Confap divulga Programa de Bolsas de Estudos de Cooperação Horizontal no Chile

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:18 de janeiro de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Agência Chilena de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AGCID) anunciou o relançamento do “Programa de Becas de Cooperación Horizontal República de Chile”, após a interrupção do ano de 2021, em razão da pandemia da Covid-19.

O programa oferece a estudantes brasileiros, a cada edição, uma ou mais bolsas para a realização de estudos completos de mestrado, nas mais diversas áreas acadêmicas, ministrados pelas principais universidades chilenas, públicas e privadas. Para a atual convocatória, valem os cursos com início agendado para o período entre março e setembro de 2022.

Os interessados devem realizar os trâmites necessários para sua admissão no curso de mestrado diretamente junto à universidade escolhida e contar com a aceitação. Em seguida, devem contatar a Embaixada do Chile em Brasília (e-mail: echile.brasil@minrel.gob.cl) e a Divisão de Temas Educacionais – DTED (e-mail: dted@itamaraty.gov.br) do Ministério das Relações Exteriores (MRE) para o envio das candidaturas.

A DTED, ponto focal brasileiro, estabeleceu o dia 14/02/2021 como prazo limite para o recebimento das inscrições dos candidatos brasileiros.

As informações detalhadas sobre a Convocatória da AGCID podem ser acessadas nos seguintes endereços eletrônicos: DTED e AGCID.

Fonte: Confap

Continuar lendoConfap divulga Programa de Bolsas de Estudos de Cooperação Horizontal no Chile

Três empresas apoiadas pela FAPEPI são selecionadas pelo SEBREA para participar do Rio Innovaion Week

Três empresas apoiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí(FAPEPI), através de editais que fomentam o aprimoramento e criação de startups, foram selecionadas pelo Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (SEBRAE) para participar do Rio Innovation Week. As empresas são: PrimeGems, Fábrica de Gênios e AQUABIT, elas foram comtempladas no programa InovaPiauí, a primeira pelo edital Tecnova 2 e a última no edital Centelha Piauí.

A cidade do Rio de Janeiro vai sediar o mais completo evento de Inovação e Tecnologia já realizado na América Latina o Rio Innovation Week nos dias 13 a 22 de janeiro. O evento terá 15 palcos simultâneos, mais de 500 palestrantes convidados, 1000 startups e incubadoras fomentando negócios. Serão mais de 190 expositores apresentando inovações e soluções para os setores, mentorias, exposições, descarte de lixo eletrônico, workshops, networking e muitos negócios sendo gerados.

 O Sebrae custeará um estande para as startups selecionadas no Rio Innovation Week, o evento possui diversos espaços onde as empresas se dividirão de acordo com  seu mercado de atuação. A PrimeGems terá um estande no Espaço SDP Submit que reúne startups inovadoras em diversos setores  como Educação Financeira, Energia, Segurança Digital e Novos Mercados. Esse espaço conta com uma mega estrutura que contempla 3 palcos, workshops, VC Square e mentorias, essa área do Rio Innovation Week será, com certeza, uma das mais disputadas.

A startup AQUABIT ficará no espaço AgroRioTec, essa área do evento apresentará a agricultura do futuro, facilitando o acesso às novas tecnologias, fomentando negócios, entregando conhecimento e promovendo a inovação e novas ferramentas. Esse espaço do Rio Innovation Week terá a programação focada no ecossistema agro, com a presença de experts do setor, startups, empresas e o Ministério da Agricultura.

A empresa Fábrica de Gênios terá seu estande no espaço .Futuro que apresentará uma diversidade de pontos de vista e de experiências sobre as novas tendências das profissões, apresentando a evolução do profissional e das oportunidades no mercado de trabalho do amanhã. O futuro das profissões será debatido por executivos e representantes de empresas como Delorean, Resilia, Templo Consultoria, R2 Rio, Enel, Loreal, AIO, Regus/Space, Folha Dirigida, Daniel Law e Mox Digital.

 A Fábrica de Gênios é uma startup formalizada em 2019 e participa do Centelha Piauí. Hoje possui uma plataforma de cursos online na área de tecnologia, assessora alunos para entrar no mercado de trabalho e empresas a encontrar profissionais capacitados. “Conseguimos entrar no programa Like a Boss do SEBRAE e ficamos entre as três primeiras empresas destaque do do Piauí; participamos de uma batalha de startups ficando em terceiro lugar; participamos do Sebrae – ALI; Seu MVP; fomos aprovados no Inovativa e Catalisa e no final do ano nós surpreendemos  com a vocação para participar do Rio Innovation Week foi uma conquista muito boa para fechar 2021 destacando que nossa ideia tem um potencial muito grande”, Artur Veloso Empreendedor desenvolvedor da Fábrica de Gênios comenta sobre os avanços que aconteceram no seu projeto a partir do edital Centelha. 

Conquistas em 2021 da empresa Fabrica de Gênios apoiada pelo edital Centelha.

“O programa centelha foi essencial para criarmos coragem e botar o negócio para frente, sem o Centelha iríamos demorar muito mais a para conseguir chegar onde chegamos e ter maturidade e iniciativa. O programa[Centelha] ajudou a dar um start no nosso projeto de uma forma séria e robusta. Quando se tem uma ideia para empreender são muitos gastos e com o Centelha isso foi facilitado sem muito impacto financeiro e as consultorias do programa nos ajudaram ficar mais maduros e transformar essa ideia em um negócio de verdade, sou muito grato ao Centelha e a FAEPI. Espero futuramente participar de novos programas e recomendo fortemente que as pessoas  que têm ideias e querem empreender a participar dos próximos editais” Por fim Artur destaca a importância do apoio do Centelha e da FAPEPI na seu empresa. 

Continuar lendoTrês empresas apoiadas pela FAPEPI são selecionadas pelo SEBREA para participar do Rio Innovaion Week

CNPq lança Chamada 25/2021 de Bolsas no País

  • Post author:
  • Post category:EditaisNotícia
  • Post last modified:12 de janeiro de 2022
  • Reading time:2 mins read

OConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), lança chamada de concessão de bolsas no país em seis modalidades em cronograma único. A Chamada 25/2021 prevê R$ 40 milhões e beneficia, principalmente, jovens pesquisadores, com bolsas para recém-doutores, além de bolsas para atuação em empresas. Serão concedidas bolsas em todas as áreas do conhecimento nas modalidades Pós-Doutorado Junior – PDJ, Pós-Doutorado Sênior – PDS, Pós-Doutorado Empresarial – PDI, Pesquisador Visitante – PV, Doutorado Sanduíche Empresarial – SWI e Doutorado Sanduíche no País – SWP. As bolsas devem ter início de junho de 2022 a maio de 2023.

Essa chamada se soma à chamada de bolsas no exterior lançada na segunda-feira, 20, contemplando as modalidades Doutorado-Sanduíche no Exterior (SWE) e Pós-Doutorado no Exterior (PDE).

As propostas serão avaliadas de acordo com os critérios de cada um dos 48 comitês assessores, descritos no anexo da Chamada, e devem ser submetidas pelo próprio candidato à bolsa, exceto para as modalidades a seguir:

  • Bolsa Pesquisador Visitante – PV: a proposta deverá ser submetida pelo supervisor vinculado à instituição executora.
  • Bolsa Doutorado-Sanduíche no País – SWP: a proposta deverá ser submetida pelo orientador da instituição de origem.
  • Bolsa Doutorado-Sanduíche Empresarial – SWI a proposta deverá ser submetida pelo orientador da instituição de origem.

O prazo de submissão vai até 7/02/22.

Leia aqui a chamada na íntegra.

Continuar lendoCNPq lança Chamada 25/2021 de Bolsas no País

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO RESULTADO PRELIMINAR DO EDITAL Nº 006/2021 FAPEPI\CNPQ-PDCTR

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí  (FAPEPI) vem por meio desta  nota apresentar retificação  no Resultado Preliminar  do Edital nº 006/2021 FAPEPI\CNPQPDCTR divulgado em 20.12.2021, em razão de problemas operacionais na confecção da fórmula aplicada para o cômputo da pontuação de mérito com o da produção científica. A fórmula deveria ser: MP (NMTCx7+NPCx3)/10  com base nos itens 8.3.3 e 8.3.4 do supra citado Edital,  entretanto  foi aplicada MP(NMTCx7 x NPCx3)/10. Após o recebimento de recursos de alguns candidatos com solicitação de esclarecimentos sobre o resultado informado, a Equipe de TI identificou a troca do sinal (+) pelo asterisco (*), o que explicou as inconsistências produzidas.
Diante do exposto, a FAPEPI procedeu as correções necessárias no Resultado Preliminar, republicando-o e reabriu o prazo para recursos desta etapa do processo (acompanhar o novo cronograma publicado na página da FAPEPI)

Esclarece-se, por oportuno, que as notas de mérito do projeto e a pontuação da  produção científica dos candidatos, não sofreram danos com o referido problema operacional.

A Fapepi ao tempo em que lamenta o ocorrido e agradece a compreensão de todos (as), coloca-se a disposição para sanar qualquer dúvida a esse respeito através do telefone (86) 995245345 ou pelo e-mail dtc.fapepi@gmail.com.

Continuar lendoNOTA DE ESCLARECIMENTO DO RESULTADO PRELIMINAR DO EDITAL Nº 006/2021 FAPEPI\CNPQ-PDCTR

Editais de apoio a Olimpíadas e Periódicos têm incrições prorrogadas

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de janeiro de 2022
  • Reading time:2 mins read

Com o objetivo de apoiar a consolidação e a qualificação dos periódicos científicos vinculados às instituições sediadas no estado do Piauí, a FAPEPI amplia até o dia 18 de fevereiro as submissões ao edital de número 008/2021. Além disso, interessados em receber amparo para realização de Olimpíadas Científicas no Piauí também tiveram prazo ampliado para 18 de fevereiro de 2022 para enviarem suas propostas ao edital 009/2021.

Os dois editais seguem recebendo incrições via SIGFAPEPI, o sistema de gerenciamento da FAPEPI. Os dois editais podem ser acessados integralmente na página de editais abertos, clicando aqui.

Edita 008/2021

O edital 008/2021 é parte do Programa de Apoio à Participação e Realização de Eventos Científicos, de Divulgação Científica e Tecnológica (PAP-Divulgação Científica). O objetivo do programa é promover a produção de conhecimentos, transferência tecnológica e a inovação em prol do desenvolvimento do estado do Piauí.

Os periódicos devem estar enquadrados no sistema Qualis Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A chamada ainda contempla periódicos novos indexados, com, pelo menos, dois números publicados de forma regular até a data da inscrição.

Edital 009/2021

Edital Nº 009/2021, do Programa de Apoio à Participação e Realização de Eventos Científicos, de Divulgação Científica e Tecnológica, divulgado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), tem o objetivo de estimular e apoiar propostas de Olimpíadas Científicas realizadas no Piauí. O Edital tem como foco o desenvolvimento científico, tecnológico, e inovação para popularização da ciência.

Desse modo, o edital visa ampliar a participação e aprimoramento do conhecimento de jovens estudantes piauienses, capacitando-os para competições nacionais e internacionais, garantindo, assim, a popularização da ciência e a melhoria da qualidade do Ensino Fundamental e Médio no estado.

Continuar lendoEditais de apoio a Olimpíadas e Periódicos têm incrições prorrogadas

Edital de apoio a periódicos tem submissões ampliadas até janeiro

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de dezembro de 2021
  • Reading time:1 mins read

Com o objetivo de apoiar a consolidação e a qualificação dos periódicos científicos vinculados às instituições sediadas no estado do Piauí, a FAPEPI amplia até o dia 22 de janeiro as submissões ao edital de número 008/2021.

Os periódicos devem estar enquadrados no sistema Qualis Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A chamada ainda contempla periódicos novos indexados, com, pelo menos, dois números publicados de forma regular até a data da inscrição

O edital é parte do Programa de Apoio à Participação e Realização de Eventos Científicos, de Divulgação Científica e Tecnológica (PAP-Divulgação Científica). O objetivo do programa é promover a produção de conhecimentos, transferência tecnológica e a inovação em prol do desenvolvimento do estado do Piauí.

Estão habilitados os periódicos promovidos por Instituições de Ensino Superior Públicas (IES), Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) e Entidades Científicas de natureza pública e privadas sem fins lucrativo, sediadas no Piauí, de acordo com as regras do Edital.

Confira o edital.

Confira a retificação.

Continuar lendoEdital de apoio a periódicos tem submissões ampliadas até janeiro

Segunda edição do Centelha Piauí será lançado pela FAPEPI em 2022

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:17 de dezembro de 2021
  • Reading time:4 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) executa o programa Centelha com a colaboração do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e da Fundação CERTI.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Piauí, por meio de capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso. Em maio de 2020, foi lançado o primeiro edital onde 276 ideias foram submetidas, 821 empreendedores participaram das capacitações e 21 startups foram apoiadas. Cada startup recebeu um investimento de até 60 mil reais. No início de 2022 será lançado o edital da segunda edição do programa objetivando a captação de mais ideias inovadoras.

Um exemplo de sucesso da primeira edição é a startup EcoBfit.  A empresa produz alimentos a partir do coco babaçu, derivado de estudos desenvolvidos pela nutricionista e doutorando em Biotecnologia, Lindalva de Moura Rocha. Com a execução do programa Centelha Piauí, a pesquisadora fez uso de suas pesquisas, apresentando uma proposta inovadora para o edital da primeira edição do Centelha Piauí. E com o apoio aprimorou o resultado das suas pesquisas para serem produtos comercializados.  

Estande da EcoBfit na Expoapi

“O edital nos proporcionou transformar objeto que estava no campo acadêmico em produtos resolutivos que atende as necessidades do mercado e a ter uma visão mais ampla através das capacitações que nos deram suporte para desenvolver a startup. O programa oferece muitas capacitações que são cruciais para qualquer empreendedor desenvolver a sua proposta para ser submetida no edital. Com fomento do capital semente proveniente do Centelha, nós abrimos o CNPJ e desde então estamos realizando a execução do projeto”,  Explica Lindalva.

 EcoBfit desenvolve produtos alimentícios para o público geral e com restrições alimentares acessando um grande mercado consumidor, que de acordo com a Organização Mundial de Saúde(OMS), cerca de 70% da população mundial tem algum tipo de restrição alimentar relacionada à lactose. 

Por esse motivo, a pesquisadora participou também do Programa de Qualificação para Exportação(PEIEX) executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) com apoio Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). No PEIEX a EcoBfit foi qualificada para realizar o processo de exportação de seus produtos de forma planejada e segura. As empresas qualificadas pelo programa se tornam aptas a participarem de ações internacionais de promoção comercial organizadas pela Apex-Brasil e seus parceiros.

“Aquele pesquisador que desenvolve uma pesquisa que tem um grau de inovação e resolutividade procure o edital Centelha pois ele é uma oportunidade para toda pessoa que tem projetos que resolvem as dores da sociedade. Procure o site da FAPEPI e o programa Centelha, participe das mentorias, capacitações, leiam o edital atentamente e procurem participar pois ele é uma capital semente muito importante para desenvolver novos negócio”, destaca Lindalva Rocha.

Em 2022 será lançado o edital Centelha 2 onde mais empreendedores terão oportunidade de serem apoiados pelas capacitações, mentorias e receber investimentos financeiros ofertados pelo projeto que apoiará 61 novas startups.

Cada um dos projetos selecionados receberá até R$ 53 mil para desenvolver o modelo de negócio, até R$ 26 mil em bolsas e nove meses de capacitação. O prazo de execução dos projetos será de 12 meses após a data da contratação. Podem submeter propostas, pessoas maiores de 18 anos ou maiores de 16, se emancipadas. Desta vez, o edital permite a participação de servidores públicos, desde que não haja choque com a legislação da instituição empregadora.

O investimento global para a segunda edição do Centelha Piauí totaliza R$ 4,8 milhões, sendo R$ 2 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (concedidos através da Financiadora de Estudos e Projetos –  Finep), R$ 666 mil em contrapartida da FAPEPI, R$ 586 mil da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e R$ 1,5 milhão em bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Continuar lendoSegunda edição do Centelha Piauí será lançado pela FAPEPI em 2022

Chamada Pública MCTI/FINEP – Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores e outras doenças com populações desassistidas

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:15 de dezembro de 2021
  • Reading time:7 mins read

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) divulgou chamada pública para concessão de recursos financeiros para amparo de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, em projetos que envolvam risco tecnológico para o diagnóstico e tratamento de pessoas com Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores (DNTs) e outras doenças infecciosas afetando populações negligenciadas. O objetivo do edital é reduzir a incapacidade causada por essas doenças, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e seus familiares e também melhorar o acesso aos serviços de saúde. O prazo para submissão de proposta será até às 17h00 (horário de Brasília) do dia 11 de março de 2022. Os interessados devem acessar o formulário eletrônico para o preenchimento de sua proposta, destacando claramente o produto, processo ou serviço inovador a ser feito com os recursos solicitados.

A execução do projeto deverá ser de no máximo três anos (36 meses), podendo ser prorrogado, justificadamente, a critério da Finep. O valor total solicitado pelas propostas à Finep deverá enquadrar-se dentro dos seguintes valores mínimos e máximos, em cada proposta:

Linha temática 1 – O valor solicitado para execução das propostas deverá ser de R$ 500.000,00 até R$ 1.000.000,00. Na Linha temática 2 o valor poderá ser de R$ 1.000.000,00 até R$ 4.000.000,00; e na Linha temática 3 esse valor deverá ser entre R$ 1.000.000,00 até R$ 3.000.000,00.  

Serão selecionados projetos de inovação nas demandas específicas descritas abaixo e será contratado o primeiro colocado de cada subtema para apoio com os recursos a serem concedidos.

Linha temática 1 – Demandas Específicas

Doença de Chagas 

  • Desenvolvimento de teste diagnóstico para identificação da viabilidade do protozoário em amostras de alimentos contaminados por Trypanosoma cruzi (T. cruzi). Objetivo: Apoiar estudos de desenvolvimento e/ou padronização de métodos diagnósticos, aplicáveis à implementação no SUS, que permitam responder às lacunas sobre: 
    • a viabilidade de formas infectantes de T. cruzi em alimentos; 
    • tratamentos consistentes nos alimentos para eliminar esta possível chance de transmissão oral da doença ao homem; 
    • compreender a variabilidade genotípica envolvida na transmissão oral do T. cruzi. 
  • PCR para diagnóstico da doença de Chagas. Objetivo: Apoiar estudos de avaliação de métodos, para padronização e validação da PCR para diagnóstico confirmatório da doença Chagas, com diferenciação da fase diagnosticada (aguda ou crônica), a partir de kits com registro na ANVISA.

Leishmaniose 

  • Avaliação da eficácia e segurança do Complexo Lipídico de Anfotericina B no tratamento das Leishmanioses Visceral e Tegumentar. Objetivo: Apoiar estudos de Fase III para avaliação da eficácia e segurança do Complexo Lipídico de Anfotericina B no tratamento das Leishmanioses Visceral e Tegumentar, objetivando a ampliação do uso deste medicamento para o tratamento de pessoas com diagnóstico de leishmanioses no âmbito do SUS. 

Leishmaniose tegumentar 

  • Avaliação de técnicas imunológicas para diagnóstico de leishmaniose tegumentar. Objetivo: Apoiar o desenvolvimento de estudos para validar técnicas imunológicas com kits comerciais, registrados na Anvisa, para diagnóstico da leishmaniose tegumentar. 

Paracoccidioidomicose 

  • Dispositivo Point-of-care para diagnóstico sorológico da Paracoccidioidomicose. Objetivo: apoiar estudos em fases avançadas para desenvolvimento e/ou validação de um teste comercial point-of-care para diagnóstico e/ou prognóstico de Paracoccidioidomicose. 

Tuberculose pediátrica 

  • Desenvolvimento de testes diagnósticos para tuberculose pediátrica. Objetivo: apoiar estudos para desenvolvimento, adaptação e/ou validação de testes para diagnóstico rápido de tuberculose em pessoas com até 10 anos de idade, utilizando amostras de fezes, urina, sangue ou outras de fácil obtenção (exceto escarro). 

Hanseníase 

  • Desenvolvimento de teste rápido para Hanseníase paucibacilar e multibacilar. Objetivo: Apoiar estudos que contemplem o desenvolvimento e/ou a validação de um teste para o diagnóstico ou apoio ao diagnóstico precoce dos casos suspeitos de hanseníase e o desenvolvimento de testes diagnósticos para a hanseníase com possibilidade de uso em contatos de caso confirmado, incluindo testes no ponto de atendimento (Point-of-Care Testing) considerando a possibilidade de uso no SUS. 

Toxoplasmose congênita

  • Apresentação pediátrica de Sulfadiazina e Pirimetamina para o tratamento de toxoplasmose congênita. Objetivo: Apoiar estudos de elaboração de apresentações pediátricas do esquema terapêutico para tratamento de toxoplasmose congênita destinados ao SUS e realizados conforme normativas para futuro registro junto à Anvisa.   

Linha temática 2 – Complexo Industrial da Saúde

Leishmaniose 

  • Desenvolvimento nacional da formulação do medicamento Antimoniato de Meglumina 300 mg/mL na forma de solução injetável. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde e atender necessidades da assistência farmacêutica dos usuários do SUS. 2.2.2 Toxoplasmose Desenvolvimento nacional da formulação pediátrica dos medicamentos Espiramicina 1.500.000 UI e Sulfadiazina + Pirimetamina + Ácido Folínico, em atendimento às demandas do SUS. 

Hanseníase 

  • Desenvolvimento nacional da formulação associada de comprimido de Clofazimina + Dapsona, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento dos pacientes portadores da Hanseníase. 

Febre Maculosa Brasileira 

  • Desenvolvimento nacional da apresentação pediátrica de doxiciclina 100 mg, solução injetável, do esquema terapêutico para tratamento da febre maculosa, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento das necessidades de pacientes pediátricos.

Tratamento Oncológico 

  • Desenvolvimento nacional da formulação do medicamento Bussulfano, para pacientes que necessitam de transplante de medula óssea, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento dos pacientes que necessitam de transplante de medula óssea. 

Linha temática 3 – Inovação em Diagnóstico e Abordagem terapêutica de DNTs

  • Estudos clínicos para a descoberta e validação de biomarcadores para diagnóstico e prognóstico de DNTs, incluindo estudos observacionais que contribuam diretamente para apoiar esses estudos clínicos;
  • Desenvolvimento e/ou validação de testes diagnósticos para DNTs, incluindo testes no ponto de atendimento (Point of Care Testing);
  • Desenvolvimento de ensaios de diagnóstico multiplex (que permitam a detecção de duas ou mais DNTs em um único ensaio);
  • Desenvolvimento de ferramentas de tecnologia da informação para uso em telemedicina, incluindo Teleconsulta e Telediagnóstico de pacientes com DNTs;
  • Desenvolvimento de novas terapias para prevenção e tratamento de DNTs, incluindo as etapas de descoberta de moléculas e de desenvolvimento pré-clínico;
  • Estudos de reposicionamento de drogas e medicamentos biológicos para DNTs;
  • Desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas com o objetivo de aumentar o acesso a tratamentos existentes para DNTs, incluindo pacientes pediátricos e pacientes graves com limitações em tratamentos orais;
  • Estudos de implementação, acesso e logística às tecnologias em saúde para o tratamento de pacientes com DNTs.

Para saber mais acesse a Página da Finep ou o Edital da Chamada Pública.

Fonte: Finep

Continuar lendoChamada Pública MCTI/FINEP – Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores e outras doenças com populações desassistidas

Edital de apoio à Olimpíadas Científicas tem submissões prorrogadas até janeiro

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de dezembro de 2021
  • Reading time:1 mins read

Interessados em receber amparo para realização de Olimpíadas Científicas no Piauí tiveram prazo ampliado 10 de janeiro de 2022 para enviarem suas propostas. A retificação ainda amplia o número de bolsas que podem ser solicitadas em cada submissão.

As propostas deverão ser encaminhadas pelo Sigfapepi, utilizando-se o formulário de Propostas online anexado ao Edital.

Edital Nº 009/2021, do Programa de Apoio à Participação e Realização de Eventos Científicos, de Divulgação Científica e Tecnológica, divulgado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), tem o objetivo de estimular e apoiar propostas de Olimpíadas Científicas realizadas no Piauí. O Edital tem como foco o desenvolvimento científico, tecnológico, e inovação para popularização da ciência.

Desse modo, o edital visa ampliar a participação e aprimoramento do conhecimento de jovens estudantes piauienses, capacitando-os para competições nacionais e internacionais, garantindo, assim, a popularização da ciência e a melhoria da qualidade do Ensino Fundamental e Médio no estado.

Continuar lendoEdital de apoio à Olimpíadas Científicas tem submissões prorrogadas até janeiro

FAPEPI participa do Fórum Nacional do CONFAP

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:10 de dezembro de 2021
  • Reading time:2 mins read

O diretor presidente da FAPEPI, Antonio Amaral, a Diretora Técnico-Científica, Antonia Valtéria e o Diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Ciro Sá, estão na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, para a primeira edição presencial em 2021 do Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP).

O evento reunirá demais presidentes e representantes das 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), além de representantes de entidades acadêmicas e científicas, ministérios e agências federais e internacionais de fomento à CT&I.

Esta edição do Fórum, é uma realização do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), em parceria com a Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná, com o apoio da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI).

Durante o Fórum será realizada a cerimônia de premiação do Prêmio CONFAP de Ciência, Tecnologia & Inovação – “Professor Francisco Romeu Landi”, uma iniciativa do CONFAP, com patrocínio exclusivo da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP/MCTI).

Continuar lendoFAPEPI participa do Fórum Nacional do CONFAP