01 Fevereiro, 2021 11:50

Governo do Piauí autoriza dois editais de amparo à pesquisa

Ascom
Ascom

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta quinta-feira (28), com o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), Antônio Amaral, e com o representante da Tron Soluções Tecnológicas, professor Gildário Lima. Na ocasião, Dias autorizou o lançamento, pela Fapepi, de dois editais de aporte de recursos financeiros nos institutos de pesquisas do estado.

Um edital é de iniciação científica de graduação, que prevê cem bolsas no valor de R$ 400 para os estudantes. O outro é o edital com 95 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Ambos serão lançados em fevereiro. “Das cem bolsas para iniciação científica, estamos alçando 50 para alunos que ingressaram na universidade via política de cotas e 50 para os que ingressaram via ampla concorrência. Ainda queremos colocar um recorte de gênero, tal qual envolva pelo menos 25 mulheres. O outro edital com 95 bolsas é para auxiliar no desenvolvimento dos programas de pesquisa do estado”, disse Antônio Amaral.

Também foi pauta da reunião o pedido de autorização à Anvisa para uso emergencial do respirador mecânico pulmonar Air-Tron, um respirador de baixo custo desenvolvido no Piauí. “O projeto era de um respirador emergencial, mas para passar pela aprovação da Anvisa tivemos que evoluir para um profissional. Não é um processo rápido, mas continuamos buscando a aprovação. O que esperamos é conseguir que, pelo menos a título de emergência e com fins de pesquisa, o respirador possa ser utilizado em momentos que sinalizem uma agravação da situação de saúde no país. Além do respirador, vamos conseguir desenvolver o simulador e o blender, que é o que controla a questão de oxigênio, que também é um problema agravante.”, explicou o presidente da FAPEPI.

“Estamos colocando R$2 milhões à disposição para a pesquisa somente nesses editais. Outros editais virão, onde poderemos estar trabalhando com um sistema de bolsas que permite que universitários possam participar, priorizando metade das vagas para o público advindo de cotas e mulheres. Já é um avanço importante com resultados em diversas áreas no estado do Piauí. Já a Tron é uma grande parceira na área vinculada à pesquisa aplicada, que já resultou, por exemplo, em uma máscara cirúrgica já aprovada pela Anvisa, e agora estamos em um esforço comum para vencer a etapa de aprovação em relação ao respirador, que é importante em situações emergenciais como as que temos vivido”, pontuou Wellington Dias.