16 Dezembro, 2017 12:34

Presidente da Fapepi participa da criação da Academia Oeirense de Artes, Letras e Ciências

Nesta quinta-feira (14) o presidente da Fapepi, Francisco Guedes esteve em Oeiras para participar das comemorações pelos 300 anos da cidade. Na oportunidade, em evento que marcou a criação oficial da Academia Oeirense de Artes, Letras e Ciências, autoridades e entusiastas da cultura piauiense estiveram reunidos.

O presidente da Fapepi, Francisco Guedes, destacou a importância da Academia e aproveitou a oportunidade para propor uma homenagem a cultura oeirense. 

"Parabenizo todos os envolvidos e aproveito para mobilizar a diretoria para uma ação que pretende homenagear 300 personalidades de Oeiras. Em  uma pesquisa já antes elaborada, temos 180 nomes, com a ação agora da instituída Academia, tenho certeza que iremos reunir os nomes que ainda faltam, e quem sabe, futuramente, lançar uma publicação com essas personalidades com o objetivo de tornar conhecido o que é produzido aqui em Oeiras", afirmou Guedes.

Francisco Guedes foi empossado como membro da Academia, ocupando a cadeira ne número 33 e tendo como patrono, o notório oeirense Costa Alvarenga. Também durante a solenidade, Antonio Guedes Alcoforado foi empossado ocupando a cadeira de númeor um, na qual foi representado por seu pai, Chico Zome, tendo como patrono Geraldo Felizardo da Costa. 

O radialista, cronista e, durante a solenidade, presidente reeleito da Academia, JJ Sousa destacou a necessidade de comprometimento com a instituição.

"Sinto me honrado em receber os 40 membros que agora estão empossados como sócios efetivos da Academia. Eu quero pedir a todos os colegas que olhemos esta Academia com paixão, que ela não seja apenas mais uma Academia, que não seja mais uma intituição decorativa, e sim, que ela seja atuante e um real presente para Oeiras nos seus 300 anos".

Ainda no evento foram eleitos os membros da diretoria que agora se organizam para dar início as ações da Academia.