CAPES publica edital de seleção de copresidente da 13ª e 14ª edições do Bragfost

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:14 de março de 2022
  • Reading time:3 mins read

Está aberto até às 17h de 15 de abril o período de inscrições para o cargo de co-chair (copresidente) brasileiroda 13ª e 14ª edições do Simpósio Brasil-Alemanha em Fronteiras da Ciência e Tecnologia (Bragfost). As candidaturas devem ser apresentadas neste link. O profissional será responsável por organizar os eventos que acontecerão no biênio 2023-2024.

Os pré-requisitos para o cargo são vários, entre eles está a formação em Engenharias ou áreas afins, fluência em inglês, ter vínculo empregatício permanente com instituição de ensino superior pública ou privada sem fins lucrativos e ser doutor há menos de 15 anos. A CAPES repassará R$400 mil ao candidato aprovado, R$200 mil em cada ano. O auxílio financeiro inclui passagens, diárias, seguro-saúde e recursos para a realização dos seminários.

A Fundação publicará a relação das inscrições recebidas em até cinco dias úteis após o encerramento do prazo e analisará as candidaturas até maio. Haverá três dias úteis para recorrer em duas ocasiões: primeiro na etapa de análise e segundo na divulgação do resultado, prevista para até 15 de junho. Essas e outras informações constam no Edital nº13/2022, publicado na edição do dia 07 de março, do Diário Oficial da União.

Sobre o programa
Bragfost, parceria entre a CAPES e a alemã Fundação Alexander von Humboldt, é um simpósio binacional que ocorre alternadamente na Alemanha e no Brasil e reúne 60 cientistas dos dois países para discutir novas fronteiras de investigação, aprofundar os conhecimentos internacionais e debater seus desafios de maneira interdisciplinar.  A edição de 2023 será realizada no Brasil e a de 2024, na Alemanha.

Nota da edição:
A repetição do Brasil como país-sede do evento por dois anos seguidos (2022 e 2023) ocorre porque, em função da pandemia de COVID-19,  a edição de 2020 não se deu de forma presencial. O encontro foi, então, negociado para 2021; entretanto, não aconteceu. Deste modo, será feito este ano, 2022, seguindo o tratado no ano anterior. Sua sequência pelas regras naturais, fará com que o Brasil seja novamente sede em 2023 e a Alemanha em 2024, restaurando-se assim o calendário oficial do simpósio.

Fonte: Redação CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES publica edital de seleção de copresidente da 13ª e 14ª edições do Bragfost

Inscrições abertas para o Edital da FINEP e MCTI – Prêmio Mulheres Inovadoras

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:5 de março de 2022
  • Reading time:2 mins read

O Edital do Premio Mulheres Inovadoras, inciativa da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), está aberto. O prazo para envio de proposta é até o dia 28 de março. O Objetivo do programa é estimular startups lideradas por mulheres de forma a contribuir para o aumento da representatividade feminina no cenário empreendedor nacional, por meio da capacitação e do reconhecimento de empreendimentos que favorecem o incremento da competitividade brasileira. O edital pode ser acessado neste link. Os temas foram segmentados por região, conforme destacado no edital. Para a Região Nordeste, os temas aplicáveis serão:

Tema 1) Competitividade Produtiva – Inovações que ampliem a competitividade dos setores de bioeconomia, monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais, transporte e logística, agronegócio.

Tema 2) Qualidade de vida – Inovações em saúde, educação, saneamento, segurança hídrica e segurança pública ou privada.

A Finep será responsável pela execução do edital de seleção das startups inovadoras lideradas por mulheres. O edital contemplará até 30 (trinta) startups para um processo de aceleração, e até 15 (quinze) startups para recebimento de uma premiação de R$ 120 mil (cento e vinte mil reais) cada.

Para mais informações acesse o link.

Fonte: Finep

Continuar lendoInscrições abertas para o Edital da FINEP e MCTI – Prêmio Mulheres Inovadoras

CAPES abre edital para bolsas de doutorado-sanduíche no exterior

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de fevereiro de 2022
  • Reading time:3 mins read

A CAPES publicou o edital nº 10/2022 do Programa Institucional de Doutorado-Sanduíche no Exterior (PDSE). O processo de seleção interno dos doutorandos vai até 31 de março. O investimento previsto pela CAPES é de até R$81,8 milhões para financiamento de até 1.400 bolsas. Os benefícios durarão de seis a dez meses.

O PDSE tem por objetivo complementar e aumentar as possibilidades de formação ofertadas no Brasil, ampliando a colaboração com cientistas do exterior, além de contribuir para expandir a visibilidade da produção científica da comunidade acadêmica do País e fortalecer os programas de pós-graduação brasileiros.

Para participar do PDSE, o candidato deverá estar matriculado em curso de doutorado no Brasil, não possuir título de doutor, ter sido aprovado no exame de qualificação ou ter cursado o primeiro ano do doutorado, comprovar proficiência em língua estrangeira e não acumular a bolsa com benefícios para a mesma finalidade de outras agências de fomento. Após a finalização dos estudos no exterior, o bolsista deve retornar ao País para a defesa da tese. Os programas de pós-graduação participantes do Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) não poderão indicar bolsistas para o PDSE.

Os selecionados pelas instituições deverão se inscrever no link ‘Inscrição Online’ da página do Programa, de 4 abril até as 17h de 25 de abril. As dúvidas em relação ao edital ou dificuldades técnicas deverão ser enviadas para o e-mail pdse@capes.gov.br em até dois dias antes do final das inscrições.

As pró-reitorias de pós-graduação (ou equivalentes) terão de 2  a 13 de maio, até as 17h, para homologar as candidaturas. Estas serão analisadas pela CAPES, que publicará uma relação preliminar de aprovados a partir de 22 junho. Os candidatos não selecionados terão 10 dias corridos após a comunicação da Fundação para recorrer junto à Coordenação de Candidaturas a Bolsas e Auxílios no Exterior.

O resultado final será publicado a partir do dia 11 de julho e o início das atividades no exterior se dará entre setembro e novembro desse ano.

Fonte: CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES abre edital para bolsas de doutorado-sanduíche no exterior

UESPI abre inscrições para o I Congresso Internacional de Psicologia Forense/ LAPeP

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:9 de fevereiro de 2022
  • Reading time:9 mins read

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), abre inscrições para o I Congresso Internacional de Psicologia Forense (I CIPF), promovido pelo Laboratório de Avaliação e Perícia Psicológica (LAPeP) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). O evento acontecerá no período de 23 a 26 de março de 2022, de forma totalmente remota e online.

O tema que será trabalhado no evento é a “Perspectivas e contextos atuais”, por meio de palestras, mesas redondas e minicursos, O evento contará com a participação de renomados profissionais e pesquisadores, nacionais e internacionais, da Psicologia Forense em suas diversas especialidades.

O objetivo do I Congresso além da troca de experiências e aprendizagem mútua e também a interação entre os participantes dentre ouvintes, organização e todos aqueles que iram apresentar trabalho.

O professor Lucas Dannilo Aragão Guimarães é Doutor em Psicologia com ênfase em Avaliação Psicológica pela Universidade São Francisco (USF) e Professor Adjunto de Psicodiagnóstico da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), ele conta a suas expectativas com relação ao evento em geral, bem como como  os principais pontos a serem debatidos.

“Vamos ter amplas discussões no campus Psicologia Forense enfatizando os aspectos técnicos e práticos da atuação profissional do psicólogo nas diferentes áreas, como a área de família, de infância e juventude, área civil, área criminal e área policial. São contextos onde os psicólogos poderão atuar em demanda que envolve diferentes questões judiciais”, explica.

Participarão do evento, nomes renomados nacionalmente como: Dra. Ana Cristina Resende, o Esp. Anderson Luiz Tamborim, Dra.Beatriz Cattani, Dra. Bruna Barbieri Waquim, Dra. Catula Pelisoli, MSc. Denis Lino, MSc. Denise Maria Perissini da Silva, MSc. Júlia Zamora, MSc. Maria Berenice Dias, Dr. Nelson Hauck Filho, Dra. Paula Inez Cunha Gomide, Dr. Reginaldo Torres Alves Júnior, Dr. Roberto Cruz, Dr. Rui Mateus Joaquim, Dra. Sarah Putin, Dra. Sônia Rovinski, Dra. Vivian de Medeiros Lago e Dr. William Weber Cecconello.

Os convidados internacionais serão: Ph.D. Aldert Vrij, Ph.D. Dora Isabel Fialho Pereira, Ph.D. Francisco Valente Gonçalves, Psy.D. Giselle Hass, Ph.D. Jennifer J. Harman, MSc. Mauro Paulino, Ph.D. Ramón Arce, Ph.D. Ray Bull, Ph.D. Ron Roesch e o Ph.D. Thomas Grisso.

Eles abordaram os mais diversos campos da psicologia jurídica bem como as práticas desenvolvidas por Psicólogos onde podem ser de avaliação psicológica, perícia, assessoramento, orientação, aconselhamento, encaminhamento, mediação, participação ativa na articulação de políticas públicas de atendimento em rede, atendimento psicológico com a família e/ou com alguns de seus membros, formulação de quesitos, elaboração de laudos, pareceres, informes e relatórios, trabalho com grupos, entre outros.

O professor Lucas Dannilo Aragão Guimarães destaca três desfechos importantes para chegar ao tema proposto como: a inserção do Psicólogo no âmbito jurídico e a interface com o Judiciário, o segundo os marcos legais mais recentes, principalmente aqueles relacionados às populações consideradas mais vulneráveis e o terceiro decretação da pandemia de SARS-COVID-19.

Programação

23 de Março de 2022
8:30 h – Minicursos e Apresentação de Trabalhos Científicos
12:00 – Intervalo
14:00 h – Abertura do I CIPF
14:30 h – Conferência Magna Internacional
15:00 h – Conferência Magna Nacional
16:00 h – Mesa Redonda “Psicopatia: um construto em construção”
18:00 h – Intervalo
18:15 h – Conferência Internacional
19:30 h – Encerramento

24 de Março de 2022
8:30 h – Minicursos e Apresentação de Trabalhos Científicos
12:00 – Intervalo
14:00 h – Mesa Redonda “Avaliação e Detecção da Violência Doméstica”
16:00 h – Mesa Redonda “Desafios para Atuação do Assistente Técnico”
18:00 h – Intervalo
18:15 h – Mesa Redonda “Psicologia na Investigação Criminal: Análise Comportamental e Perfilamento Criminal”
19:30 h – Encerramento

25 de Março de 2022
8:30 h – Minicursos e Apresentação de Trabalhos Científicos
12:00 – Intervalo
14:00 h – Mesa Redonda “Entrevista Forense: Abordagem Metodológica e Prática”
16:00 h – Mesa Redonda “Alienação Parental: Um Debate Necessário”
18:00 h – Intervalo
18:15 h – Conferência Internacional “Psicologia Forense na Abordagem de Gênero, Multietnicidade e Raça”
19:30 h – Encerramento

26 de Março de 2022
8:30 h – Mesa Redonda “Atuação Multidisciplinar nas Demandas Contemporâneas de Família”
10:00 h – Mesa Redonda “Práticas Forenses nas Demandas Cíveis”
12:00 h – Intervalo
14:00 h – Mesa Redonda “Análise da Credibilidade da Declaração”
16:00 h – Mesa Redonda “Psicologia Forense no Contexto Criminal”
18:00 h – Encerramento do I CIPF

Minicursos

Para participar dos minicursos ofertados na grade de programação o estudante deve esta atendo as seguintes regras:

  1. Os minicursos irão acontecer online e ao vivo do dia 23 ao dia 25 de março do corrente ano no período da manhã de 8:30 às 11:30h e cada um terá a carga horária de 3 horas.
    2. Cada participante poderá inscrever-se em apenas um minicurso por dia, ou seja, se no dia 23 de março tiver 4 minicursos acontecendo ao mesmo tempo, online e ao vivo, o participante poderá inscrever-se apenas em um único no dia 23 de março.
    3. A quantidade de vagas está limitadas a apenas 20 vagas para cada minicurso online e ao vivo.
    4. Até o dia 16/03/2022 será enviado um link para o e-mail dos participantes para que possam se inscrever nos minicursos online e ao vivo oferecidos nos 3 dias de evento.
    5. Os minicursos que puderem ser gravados ficarão disponíveis do dia 02/04/2022 ao dia 01/05/2022 para os participantes que tiverem interesse em inscrever-se neles e assisti-los integralmente. Estes minicursos terão certificação apenas se o participante inscrever-se neste e assisti-lo em formato gravado.
    6. Atenção: Fiquem atentos as datas de cada minicurso, pois nenhum participante poderá se inscrever em dois ou mais minicursos oferecidos online e ao vivo no mesmo dia. Caso isso ocorra à inscrição será automaticamente cancelada.

Programação dos Minicursos

23/03/2022 – 8:30 às 11:30 h

Entrevista Forense: desafios em oitivas de testemunha
Esp. Anderson Tamborim

Avaliação de Simulação com o Uso do Rorschach (Restrito a estudantes de psicologia e psicólogos)
Dra. Ana Cristina Resende

Psicologia Investigativa: Possibilidades de Atuação
MSc. Denis Lino

24/03/2022 – 8:30 às 11:30 h

Elaboração de laudos periciais
Dra. Vivian Medeiros Lago

Perícia em questões de guarda compartilhada.
MSc. Denise Maria Perissini da Silva

25/03/2022 – 8:30 às 11:30 h

Princípios da escuta protegida de crianças e adolescentes
Dra. Cátula Pelisoli

Melhorando as entrevistas forenses: a classificação funcional de elocuções
Dr. Reginaldo Alves Filho

Avaliação Neuropsicológica da Personalidade: quando, como e porque?
Dr. Rui Mateus Joaquim

Trabalhos Científicos

O processo de envio de propostas de trabalhos será totalmente online, através do preenchimento do Formulário para Submissão de Trabalho no ato da inscrição. Para submissão de trabalho a plataforma estará aberta com as  submissão de trabalhos científicos do dia 01 novembro de 2021  a 16 de fevereiro de 2022.

Acompanhe todas as diretrizes das inscrições, bem como as modalidades de trabalhos acadêmicos e suas modalidades de apresentação através do site do evento.

Inscrições

As inscrições serão através da plataforma Sympla. Após o cadastro, será enviado um e-mail de confirmação e, posteriormente, o link de acesso às atividades.

Poderão participar do evento, estudantes e profissionais de Psicologia, Direito, Serviço Social e áreas afins. Será cobrado um taxa referente a cada categoria, dentre elas: Estudantes de Graduação da UESPI, estudantes de pós-graduação da UESPI, estudante de graduação de outras instituições, estudantes de pós-graduação de outras instituições e profissionais.

Acompanha todas as novidades na página oficial do evento.

Fonte: UESPI

Continuar lendoUESPI abre inscrições para o I Congresso Internacional de Psicologia Forense/ LAPeP

CAPES divulga 2ª edição do Prêmio Talento Universitário

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:2 de fevereiro de 2022
  • Reading time:3 mins read

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), divulga a segunda edição do Prêmio Talento Universitário. As inscrições podem ser realizadas até o dia 13 de fevereiro de 2022. O valor dos prêmios individuais serão de R$5 mil para os mil participantes com as maiores notas de prova. O objetivo da premiação é reconhecer o desempenho dos alunos com alto grau de desenvolvimento de competências cognitivas. As inscrições devem ser realizadas pelo site http://talentouniversitario.capes.gov.br. A prova terá 80 questões de múltipla escolha, todas sobre conhecimentos gerais, e será aplicada no dia 20 março. Os locais do exame serão divulgados a partir de 03 de março.

Pode participar quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 ou 2020 e ingressou na educação superior em 2021. É preciso estar regularmente matriculado em curso de graduação, presencial ou a distância, em instituição de educação superior pública, privada ou militar. Outra exigência é não estar em débito com a CAPES, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ou outras agências de fomento à pesquisa.

2º Prêmio CAPES Talento Universitário receberá até 44 mil inscrições. A premiação vai subsidiar estudos e pesquisas da CAPES para a formulação de políticas públicas para a educação superior. O resultado será divulgado a partir de abril. Confira as orientações aqui.

  • Requisitos:
  1. ter feito o Enem 2019 ou o Enem 2020;
  2. ter ingressado na educação superior em 2021;
  3. estar regularmente matriculado em curso de graduação, presencial ou a distância, em instituição de educação superior pública, privada ou militar;
  4. não estar em débito com a CAPES, o CNPq ou outras agências de fomento à pesquisa.
  • Previsão de divulgação dos locais de prova: A partir de 03 de março de 2022.
  • Aplicação de prova: 20 de março de 2022.
  • Estrutura da prova: 80 questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais.
  • Resultado: A partir de abril de 2022.


Confira a página com os documentos aqui.

Fonte: Redação CCS/CAPES

Continuar lendoCAPES divulga 2ª edição do Prêmio Talento Universitário

Instituto Serrapilheira e CONFAP realizam nova parceria para apoio conjunto a jovens cientistas

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:2 de fevereiro de 2022
  • Reading time:5 mins read

Instituto Serrapilheira e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – CONFAP anunciam uma nova parceria para apoio conjunto a projetos de ciência. Duas pesquisas de Santa Catarina já foram selecionadas pelo acordo de cooperação e receberão um financiamento total de R$ 1,3 milhões da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina).

A parceria entre o CONFAP, que congrega todas as FAP’s do Brasil, e o Serrapilheira, o primeiro instituto privado de fomento à ciência do país, se dá de duas formas. Uma é o cofinanciamento, em que cada uma das instituições concede uma parcela dos recursos aos projetos. Na outra, as fundações aproveitam os processos de seleção das chamadas públicas do Serrapilheira para financiar cientistas que foram muito bem avaliados, mas que não puderam ser contemplados pela limitação de recursos do instituto.

Foi desta última forma que foi concedido o apoio à bióloga Karim Hahn Lüchmann, professora da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), e ao cientista da computação Edroaldo Lummertz da Rocha, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em dezembro, o CONFAP recebeu do Serrapilheira uma lista com 35 candidatos que foram finalistas da 4ª chamada pública do instituto, mas que não ficaram entre os 12 contemplados, e os nomes foram distribuídos às FAP’s. A partir daí, a Fapesc selecionou Lüchmann e Rocha, que receberão, respectivamente, R$ 646 mil e R$ 675 mil.

Edroaldo Lummertz da Rocha, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (Foto: divulgação)

As chamadas públicas de apoio à ciência do Serrapilheira selecionam projetos de pesquisa que buscam responder perguntas fundamentais. Em seu projeto, Edroaldo Rocha pretende gerar um modelo computacional baseado em biologia de sistemas para entender a evolução do câncer. Ele vai investigar como tumores primários alteram órgãos distantes para estabelecer nichos pré-metastáticos antes da chegada efetiva de uma metástase.

Já Karim Lüchmann pesquisará o impacto da ecotoxicologia aquática na saúde humana. Ela quer descobrir se doenças podem ser previstas a partir da influência da poluição química antropogênica na saúde dos organismos aquáticos e de seus consumidores. Para isso, avaliará níveis de contaminantes, resposta de biomarcadores, preferências alimentares e a ocorrência de doenças em golfinhos-roazes e pescadores artesanais.

Karim Luchmann, Universidade do Estado de Santa Catarina – UESC (Foto: divulgação)

“Parcerias público-privadas efetivas são um bom caminho para o avanço da ciência, pois somamos a flexibilidade do financiamento privado à relevância do investimento público para o desenvolvimento do país”, afirma a diretora de Ciência do Instituto Serrapilheira, Cristina Caldas. “Estes R$ 1,3 milhões a mais para pesquisas de excelência neste primeiro passo de nossa parceria são um excelente começo de amplificação do apoio a jovens cientistas”.

“O amparo à pesquisa se torna ainda mais relevante quando conseguimos estabelecer sinergia entre diferentes instituições”, destaca o presidente do CONFAP, Odir Dellagostin. “O Instituto Serrapilheira vem fazendo um trabalho altamente qualificado na seleção de projetos com potencial de gerar grande impacto para a sociedade. É muito bom podermos somar esforços e com isso ampliar o número de projetos contemplados.”

“Parcerias como essa são extremamente importantes para que possamos ampliar as oportunidades de apoio à pesquisa e inovação que a Fapesc já vem promovendo em Santa Catarina”, destaca o presidente da fundação, Fábio Zabot Holthausen. “Nessa chamada nacional, pudemos contemplar grupos de pesquisa de duas universidades conceituadas, que foram referenciados e agora vão desenvolver projetos com impacto para Santa Catarina e para todo o país.”

Fonte: Assessoria de Comunicação do Instituto Serrapilheira / CONFAP

Continuar lendoInstituto Serrapilheira e CONFAP realizam nova parceria para apoio conjunto a jovens cientistas

CONFAP lança chamada Conjunta Multitemática EU-LAC 2022

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:31 de janeiro de 2022
  • Reading time:4 mins read

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com o Grupo de Interesse EU-LAC – formado por agências de fomento da Europa, América Latina & Caribe para a Cooperação Birregional em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) – anunciam o lançamento da 4ª Chamada Conjunta Multitemática EU-LAC 2022. O lançamento da chamada foi realizado no dia 24 de janeiro de 2022, e o prazo para submissão de propostas será até o dia 28 de abril de 2022.

A chamada, destinada a projetos colaborativos de Pesquisa & Inovação com foco no compartilhamento de Infraestruturas de Pesquisa de larga escala, abrange seis temas principais em quatro eixos prioritários (Desafios Globais, Saúde, Biodiversidade e Energia):

  • Desafios Globais 

1 – Interações e integração entre ciências climáticas e ciências sociais;

2 –  Infraestruturas digitais de pesquisa (multidisciplinar);

  • Saúde

3 – Medicina Personalizada;

4 – Centros Regionais EU-LAC: integrando infraestruturas de pesquisa para Saúde;

  • Biodiversidade 

5 – Biodiversidade e Infraestruturas de Pesquisa para Serviços Ecossistêmicos;

  • Energia

6 – Interoperabilidade de Dados e Infraestruturas de Pesquisa.

Fomento

Participam desta Chamada Conjunta 15 entidades, de sete países da Europa (Áustria, Alemanha, Itália, Polônia, Portugal, Espanha e Turquia), e seis países da América Latina & Caribe (Bolívia, Brasil, República Dominicana, Panamá, Peru e Uruguai). No Brasil, participam o CNPq e o CONFAP, por meio das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs).

Os projetos colaborativos aprovados serão financiados por até 3 anos. O orçamento disponível para a chamada deve ser consultado diretamente com cada agência de fomento participante. As Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que ainda não estão na lista de partícipes ainda podem aderir à Chamada.

Elegibilidade

Os candidatos brasileiros devem consultar as regras específicas de elegibilidade e modalidades de participação via Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no link, ou via Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à chamada, no link.

Clique aqui e acesse a íntegra da 4ª Chamada Conjunta Multitemática EU-LAC 2022.

Clique aqui e acesse o Guia para Candidatos. 

Clique aqui e acesse a plataforma de matchmaking da ENRICH in LAC.

Esclarecimentos e questões gerais e técnicas sobre a chamada serão realizadas pelo Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com).

Fonte: Ascom – CONFAP

Continuar lendoCONFAP lança chamada Conjunta Multitemática EU-LAC 2022

Confap divulga Programa de Bolsas de Estudos de Cooperação Horizontal no Chile

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:18 de janeiro de 2022
  • Reading time:2 mins read

A Agência Chilena de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AGCID) anunciou o relançamento do “Programa de Becas de Cooperación Horizontal República de Chile”, após a interrupção do ano de 2021, em razão da pandemia da Covid-19.

O programa oferece a estudantes brasileiros, a cada edição, uma ou mais bolsas para a realização de estudos completos de mestrado, nas mais diversas áreas acadêmicas, ministrados pelas principais universidades chilenas, públicas e privadas. Para a atual convocatória, valem os cursos com início agendado para o período entre março e setembro de 2022.

Os interessados devem realizar os trâmites necessários para sua admissão no curso de mestrado diretamente junto à universidade escolhida e contar com a aceitação. Em seguida, devem contatar a Embaixada do Chile em Brasília (e-mail: echile.brasil@minrel.gob.cl) e a Divisão de Temas Educacionais – DTED (e-mail: dted@itamaraty.gov.br) do Ministério das Relações Exteriores (MRE) para o envio das candidaturas.

A DTED, ponto focal brasileiro, estabeleceu o dia 14/02/2021 como prazo limite para o recebimento das inscrições dos candidatos brasileiros.

As informações detalhadas sobre a Convocatória da AGCID podem ser acessadas nos seguintes endereços eletrônicos: DTED e AGCID.

Fonte: Confap

Continuar lendoConfap divulga Programa de Bolsas de Estudos de Cooperação Horizontal no Chile

Confap abre Chamada Transnacional Conjunta: ERAPerMed 2022

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post last modified:17 de janeiro de 2022
  • Reading time:4 mins read

ERAPerMed é uma iniciativa co-financiada pela Comissão Europeia (CE), no âmbito do programa de fomento à Pesquisa & Inovação – Horizon 2020 (ERA-Net Cofund), apoiada por 32 parceiros, de 23 países, incluindo o Brasil.

Com o tema “Prevenção em Medicina Personalizada” esta é a quinta Chamada Transnacional Conjunta ERAPerMed, que apoiará projetos colaborativos de pesquisa e inovação, com duração de três anos. O objetivo geral da chamada é o desenvolvimento de estratégias específicas para a prevenção de doenças e progressão das doenças, em três níveis:

a) medidas preventivas diminuindo a taxa de incidência (prevenção primária);

b) detecção precoce para aumentar a eficácia de terapias preventivas, mesmo antes do desenvolvimento de sintomas (prevenção secundária);

c) intervenções para prevenir a recorrência da doença ou melhorar o atendimento e a qualidade de vida dos pacientes (prevenção terciária).

O orçamento aproximado para esta chamada é de 29 milhões de euros. Cada agência de fomento possui orçamento e regras de elegibilidade próprias. Pesquisadores brasileiros podem submeter propostas por meio das *Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) que aderiram à Chamada ERAPerMed 2022.

Fundações de Amparo à Pesquisa, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI), ainda podem aderir à Chamada ERAPerMed 2022; o orçamento alocado por cada FAP é detalhado no “Guidelines for Applicants” no site da chamada. 

Cronograma:

– Publicação da chamada: 1º de dezembro 2021. 

– Prazo para envio de pré-propostas: 17 de fevereiro de 2022.

– Prazo para envio de propostas completas: 14 de junho de 2022.

– Os projetos aprovados podem ter início no final de 2022 ou início de 2023.

Clique aqui e acesse o Edital (em inglês) e os Formulários da Chamada Transnacional Conjunta EraPerMed 2022.

Mais informações

– Questões gerais e técnicas sobre a chamada podem ser esclarecidas com o Ponto de Contato Nacional do CONFAP: Elisa Natola (elisa.confap@gmail.com)

– Questões de elegibilidade e modalidades de participação via Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) podem ser esclarecidas com os Pontos de Contato das Fundações que aderiram à chamada (consulte aqui).

Fonte: Confap

Continuar lendoConfap abre Chamada Transnacional Conjunta: ERAPerMed 2022

Chamada Pública MCTI/FINEP – Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores e outras doenças com populações desassistidas

  • Post author:
  • Post category:NotíciaSem categoria
  • Post last modified:15 de dezembro de 2021
  • Reading time:9 mins read

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) divulgou chamada pública para concessão de recursos financeiros para amparo de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, em projetos que envolvam risco tecnológico para o diagnóstico e tratamento de pessoas com Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores (DNTs) e outras doenças infecciosas afetando populações negligenciadas. O objetivo do edital é reduzir a incapacidade causada por essas doenças, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e seus familiares e também melhorar o acesso aos serviços de saúde. O prazo para submissão de proposta será até às 17h00 (horário de Brasília) do dia 11 de março de 2022. Os interessados devem acessar o formulário eletrônico para o preenchimento de sua proposta, destacando claramente o produto, processo ou serviço inovador a ser feito com os recursos solicitados.

A execução do projeto deverá ser de no máximo três anos (36 meses), podendo ser prorrogado, justificadamente, a critério da Finep. O valor total solicitado pelas propostas à Finep deverá enquadrar-se dentro dos seguintes valores mínimos e máximos, em cada proposta:

Linha temática 1 – O valor solicitado para execução das propostas deverá ser de R$ 500.000,00 até R$ 1.000.000,00. Na Linha temática 2 o valor poderá ser de R$ 1.000.000,00 até R$ 4.000.000,00; e na Linha temática 3 esse valor deverá ser entre R$ 1.000.000,00 até R$ 3.000.000,00.  

Serão selecionados projetos de inovação nas demandas específicas descritas abaixo e será contratado o primeiro colocado de cada subtema para apoio com os recursos a serem concedidos.

Linha temática 1 – Demandas Específicas

Doença de Chagas 

  • Desenvolvimento de teste diagnóstico para identificação da viabilidade do protozoário em amostras de alimentos contaminados por Trypanosoma cruzi (T. cruzi). Objetivo: Apoiar estudos de desenvolvimento e/ou padronização de métodos diagnósticos, aplicáveis à implementação no SUS, que permitam responder às lacunas sobre: 
    • a viabilidade de formas infectantes de T. cruzi em alimentos; 
    • tratamentos consistentes nos alimentos para eliminar esta possível chance de transmissão oral da doença ao homem; 
    • compreender a variabilidade genotípica envolvida na transmissão oral do T. cruzi. 
  • PCR para diagnóstico da doença de Chagas. Objetivo: Apoiar estudos de avaliação de métodos, para padronização e validação da PCR para diagnóstico confirmatório da doença Chagas, com diferenciação da fase diagnosticada (aguda ou crônica), a partir de kits com registro na ANVISA.

Leishmaniose 

  • Avaliação da eficácia e segurança do Complexo Lipídico de Anfotericina B no tratamento das Leishmanioses Visceral e Tegumentar. Objetivo: Apoiar estudos de Fase III para avaliação da eficácia e segurança do Complexo Lipídico de Anfotericina B no tratamento das Leishmanioses Visceral e Tegumentar, objetivando a ampliação do uso deste medicamento para o tratamento de pessoas com diagnóstico de leishmanioses no âmbito do SUS. 

Leishmaniose tegumentar 

  • Avaliação de técnicas imunológicas para diagnóstico de leishmaniose tegumentar. Objetivo: Apoiar o desenvolvimento de estudos para validar técnicas imunológicas com kits comerciais, registrados na Anvisa, para diagnóstico da leishmaniose tegumentar. 

Paracoccidioidomicose 

  • Dispositivo Point-of-care para diagnóstico sorológico da Paracoccidioidomicose. Objetivo: apoiar estudos em fases avançadas para desenvolvimento e/ou validação de um teste comercial point-of-care para diagnóstico e/ou prognóstico de Paracoccidioidomicose. 

Tuberculose pediátrica 

  • Desenvolvimento de testes diagnósticos para tuberculose pediátrica. Objetivo: apoiar estudos para desenvolvimento, adaptação e/ou validação de testes para diagnóstico rápido de tuberculose em pessoas com até 10 anos de idade, utilizando amostras de fezes, urina, sangue ou outras de fácil obtenção (exceto escarro). 

Hanseníase 

  • Desenvolvimento de teste rápido para Hanseníase paucibacilar e multibacilar. Objetivo: Apoiar estudos que contemplem o desenvolvimento e/ou a validação de um teste para o diagnóstico ou apoio ao diagnóstico precoce dos casos suspeitos de hanseníase e o desenvolvimento de testes diagnósticos para a hanseníase com possibilidade de uso em contatos de caso confirmado, incluindo testes no ponto de atendimento (Point-of-Care Testing) considerando a possibilidade de uso no SUS. 

Toxoplasmose congênita

  • Apresentação pediátrica de Sulfadiazina e Pirimetamina para o tratamento de toxoplasmose congênita. Objetivo: Apoiar estudos de elaboração de apresentações pediátricas do esquema terapêutico para tratamento de toxoplasmose congênita destinados ao SUS e realizados conforme normativas para futuro registro junto à Anvisa.   

Linha temática 2 – Complexo Industrial da Saúde

Leishmaniose 

  • Desenvolvimento nacional da formulação do medicamento Antimoniato de Meglumina 300 mg/mL na forma de solução injetável. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde e atender necessidades da assistência farmacêutica dos usuários do SUS. 2.2.2 Toxoplasmose Desenvolvimento nacional da formulação pediátrica dos medicamentos Espiramicina 1.500.000 UI e Sulfadiazina + Pirimetamina + Ácido Folínico, em atendimento às demandas do SUS. 

Hanseníase 

  • Desenvolvimento nacional da formulação associada de comprimido de Clofazimina + Dapsona, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento dos pacientes portadores da Hanseníase. 

Febre Maculosa Brasileira 

  • Desenvolvimento nacional da apresentação pediátrica de doxiciclina 100 mg, solução injetável, do esquema terapêutico para tratamento da febre maculosa, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento das necessidades de pacientes pediátricos.

Tratamento Oncológico 

  • Desenvolvimento nacional da formulação do medicamento Bussulfano, para pacientes que necessitam de transplante de medula óssea, em atendimento às demandas do SUS. Objetivo: apoiar o parque farmacêutico nacional a fim de estimular o Complexo Industrial da Saúde no desenvolvimento de formulações voltadas ao atendimento dos pacientes que necessitam de transplante de medula óssea. 

Linha temática 3 – Inovação em Diagnóstico e Abordagem terapêutica de DNTs

  • Estudos clínicos para a descoberta e validação de biomarcadores para diagnóstico e prognóstico de DNTs, incluindo estudos observacionais que contribuam diretamente para apoiar esses estudos clínicos;
  • Desenvolvimento e/ou validação de testes diagnósticos para DNTs, incluindo testes no ponto de atendimento (Point of Care Testing);
  • Desenvolvimento de ensaios de diagnóstico multiplex (que permitam a detecção de duas ou mais DNTs em um único ensaio);
  • Desenvolvimento de ferramentas de tecnologia da informação para uso em telemedicina, incluindo Teleconsulta e Telediagnóstico de pacientes com DNTs;
  • Desenvolvimento de novas terapias para prevenção e tratamento de DNTs, incluindo as etapas de descoberta de moléculas e de desenvolvimento pré-clínico;
  • Estudos de reposicionamento de drogas e medicamentos biológicos para DNTs;
  • Desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas com o objetivo de aumentar o acesso a tratamentos existentes para DNTs, incluindo pacientes pediátricos e pacientes graves com limitações em tratamentos orais;
  • Estudos de implementação, acesso e logística às tecnologias em saúde para o tratamento de pacientes com DNTs.

Para saber mais acesse a Página da Finep ou o Edital da Chamada Pública.

Fonte: Finep

Continuar lendoChamada Pública MCTI/FINEP – Doenças Negligenciadas, Tropicais e transmitidas por Vetores e outras doenças com populações desassistidas