FAPEPI divulga resultado parcial do Edital de Bolsas de Iniciação Científica

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:17 de maio de 2021
  • Reading time:2 mins read

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí comunica a cada proponente ao Edital FAPEPI Nº 002/2021, do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da FAPEPI – PBIC, bem como aos demais interessados, o resultado parcial do certamente. A relação pode ser acessada clicando aqui

O edital recebeu um total de 136 propostas, resultando em 132 projetos avaliados, uma vez que 04 não foram enquadradas. Os resultados detalhados de cada avaliação de propostas serão encaminhados individualmente a cada proponente pelo email cadastrado no SIGFAPEPI. 

De acordo com o Aviso de Prorrogação do Cronograma do Edital FAPEPI Nº 002/2021,  o prazo para interposição de recursos é de 11 a 12/05/2021. Os demais prazos e outras informações podem ser acompanhados na página do edital, que você pode acessar por aqui

Com o objetivo de despertar vocação científica e incentivar novos talentos potenciais entre estudantes de graduação, com garantia da participação de estudantes mulheres na iniciação científica e tecnológica, matriculadas em Instituição de Ensino Superior (IES), o edital também busca estimular pesquisadores vinculados à instituições de ensino e pesquisa do estado do Piauí a promoverem o acesso de estudantes de graduação aos processos de pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico e inovação, assim como na formação de profissionais qualificados.

O valor disponibilizado é de R$480.000,00 oriundos do Tesouro Estadual, o que totaliza 100 bolsas no valor mensal de R$400,00.

Continuar lendoFAPEPI divulga resultado parcial do Edital de Bolsas de Iniciação Científica

Abertas submissões para edital de apoio técnico

Estão abertas a partir de hoje (21) as submissões de propostas para o Edital Nº 003/2021 – FAPEPI/SEPLAN-CEPRO. O certame, que tem por objetivo promover a produção de conhecimentos, transferência tecnológica e a inovação em prol do desenvolvimento do estado do Piauí,faz parte do Programa Bolsa de Apoio Técnico (PBAT).

A presente chamada busca conceder apoio financeiro na modalidade de Bolsa de Apoio Técnico de Nível Superior, vinculada ao Programa de Produção de Informações, Pesquisas e Estudos Para o Desenvolvimento Sustentável com Inclusão Social no Piauí DA FAPEPI /SEPLAN.

O edital convoca todos os interessados a apresentarem propostas para avaliação, visando o fortalecimento de atividades de apoio técnico na execução dos estudos e pesquisas. O candidato deverá submeter uma única inscrição para este Edital, via internet, pelo SIGFAPEPI (sistema.fapepi.pi.gov.br), anexando toda a documentação requerida e respeitando as condições e os prazos previstos no edital. 

A recepção de propostas funcionará de 21/04 até as 17h do dia 07/05/2021. O resultado final ocorrerá a partir de 31/05/2021.

Esclarecimentos e informações sobre o conteúdo desta Chamada devem ser obdos pelos endereços eletrônicos: dtc.fapepi@gmail.com, regina@fapepi.pi.gov.br; lara@fapepi.pi.gov.br. Em virtude da pandemia do COVID-19, esclarecimentos e informações adicionais devem ser solicitadas EXCLUSIVAMENTE por meio dos endereços eletrônicos aqui determinados.Para mais detalhes, confira o Edital completo aqui.

Continuar lendoAbertas submissões para edital de apoio técnico

FAPEPI realiza primeira oficina de prioridades para PDPG – Semiárido

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:3 de maio de 2021
  • Reading time:3 mins read

Aconteceu nesta terça-feira (20), através da plataforma virtual da Rede Nacional de Pesquisa (RNP), a primeira oficina de prioridades organizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) para definição das áreas estratégicas para o Programa de Desenvolvimento da Pós-graduação, específico ao apoio e Desenvolvimento da Região Semiárida Brasileira (PDPG – Semiárido).

A oficina contou com a participação de representantes, como Antonio do Amaral, Diretor Presidente da FAPEPI, colaboradores, como Ciro Sá, Diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI, Rizalva Cardoso, Gerente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FAPEPI e de representantes de diversas instituições. 

A oficina teve como foco a discussão sobre Biotecnologia e a Agroindústria. As duas áreas são eixos estratégicos de desenvolvimento sustentável que devem ser levados em conta na elaboração de projetos que serão submetidos no edital do PDPG – Semiárido.

O encontro virtual debateu as atividades agroindustriais  e biotecnológicas no estado do Piauí e a necessidade de alinhá-las aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Discutiu-se ainda a necessidade de pesquisas voltadas para o incentivo das práticas sustentáveis. 

A meta da oficina foi estimular a discussão sobre o desenvolvimento socioeconômico piauiense sem abrir mão do desenvolvimento sustentável a fim de que novas ideias surgissem para as propostas. Para falar sobre os temas foram convidados Sérgio Viana, que tratou da temática da Agroindústria e Rômulo Vieira, que discutiu sobre Biotecnologia.

Lista de instituições participantes:

Câmara Setorial de Biotecnologia

Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi)

Cooperativa Mista de Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (COMAPI)

Embrapa Meio-Norte

Instituto Federal do Piauí (IFPI – Campus Picos)

Instituto Federal do Piauí (IFPI – Campus Valença)

Instituto Federal do Piauí (IFPI- Campus Teresina)

Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) 

Secretaria Estadual da Agricultura Familiar (SAF)

Superintendência de estudos econômicos e sociais (CEPRO/SEPLAN)

Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar)

Universidade Federal do Piauí (UFPI – Bom Jesus)

Universidade Federal do Piauí (UFPI – Teresina)

Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)

Continuar lendoFAPEPI realiza primeira oficina de prioridades para PDPG – Semiárido

Brasil e Suécia lançam chamada para intercâmbio

O Brasil, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e a Suécia, por meio do Conselho de Pesquisas da Suécia (SRC), lançam chamada conjunta para intercâmbio de pesquisadores em “Doenças infecciosas emergentes e a ameaça de resistência antimicrobiana”. A chamada é uma das ações previstas no Memorando de Entendimento mantido entre as agências de fomento dos dois países.

A iniciativa recebe candidaturas para apoio a pesquisadores visitantes brasileiros à Suécia e suecos ao Brasil por períodos de até 12 meses, com incentivo a propostas de intercâmbio recíproco. A previsão, por parte do CNPq, é de concessão de até cinco bolsas na modalidade pós-doutorado no Exterior (PDE).

As propostas devem ser submetidas a partir de 14 de Abril até 25 de Maio deste ano, exclusivamente à Agência Sueca, seguindo as orientações dispostas em : https://www.vr.se/english/applying-for-funding/calls/2020-10-19-research-collaboration-brazil-sweden-grant-for-researcher-exchange.html.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail CGCIN@cnpq.br

Continuar lendoBrasil e Suécia lançam chamada para intercâmbio

CNPq anuncia inclusão de licença-maternidade no Lattes

  • Post author:
  • Post category:Notícia
  • Post last modified:12 de abril de 2021
  • Reading time:3 mins read

OConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) realizou recente evolução no Currículo Lattes a fim de permitir o registro dos períodos de licença-maternidade. Essa evolução tem o objetivo de atender a demandas de representantes da comunidade científica e de instituições parceiras deste Conselho, sobretudo do Movimento Parent in Science, coordenado pela pesquisadora Fernanda Staniscuaski da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que havia protocolado solicitação junto ao CNPq. A versão do Currículo Lattes com essa modificação entrará em funcionamento no dia 15 de abril de 2021.

A inclusão do campo licença-maternidade é resultado do trabalho conjunto da Diretora de Cooperação Institucional do CNPq, Professora Zaira Turchi, que coordena a Comissão de Gestão da Plataforma Lattes, e da Diretora de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais, Professora Adriana Tonini, que atua junto ao Programa Mulher e Ciência do CNPq. 

No Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq (DGP), 50% do total de pesquisadores cadastrados são mulheres. Nos últimos 15 anos o percentual de mulheres aumentou 7 pontos percentuais.

Desde 2005, o CNPq mantém o programa Mulher e Ciência, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e outros órgãos. O programa visa promover a participação de meninas e mulheres na ciência; e promover pesquisas sobre relações de gênero, mulheres e feminismo. Principais ações e resultados: 

  • Chamada de projetos de pesquisa em Relações de Gênero, Estudos sobre Mulheres e Feminismo (4 edições);
  • Prêmio “Construindo a Igualdade de Gênero” (10 edições);
  • Workshops “Pensando Gênero e Ciência” (2 edições);
  • Chamada de projetos “Meninas nas Ciências Exatas, Engenharias e Computação” (2 edições); e 
  • Iniciativas de divulgação científica “Pioneiras na Ciência” (7 edições) e “Jovens Pesquisadoras” (1 edição).
Continuar lendoCNPq anuncia inclusão de licença-maternidade no Lattes