UESPI estreia Programa Univerciência neste sábado (22)

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:2 de junho de 2021
  • Reading time:2 mins read

Estreia neste sábado (22), às 10h, o Programa Univerciência no canal do Youtube da TVE Bahia. O episódio de abertura exibirá conteúdos relacionados a pesquisas sobre a COVID-19 nas universidades do Nordeste. No Piauí, o Univerciência será veiculado através do canal UespiOficial no Youtube, todas as segundas-feiras, às 10h, e também aos sábados, às 14h30, na TV Antares (canal 2), afiliada a TV Brasil.

O ‘Univerciência’ é o primeiro programa brasileiro de TV aberta e Internet, produzido em parceria entre universidades públicas e TVs públicas nordestinas, com foco na promoção, na popularização e na difusão da ciência. A UESPI é parceira do programa na produção de matérias sobre as pesquisas desenvolvidas na instituição.

Nessa primeira temporada serão exibidos 15 programas de 26 minutos, que trazem resultados do conhecimento e saberes nas Universidades na relação com o cotidiano da população nordestina.

O programa poderá ser assistido em diferentes dias e horários nas diversas emissoras, que juntas alcançam cerca de 40 milhões de pessoas em 10 estados brasileiros, e será disponibilizado semanalmente nos canais na Internet por cada TV e universidades participantes.

Fonte: Ascom – UESPI

Continuar lendoUESPI estreia Programa Univerciência neste sábado (22)

Chamada aberta para uso do supercomputador Santos Dumont

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:10 de maio de 2021
  • Reading time:4 mins read

O supercomputador Santos Dumont do Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC (unidade de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI), localizado em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, está com chamada aberta para submissão de novos projetos. O prazo para apresentação das propostas de uso é até o dia 27 de novembro. Além do SDumont, as propostas podem ser realizadas em conjunto com o supercomputador Lobo Carneiro – LoboC, instalado no Instituto de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Os proponentes ao uso dos supercomputadores serão notificados sobre a aceitação do projeto à medida que as propostas forem avaliadas (em processo de fluxo contínuo). A previsão é de o processo de avaliação dure aproximadamente dois meses. Já a implementação tem prazo médio de 15 dias após a aprovação do projeto. Cada proposta enviada para avaliação deverá ser autocontida, justificando a necessidade de uso dos recursos e demonstrando clareza do objetivo almejado.

Os pesquisadores interessados em utilizar os recursos computacionais do SDumont e do LoboC devem (pesquisador principal) ter vínculo empregatício com instituição de ensino ou de pesquisa no Brasil, além de apresentar carta de anuência da instituição em que permanecerá, durante a vigência do projeto. São elegíveis profissionais pós-doutorandos, professor visitante, pesquisador visitante, pesquisador/professor especial (aposentado, mas que mantém algum vínculo não-remunerado com a instituição). Além disso, as propostas submetidas devem demonstrar relevância científica ou tecnológica, explicitando seus aspectos transformadores, o impacto científico esperado e as possíveis inovações e aplicações práticas.

O SDumont é uma ferramenta científica, que figura no ranking dos 500 supercomputadores mais rápidos do mundo (o mais rápido da América Latina com seus 5,1 petaflops, entre os supercomputadores voltados para o uso científico). Atualmente, cerca de 230 projetos de pesquisas, incluindo estudos sobre a exploração de petróleo e gás, carvão mineral, energias renováveis e fenômenos climáticos, além de pesquisas sobre o vírus Zika, HIV, Dengue e Coronavírus, utilizam a capacidade de processamento do supercomputador.

Tanto o SDmunont, quanto o LoboC fazem parte do Sistema Nacional de Processamento de alto Desempenho – SINAPAD, uma infraestrutura de computação de alto desempenho disponível a instituições brasileiras, públicas ou privadas, para suporte a atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento. Todo pesquisador vinculado a uma instituição brasileira, com um problema relevante e que demande um sistema computacional de larga escala, pode submeter propostas para utilizar os recursos computacionais do SINAPAD. O SDumont é o nó principal dessa infraestrutura e, por esse motivo, apresenta um processo de avaliação de propostas próprio.

Para mais informações, acesse o link.

Fonte: Confap / LNCC

Continuar lendoChamada aberta para uso do supercomputador Santos Dumont

UESPI realiza evento em comemoração aos 10 anos do PPGL

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de maio de 2021
  • Reading time:5 mins read

Há dez anos o Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) oferece fomento à área de Letras no nosso estado. Para comemorar essa data, a coordenação do programa está realizando o seminário “Produzindo conhecimento e formando pesquisadores”. O evento iniciou hoje (3) e ocorre até amanhã (4), através do canal no YouTube da UESPIOficial.

O PPGL foi o primeiro mestrado acadêmico da UESPI. O programa, vinculado ao Centro de Ciências Humanas e Letras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), sempre teve como objetivo de desenvolver-se e firmar-se dentro do universo da pesquisa acadêmica em literatura e em linguística no Brasil.Na abertura do evento foi exibido um vídeo com o histórico do PPGL e uma homenagem (in memoriam) à professora Silvana Calixto. O Seminário visa destacar essas conquistas e perspectivas futuras do programa no Piauí.

As coordenadoras do programa de mestrado, Prof Bárbara Melo e Silvana Pantoja, destacam que objetivo principal da gestão é continuar o trabalho dos coordenadores anteriores do programa, além de sempre buscar a excelência em pesquisa e educação.

“Todo o seminário foi pensando entre é o corpo docente, discente e técnico, que são membros essenciais na construção do Mestrado. Nesse momento em que estamos vivendo incertezas. Estamos produzindo e acreditando na ciência. Além disso, confirmando que a educação pública de qualidade, significa a emancipação de um povo, e essa sempre será a nossa bandeira”, pontua a professora Barbara Melo.

O reitor fala sobre a importância social do programa

O reitor Evandro Alberto ressalta a importância do programa para a formação de profissionais de qualidade que atuarão no ensino público do Piauí. “A UESPI se orgulha muito do Mestrado Acadêmico em Letras pelos seus dez anos de trajetória e formação de grandes profissionais. Além do ensino, o programa também promove eventos de grande porte Nacional e Internacional, que fomentaram a socialização do saber. Parabéns a todos os envolvidos nesse processo!”.Todo o evento é destinado aos estudantes, e professores que fazem parte da história da história do PPGL. A pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação da UESPI e professora do mestrado, Ailma Nascimento, acompanhou todo o processo da construção do programa até os dias de hoje. “Nós estamos onde estamos hoje pelo constante apoio da Administração superior ao incentivo à pesquisa e pós-graduação e também pelo empenho de todos. Desde a implantação, até os resultados dos nossos egressos”, enfatiza.

Programação

O Seminário iniciou sua programação com a conferência “Área de Linguística e da Literatura na consolidação da pós-graduação no Brasil”. O conferencista convidado foi o professor José Sueli de Magalhães (UFU), representante de área de Linguística e Literatura da CAPES.O professor sinalizou sua reflexão em três pontos: Produzindo conhecimento e formando pesquisadores; Linguística e Literatura na Pós-graduação: formando cientistas das linguagens e Inclusão e Respeito.

O conferencista apontou as principais reflexões acerca da área de Linguística no país“

A área de Linguística e Literatura é uma área em crescimento em todo o Brasil. Ao longo da minha fala coloquei pontos a serem discutidos dentro da pós-graduação para a conquista da excelência em ensino. O que o PPGL da UESPI acredita? O que o PPGL da UESPI objetiva? É importante que o programa entenda e situe bem esses questionamentos para o oferecimento de uma educação de qualidade. Além disso, também o acompanhamento do egresso (empregabilidade, responsabilidade social, estatura profissional atingida, entre outros), é essencial para melhorias e crescimento”.Após a conferência, o cronograma continuou com a realização da palestra “O PPGL e a Pós-Graduação Stricto Sensu na UESPI: trajetórias, desafios e perspectivas”, com Profa. Dra. Ailma do Nascimento Silva (UESPI).As atividades do Seminário continuam nessa tarde e seguem até terça-feira (4). Confira a programação completa.

Fonte: Por Priscila Fernandes / UESPI

Continuar lendoUESPI realiza evento em comemoração aos 10 anos do PPGL

Academia Austríaca abre chamada para pesquisadores doutores

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:6 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

Academia Austríaca de Ciências (ÖAW), disponibilizou chamada no contexto do programa JESH (Joint Excellence in Science and Humanities) para pesquisadores de 55 países, dentre eles o Brasil, interessados em realizar estudos na Áustria.

Elegibilidade

São elegíveis candidatos que tenham concluído o doutorado há, no máximo, dez anos e que estejam afiliados a universidade ou instituição de pesquisa no país de origem.

Apoio financeiro

Os candidatos aprovados receberão apoio financeiro mensal no valor de dois mil e setecentos euros (€ 2.700,00), pelo período de realização da pesquisa na Áustria, que deve ser entre um (1) e seis (6) meses.

Os contemplados terão, também, os custos do transporte desde o país de origem cobertos pela Academia Austríaca de Ciências. Todas as instituições públicas de pesquisa da Áustria estão habilitadas a receber os pesquisadores internacionais do programa JESH.

Submissão de propostas

O prazo para submissão de propostas para o programa vai até o dia 20/05/2021. Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no site da Academia Austríaca de Ciências.

fonte: Confap

Continuar lendoAcademia Austríaca abre chamada para pesquisadores doutores

FAPEPI divulga resultado preliminar da Chamada Pública Tecnova II

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

O edital FAPEPI/FINEP/FNDCT 001/2021 para obtenção de subvenção econômica à inovação – Tecnova II, divulgou o resultado preliminar da chamada. Nessa primeira etapa da chamada foram contemplados 17 projetos.

O objetivo da chamada é apoiar, através de concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores – novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado nacional) – de empresas piauienses para o desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública estadual de inovação.

A Chamada quer promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do Estado do Piauí e assim, objetiva apoiar projetos de inovação, que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.

Para saber mais acesse o link.

Clique aqui para acessar o Resultado Preliminar.

Para saber mais entre em contato através do e-mail: fapepi.ddct@gmail.com.

Continuar lendoFAPEPI divulga resultado preliminar da Chamada Pública Tecnova II

FAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

Em comemoração aos 15 anos do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), foi realizado um web evento comemorativo com representantes de 26 instituições de amparo à pesquisa.

A fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) esteve presente, representada pelo Diretor de Desenvolvimento Técnico Científico (DTC), Prof. Ciro Sá. O evento ocorreu virtualmente com transmissão ao vivo através dos canais do Confap no YouTube e Facebook.

A programação especial contou com a participação do prof. Jorge Bounassar Filho (ex-presidente do Confap, 2006-2007); prof. Odenildo Sena (ex-presidente do Confap, 2007-2009); prof. Mario Neto Borges (ex-presidente do Confap, 2009-2013); prof. Sérgio Luiz Gargioni (ex-presidente do Confap, 2013-2017); profª. Maria Zaira Turchi (ex-presidente do Confap, 2017-2019); prof. Evaldo Ferreira Vilela (ex-presidente do Confap, 2019-2020); prof. Fábio Guedes Gomes (ex-presidente do Confap, 2020) e do prof. Odir Antônio Dellagostin (atual presidente do Conselho Nacional das FAPs, 2021-2023).

O Confap tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. A instituição foi criada em 28 de abril de 2006, e trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, congregando 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs).

fonte: Confap

Continuar lendoFAPEPI participa de web evento em celebração aos 15 anos de Confap

FAPEPI realiza oficina para submissão de propostas para PDPG no Semiárido

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:3 mins read

A FAPEPI realiza hoje (27) oficina para submissão de propostas para o Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) no Semiárido. Esse é o mais novo programa estratégico induzido da CAPES em parceria com o Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). A oficina ocorrerá através da plataforma virtual da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) às 15h.

A iniciativa direciona investimentos para áreas específicas e programas de pós-graduação (PPGs) emergentes ou em consolidação. Por esse modelo, as instituições tem estimulado pesquisas como o combate à pandemia e apoio à pós-graduação na Amazônia Legal.

A divulgação do resultado preliminar no Diário Oficial da União deve ocorrer a partir de 30 de junho. E os cinco dias seguintes à publicação são o período para uma nova fase de recursos.

O resultado final sairá a partir de 20 de julho. Também em julho estão previstas as assinaturas dos acordos de cooperação, com vigência de 48 meses, que autorizam o início da implementação dos projetos.

Esta é a segunda cooperação entre CAPES/CONFAP/FAPEPI. Assim como ocorre no PDPG – Parcerias Estratégicas nos Estados. O objetivo é formar pessoal altamente qualificado e fomentar pesquisas que apoiem o desenvolvimento social, econômico e tecnológico na região.

Até 30 projetos serão financiados pela CAPES, cada FAP que compõem a região Semiárida (a parte norte de Minas Gerais e nove estados nordestinos: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) poderá enviar até 4 projetos. Cada um terá até R$457.200,00 para implementar bolsas — três de pós-doutorado, com duração de 12 meses, três de doutorado, de 36 meses, e duas de mestrado, de 24 meses. Caso o programa de pós-graduação não possua curso de doutorado, são até cinco bolsas de mestrado e três de pós-doutorado, com financiamento de até R$ 327.600,00.

Para saber mais acesse nosso site através do link.

Fonte:  CCS/CAPES

Continuar lendoFAPEPI realiza oficina para submissão de propostas para PDPG no Semiárido

Confap celebra 15 anos de história da instituição

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:4 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Criado em 28 de abril de 2006, o Confap trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, e congrega 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs).

Em 2021, o Confap completa 15 anos de atuação, e para celebrar este marco em sua história, lançou um selo comemorativo, e realizará no dia 28 deste mês, um evento virtual que reunirá todos os presidentes que estiveram à frente do Conselho nos últimos 15 anos, além de representantes das FAPs e parceiros.

Selo Comemorativo – 15 Anos

Na sexta-feira (16), o Conselho lançou oficialmente o selo comemorativo de 15 Anos. O selo possui as cores cinza, azul e preta, também presentes no logo oficial do Confap, e sua concepção remete a história construída ao longos desses 15 anos, destacando passado, presente e o que está para ser construído no futuro, como uma forma de reconhecimento à importante atuação de diversas pessoas que contribuíram e contribuem com a construção e consolidação do Conselho no cenário da Ciência, Tecnologia e inovação (CT&I) nacional e internacional. O selo será utilizado durante o ano de 2021 acompanhado do logo oficial do Confap, em peças de divulgação, eventos online, redes sociais, publicações e site, com o objetivo de demarcar as ações que integram o calendário dos 15 anos do Confap.

Para realizar o download do selo comemorativo, em diferentes aplicações, acesse: confap.org.br/pt/comunicacao.

Evento Virtual – Confap 15 Anos

O evento comemorativo dos 15 anos do Confap será realizado virtualmente no dia 28/04 (quarta-feira), às 10 horas (horário de Brasília-DF), e será transmitido ao vivo nos canais do Confap no YouTube (youtube.com/confapbrasil) e Facebook (facebook.com/confapbr).

A programação especial terá as participações do prof. Jorge Bounassar Filho (ex-presidente do Confap, 2006-2007); prof. Odenildo Sena (ex-presidente do Confap, 2007-2009); prof. Mario Neto Borges (ex-presidente do Confap, 2009-2013); prof. Sérgio Luiz Gargioni (ex-presidente do Confap, 2013-2017); profª. Maria Zaira Turchi (ex-presidente do Confap, 2017-2019); prof. Evaldo Ferreira Vilela (ex-presidente do Confap, 2019-2020); prof. Fábio Guedes Gomes (ex-presidente do Confap, 2020) e do prof. Odir Antônio Dellagostin (atual presidente do Conselho Nacional das FAPs, 2021-2023).

Conheça mais sobre as 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs):

FAPAC (Acre); FAPEAL (Alagoas); FAPEAP (Amapá); FAPEAM (Amazonas); FAPESB (Bahia); FUNCAP (Ceará); FAPDF (Distrito Federal); FAPES (Espírito Santo); FAPEG (Góias); FAPEMA (Maranhão); FAPEMAT (Mato Grosso); FUNDECT (Mato Grosso do Sul); FAPEMIG (Minas Gerais); FAPESPA (Pará); FAPESQ (Paraíba); Fundação Araucária (Paraná); FACEPE (Pernambuco); FAPEPI (Piauí); FAPERJ (Rio de Janeiro); FAPERN (Rio Grande do Norte); FAPERGS (Rio Grande do Sul); FAPERO (Rondônia); FAPESC (Santa Catarina); FAPESP (São Paulo); FAPITEC/SE (Sergipe); e FAPT (Tocantins).

Serviço

Evento on-line: Fórum Confap – 15 Anos de História.
Dia/Horário: 28/04 (quarta-feira), às 10 horas (horário de Brasília-DF).
Transmissão ao vivo: Facebook e YouTube do Confap.

Fonte: Confap

Continuar lendoConfap celebra 15 anos de história da instituição

Aberta chamada para programa internacional de empreendedorismo científico

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:20 de abril de 2021
  • Reading time:3 mins read


O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (/MCTI) e Academia-Industry Training (AIT) lançam nova chamada de apoio a empreendedorismo científico. Em sua 8ª edição, o AIT é uma iniciativa apoiada no âmbito do Acordo de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação entre o Brasil e a Suíça e tem como objetivo apoiar jovens cientistas a estabelecer parcerias com a indústria ou fundar companhias startup – construindo assim possíveis parcerias internacionais.

Cientistas de universidades suíças e brasileiras serão selecionados para participar do programa internacional AIT, com treinamento nos dois países. Os participantes poderão concorrer a subsídios de inovação.

Vinte cientistas das principais universidades da Suíça e do Brasil serão selecionados para a 8a edição do programa internacional Academia-Industry Training (AIT) e terão seus projetos de pesquisa e startups aceleradas para o mercado. O programa consiste em duas fases: uma primeira etapa de treinamentos no Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo, em novembro de 2021), conectando pesquisadores-empreendedores brasileiros com seus pares suíços. E uma segunda etapa na Suíça, em abril de 2022, também com todos os participantes selecionados.

Os cientistas selecionados poderão participar de workshops, palestras, visitas, reuniões com investidores e sessões de coaching com especialistas dos ecossistemas empresariais brasileiros e suíços. A interação entre os participantes e a convivência durante o programa AIT proporcionará trocas de conhecimento e oportunidades em nível internacional. Os candidatos e respectivas startups podem atuar em diversos segmentos, como agritech, big data, construção civil, educação, fintech, foodtech, medtech, SaaS e outros. Durante o programa, os participantes poderão concorrer também a subsídios de inovação.

Será realizada pela AIT com a participação do CNPq/MCTI, uma sessão informativa on-line para apresentar o programa  e esclarecer dúvidas. O evento contará com participantes de edições anteriores, que irão relatar sobre suas experiências com o programa AIT. O evento acontecerá no dia 20 de abril às 9h, e as inscrições podem ser realizadas no link.

Para mais informações acesse o Edital.

Fonte: CNPq

Continuar lendoAberta chamada para programa internacional de empreendedorismo científico

Comissão Europeia lança conjunto de chamadas emergenciais com foco em variantes do SARS-CoV-2

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:15 de abril de 2021
  • Reading time:5 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) – parceiros institucionais da Comissão Europeia (CE) no Brasil – tornam públicas oportunidades para pesquisadores e instituições brasileiras se associarem às chamadas emergenciais lançadas nesta terça-feira (13), pela Comissão Europeia, com foco nas variantes do Coronavírus (SARS-CoV-2).

Foram disponibilizadas quatro chamadas emergenciais, com investimento total de 123 milhões de euros, no contexto do novo programa europeu de Pesquisa & Inovação (P&I), Horizon Europe (2021-2027).

Elegibilidade dos pesquisadores brasileiros

Em uma das quatro chamadas abertas pela Comissão Europeia (chamada 2, vide listagem abaixo), pesquisadores brasileiros estão aptos a receberem financiamento em suas pesquisas por meio do programa Horizon Europe.

Nas demais chamadas (1, 3 e 4, vide listagem abaixo), pesquisadores brasileiros não são elegíveis de forma automática para receberem o financiamento europeu, entretanto, podem submeter propostas, que serão avaliadas pela Comissão Europeia e, caso sejam consideradas essenciais para a realização da ação, poderão excepcionalmente ser financiadas pelo lado europeu.

Os pesquisadores brasileiros também podem consultar diretamente as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos seus respectivos Estados e/ou o CNPq para verificarem eventuais possibilidades de cofinanciamento.

A Comissão Europeia espera que os projetos financiados possam:

Estabelecer novos e/ou construir em grande escala existente, multicentros e consórcios regionais ou multinacionais, incluindo grupos além das fronteiras da Europa, que devem promover rapidamente o conhecimento sobre SARS-CoV-2 e suas variantes emergentes.
Desenvolver ainda possíveis terapêuticos ou vacinas promissoras contra o SARS-CoV-2, já tendo concluído o desenvolvimento pré-clínico, em estudos clínicos.
Apoiar infraestruturas de pesquisa para acelerar o compartilhamento de dados e fornecer suporte de pesquisa rápido e eficaz, para enfrentar as variantes do coronavírus e estar pronto para futuras epidemias.
Espera-se também que os consórcios de sucesso colaborem com outras iniciativas e projetos relevantes em nível regional, nacional e internacional para maximizar sinergias e complementaridade e evitar duplicidade dos esforços de pesquisa.

As quatro chamadas emergenciais irão enfrentar a ameaça do coronavírus a curto e médio prazo e, simultaneamente, preparar para o futuro. Também contribuirão para a construção do European Health Emergency Preparedness and Response Authority (HERA), que permitirá à União Europeia antecipar e enfrentar melhor futuras pandemias.

O prazo para submissão de propostas para as chamadas vai até o dia 6 de maio de 2021. As novas soluções devem estar disponíveis e acessíveis a todos, seguindo os princípios estabelecidos pelo Coronavirus Global Response, que é a resposta da Comissão Europeia ao apelo global lançado no ano passado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com governos e parceiros para o acesso universal à vacinação, tratamento e teste de coronavírus à preços acessíveis.

Confira abaixo os links para submissão de propostas para as chamadas europeias:

Chamada 1: FAIR and open data sharing in support to European preparedness for COVID-19 and other infectious diseases

Chamada 2: Research infrastructure services for rapid research responses to COVID-19 and other infectious disease epidemics (Pesquisadores brasileiros que submeterem propostas para esta chamada poderão ser financiados por meio do programa Horizon Europe).
Chamada 3: Vaccines & therapeutic clinical trials to boost COVID-19 prevention and treatment

Chamada 4: Cohorts united against COVID-19 variants of concern
*Nos links acima é possível também consultar as perguntas frequentes (FAQs) sobre as chamadas.

Webinar da Comissão Europeia sobre as chamadas: disponível no link.
Apresentações sobre as chamadas: disponíveis no link.
Projetos que a Comissão Europeia já apoiou: disponíveis no link.


Contato para esclarecimentos e/ou mais informações: Elisa Natola, assessora do Confap para Cooperação Internacional entre Brasil-União Europeia (e-mail: elisa.confap@gmail.com)

Fonte: Confap

Continuar lendoComissão Europeia lança conjunto de chamadas emergenciais com foco em variantes do SARS-CoV-2