09 Dezembro, 2020 15:01

Programa Centelha realiza Oficinas de Inovação

Ascom
Ascom

O programa Centelha PI, nos dias 24, 25 e 26 de novembro e 1º, 2 e 3 de dezembro de 2020, de 9 às 12h, apresentou três oficinas online em dois grupos, com os projetos selecionados. As oficinas foram realizadas com o intuito de incentivar o surgimento de inovações, além de incrementar o funcionamento de empreendimentos, compartilhar conhecimentos e algumas ferramentas necessárias para a execução de gestões inovadoras.

Os conteúdos utilizados foram customizados de acordo com as necessidades das empresas, além de trazer ferramentas que estimulam a criatividade de forma lúdica e facilitam a aplicação prática e geração de ideias, como Mapa de empatia, História da Inovação e entre outros. 

As oficinas foram divididas entre os temas:

Oficina 1 – Gestão da Inovação: a importância de inovar com foco no usuário: Inovação e Competitividade;  Processo de Gestão da Inovação;  Boas Práticas de Gestão da Inovação;  Ferramentas: História da Inovação e Radar. 

Oficina 2 – Modelagem de Negócios com foco no consumidor: Empatia;  Proposta de Valor;  Modelagem de Negócios e Projetos Inovadores;  Ferramenta: Mapa de Empatia, Proposta de Valor e Canvas Projeto Inovador JOIN. 

Oficina 3 – Design Thinking na Prática com a Partida JOIN: Desenvolvimento de soluções novas para os desafios das organizações, realizado de forma colaborativa, com aplicação do jogo de inovação: Partida JOIN;  Ferramenta: Partida JOIN (2 grupos de 9). 

Essa foi a 1ª edição do programa Centelha no Piauí. O programa foi criado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e seu objetivo em todas as fases de execução é o incentivo e desenvolvimento de empreendimentos inovadores  por meio de capacitações, subvenções financeiras e suporte. A iniciativa também é promovida pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e operada pela Fundação CERTI. 

O programa terá a sua segunda edição no estado em 2021. Na última edição, foram submetidas 276 propostas, e 28 projetos aprovados na etapa final. Os projetos aprovados tiveram aporte financeiro de cerca de 60 mil reais. Para mais informações acesse as redes sociais da FAPEPI ou acompanhe as notícias pelo site.