FAPEPI contará com câmaras técnico-científicas em 2021

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:1 de abril de 2021
  • Reading time:5 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa no Piauí (FAPEPI) contará agora com câmaras técnico-científicas em suas diretorias. A instrução normativa que regulamenta a instalação  e  o funcionamento das câmaras foi aprovada pelo Conselho Superior durante sua primeira reunião online de 2021, realizada no dia 19 de março.

As Câmaras Técnico-Científicas (CTC) da FAPEPI têm como principal finalidade auxiliar as Diretorias da Fundação no julgamento, avaliação e acompanhamento, no aspecto do mérito técnico-científico, dos processos relacionados aos programas de estímulo à pesquisa científica, tecnológica e de inovação, de qualificação de recursos humanos, difusão do empreendedorismo e do conhecimento científico da FAPEPI, emitir parecer conclusivo e  fundamentado quanto ao seu mérito científico e técnico e quanto à sua adequação  orçamentária. 

Também será competência das CTC:

  • Analisar os relatórios  técnico-científicos elaborados pelos beneficiários dos recursos concedidos pela  FAPEPI,  pronunciando-se  de  forma  conclusiva  e  fundamentada;  
  • Auxiliar a FAPEPI no acompanhamento e avaliação dos programas e projetos financiados pela Fundação; indicar, para homologação da Diretoria Técnico-científica, consultores ad hoc, para análise  de propostas, avaliação de projetos de pesquisa e de outras atividades inerentes às CTC; 
  • Auxiliar a FAPEPI quanto à formulação, implementação e avaliação de políticas,  planos e programas, no que concerne ao fomento da ciência, da tecnologia e de inovação para o Estado do Piauí; 
  • Participar do processo de planejamento, análise, acompanhamento e avaliação das ações relativas à sua área do conhecimento;  recomendar ações de fomento em suas respectivas áreas, encaminhando-as à Diretoria Técnico-científica; 
  • Auxiliar a FAPEPI na elaboração e avaliação de editais, instruções normativas  e instrumentos específicos das atividades meio e fim da FAPEPI; 
  • Sugerir  critérios de  análise  para  a  recomendação  das  concessões  de  auxílios  e  bolsas,  em consonância com os Editais; 
  • Propor critérios e procedimentos para o acompanhamento dos auxílios e bolsas concedidos e sugerir indicadores para o sistema de avaliação de programas, auxílios e bolsas.  

Para abranger as áreas do conhecimento e os programas especiais de desenvolvimento tecnológico  e  inovação,  a  FAPEPI  contará  com  o  suporte  de  06  (seis)  CÂMARAS  TÉCNICO CIENTÍFICAS ditas ACADÊMICAS e 01 (uma) CÂMARA DE INOVAÇÃO. As CTC acadêmicas contemplam as seguintes áreas de conhecimento:  Ciências  Agrárias; Ciências Biológicas; Ciências da Saúde;  Ciências  Exatas  e  da  Terra;  Engenharias  e  Ciências  da  Computação;  Ciências  Humanas, Ciências Sociais  Aplicadas, Linguísticas, Letras e Artes. A CTC de Inovação terá  o tema: Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo. 

Por decisão das diretorias e do conselho superior a qualquer tempo, o número de Câmaras pode ser ampliado, ou reduzido, e sua organização redefinida, se houver a necessidade. Assim como Câmaras Específicas poderão ser constituídas em caráter especial, a fim de avaliar editais, chamadas e propostas especiais.

Seu funcionamento será presidido pela Diretoria Técnico-Científica da FAPEPI e estruturadas de forma a abranger todas as áreas do conhecimento nas quais atua a FAPEPI ou, ainda, de forma a atender as necessidades de atividades e programas da instituição.  A  participação  nas  Câmaras  Técnico-Científica  da  FAPEPI será considerada serviço relevante à FAPEPI e ao Estado do Piauí e será documentada através de certificado comprobatório.  

A instituição das câmaras iniciou suas atividades no mesmo dia da sua regulamentação deliberada pela reunião do dia 19 de março de 2021.

Continuar lendoFAPEPI contará com câmaras técnico-científicas em 2021

Confap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos

Read more about the article Confap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos
ascom
  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:8 de março de 2021
  • Reading time:4 mins read

Na tarde desta quinta-feira, 4 de Março, na abertura da cerimônia virtual de apresentação técnica da chamada MEC/EMBRAPII, o presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), prof. Odir Dellagostin, e o diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), prof. Jorge Almeida Guimarães, assinaram Memorando de Entendimentos que possibilita às Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) realizarem ações conjuntas com as unidades EMBRAPII credenciadas em seus respectivos Estados.

O acordo assinado pelos presidentes do Confap e da EMBRAPII, tem por objetivo, incentivar ações que visem a execução de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) voltados aos setores industriais localizados nos Estados Brasileiros. 

Lançada no mesmo dia, a chamada MEC/EMBRAPII possibilita o credenciamento de até quatro grupos de pesquisadores de Universidades Federais para atuarem como Unidade EMBRAPII. Os grupos selecionados terão aporte financeiro de R$12 milhões do Ministério da Educação (MEC) para executar projetos de PD&I em parceria com a indústria.  

Podem se candidatar todos os grupos de pesquisadores das Universidades Federais nas seguintes áreas: 

  • Agricultura 
  • Processos agroindustriais
  • Tecnologias de alimentos;
  • Geração, Transmissão de energia elétrica, inclusive renováveis;
  • Química; 
  • Bioeconomia; 
  • Processos industriais;
  • Mineração sustentável;
  • Mobilidade, incluindo eletromobilidade

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa no estado do Piauí (FAPEPI), Antônio Cardoso do Amaral ressalta que a presente chamada tem como destino as universidades federais, para que possam desenvolver novos trabalhos em conjunto com a EMBRAPII e que a FAPEPI, como entidade membro do Confap buscará incentivar e apoiar as iniciativas do estado que forem viáveis para o presente edital.

Para mais informações sobre a chamada, acesse embrapii.org.br, ou envie um e-mail para: chamada01_2021@embrapii.org.br

O Confap, congrega 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), e atuará na articulação entre as FAPs, as Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) interessadas em realizar atividades de PD&I nos Estados em conjunto com as unidades EMBRAPII credenciadas. 

A EMBRAPII é uma Organização Social qualificada pelo Poder Público Federal que, desde 2013, apoia instituições de pesquisa tecnológica fomentando a inovação na indústria brasileira. Atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação. Ao compartilhar riscos de projetos com as empresas, tem objetivo de estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas tanto no mercado interno, como no mercado internacional.

Para mais informações e proposição de futuras parcerias, as FAPs poderão entrar em contato pelo e-mail parcerias@embrapii.org.br.

Continuar lendoConfap e EMBRAPII assinam Memorando de Entendimentos