10 Janeiro, 2020 16:03

Programa PDCTR beneficia instituições de pesquisa no Piauí

 

Até o final deste mês de janeiro, o Piauí receberá 13 pesquisadores doutores que desenvolverão pesquisas científicas, tecnologia e inovação em diferentes núcleos de pesquisas vinculados as instituições de ensino e pesquisa (IES) do Estado, como Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e Instituto Federal do Piauí (IFPI).

A vinda dos pesquisadores acontece através do Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PDCTR), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi). O programa tem por objetivo estimular a fixação de recursos humanos com experiência em ciência, tecnologia e inovação e/ou reconhecida competência profissional em instituições ou empresas, públicas ou privadas, de ensino superior e/ou de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação. O resultado é fruto de Acordo de Cooperação Técnica celebrado entre Fapepi e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Em 2018, este programa propiciou a publicação da chamada pública n°010/2018, que se selecionou propostas de pesquisadores oriundos de diferentes estados da federação, para desenvolver projetos de pesquisas em instituições piauienses. O resultado da seleção culminou na aprovação de 13 projetos de pesquisa que serão desenvolvidos por pesquisadores doutores em diferentes IES do estado.

Do total de pesquisadores, 09 atuarão UFPI, sendo 07 em Teresina, um em Parnaíba e outro em Bom Jesus; 02 no IFPI, sendo um na capital e outro em Parnaíba; e 02 na UESPI, sendo um em Parnaíba e outro em Corrente. Para a execução das pesquisas, serão disponibilizados pelo CNPq, o valor global de R$ 1.378.000,00 para o pagamento das treze bolsas aos pesquisadores aprovados, e, o valor global de R$ 195.000,00, oriundos do Tesouro Estadual, para o fomento de treze projetos de pesquisas com duração de até 24 meses.