidade de receber até R$ 26 mil adicionais por projeto em bolsa de apoio do CNPq, construção de networking e acesso a parceiros e ainda capacitação e suporte aos negócios.  Maria Teresa Diniz, coordenadora de projetos da CERTIPodem ser inscritas ideias de diferentes áreas, como: fabricação de alimentos e bebidas, cerâmica, saúde e bem-estar, tecnologia da informação, borracha e plástico, telecomunicações, marketing e mídia, dentre outros.

Ciro Sá, diretor de inovação da FAPEPI, em palestra na Universidade Federal do Piauí.

Ciro Sá, diretor de inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), participou do evento e destacou os benefícios das parcerias do Programa Centelha. “Muitas vezes é realizada uma pesquisa que possa impactar a comunidade, mas faltam estratégias e os recursos necessários”, conclui.

Fonte: UFPI

Continuar lendoUFPI sedia palestra de divulgação do Programa Centelha Piauí, que irá apoiar criação de até 61 startups

FAPEPI apoia pesquisa para motivação do tratamento da hipertensão arterial

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:18 de agosto de 2022
  • Reading time:4 mins read

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é um dos principais fatores de risco modificáveis para as doenças cardiovasculares com elevados custos de saúde e socioeconômicos. De acordo com o professor José Wictor Pereira Borges, responsável pelo projeto de pesquisa – Construção de banco de itens sobre motivação ao tratamento da hipertensão arterial – a baixa adesão ao tratamento é um dos principais fatores que dificultam o efetivo controle da pressão arterial. Cerca de 40% a 60% dos pacientes não fazem uso da medicação anti-hipertensiva prescrita, havendo um aumento dessa porcentagem nos países de renda baixa e em desenvolvimento.

Essa pesquisa é um recorte do projeto de “Instrumento de motivação ao tratamento da hipertensão arterial: desenvolvimento e validação”. Ele se caracteriza como estudo metodológico ancorado na Psicometria que segue três grandes pólos: teórico, empírico e analítico. E está sendo executada através do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), o projeto de pesquisa foi contemplado no Edital 002/2021. A equipe de pesquisa, é coordenada pelo professor José Wictor Pereira Borges, e conta com a pesquisadora assistente Haylla Simone Almeida Pacheco, os bolsistas Rebeca dos Santos Miranda de Oliveira e Leonardo da Conceição Pereira.

O panorama de altos índices de morbimortalidade e a baixa adesão ao tratamento no cenário tem alavancando reflexões de enfermeiros sobre o desenvolvimento e a utilização de estratégias de cuidado, prevenção, promoção da saúde e monitoramento. O pesquisador destaca que a adesão ao tratamento requer do indivíduo decisões compartilhadas e corresponsabilização com a família, profissionais e serviço de saúde, além da rede social de apoio. Desse modo, é necessário que haja motivação para essas tomadas de decisões.

“É um projeto de longo tempo, o método é composto por 7 etapas. A primeira foi desenvolvida com uma aluna do mestrado em saúde e comunidade. A segunda fase foi desenvolvida no primeiro ano de bolsa PBIC FAPEPI. A terceira estamos iniciando agora com a prorrogação da bolsa. A expectativa é que algum desses bolsistas de IC entre no mestrado para fazer as outras etapas como dissertação.” destaca o coordenador do projeto.  

O projeto se reveste de originalidade ao propor outra ótica para trabalhar com a adesão ao tratamento da HAS. Ao observar o contexto da adesão pela ótica da motivação ao tratamento, novos elementos de cuidado se apresentam a partir de um viés da psicologia positiva, e mostra outros caminhos que possam ser trilhados no cuidado às pessoas com HAS. Esse estudo ganha força com a aplicação da teoria da autodeterminação que permite compreender os reguladores de comportamento envolvidos na decisão de seguir ou não o tratamento. 

Ao final do projeto de bolsas, um banco de itens com qualidades conceituais e teóricas deve ser um instrumento de avaliação da motivação ao tratamento da HAS. O instrumento desenvolvido ao final do projeto será uma tecnologia avaliativa revestida de validação que poderá ser utilizada pelos enfermeiros no acompanhamento dessas pessoas. Os indicadores poderão direcionar o delineamento de ações de cuidado mais efetivas impactando na melhora da adesão terapêutica. O estudo servirá de referência para outros pesquisadores, nacionais e internacionais, por ser pioneiro na área e instrumento avaliativo mensurador da motivação ao tratamento da HAS. Essa pesquisa traz reconhecimento a uma tecnologia desenvolvida no Piauí.

Continuar lendoFAPEPI apoia pesquisa para motivação do tratamento da hipertensão arterial

FAPEPI realiza visita de benchmarking à FUNCAP

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de setembro de 2022
  • Reading time:3 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) realizou nesta semana uma visita de benchmarking para compartilhamento de experiências à Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP) com foco nas áreas de gestão estratégica, prestação de contas, contabilidade e câmaras de assessoramento técnico. 

Os servidores da FAPEPI receberam documentos, modelos, formulários e visitaram os ambientes da FUNCAP presencialmente.

Participaram da visita técnica o presidente da FAPEPI, Antonio Cardoso do Amaral, a diretora Técnico-Científica, Nayana Pinheiro Machado de Freitas Coelho, a gerente Técnico-Científica, Eliana Morais de Abreu, o coordenador de convênios, Dário Carvalho de Queiroz, e também os técnicos Tarcísio Vieira e Syonara Rodrigues.

O presidente da FUNCAP, Tarcísio Haroldo Cavalcante Pequeno, apresentou os programas da Fundação e dialogou com o presidente Amaral sobre as possibilidades de parceria entre as instituições.

Continuar lendoFAPEPI realiza visita de benchmarking à FUNCAP

Dia nacional da Ciência, da Pesquisadora e do Pesquisador científico

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:11 de julho de 2022
  • Reading time:1 mins read

Neste 8 de julho é comemorado o Dia Nacional da Ciência e o Dia Nacional da Pesquisadora e do Pesquisador Científico.

A FAPEPI tem um grande prazer de estar no cotidiano de centenas de pesquisadores e aproveita a data para reiterar o orgulho da pesquisa piauiense e parabenizar as pesquisadoras e pesquisadores do Piauí.

Este dia homenageia a criação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em 8 de julho de 1948. Desde então, esta entidade se tornou um dos pilares para professores, alunos e pesquisadores de todo o país.

A data tem como objetivo chamar a atenção para a produção científica do país, estimular o gosto dos jovens pela ciência e divulgar o saber científico para a sociedade.

Continuar lendoDia nacional da Ciência, da Pesquisadora e do Pesquisador científico